04/21/15

Talvez você nunca mais coma esses alimentos após ver isso:

# 1 Gosma rosa

Essa coisa bonita de se ver é usada em carnes de fast food processadas como nuggets de frango e hambúrgueres.


# 2 Alcatrão de carvão 

Este produto está listado entre as “mercadorias perigosas” identificadas pela ONU. É usado para tingir certos doces, refrigerantes e outros produtos alimentares vermelhos.

# 3 Bórax 

Você provavelmente já viu o bórax em alguns de seus produtos de limpeza domésticos favoritos. É também usado no caviar como conservante.

# 4 Ácido Fosfórico 

Se você é um fã de filmes de gangsters violentos, você deve conhecer o ácido fosfórico como o material que dissolve corpos. Os fabricantes também o usam em refrigerantes. É o que dá a sua bebida favorita a acidez.

# 5 Serragem 

Fabricantes colocam polpa de madeira refinada para evitar que o queijo ralado fique embolotado. Nos ingredientes é listado como celulose.

# 6 Estômago de bezerro 

Se você gosta de queijo, você também deve gostar de estômagos. O coalho usado no queijo é uma enzima retirada do estômago de animais como o bezerro.

# 7 Areia 

Eles chamam isso de dióxido de silício para não dar nojo. Mas basicamente é areia. E você pode encontrá-la em produtos de fast food norte-americanos como o Wendi’s Chili.

# 8 Secreções oleosas de ovelhas 

E está na sua goma de mascar. Nos ingredientes listados como lanolina.

# 9 Bexigas de peixe 

Você ama um copo cheio de cerveja gelada em um dia quente? Bem, você deve saber que algumas fabricantes acrescentam algo chamado “cola de peixe”, que na verdade são apenas bexigas de peixe. Elas dão a cor amarelada e dourada da cerveja.

# 10 Ossos 

Ossos carbonizados são utilizados no açúcar branco para filtrá-lo e lixiviar as impurezas coloridas.

# 11 Secreções de castores 

Secreções das glândulas anais e urinárias para ser exato. É chamado castóreo e você pode buscar por ele nos ingredientes de algumas marcas de sorvete de baunilha e certos alimentos com sabor de framboesa.

# 12 Besouros 

Procure na lista de ingredientes de alguns de seus alimentos de cor vermelha favoritos. Se você encontrar carmim na lista, você tem comido terra e até conchas de besouros vermelhos. Eles são usados como um corante vermelho natural.

Fonte: EyeOpening


Mais de uma década atrás, os cientistas que estudam o brilho da radiação do Big Bang, chamada radiação cósmica de fundo, notaram algo estranho em seu mapa: uma região extraordinariamente grande e fria do céu, localizada na constelação Eridanus. Embora áreas mais quentes e mais frias do universo jovem tenham sido previstas para existir devido a sua expansão precoce e rápida, este particular “ponto frio” destacou-se, porque é tão grande que não pode ser explicado pela chamada teoria da inflação. Na verdade, os cientistas acreditam que esta poderia ser a maior estrutura individual já encontrada.

Isso levou os cientistas a propor várias hipóteses para a sua existência, incluindo um tipo de defeito cósmico conhecida como “textura”, ou mesmo uma colisão com um outro universo. Mas os cientistas estavam lutando com o fato de que muitas de suas ideias precisavam de uma física exótica, assim as origens deste curioso ponto frio permaneceram uma incógnita. Agora, descobre-se que a explicação pode ser muito mais simples do que se pensava originalmente, conforme os cientistas coletaram evidências para sugerir que uma estrutura rara e enorme localizada entre nós e a radiação cósmica de fundo (CMB) pode ser a culpada.

Usando os dados ópticos do telescópio Pan-STARRS1 (PS1) do Havaí e observações infravermelhas do satélite WISE, da NASA, os cientistas da Universidade do Havaí estimaram as posições das galáxias na direção do ponto frio. Depois de criar mapas 3D do céu, os cientistas observaram um “buraco” monstruoso e vazio no cosmos. Este chamado “supervácuo”, no qual as galáxias e matéria são encontradas em densidades significativamente mais baixas do que no resto do universo, é um colossal “buraco” de 1,8 bilhões de anos-luz de diâmetro, e está localizado a cerca de 3 bilhões de anos-luz de distância.

A radiação perde energia quando entra e atravessa essas manchas de baixa densidade, o que significa que, quando a luz sai finalmente do vazio, ela faz isso por um comprimento de onda mais longo, o que corresponde a uma temperatura mais fria. Pode levar milhões de anos para a radiação atravessar estas áreas vazias. Segundo os pesquisadores, o efeito mensurável que eles estão observando poderia oferecer a primeira explicação para uma das características anômalas mais significativos da CMB descobertas até agora.

Enquanto um supervácuo não pode apenas explicar o ponto frio, a probabilidade de que a sua presença no mesmo local seja mera coincidência é pequena. Os cientistas planejam continuar o seu trabalho usando dados do PS1 melhorados, e também gostariam de incluir observações de outro grande vazio localizado perto da constelação de Draco. [IFLScience]


Esse homem é a prova de que é possível viver sem tomar banho, embora seu estilo de vida seja um tanto questionável. Com 80 anos de idade, Amou Haji, morador da aldeia Deigah, na província de Fars, no sul do Irã, tomou um banho pela última vez quando tinha apenas 20 anos. Ele acredita que a limpeza traz doenças. 

Ele detesta tanto o contato com a água que até mesmo sugerir um banho a ele o torna muito irritado. E tanto tempo sem tomar banho o torna uma pessoa quase irreconhecível – é praticamente da cor da terra, se camuflando às vezes perfeitamente em seu ambiente. De fato, quando ele fica parado, se parece com uma estátua real. 

Além de água, ele também odeia alimentos frescos e água potável. Sua dieta consiste de grandes quantidades de carne de porco-espinho podre, e bebe cerca de 5 litros de água por dia – não água que nós bebemos, mas sim uma água proveniente de uma grande lata de óleo enferrujada. 

Além disso, Haji fuma, mas não o tabaco tradicional. Em vez disso, ele preenche seu cachimbo com fezes de animais. Cortar o cabelo? Nem pensar. Ele queima aos poucos com uma chama. No inverno, sua cabeça fica aquecida com a ajuda de um capacete de guerra velho. 

Como você pode imaginar, Haji também não tem uma casa, o que para ele não é nenhum problema. Longe de qualquer contato com o mundo civilizado, ele vive um buraco no chão, parecido com um túmulo. De vez em quando, dorme em um barraco aberto de tijolo construído pelos aldeões como um gesto de gentileza.




Segundo os outros moradores da vila, Haji escolheu seu modo de vida pouco tradicional após sofrer muitas decepções emocionais graves quando adolescente, o levando a fazer escolhas extremas. Seja como for, hoje ele parece bem feliz, e não se importa com que os outros pensam a seu respeito. 

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget