Novembro 2014



Até quando?

            Criado em 1988, o Dia Mundial da AIDS é realizado em 1º de dezembro. A data é dedicada à união das pessoas na luta contra a doença.

Descoberta em 1981, a AIDS já matou quase 40 milhões de pessoas desde então e segue sem cura. A seguir, veja algumas das descobertas da ciência sobre o tema.




Descoberta

A AIDS foi descoberta em 1981 pelo Centro de Controle de Doenças de Atlanta e outros órgãos americanos, mas só ganhou esse nome em 1982. No Brasil, o primeiro caso da doença foi diagnosticado em São Paulo em 1982 - de acordo com dados do Ministério da Saúde.



AIDS

O estágio mais avançado da doença causada pelo vírus HIV é chamado de AIDS (sigla em inglês para Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). A AIDS é caracterizada pela perda de capacidade do organismo de se defender de diversas doenças, causada pela ação do vírus no sistema imunológico - como explica o Ministério da Saúde.




HIV

O vírus da imunodeficiência humana (HIV, na sigla em inglês) é o causador da AIDS. Ele fragiliza o sistema imunológico, responsável por defender o corpo de doenças.

Curiosamente, o HIV é um vírus bastante sensível ao meio externo. De acordo com o Ministério da Saúde, ele sobrevive por apenas uma hora fora do organismo humano - tornando-se inativo rapidamente ao entrar em contato com agentes físicos (como o calor) ou químicos (como álcool).




Contágio
Sexo vaginal, anal ou oral sem camisinha, uso de agulhas ou seringas contaminadas e transfusão de sangue com o vírus são algumas das formas de transmissão do HIV. De acordo com o Ministério da Saúde, a ocorrência delas varia de acordo com os grupos.

Em 2012, 86,8% dos casos de identificados entre mulheres decorreram de relações heterossexuais. Já entre os homens, 43,5% dos casos de contágio se deram por relações heterossexuais, 24,5% por relações homossexuais e 7,7% por relações bissexuais. Transmissões sanguíneas e outras causas foram responsáveis pelos casos restantes.




Sintomas


Febre e mal-estar estão entre os primeiros sintomas da AIDS. Depois deles, a doença passa por um período assintomático - que pode durar anos.

Chamada de sintomática, a fase seguinte da doença é caracterizada pela redução no número de glóbulos brancos T CD4. Geralmente entre 800 e 1.200 unidades por milímetro cúbico de sangue em adultos, ele pode cair para menos de 200 nessa estágio da AIDS - de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Essa alteração faz com que o paciente sofra com diarreia, suores noturnos e emagrecimento nessa fase da doença. Se não for devidamente tratada, a AIDS pode acarretar problemas como hepatite, pneumonia e câncer.




Mundo

Em todo o mundo, cerca de 35 milhões de pessoas são portadoras do HIV - segundo a Organização Mundial da Saúde. De acordo com a entidade, a maioria das pessoas com AIDS vivem em países pobres ou em desenvolvimento.



Mortalidade


A AIDS é a doença infecciosa que mais mata pessoas no mundo. Desde sua descoberta, foram 40 milhões - segundo dados da Organização Mundial da Saúde. Só em 2013, 1,5 milhão de pessoas foram vitimadas pela doença. Entretanto, o Brasil registrou uma queda de 13% no índice de mortalidade da doença entre 2001 e 2012.




Antirretrovirais


Os antirretrovirais são medicamentos usados para impedir a multiplicação do vírus HIV no organismo da pessoa contaminada. Descobertos na década de 1980, esses remédios aumentam o tempo e a qualidade de vida dos pacientes com AIDS. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 300 mil pessoas recebiam antirretrovirais para tratar a doença em dezembro de 2012.


Chinês lê panfleto com informações sobre a Aids

Risco
De acordo com o Ministério da Saúde, a distinção entre grupos de risco e grupos de não risco em relação a AIDS não existe mais. No começo da epidemia da doença, homens homossexuais, usuários de drogas injetáveis e outras categorias eram incluídas no grupo de risco da doença. Esses segmentos eram entendidos como mais vulneráveis ao contágio pela AIDS.

Como o vírus HIV passou a se espalhar entre outros grupos sociais, o Ministério da Saúde trabalha hoje com comportamentos de risco. Relações sexuais sem o uso de preservativos com pessoas infectadas e compartilhamento de seringas e agulhas são considerados comportamentos de risco.




Sexo

Pacientes com o vírus da AIDS podem fazer sexo, mas sempre com camisinha. Segundo o Ministério da Saúde, o uso do preservativo evita a infecção por outras doenças sexualmente transmissíveis.

Além disso, a camisinha ajuda a impedir uma nova infecção pelo HIV, que aumenta a carga viral e a chance do vírus sofrer novas mutações - o que pode comprometer a eficácia do tratamento da AIDS.



Beijo

O Ministério da Saúde adverte: o vírus HIV não é transmitido por meio de beijos. De acordo com o órgão, líquidos corporais como saliva, suor e lágrima reúnem apenas partículas virais não infectantes.



Casos

Cerca de 2 milhões de pessoas foram contaminadas pelo vírus da AIDS em 2013. O cálculo é da Organização Mundial da Saúde. Por dia, estima-se que 6 mil pessoas tenham contraído o HIV em 2013 - 68% delas na África Subsaariana.




Brasileiros

Há mais de 720 mil pessoas soropositivas no Brasil. O dado é de um estudo que integra a campanha #AtitudeAbril. De acordo com esse levantamento, uma em cada cinco pessoas contaminadas pelo HIV no país não sabe que tem o vírus.


Regiões

Entre 2001 e 2011, a taxa de pessoas contaminadas pelo vírus HIV para cada 100 mil habitantes no Sudeste caiu de 22,9 para 21 casos. O dado é do Ministério da Saúde. Esse mesmo índice cresceu nas regiões Centro-Oeste (14,3 para 17,5), Nordeste (7,5 para 13,9), Norte (9,1 para 20,8) e Sul (27,1 para 30,9 casos).



Idade
No Brasil, a maioria dos casos de AIDS está concentrado na faixa de idade que vai dos 25 aos 49 anos. Quem informa é o Ministério da Saúde. Ainda segundo o órgão, o único segmento etário em que a proporção de mulheres com o vírus HIV é maior que a de homens é aquele que vai dos 13 aos 19 anos.




Jovens
Até junho de 2009, mais de 65 mil casos de AIDS foram registrados entre jovens brasileiros com idade entre 13 e 24 anos. Segundo o Ministério da Saúde, isso representa 11% do total de casos da doença registrados no país desde o começo da epidemia. Nessa faixa etária, 68% das transmissões do HIV se deram por meio de relação sexual.




Recém-nascidos
Cerca de 240 mil bebês nasceram com o HIV no ano passado. Isso corresponde a uma nova criança com o vírus da AIDS a cada dois minutos, de acordo com o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS. Entretanto, o número vem caindo. Em 2001, 500 mil bebês nasciam com o vírus todo ano.




Gel

Um gel foi tema de um artigo publicado na revista Science. Aplicado na vagina 12h antes de uma relação sexual e 12h depois, o produto se mostrou capaz de reduzir em 54% os riscos de contaminação do vírus HIV num grupo formado por 800 mulheres africanas.




Circuncisão

Num experimento realizado pela Agência Francesa de Pesquisas sobre a AIDS, 20 mil sul-africanos aceitaram passar por uma circuncisão. Após a cirurgia, os cientistas verificaram que a chance deles contraírem o HIV caiu 76%.

Além disso, a circuncisão também foi benéfica para as parceiras. Mais de 2 mil participaram do estudo. Entre aquelas que mantiveram relações sexuais apenas com homens circuncidados, o índice de infecção pelo vírus da AIDS foi menor do que no resto do grupo.




Camisinha

Preservativos masculinos foram alvo de um experimento realizado pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos. Na experiência, camisinhas esticadas foram vasculhadas por microscópios eletrônicos capazes de ampliar uma imagem 2 mil vezes. No fim, não foram encontrados poros que permitissem a passagem do vírus HIV. De acordo com pesquisadores, a maioria dos casos de rompimento de preservativos está ligada ao uso incorreto do produto – o que os credencia como método eficiente para evitar a contaminação pelo vírus da AIDS.



Agressiva

Uma nova variedade do HIV capaz de levar o paciente à AIDS em menos tempo foi descoberta em Guiné-Bissau. O vírus foi tema de um estudo realizado pela universidade sueca de Lund. Enquanto os tipos já conhecidos do vírus demoram 7 anos para levar o paciente à AIDS, a nova variedade consegue fazer o mesmo em cinco anos.



Coração

Pacientes com AIDS tem quatro vezes mais chances de ter morte cardíaca repentina do que a média. A descoberta é fruto de um estudo realizado por pesquisadoras da universidade da Califórnia.

Para esse trabalho, foram analisados 2.860 registros de óbito de pessoas com HIV. Após a análise, os cientistas constataram que ataques cardíacos fulminantes representavam 86% das mortes.




Audição

Crianças e adolescentes com HIV têm mais chances de apresentarem inflamações no ouvido e outros problemas de audição. A constatação é fruto de um estudo da universidade de São Paulo.

Entre os 106 indivíduos que participaram do trabalho, 35,8% apresentaram perda auditiva. De acordo com os pesquisadores, a ocorrência desse tipo de problema é um efeito colateral da medicação usada no tratamento da AIDS.



Mente

Pacientes diagnosticados com vírus HIV podem apresentar depressão e outros distúrbios de comportamento. O Ministério da Saúde recomenda atenção especial em relação a isso, já que problemas desse tipo também fragilizam o sistema imunológico. Casos de falta de concentração e memória fraca também podem estar ligados ao HIV e têm evolução variada.




Exercícios

O Ministério da Saúde recomenda a prática regular de exercícios físicos para pacientes com AIDS. De acordo com o órgão, esse hábito estimula o sistema imunológico e alivia o estresse - entre outros benefícios. Porém, antes de partir para as atividades físicas, o paciente deve consultar um médico.



Testes

A coleta de sangue é o método usado para detecção de infecção pelo vírus HIV. Com uma gota do líquido, testes disponíveis no Brasil conseguem fornecer o resultado dentro de 30 minutos. Esse tipo de exame é gratuito na rede pública de hospitais, de acordo com o Ministério da Saúde.




Janela

O corpo humano demora, pelo menos, 30 dias para começar a produzir anticorpos anti-HIV quando é infectado pelo vírus da AIDS. Esse período é chamado pelos especialistas de janela imunológica.

De acordo com o Ministério da Saúde, a janela imunológica é importante porque os exames para identificar a infecção pelo vírus HIV detectam justamente a presença desses anticorpos. Assim, os testes podem apresentar um resultado errado se forem feitos durante esse período.

Por isso, recomenda-se que pessoas que façam o exame durante a janela imunológica repitam o procedimento 30 dias depois para confirmar o resultado.



Falsos-positivos

Segundo o Ministério da Saúde, alguns fatores podem interferir na detecção do vírus HIV e gerar resultados falso-positivos. Artrite reumatoide, uma infecção viral aguda ou a presença de tumores malignos no organismo são alguns desses fatores.



Parasitas

Cientistas da universidade da Califórnia desenvolveram um novo tipo de tratamento para o HIV. A técnica é baseada em versões menores e inofensivas do vírus, capazes de competir com a versão normal do HIV. Um dos benefícios desse tipo de tratamento seria a redução da carga viral em pacientes infectados. A técnica ainda está em desenvolvimento.



Transplante

O hematologista Gero Huetter é formado pela universidade de Berlim. Em 2006, ele começou a atender Timothy Ray Brown, portador do HIV. Após submeter Brown a um tratamento baseado em quimioterapia e transplantes de medula, Huetter conseguiu eliminar o vírus da AIDS do organismo do americano. A técnica não pode ser considerada um caminho para a cura da AIDS porque depende do transplante de medulas com um tipo de mutação rara para gerar esse resultado.

AFP/Getty Images

Roberto Gómez Bolaños: "Roberto está em sua casa, sua condição médica não mudou nos últimos meses", disse parente

Da AFP

São Paulo - Fãs do México, Brasil e outros países da América Latina se despediram neste sábado de Roberto Gómez Bolaños, falecido aos 85 anos na véspera depois de marcar a infância de uma geração em suas quatro décadas de carreira dedicada à comédia.

O corpo de Bolaños foi levado de sua residência no balneário caribenho de Cancún, onde faleceu, para a Cidade do México.

Em seu trajeto até o aeroporto da cidade, o carro fúnebre foi acompanhado por uma comitiva de cinco veículos liderados por patrulhas policiais.

Muitos fãs acompanharam o cortejo para dar seu último adeus ao comediante que encarnou o menino carente Cháves e o super-herói atrapalhado Chapolim Colorado, em programas que ainda hoje continuam sendo exibido nas televisões da região.

Gómez Bolaños, que morreu por causas ainda não esclarecidas, mudou para Cancún há vários anos, quando, por seus problemas respiratório, decidiu deixar a capital mexicana, situada a 2.250 metros de altura.

Ele será velado de forma discreta em uma sede da Televisa, emissora em que trabalhou quase toda a vida.

A missa na sede situada no sul da capital será acompanhada por parentes, amigos, colegas de trabalho, diretores da emissora e várias personalidades mexicanas.

A legião de fãs de Bolaños foi convidada a se despedir do ídolo no domingo, na grande homenagem que será realizada no estádio Azteca, que pode receber 105.000 pessoas.

O evento deve durar cinco horas e contará com apresentações musicais e mensagens de personalidades.

Os familiares do ator, incluindo Florinda Meza - sua segunda esposa e que fez a dona Florinda - ainda não fez declarações, mas enviou várias mensagens de agradecimento através do Twitter.

"Em nome da família, obrigada por tanto amor. Esperamos vocês amanhã no Estádio Azteca a partir das 12 para nos despedirmos dele", escreveu a família no Twitter aberto em 2011 pelo próprio Bolaños e que tem mais de 6,7 milhões de seguidores.

No estádio, a equpe do América, propriedade da Televisa, fará um minuto de silêncio na partida deste sábado contra os Pumas pela liga mexicana.

Fãs do mundo todo lamentaram a morte do comediante.

"Eterno/mito/ídolo... Roberto Bolaños, simplesmente Chaves, obrigado!", escreveu o astro brasileiro Neymar em seu Twitter.

"E agora, quem poderá nos defender?", questiona a manchete deste sábado em muitos jornais do México, América Latina e Espanha, reproduzindo o que as personagens falavam quando estavam em perigo e esperavam pela ajuda do Chapolim Colorado.

Mas seu personagem mais celebrado foi 'Chaves', um menino órfão e pobre que

vivia dentro de um barril e sempre se metia em travessuras

A imaginação de Gómez Bolaños criou personagens e frases que fazem parte do imaginário coletivo brasileiro e latino-americano, como "Foi sem querer querendo", ou "Sigam-me os bons".

A imprensa mexicana recordou como, em sua época de ouro, os shows de Bolaños lotavam estádios em todo o continente americano.

Em 1983, chegou a se apresentar duas vezes no Madison Square Garden de Nova York.

Os programas de Bolaños foram exporatados para mais de 25 países, e no Brasil se perpetua em reprises desde os anos 80, com uma dublagem que contribuiu ainda mais para o sucesso.

str-jg/gbv/are/cn

Glabb/Wikimedia Commons 
Região de Xiaohe, China, onde adesivo foi encontrado: análises mostraram se trata de uma gelatina elaborada a partir de bovinos 

Da EFE

Pequim, - Cientistas chineses identificaram o uso mais antigo conhecido até agora neste país de um adesivo, uma gelatina de origem animal que data de cerca de 3.500 anos. 

O adesivo foi encontrado em um bastão ritual com incrustações de marfim achado em um sítio arqueológico conhecido como o complexo funerário de Xiaohe, na província noroeste de Xinjiang, segundo a agência oficial "Xinhua". 

Trata-se do primeiro uso identificado na China de uma substância adesiva, e as análises mostraram que se trata de uma gelatina elaborada a partir de bovinos. 

O sítio de Xiaohe, no leste da província de Xinjing, é da Idade do Bronze e começou a ser pesquisado em 1934 pelo arqueólogo sueco Folke Bergman. 

O complexo tem mais de 300 túmulos, os mais antigos dos quais poderiam ter cerca de 4.000 anos, com caixões com forma de embarcação, e alguns dos corpos estavam mumificados e em bom estado de conservação devido ao clima seco e frio da região.

Getty Images

Comércio eletrônico: os produtos mais procurados pelos consumidores foram os eletrônicos


Matheus Martins Fontes, do Estadão Conteúdo

As vendas ao longo da Black Friday somaram R$ 871,9 milhões nas lojas online do Brasil em 2014. O valor é 48% maior do que o registrado na mesma data há um ano, segundo dados da empresa responsável por análises de risco ClearSale e da criadora do site Black Friday.com.br, a Busca Descontos.

Foram registrados 2,092 milhões de pedidos pela internet.

O levantamento ainda revela que os produtos mais procurados pelos consumidores foram os eletrônicos, com 42% das vendas, seguidos dos artigos de esporte e lazer, com 15%.

Na sequência, apareceram os itens de informática (11%), viagens (10,6%) e moda (7,3%).

O tradicional dia de descontos está em sua quarta edição no Brasil e também englobou o comércio de lojas físicas, porém os dados sobre as vendas nessa categoria não foram divulgados até o momento.

Até o fim da tarde de sexta-feira, às 16h40, o Procon estadual de São Paulo havia registrado 753 atendimentos de consumidores relacionados à Black Friday. A grande maioria das reclamações foi realizada pela página da fundação no Facebook (362) ou via telefone 151 (170 dos atendimentos).

Os principais problemas retratados por consumidores estão relacionados a produto ou serviço indisponível, sites com falhas e alteração de preço na finalização da compra. Estes registros somaram 78% das demandas registradas.

O site Reclame Aqui registrou mais de 12 mil queixas até o término da Black Friday.


As reclamações mais comuns dos consumidores foram "problemas técnicos para acessar sites ou finalizar compras, maquiagem de preços, sumiço de produtos do carrinho virtual, problemas no pagamento e preços elevados de frete para 'compensar' os descontos".


              Das 7,3 bilhões de pessoas que vivem hoje no planeta, 1,8 bilhão tem entre 10 e 24 anos de idade e 600 milhões são meninas. Nunca antes houve tantos jovens no mundo e é improvável que o potencial de progresso econômico e social nas mãos deste grupo volte a se repetir.

© Kacper Pempel/Reuters Mundo tem hoje 1,8 bilhão de jovens. Nunca antes houve tamanho número de pessoas com idades entre 10 e 24 anos

É o que mostra o The State of The World Population 2014, relatório anual produzido pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), braço da ONU responsável por questões populacionais, divulgado nesta semana. “A maneira como atenderemos as necessidades e aspirações deste grupo irá definir o nosso futuro”, diz a análise.

“Os jovens são inovadores, criadores, construtores e líderes do nosso futuro. Mas eles apenas podem transformar este futuro se tiverem as habilidades, a saúde, se desenvolverem o potencial para tomar decisões e para fazerem suas escolhas de vida”, considerou Babatunde Osotimehin, diretor da entidade.

Países com mais jovens

A maior parte destes jovens, um em cada dez, vive hoje em países pobres e, nos países em desenvolvimento, metade da população tem menos de 18 anos de idade. É na Índia onde se encontram a maioria deles, 356 milhões.

O segundo lugar é ocupado pela China, que conta com 259 milhões. Indonésia, Estados Unidos e Paquistão aparecem em seguida com 67 milhões, 65 milhões e 59 milhões, respectivamente. O Brasil ocupa a sétima posição (51 milhões) entre os lugares com o maior número de pessoas com idades entre 10 e 24 anos.

Constatações


Além de oferecer um panorama sobre os locais com um alto número de jovens, o estudo também retratou como está a vida destes jovens e mostra que ainda há muito para ser feito por governos para garantir que este grupo consiga se desenvolver plenamente.

A maior causa de morte dos jovens atualmente é o suicídio e a segunda causa mais comum diz respeito às mortes por HIV. A doença afeta dois milhões de adolescentes com idades entre 10 e 18 anos.

Diariamente, quase 40 mil meninas se casam. E são estas jovens esposas que tem as maiores chances de morrer por conta de complicações na gravidez, especialmente por conta de tentativas de aborto. Anualmente, 2,5 milhões de adolescentes fazem o procedimento sem qualquer tipo de segurança.

A vida financeira dos jovens tampouco traz boas notícias. Há 500 milhões vivendo com menos de dois dólares por dia e 160 milhões, com idades entre 15 e 24 anos, estão desnutridos. 130 milhões deles passam apenas quatro anos na escola e 175 milhões são incapazes de ler sequer uma frase completa.

Lia Lubambo/EXAME

Agência da Caixa Econômica Federal: cartões de débito, autoatendimento, Banco 24 Horas não funcionarão

Da AGÊNCIA BRASIL

             A Caixa Econômica Federal informou ontem (14) que alguns canais de atendimento do banco ficarão indisponíveis entre as 23h de hoje (15) e as 7h de amanhã (16) para uma atualização tecnológica. O objetivo, segundo o banco, é melhorar a qualidade e disponibilidade dos serviços aos clientes.

Durante o período estarão indisponíveis os seguintes serviços: cartões de débito, autoatendimento, Banco 24 Horas, Internet Banking e Banking Móvel.

No último dia 6, os sistemas informatizados da Caixa ficaram fora do ar. As agências não conseguiram atender os clientes e tiveram que abrir uma hora mais cedo no dia seguinte para suprir o atendimento. As lotéricas e os postos de autoatendimento também ficaram indisponíveis.

Getty Images


Amazônia: o uso da terra que teve a maior redução (87%) por causa da diminuição do desmatamento na Amazônia e no Cerrado

Lisandra Paraguassu, do Estadão Conteúdo

Brasília - O Brasil poderá alcançar antes de 2020 as metas autoimpostas de redução das emissões de gases de efeito estufa. Os números mais recentes, relativos a 2012, mostram que as estimativas anuais são inferiores às projetadas em 2009, quando o País assumiu o compromisso.

Até agora, o crescimento das emissões é 44% inferior do que seria se não tivessem sido tomadas medidas de controle. A meta estabelecida pelo governo era entre 36% e 39%.

"Não podemos dizer ainda quanto, porque não temos como saber como as emissões vão se comportar, mas as metas devem ser alcançadas antes de 2020", disse o secretário de Políticas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência e Tecnologia, Carlos Nobre.

Das quatro áreas em que são medidas as emissões - Energia, Agropecuária, Mudança do Uso da Terra e Florestas, Indústrias e Resíduos - foi o uso da terra que teve a maior redução (87%) por causa da diminuição do desmatamento na Amazônia e no Cerrado, de 80% e 40%, respectivamente, na comparação com a média entre 1996 e 2005.

Esses números, porém, não incluem o crescimento da área desmatada registrado neste ano e em 2013.

Dados do Sistema de Alerta do Desmatamento, operado pelo Instituto Imazon, apontam que em agosto o desmatamento teria alcançado 890 km², aumento de 208% em relação a 2013, e 736 km² em setembro,, 66% a mais que no mesmo mês do ano passado.

Os números ainda não foram confirmados pelo governo, mas podem influenciar a redução de emissões e a meta autoimposta pelo governo federal em 2009. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Getty Images

Bill Cosby: ele enfrentou outras acusações de estupro ao longo de sua carreira

Da EFE

Washington - O comediante Bill Cosby se recusou a falar sobre as acusações de abuso sexual feitas nesta semana, durante uma entrevista divulgada neste sábado na rede 'NPR'.

O ator foi convidado a participar do programa 'Weekend Edition Saturday' para discutir as 62 peças que irá ceder para que sejam expostas no Museu de Arte Africano da instituição Smithsonian na capital americana.

No entanto, quando o jornalista Scott Simon o perguntou sobre as acusações de abuso sexual, Cosby ficou em silêncio e fez sinal de negativo com a cabeça.

'Não me agrada esta pergunta, mas houve graves denúncias colocadas sobre o senhor nos últimos dias', disse Simon, 'há gente que gostaria de escutá-lo sobre esse assunto. Quero dar a oportunidade', acrescentou perante o silêncio que manteve.

A atriz Barbara Bowman detalhou nesta semana suas acusações em uma coluna do jornal 'The Washington Post'.

Os fatos são de 1985, em Nova York, quando Bowman tinha 17 anos e tentava se firmar na carreira.

Bowman, que explicou que o famoso comediante tinha desenvolvido uma relação de mentor com ela e tinha jantado em várias ocasiões com a estrela televisiva, relata como despertou um dia 'sem roupa e totalmente confusa'.

Segundo sua versão dos fatos, Cosby lhe explicou que ela tinha se embebedado e acabou dormindo, mas Bowman notou que tinha sido 'estuprada' pelo comedianto.

O ator de 77 anos enfrentou outras acusações de estupro ao longo de sua carreira, que negou de maneira taxativa, embora nesta ocasião nem Cosby e nem seu agente tenham falado sobre a história.

O ator cancelou sua aparição no programa 'Late Show com David Letterman' de CBS na próxima quarta-feira.

O porta-voz do comediante, David Brokaw, indicou que Cosby não participaria do programa como estava previsto mas não indicou os motivos, segundo recolhem vários meios de comunicação.



Você sabia que as mulheres são mais estressadas que os homens no trabalho? Segundo o Associação de Psicologia dos Estados Unidos, 49% das mulheres afirmam que o estresse diário aumentou nos últimos cinco anos.

Mas se, ao mesmo tempo, a média salarial de qualidade de vida têm aumentado, o que falta? Exercitar a felicidade. Nos últimos anos, descobertas feitas com base em estudos do cérebro mostraram técnicas incríveis que podem mudar hábitos e atitudes, e trazer essa felicidade.

Soja Lyubomirsky, professora da Universidade da Califórnia, mostrou que 40% da sensação que chamamos de "felicidade" depende apenas de cada um. Então, sim, é possível treinar para ser mais feliz.

O primeiro passo é aumentar sua força interna. Segundo o psiquiatra Rick Hanson, o cérebro está programado para prestar atenção nas coisas negativas. Como tirar proveito disso? Você não deve ignorar as coisas ruins que acontecem com você ou a sua volta, mas reconhecê-las e se lembrar de algo positivo que já viveu.

Outro passo importante: simplifique tudo que você puder. Segundo Tal Bem-Shahar, professor de Harvard, as pessoas comprometem a felicidade quando tentam fazer coisas demais. É importante saber que dizer "não" para os outros em algumas situações, significa dizer "sim" para você mesmo.

Além disso, existem técnicas específicas para melhorar a função do cérebro. É preciso ter uma mente aberta já que grande parte destas atividades vai contra o senso comum. Quando você pensa em ser mais feliz, você precisa saber como ser grato. Realizar uma boa ação simples para um desconhecido, por exemplo, faz com que você se sinta muito melhor. Por que não começar hoje?

Um médico que contraiu Ebola foi liberado de um hospital de Nova York nesta terça-feira após semanas de tratamento em isolamento e recebeu saudações dos nova-iorquinos no trajeto da prefeitura até o prédio no Harlem onde mora.


© REUTERS/Lucas Jackson Prefeito de Nova York Bill de Blasio caminha ao lado do médico Craig Spencer (D), que recebeu alta do hospital após ficar curado do Ebola, nesta terça-feira.

A alta do médico Craig Spencer, de 33 anos, que cuidou de pacientes com Ebola em Guiné e estava internado no hospital Bellevue desde que foi diagnosticado com o vírus em 23 de outubro, significa que os Estados Unidos não têm mais nenhum paciente em tratamento para Ebola, de acordo com a mídia.

Spencer compareceu a uma entrevista coletiva nesta terça de manhã ao lado do prefeito de Nova York, Bill de Blasio.

"Esse é um dia realmente muito bom", disse De Blasio. "O primeiro e único caso de Ebola na cidade de Nova York foi tratado com sucesso. O doutor Spencer está livre do Ebola e Nova York está livre do Ebola."

Spencer, que viajou para a África Ocidental com os Médicos Sem Fronteiras, recebeu a visita de outras autoridades da cidade e de funcionários do hospital.

O diagnóstico de Ebola do médico foi confirmado após ele ter viajado de metrô pela cidade para jantar fora e jogar boliche com amigos, o que provocou uma grande preocupação sobre a possível disseminação do vírus pela cidade.

O Ebola matou mais de 4.950 pessoas desde o início do atual surto na África Ocidental este ano, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). A maioria dos casos e das mortes está concentrada em Serra Leoa, Libéria e Guiné.

Na segunda-feira, autoridades de saúde da Carolina do Norte disseram que o missionário John Fankhauser, de 52 anos, de Ventura, na Califórnia, estava sob "certo risco" de desenvolver a doença após voltar da Libéria, e foi posto em quarentena por 21 dias.

Os Estados Unidos tiveram apenas uma morte devido ao Ebola, o liberiano Thomas Eric Duncan, que contraiu a doença na Libéria e morreu em Dallas, onde estava fazendo uma visita.

Especialistas afirmam que o Ebola só é transmitido por meio do contato com os fluídos corporais de uma pessoa sintomática.

PORTO ALEGRE – Um ato convocado por uma rede social para este domingo, e que recebeu mais de 3,6 mil confirmações, terminou com apenas um homem, não identificado, caminhando sem roupa por uma das principais avenidas de Porto Alegre. Desde que uma mulher inaugurou a prática, há 11 dias (ver imagens abaixo), mais três casos de pessoas andando nuas pela cidade foram registrados.

No domingo, uma “corrida pelada” foi registrada pelo fotógrafo Fernando Teixeira, freelancer da agência Futura Press em Porto Alegre. Uma mulher não identificada percorreu um trecho de pouco mais de 200 metros no centro da cidade, próximo ao Palácio Piratin, vestida apenas com tênis de corrida e boné.


Mulher é detida por correr nua em parque no RS No domingo, 15 pessoas compareceram à convocação para correr sem roupas na avenida Carlos Gomes e apenas um homem tirou a roupa por alguns minutos. Um dos organizadores reconheceu que a presença de jornalistas no local inibiu os participantes.

- Não contrario os poucos que foram e que não ficaram nus, embora estivessem lá para isso. Eu os entendo, pois também não fiquei nu. Havia um batalhão de jornalistas e fotógrafos e ninguém quer ser o rosto do evento. Nem eu – disse Venceslau Carbonero, que se apresenta como praticante de naturismo.

Carbonero promete outros eventos similares, além do que está marcado para o próximo domingo. As corridas peladas se inspiraram nos eventos do “nude runs”, que organizam vários circuitos se corredores sem roupa durante o ano todo em cidades europeias e americanas. A mais recente estava marcada para esta segunda-feira, em um clube fechado da cidade americana de Lutz, na Flórida.

No dia 30 de outubro, houve o registro da primeira mulher que correu sem roupas na cidade – no Parque Moinhos de Vento, um dos mais importantes de Porto Alegre. A mulher ficou nua e praticou corrida por alguns minutos até ser detida pela Brigada Militar. Ela tirou inclusive os tênis e correu descalça.

Levada para uma clínica psiquiátrica, a mulher recebeu atendimento especializado. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, a família da corredora, que a manteve no anonimato, disse que ela tem problemas psicológicos e recebe acompanhamento profissional há mais de um ano.

Uma semana depois, foi a vez da lutadora de MMA Betina Baino percorrer nua, na chuva, mais de dois quilômetros de um das avenidas mais movimentadas de Porto Alegre. Betina, segundo o ex-treinador e amigo Pércio Rodrigues, foi internada em uma clínica de recuperação na sexta-feira, depois do episódio. No domingo, de acordo com o professor, passou o dia em um clube da zona sul de Porto Alegre.

Betina, segundo o amigo, passou a apresentar “problemas de relacionamento” depois que conheceu o pai do seu segundo filho, há cerca de dois anos. Rodrigues relata que o casamento durou pouco, e a atleta chegou a se envolver com drogas. Segundo ele, a atleta procurou o esporte como forma de se livrar das drogas. Na caminhada nua, flagrada por uma equipe de reportagem, Betina disse que havia se prostituído para sobreviver e que estava sem roupa “porque sou bonita”. “Eu não estou sem roupa, estou natural. O que não é natural é a gente não ter saúde. O que não é natural é uma atleta se tornar prostituta para sobreviver. O que não é natural é uma prostituta que devia ser rica virar sem-teto”, afirmou à reportagem.

O amigo e ex-treinador confirma que Betina saiu da casa dos pais há cerca de um ano e, desde então, tem morado de favor em casas de amigas ou alugado quartos em pensões. Os dois filhos – além do menino do último casamento, Betina tem uma filha de 16 anos – moram com os avós. Rodrigues descartou a possibilidade de que o ato tenha conotação comercial, para alavancar a carreira da atleta no MMA – em cinco lutas, Betina perdeu três e ganhou duas.

- Não acredito. Mas, na minha opinião, acho que ela deveria aproveitar a repercussão para aparecer e conseguir um patrocínio. As lutas infelizmente ainda rendem muito pouco aos atletas – afirmou.

As fotos de um travesti caminhando sem roupa pelas ruas do bairro Cidade Baixa, na sexta-feira da semana passada, não tiveram a autenticidade confirmada.


A Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) realiza os últimos ajustes para um momento histórico. Amanhã, uma sonda pousará num cometa pela primeira vez.

A espaçonave em questão é a Rosetta e o astro, o 67P/Churyumov–Gerasimenko. Na noite de ontem, a ESA teve alguma dificuldade em ativar o Philae, robô envolvido na operação. Mas parece que tudo foi resolvido e o robô já está a postos.

"Estamos prontos e sem preocupações", afirmou em nota divulgada pela ESA Andrea Accomazzo. Diretor de voo da Rosetta, ele deve coordenar os procedimentos daqui da Terra.

Como será ??


Após ter percorrido 6,5 bilhões de quilômetros de distância nos últimos 10 anos, a Rosetta se encontra a cerca de 20 quilômetros do cometa 67p/Churyumov–Gerasimenko neste exato momento.

Amanhã, quando os relógios marcarem 7h03 em Brasília, a sonda lançará o Philae no espaço.

Com cerca de 100 quilos e parecido com uma geladeira, o robô deve levar cerca de 7h para cumprir o percurso entre a Rosetta e o cometa, que fica envolto numa atmosfera de sulfeto de hidrogênio, amoníaco e formaldeído .

© Rosetta Mission/Facebook Inédito: amanhã, uma sonda pousará num cometa pela primeira vez

Arpões e parafusos serão usados pelo Philae para se prender ao 67P/Churyumov–Gerasimenko. Depois disso, o robô fará análises da composição e estrutura do cometa.

Por meio de ondas de rádio, o Philae encaminhará as informações obtidas ao centro de operações da ESA em Darmstadt, na Alemanha. O robô tem bateria com duração com carga para operar por dois dias e meio.

A missão será transmitida pelo site da ESA e está avaliada em 1,3 bilhão de euros. Com ela, os cientistas pretendem descobrir mais informações ligadas ao surgimento do Sistema Solar, há 4,5 bilhões de anos.

Eles acreditam que, por terem aparecido na mesma época, os cometas podem conter dados importantes sobre esse acontecimento.


Elon Musk deve enfrentar grandes obstáculos financeiros, técnicos e regulamentares no novo projeto 

Fundador da Tesla (montadora de carros elétricos) e da Space X (companhia de foguetes e equipamentos espaciais), o empreendedor Elon Musk vai partir para um nova missão. 

Agora, segundo uma reportagem do Wall Street Journal, o bilionário está desenvolvendo modelos menores e menos caros de satélites para ampliar o acesso à internet. 

Ainda não há muita informação de como o projeto será. 

O que se sabe, no entanto, é que Musk está trabalhando com Gery Wyler, um ex-engenheiro do Google e um veterano na indústria de satélites. 

Ambos já planejam lançar por volta de 700 satélites, que teriam a metade do tamanho dos aparelhos utilizados hoje dia, de acordo com o Wall Street Journal. 

O jornal ainda salienta que o bilionário deve enfrentar grandes obstáculos financeiros, técnicos e regulamentares, e o custo para desenvolver este novo projeto deve atingir mais de US$ 1 bilhão. 

Nada muito diferente das inovações (cheias de risco) deste empreendedor, um especialista em transformar loucura em inovação (e em dinheiro, claro). 

Ele começou com a empresa de pagamentos PayPal e, após vendê-la ao Ebay por US$ 1,5 bilhão, investiu o dinheiro na criação da Tesla, cujos faturamento e valor de mercado da empresa dispararam. 

Musk também criou a Space X, uma das únicas empresas privadas no mercado e que ganhou um contrato bilionário com a NASA, a agência espacial norte-americana. 



Rumo às estrelas 

O filme “Interestelar”, que estreou no Brasil nesta semana, é imperdível para quem tem alguma atração por viagens espaciais, ficção científica ou astrofísica. 

Nele, uma equipe de astronautas realiza uma viagem intergaláctica através de um buraco de minhoca espacial. Na outra ponta desse túnel, eles encontram um sistema de planetas que giram em torno de um buraco negro. 

Jonathan Nolan, irmão do diretor Christopher Nolan, fez um curso de física relativística para escrever o roteiro. Ele também contou com a ajuda do físico teórico Kip Thorne, que atuou como consultor em toda a produção do filme. 

Thorne já falou sobre a física do filme em entrevistas e num vídeo oficial. Avance pelas fotos para conferir alguns dos conceitos científicos presentes nele.


Buraco de minhoca 

O buraco de minhoca que possibilita a viagem intergaláctica no filme é um fenômeno previsto teoricamente, mas jamais observado na prática. Foi descrito primeiro por Albert Einstein e Nathan Rosen em 1935. Por isso, esse fenômeno é oficialmente chamado de ponte de Einstein-Rosen. 

Segundo a teoria elaborada pelos dois físicos, buraco de minhoca é uma deformação do espaço-tempo que funcionaria como um atalho espacial. Esse fenômeno já foi explorado em outros filmes de ficção científica, como “Contato”, baseado no livro homônimo de Carl Sagan.


Buraco negro rotativo 

O buraco negro que aparece em “Interestelar” é do tipo rotativo. É um objeto espacial cuja existência foi prevista com base na teoria da relatividade geral de Einstein. Depois, foi confirmada por meio de observações astronômicas. 

Apesar do nome, o buraco negro não é totalmente invisível. Sua potente atração gravitacional distorce o espaço-tempo em torno dele. Corpos celestes localizados atrás dele são vistos distorcidos, o que permite notar sua presença. 

É o que os efeitos visuais de “Interestelar” procuram retratar. Kip Thorne diz que os halos de luz em torno do buraco negro do filme são realistas. Ele partiu das equações relativísticas para determinar a geometria dos halos.


Gravidade artificial 

A ausência de gravidade provoca efeitos negativos sobre os seres vivos, como atrofia muscular e perda de massa óssea. Essa é uma dificuldade a ser enfrentada nas viagens espaciais prolongadas. 

No filme, a nave viaja girando, o que cria força centrífuga. Essa força empurra os astronautas para o exterior. A parede externa passa a ser o chão onde eles podem caminhar. Assim, a força centrífuga funciona como uma espécie de “gravidade artificial”. 


Dilatação temporal 

Uma interessante conclusão derivada da teoria da relatividade é que o tempo pode passar mais lentamente na presença de um campo gravitacional forte. Além de ter sido previsto teoricamente por Einstein, esse fenômeno já foi comprovado em experimentos práticos. 

No filme, o potente campo gravitacional do buraco negro provoca dilatação temporal. Isso faz com que os astronautas próximos a esse corpo celeste envelheçam mais lentamente do que as pessoas que estão na Terra.


Quinta dimensão 

Na física relativística, o universo tem quatro dimensões – as três espaciais e mais o tempo. Mas isso parece ser insuficiente para explicar certos fenômenos. 

Em busca de uma teoria capaz de abranger todas as forças observadas no universo, alguns físicos postulam que devemos considerar uma quinta dimensão. “Interestelar” faz referência a esse universo pentadimensional descrito pelos cientistas.

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget