Março 2012




Modelo lembra MacBook Air da Apple mas não incorpora idéias e recursos interessantes para sua categoria
Foto: Mário Nagano/ZTOP





A Dell - sem fazer muito barulho e indo direto aos finalmentes - trouxe para o Brasil o seu primeiro modelo ultrabook: o Dell XPS 13 Ultrabook. O modelo vai ser lançado oficialmente no dia 2 de abril.

Como o próprio nome sugere, o XPS 13 Ultrabook é um modelo leve e fino equipado com uma tela LCD/LED de 13,3 polegadas cujo visual lembra vagamente o Asus Zenbook UX31 que, por sua vez lembra mais ainda o MacBook Air da Apple. De qualquer modo, é injusto chamar o XPS 13 de "cópia", já que ele incorpora idéias e recursos bem interessantes para um portátil da sua categoria.

Kate Winslet, protagonista do filme "Titanic", disse em entrevista à MTV que sente vontade de vomitar quando ouve a música de Celine Dion "My Heart Will Go On" --que ficou famosa por integrar a trilha sonora do longa e, inclusive, ganhou o Oscar de melhor canção original em 1998

A atriz britânica disse que a música a persegue desde que o filme foi lançado, há 15 anos. "Ela me assombra", afirmou. "Eu queria poder dizer: 'Escutem! É a música da Celine Dion!'. Mas não. Eu fico ali sentada, com uma cara séria, revirando os olhos internamente", contou.

Winslet disse ainda que as pessoas gostam de surpreendê-la com a canção em hotéis, restaurantes e bares.

Recentemente, participou de um "talk-show" na Itália em que um músico tocou, no piano, o tema de sua personagem, Rose. Ela contou que pediram para ela cantar a música. "Eles falavam: 'Vá lá, vai ser engraçado!'. Não, não vai ser engraçado. Nem um pouco. Não vou cantar", disse.

Segundo Winslet, a música não é a única coisa a persegui-la. Ela afirmou que ouve piadas sobre o "Titanic" toda vez que sobe em um barco. "Eu já aviso: 'Se você tem alguma piada, conte-a agora e vamos seguir em frente'."

Paul Hackett/Reuters 
A atriz Kate Winslet na estreia do filme "Titanic 3D", em Londres

A cantora britânica Adele, 23, faz um sacrifício e tanto para manter as madeixas volumosas.

Para conseguir manter o cabelão armado, ela chega a passar até dois meses sem lavar os fios com xampu.

"Eu só lavo com água", contou à revista "Glamour". "Ontem à noite eu passei xampu pela primeira vez em dois meses!"

A entrevista foi publicada antes da cantora ficar famosa, mas foi redescoberta agora pela "Us Magazine".


Luke MacGregor - 21.fev.12/Reuters

A cantora britânica Adele, que não lava os cabelos com xampu para mantê-los volumosos

"Pânico" (Band) e "Saturday Night Live" (RedeTV!) irão disputar a audiência de domingo à noite, mas terão pelo menos dois patrocinadores em comum.

Tanto Skol quanto Guaraná Antarctica compraram cotas de patrocínio dos dois programas, só que pagaram bem mais para ter suas marcas no programa de Sabrina Sato e companhia.

A Skol comprou a maior cota do "Pânico" por R$ 114 milhões, enquanto o Guaraná Antarctica pagou R$ 63 milhões.

Já no programa a ser comandado por Rafinha Bastos, todas as cotas foram vendidas por R$ 6,4 milhões.

Vale lembrar que esses valores são de tabela (sem descontos) e foram estabelecidos pelas próprias emissoras.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta sexta-feira (30).

A íntegra da coluna está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.
Fotomontagem

Rafinha, do "Saturday Night Live", e Bola, do "Pânico"

A vítima de um ataque com ácido no Paquistão, Fakhra Younus, que passou por dezenas de cirurgias para tentar corrigir os danos em seu rosto cometeu suicídio em Roma, onde fazia tratamento.

A ex-dançarina de 33 anos pulou da janela do sexto andar do prédio onde morava no dia 17 de março e o corpo chegou no Paquistão para o sepultamento no domingo (25) em Karachi, reiniciando a polêmica a respeito do caso.

Fakhra foi supostamente atacada pelo marido, Bilal Khar, um ex-parlamentar paquistanês e filho de um político importante do país.

Eles foram casados durante três anos até que Fakhra o deixou, alegando abuso físico e verbal. Ela contava que tinha ido para a casa da mãe e, enquanto dormia em uma noite do ano 2000, Khar entrou na casa e teria despejado ácido em seu rosto.

Khar foi julgado e absolvido das acusações, mas muitos no Paquistão acreditam que ele usou suas ligações com o poder para poder escapar de uma condenação, algo que seria comum no Paquistão.

A morte de Fakhra ocorreu menos de um mês depois de uma cineasta paquistanesa Sharmeen Obaid-Chinoy ter conquistado o primeiro Oscar concedido ao país, o prêmio de melhor documentário de curta-metragem, com o filme de 52 minutos Saving Face, que conta justamente o drama das mulheres atacadas com ácido no Paquistão.

TERCEIRO CASAMENTO

Fakhra Younus era uma adolescente e dançarina na área de prostituição da cidade de Karachi quando conheceu o marido Bilal Khar, filho de Ghulam Mustafa Khar, ex-governador da província do Punjab.

Bilal Khar, na época com mais 30 anos, iniciou então com Fakhra seu terceiro casamento.

Em uma entrevista concedida à televisão paquistanesa logo após o suicídio de Fakhra, Khar novamente negou ter atacado a ex-mulher e sugeriu que outro homem, com o mesmo nome, teria cometido o crime. Khar também afirmou que Fakhra cometeu o suicídio porque não tinha dinheiro, e não devido aos ferimentos no rosto.

Em uma de suas últimas entrevistas, concedidas em fevereiro, Fakhra afirmou que paquistaneses poderosos tratam cidadãos comuns com brutalidade e "não sabem o quanto eles tornam dolorosa a vida dos outros".

Fakhra vivia na Itália e o governo italiano pagava pelo tratamento dela, além de dar dinheiro para que vivesse no país e pudesse manter o filho de outro relacionamento na escola.

"A parte mais triste é que ela percebeu que o sistema no Paquistão nunca iria dar alívio (a ela). Ela estava totalmente decepcionada (com o fato) de que não havia justiça para ela", disse Nayyar Shabana Kiyani, ativista da organização paquistanesa de defesa das mulheres The Aurat Foundation.

DIREITOS HUMANOS

O departamento de direitos humanos do partido paquistanês PPP também se manifestou depois do suicídio de Fakhra.

A coordenadora central do departamento, Nafisa Shah, disse ao jornal "Pakistan Observer" na terça-feira (27) que a morte de Fakhra é o reflexo do estado do sistema de Justiça criminal do Paquistão, que não identificou e nem puniu os responsáveis pelo ataque.

"Como, 12 anos depois, o principal acusado, responsável por desfigurar Fakhra Younus, está usufruindo de liberdade absoluta, é uma questão que temos que fazer", disse.

O criador e diretor da empresa de vendas on-line Amazon, Jeff Bezos, disse ter encontrado os motores de propulsão que levaram ao espaço a missão Apollo 11 --a primeira incursão do homem à Lua.

Em seu blog, Bezos diz que uma equipe de cientistas patrocinados por ele achou os cinco motores de propulsão com ajuda de técnicas avançadas de sonar. Eles estavam 4,3 mil metros abaixo da superfície do oceano Atlântico.

Bezos, que é bilionário, dedica-se à pesquisa de assuntos relacionados a missões espaciais. Ele disse ter planos para retirar pelo menos um dos motores do fundo do mar, mas não revelou nenhum detalhe sobre como eles foram achados.

Ele também não divulgou como foi comprovado que os equipamentos de fato pertencem à missão Apollo 11.

Muitos equipamentos de missões espaciais do passado estão no fundo do mar, e são difíceis de serem localizados.

Nasa - 20.jul.1969/France Presse

Foto do astronauta Edwin "Buzz" Aldrin de 20 de julho de 1969, quando a Apollo 11 e seus tripulantes chegaram à Lua


Os motores F-1 achados pela equipe de Bezos foram usados no foguete gigante Saturn V, que conduziu o módulo da Apollo 11 da Terra até o espaço. Eles queimaram por algum tempo após o lançamento e depois se desacoplaram do módulo, caindo no Atlântico.

'MARAVILHA MODERNA'

Ao anunciar a descoberta em seu site dedicado ao assunto --o bezosexpeditions.com o empresário disse que os F-1, usados originalmente em 1969, ainda são uma "maravilha moderna". Eles tinham potência de 32 milhões de cavalos de potência e consumiam quase três toneladas de combustível por segundo.

"Eu tinha cinco anos de idade quando assisti à Apollo 11 na televisão e, sem nenhuma dúvida, foi uma grande motivação em minhas paixões por ciência, engenharia e exploração", escreveu Bezos.

"Nós ainda não sabemos em que condições estes motores podem estar --eles atingiram o oceano em alta velocidade e ficaram por mais de 40 anos na água salgada. Por outro lado, eles são feitos de material resistente, então teremos que esperar para ver."

NASA

Caso consiga recuperar um dos F-1, Bezos disse que vai pedir permissão da Nasa --que ainda é proprietária dos equipamentos-- para expor o material em um museu em Seattle, a sua cidade natal.

Um porta-voz da Nasa disse que a agência espacial americana está muito "animada" com a descoberta, mas que ainda não recebeu nenhuma informação oficial por parte de Jeff Bezos.

Alguns equipamentos das missões da Apollo 11 --como o módulo principal de comando tripulado pelos astronautas Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins-- estão em exibição permanente no Museu Nacional de Ar e Espaço Smithsonian, em Washington.

O bilionário americano --criador da Amazon, uma das mais bem-sucedidas empresas da internet-- é conhecido por sua paixão por assuntos relacionados à exploração espacial. Em 2000, ele fundou uma empresa de viagem espacial, a Blue Origin, que recebeu financiamento da Nasa para desenvolver voos comerciais à órbita do planeta.

LUIZA BANDEIRA
DE SÃO PAULO
A superbactéria KPC, resistente à maior parte dos antibióticos, avançou nos hospitais desde o surto de 2010.

No Distrito Federal, principal foco das infecções naquele ano, as notificações de casos aumentaram 68% de 2010 (426) para 2011 (715). Segundo a Secretaria de Saúde do DF, 56 pessoas morreram.

No Espírito Santo, eram sete os casos confirmados em 2010. Em 2011, o número subiu para 37, nos três primeiros meses deste ano, 15. Nove pessoas morreram.

Santa Catarina tinha registrado três casos até outubro de 2010, quando, por causa do surto, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pediu aos Estados que enviassem dados sobre KPC. Depois disso, houve 43 casos e três mortes.

Como a KPC normalmente atinge pessoas com doenças graves, não é possível dizer que todas as mortes foram causadas pela superbactéria.

Outros Estados que em 2010 não tinham relatado casos à Anvisa também já têm registros. No Ceará, foram 103 casos suspeitos no ano passado. Neste ano, já há 45. Duas pessoas morreram.

Segundo a Anvisa, o primeiro caso de infecção hospitalar causada por KPC no Brasil foi registrado em 2005.

A superbactéria existe em hospitais porque nesses ambientes há uso frequente de antibióticos, o que favorece o aumento da resistência. Entre as recomendações para evitá-la estão o isolamento de pacientes infectados e o controle da higiene hospitalar.

Minas Gerais, São Paulo e Goiás também registraram casos em 2010. Em Minas, houve uma ligeira queda no números da infecção (12 em 2010, 11 em 2011).

São Paulo, que registrou 70 pessoas infectadas em 2010, não forneceu dados do ano passado. Goiás também não informou dados de 2011.
Editoria de Arte/Folhapress



PREVENÇÃO

A Secretaria de Saúde do DF afirmou que dá cursos para profissionais de hospitais. Segundo a pasta, apesar do aumento no número de casos, houve queda em alguns locais, o que mostraria que não há uma endemia.

A coordenadora de controle de infecção de Santa Catarina, Ida Zoz, disse que o treinamento de funcionários para evitar a contaminação foi reforçado e que o aumento de registros pode ter ocorrido porque a notificação dos casos foi reforçada em 2010.

Espírito Santo e Ceará também dizem que pode ter havido subnotificação antes de 2010. Segundo a Anvisa, nenhum Estado registrou surtos neste ano ou em 2011.



Um "manual de sobrevivência" distribuído a calouros do curso de direito da UFPR (Universidade Federal do Paraná) causou indignação de alunos. O livreto de oito páginas afirma que mulher "tem a obrigação de dar" e que não pode ser parcelado.

A informação é da reportagem de Jean-Philip Struck publicada na edição desta quinta-feira da Folha. A reportagem completa está disponível a assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.

O material afirma ainda que se uma garota disser "vamos com calma", o aluno deve dizer "não pode o devedor obrigar o credor a receber parte em uma prestação e parte em outra", segundo um trecho do artigo 252. E conclui: "Ela vai ter que dar tudo de uma vez".

O livro foi produzido pelo PDU (Partido Democrático Universitário), grupo que até 2011 comandava o centro acadêmico local, e começou a ser distribuído neste mês.

O estudante de direito André Arnt Ramos, presidente do PDU, disse à Folha, por e-mail, que o manual era uma "piada" e que não tinham a intenção de ofender ninguém". "Peço desculpas se isso aconteceu", disse Ramos.

Editoria de Arte/Folhapress




Aiana Freitas
Do UOL, em São Paulo



Abrir conta no banco é algo cada vez mais corriqueiro na vida do consumidor brasileiro. Conhecer o que pode ou não ser cobrado, porém, é fundamental neste início de relacionamento para que o consumidor não acabe gastando mais do que o necessário com a conta.

"Muita gente acaba pagando por serviços que não usa, principalmente as pessoas mais humildes, que não têm acesso a informação", diz o advogado especializado em direito bancário Alexandre Berthe. "É preciso monitorar sempre o extrato da conta", sugere.

Todos os consumidores têm, por exemplo, direito a uma quantidade mínima de serviços gratuitos, como determina o Banco Central. Entre eles estão o fornecimento de um cartão de débito, a realização de até quatro saques mensais e a retirada de dois extratos.

"Dependendo do uso que o consumidor faz da conta, esses serviços podem ser suficientes, e ele não precisa contratar um pacote de tarifas", diz a assessora técnica do Procon de São Paulo Edila Moquedace.
Conta-salário permite transferência sem cobrança

Trabalhadores contratados pelo regime da CLT e funcionários públicos também podem optar por ter uma conta-salário. Essa conta é vantajosa para quem já tem conta em banco, mas precisa abrir outra numa instituição diferente só para receber o salário pago pela empresa. Se ele abrir uma conta-salário, poderá transferir o valor recebido sem pagar nenhuma tarifa.

A portabilidade de crédito é outro direito pouco exercido pelo consumidor, segundo os especialistas. Ela prevê que quem tem algum tipo de financiamento com um banco (empréstimo pessoal, financiamento de carro ou imóvel, por exemplo) possa transferir essa dívida para outra instituição que ofereça melhores condições de juros e prazos, sem que precise pagar por esta transferência.
Teste mostra que faltam informações em bancos

Um teste feito recentemente pelo Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) comprovou como o início de relacionamento do cliente com o banco pode ser conturbado.

Em dezembro de 2011, voluntários do instituto abriram contas em agências de seis bancos (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú Unibanco e Santander) e avaliaram as informações dadas aos novos clientes.

Os bancos foram reprovados em vários quesitos. Nenhum deles informou, espontaneamente, sobre a existência dos serviços gratuitos aos consumidores e todos concederam cheque especial sem o cliente ter solicitado.

"O que parece é que os bancos não tomam o cuidado necessário para manter a base de funcionários informada sobre o que deve ser feito", diz o gerente de testes e pesquisas do Idec, Carlos Thadeu de Oliveira. "Não podemos dizer que eles agem de má-fé, mas o fato é que ganham dinheiro com isso."

Procurados pela reportagem, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Santander e HSBC informaram que seus funcionários são orientados a dar as informações completas aos clientes. Os demais bancos não enviaram resposta.
Bancos lideram listas de reclamações

Em 2011, pela primeira vez em 12 anos, os bancos passaram as empresas de planos de saúde como o setor que mais teve reclamações no Idec. Também em 2011, o banco Bradesco ficou no topo da lista de queixas do Procon-SP, superando a Telefonica, que liderava a lista havia seis anos.

Para a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), o aumento das queixas se deve "à elevação da base de clientes das instituições financeiras, ao maior grau de exigência dos clientes e ao crescimento no consumo de produtos como cartões de crédito".

Divulgação/Band
Datena posa no estúdio do "Brasil Urgente", na Band (agosto/2011)
Datena posa no estúdio do "Brasil Urgente", na Band (agosto/2011)

Durante o programa "Brasil Urgente" desta quarta-feira (28), o apresentador José Luís Datena comentou sobre a descoberta da polícia de que bandidos pretendiam sequestrá-lo nesta noite, no caminho de volta para casa.

"Eu só queria avisar esses bandidos sacanas que eu acredito muito em Deus e não tenho medo de vocês. Fui aconselhado pela polícia a ficar calado mas não consigo ficar de boca fechada", disse o apresentador.

De acordo com nota publicada pelo colunista do UOL Flávio Ricco, o crime aconteceria entre 20h30 e 21h, na rodovia Castelo Branco, entre os municípios de São Paulo e Osasco. A polícia alertou o apresentador e, através de um cruzamento de informações, chegou ao veículo que seria utilizado para o crime.

Datena disse que, se o sequestro fosse realizado, ele não daria o dinheiro de resgate. "Se me sequestrar vocês vão ter que me matar, vocês jamais terão o dinheiro de resgate. Primeiro porque eu não tenho, fiz tanta coisa errada na minha vida que não sobrou quase nada. Meus bens materias são poucos. E segundo que se eu tivesse dinheiro não daria para vocês, para comprarem armas e matarem pessoas".

O apresentador também aproveitou o programa para agradecer o trabalho da polícia, e alertou os bandidos: "Eu espero que se algum dia vocês realizarem algum ato como esse, que seja contra mim, olhando na minha cara [...], mas não toquem em um fio de cabelo da minha família que não vai ser bom para vocês".


Bernardo Huberman é diretor sênior do laboratório de computação da HP em Palo Alto, na Califórnia
Foto: Divulgação


RAFAEL MAIA

O cientista e pesquisador do laboratório de computação social da HP, Bernardo Huberman, acredita que a privacidade na internet como é conhecida hoje em dia está prestes a chegar ao fim. Para ele, em um futuro não muito distante, revelar um segredo em redes sociais somente acontecerá sob o pagamento em dinheiro. "Os usuários devem ser pagos para participar do Facebook e do Twitter, por exemplo", constatou em entrevista para o Terra.

A afirmação não é fruto do acaso. Huberman lidera uma pesquisa no centro da HP na qual identifica e estabelece a importância do usuário na construção e na consolidação de uma rede social. "Atualmente, uma empresa é capaz de conhecer os hábitos até mesmo quando as pessoas não estão conectadas a partir de um dispositivo", exemplificou.

As companhias de análise estratificam os dados e os transformam em tendências comerciais. Com isso, elas são capazes de projetar as horas em que um funcionário de uma empresa, por exemplo, está no banheiro ou almoçando por conta não somente da queda no tráfego online mas também das informações divulgadas na web.

"A questão é que elas são muito valiosas", afirmou o cientista em relação às informações fornecidas publicamente em site, que complementou que as pessoas ainda não têm a dimensão de como a divulgação de um livro recém-lido, por exemplo, pode ajudar a traçar o perfil do usuário. "As companhias vendem os dados dos usuários para empresas de marketing, que lucram toneladas de dinheiro em cima disso", afirmou.

Nada mais justo, portanto, de acordo com o cientista, que os usuários participem dos lucros das companhias - que se baseiam primordialmente nas pessoas, e não na tecnologia, para se tornar um sucesso digital. Esse é o caso, aliás, do próprio Facebook, que, com quase 900 milhões e usuários em todo o planeta, deve entrar na bolsa de valores em maio deste ano com um valor estimado de US$ 5 bilhões, sem nenhum centavo compartilhado com os usuários, às exceção do que responde pelo nome de Mark Zuckerberg.

Projetos que pagam o usuário já existem na web
A UberMedia, criadora de vários aplicativos populares de redes sociais (como o Echonfon), lançou a Chime.in. O diferencial da novidade, segundo o CEO da empresa, Bill Gross, é que ela trabalhará com um sistema para pagar os usuários pelos posts.

Além de recompensar os usuários, o sistema de pagamento usa o dinheiro como atrativo para que as pessoas participem dela ativamente - o que tem sido um problema para as novatas: atrair público. "Quando há dinheiro envolvido, você consegue um nível de seriedade que não existe se não há pagamento", afirma. O YouTube já aposta na mesma premissa, e paga aos usuários por conteúdos muito populares, na expectativa de que a qualidade dos vídeos seja o destaque. A prática também já foi testada pelo Blogger, do Google.

Um outro exemplo é a rede social espanhola TuyYou, que pretende oferecer uma comissão pelas compras realizadas pelos usuários recomendados. Além de uma plataforma de comércio eletrônico, o TuyYou permite compartilhar conteúdo e realizar contatos profissionais.


by HENRIQUE MARTIN on 24/03/2012

Preço da Nikon 1 J1 no Brasil ultrapassa os R$ 3 mil

Foto: ZTOP

A câmera acima é a Nikon J1, modelo de terceira geração que a fabricante japonesa lançou sem nenhum alarde no mercado brasileiro.

Por ser um modelo com preço médio sugerido nos Estados Unidos de US$ 650 (e já dá para achar mais barato), qual o valor, com impostos de importação, lucro da fabricante e do varejista e o tal ¿lucro Brasil¿ que você acha que J1 custa no nosso varejo?


Formato CXSensor CMOS AF de Alta Velocidade

10 qps Disparo Contínuo

Foto com Movimento
Experiência de Animação de Fotos com um Único Toque

Full HDVídeos 1080p

O revolucionário sistema Nikon 1 quebra todas as barreiras visuais
Inovação em tecnologia e design
Hoje, um único dispositivo de imagem é suficiente para registrar e compartilhar cada momento de uma vida incrível e conectada. A Nikon proporciona uma evolução na tecnologia de imagens, começando com o sensor CMOS AF de altíssima velocidade em formato CX recém desenvolvido da Nikon, que potencializa cada registro. Garanta a precisão da imagem através do novo sistema compacto de lentes intercambiáveis com Estabilização de Imagem (VR) e motores de foco automático de som reduzido, ambos desenvolvidos na tradição NIKKOR de excelência ótica.

Foco tão rápido quanto você

Capture toda a ação

Nenhum momento é perdido com uma câmera que acompanha o seu ritmo. Você que está sempre em movimento sabe que momentos que valem a pena compartilhar podem acontecer a qualquer instante. Não deixe que a sua criatividade seja prejudicada por uma velocidade de foco lenta; a Nikon 1 J1 apresenta uma incrível velocidade de 10 qps no modo de foco automático. Não perca nenhuma acrobacia do saltador desde o início do seu salto até o momento em que mergulha dentro da água. Mesmo uma ação rápida como esta é apresentada com clareza impressionante—graças a um incrível conjunto AF de 73 pontos que funciona continuamente para garantir que tudo fique mais claro e nítido.




Para os momentos que merecem mais

O recurso Foto com Movimento traz vida as suas fotos
Certos momentos da vida evocam emoções que não conseguem ser representadas em apenas uma fotografia. Quer se lembrar do que sentiu ao assistir uma onda quebrando nas rochas ou os fogos de artifício explodindo no céu? Faça esses momentos ganharem mais vida através do novo recurso de Foto com Movimento. Revele a essência do que não se pode ser registrado em uma única foto.

Compartilhe uma experiência mais rica

Registre simultaneamente vídeos em Full HD (1080p) e fotos
Haverá momentos em que você está gravando um grande vídeo e surge a oportunidade perfeita para capturar aquela foto única. Faça as duas coisas ao mesmo tempo! Comece sua gravação de vídeo com um simples toque no botão. Surgiu um foto incrível? Pressione o obturador, mesmo estando no modo de gravação. O Foco Automático mantém tudo nítido, trabalhando dobrado para registrar simultaneamente fotos e vídeos. Expanda suas criações multimídia através do recurso de câmera lenta. Para os momentos em que apenas as fotos não são suficientes, a sua família e os seus amigos irão apreciar as suas expressões ganharem mais vida.




Consiga o melhor daquilo que você vê

Deixe a câmera fazer todo o serviço através do Seletor de Foto Inteligente
A Nikon 1, para as ocasiões em que se deseja que a câmera possa capturar momentos incríveis e espontâneos. Fotos borradas ou com pouca iluminação? Quantas fotos onde alguém estava com os olhos fechados? Com apenas um toque e através do Seletor de Foto Inteligente, não existe mais fotografias imperfeitas. Consiga o melhor daquilo que você vê. Envolva-se no momento e deixe a câmera fazer todo o serviço por você.


Criatividade ampliada com as Lentes 1 NIKKOR

Ótica compacta, leve e de alto desempenho
Expanda a sua criatividade, escolha entre uma variada seleção de lentes, incluindo uma criada especialmente para a gravação de vídeos. Projetada para uma troca de lente rápida e fácil, fique a postos para fotografias inesquecíveis. Sua característica compacta traz junto à portabilidade, seja usando uma lente de distância focal fixa (de 10mm) ou uma lente telefoto (de 30-110mm). As lentes 1 NIKKOR apresentam Redução de Vibração (VR) para manter fotos mais nítidas, ampliando uma herança de precisão simbolizada pela durabilidade, qualidade superior de imagem e excelência ótica.


Processador EXPEED 3

O EXPEED 3 é o marco culminante de anos de dedicação ao avanço das tecnologias de imagem digital. No coração da Nikon 1 está o EXPEED 3, com processadores duplos de imagem, para proporcionar um desempenho de sistema impressionante, processamento de alta velocidade, foco automático com detecção de fase, tecnologia de ponta e taxas mais rápidas de transferência de dados. Testemunhe a impressionante qualidade de imagem, a reprodução de tons e o foco automático avançado, tudo em velocidade sem precedentes.
Luz baixa

O avançado e inovador sensor CMOS AF de altíssima velocidade da Nikon, amplo alcance de ISO e a opção de selecionar a lente que melhor se ajusta a sua necessidade, permite o maior controle sobre a iluminação desejada. Produza fotos impressionantes mesmo em ambientes sombrios. Recorra apenas à luz ambiente e abra as portas para novas possibilidades, seja na pista de dança, um lindo pôr-do-sol ou momentos a luz de velas.

Tela LCD

Confira toda a sua criatividade: enquadre e compartilhe as suas criações na colorida e nítida tela LCD de 3". Uma tela de resolução ultra-alta (460 mil pontos) para precisão na visualização de cada detalhe. Revestimento antibrilho proporciona fácil visualização de fotos e vídeos HD, mesmo ao ar livre.
Simplicidade intuitiva

Acesso fácil a recursos avançados é a marca do sistema Nikon 1. Com comandos e botões ultra-intuitivos, menu fácil e lente de rápida fixação, seus pensamentos e visões serão mais aguçados do que nunca. Até mesmo avançados recursos para fotos e vídeos podem ser selecionados com a facilidade de um único toque.




Rede disse que exclusão pode ter ocorrido por razões técnicas e vai investigar
Foto: AFP

O Facebook excluiu a página de um grupo de arte gay espanhol depois da publicação de uma foto em que dois homens aparecem se beijando na boca. A imagem, de autoria do artista Juan Hidalgo, estava sendo usada pelo grupo para uma iniciativa intitulada "Gay Arts Looks For A Home" (a arte gay procura um lugar, na tradução do inglês). As informações são do jornal Daily Mail.

O organizador da iniciativa, Pablo Peinado, que quer construir um museu para a arte gay na Espanha, disse ao jornal El País que, para o Facebook, a imagem deve ser considerada delicada, já que o site exclui fotos que julga serem inapropriadas. O Facebook afirmou, no entanto, que a exclusão pode ter sido por razões técnicas, e disse que abriu uma investigação sobre o caso.




O sertanejo ficou conhecido com a dupla João Mineiro e Marciano
Foto: Reprodução


O cantor sertanejo João Mineiro morreu no final da noite deste sábado (24), no hospital Paulo Sacramento, em Jundiaí, no interior de São Paulo. João Mineiro tinha 76 anos e estava internado na UTI após uma cirurgia para retirada da vesícula.




O sertanejo ficou conhecido com a dupla João Mineiro e Marciano, a parceria durou 18 anos e rendeu até um programa de TV. A dupla se seuparou em 1993. Nos últimos anos, João Mineiro fazia dupla com Mariano.

A cerimônia de despedida do cantor começará na manhã deste domingo no velório municipal Adamastor Fernandes, em Jundiaí. O corpo de João Mineiro será enterrado na segunda-feira em sua cudade natal, Andradas, no sul de Minas Gerais.

Sertanejo de raiz
Referência no gênero sertanejo, João Sant'Angelo fez história da música brasileira ao lado de José Marciano com a dupla João Mineiro e Marciano. João Mineiro, que iniciou sua carreira como humorista, fundou a parceria com seu companheiro durante a década de 70.

O primeiro lançamento veio em 1973. Do registro saíram canções como Filha de Jesus e Chovisco da Madrugada. O sucesso da dupla atravessou os anos 80, ganhou programa na TV e culminou em uma turnê nos Estados Unidos, em 1990, e a gravação de um disco em espanhol, em 1991. A dupla terminou sua parceria em 1993.

Após isso, João Mineiro seguiu na música, mas com a dupla João Mineiro e Mariano. Marciano seguiu carreira solo.



Papa fala para fiéis no México
Foto: AP


Entre 600 mil e 700 mil pessoas participaram nesta sexta-feira da recepção ao Papa Bento XVI no estado de Guanajuato, no centro do México, segundo o porta-voz da Santa Sé, padre Federico Lombardi.

No trajeto de 34 km entre o aeroporto de Silao e o Colégio de Miraflores, na cidade de León, onde Bento XVI passará a noite, uma multidão saudou o Papa agitando bandeiras amarelas e brancas, as cores do Vaticano.

Bento XVI ficou "muito impressionado com a alegria e o número de pessoas presentes", assinalou Lombardi em entrevista coletiva. Esta manifestação "é algo característica dos mexicanos (...) que o Papa aprecia muito".

Em sua viagem ao México, Bento XVI visitará três cidades: León, Silao e Guanajuato, capital do estado do mesmo nome e uma das regiões mais católicas do país.

O padre Lombardi destacou que o Papa, 84 anos, suportou bem as 14 horas de viagem "e está com uma condição (física) fantástica".

ROSA TANIA VALDES - REUTERS

Cuba iniciará neste ano estudos clínicos para testar em humanos uma vacina terapêutica contra o vírus HIV, que causa a Aids, disse uma pesquisadora na terça-feira.

A vacina chamada Teravac-HIV-1, desenvolvida pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB, na sigla em espanhol), deve ser testada ainda neste ano em cerca de 30 cubanos soropositivos, disse à Reuters a diretora de pesquisas clínicas da instituição estatal, Verena Muzio.

Ela explicou que serão envolvidos pacientes que ainda não desenvolveram os sintomas da Aids, embora tenham o vírus.

Desde 1986, a ilha registrou 15.284 casos de contaminação pelo HIV, numa população que hoje totaliza 11,2 milhões de habitantes. A prevalência do vírus é de 19 casos a cada 10 mil pessoas. Os soropositivos cubanos recebem gratuitamente tratamentos antirretrovirais produzidos localmente.

Os cientistas vinculados ao projeto alertaram contra qualquer excesso de expectativas com a vacina, esclarecendo que o projeto ainda está em sua primeira fase, e sua eficácia só poderá ser comprovada daqui a vários anos.

"Há muitos pesquisadores do mundo inteiro tentando obter vacinas desse tipo, e realmente não se chegou a nenhuma com resultados, digamos, satisfatórios... Nossa aspiração é que funcione, mas realmente falta muito tempo para poder demonstrar sua eficácia como produto", disse Muzio.

O setor biotecnológico representa uma importante fonte de divisas para a frágil economia cubana. O país vende 38 medicamentos a cerca de 40 países, por um valor que superou 350 milhões de dólares em 2008, último ano com cifras disponíveis. A quantia representa um pouco mais de 10 por cento das exportações nacionais.

O CIGB pretende ampliar seu faturamento com exportações para cerca de 500 milhões de dólares anuais nos próximos cinco anos.

Entre os produtos já oferecidos há vacinas contra meningite B e C, leptospirose e febre tifoide. Vacinas contra câncer de colo do útero, próstata e ovário estão atualmente em fase de testes clínicos, e uma provável vacina contra a dengue está sendo testada em animais.

Humorista estava internado em estado delicado desde dezembro; ele tinha 80 anos

Cristina Padiglione - O Estado de S. Paulo


Morreu na tarde De sexta-feira, 23, o humorista Chico Anysio. Internado no Hospital Samaritano do Rio de Janeiro desde o dia 22 de dezembro de 2011, o humorista teve sua morte confirmada às 14h52 em decorrência de falência múltipla de órgãos, pela assessoria do hospital. Aparentemente abalada, a assessora de imprensa do humorista, Luciana Sander, também confirma a perda.


Chico deu vida a memoráveis personagens
Divulgação


Chico Anysio que havia sido diagnosticado com pneumonia, apresentava também complicações renais e, de acordo com o último boletim médico ele passou por hemodiálise e respirava com ajuda de aparelhos.


Cearense nascido em Maranguape, em 12 de abril de 1931, Francisco Anysio de Oliveira Paula assumiu a identidade de dezenas de personagens - só para citar alguns, Professor Raimundo, Bozó, Painho, Coalhada, Alberto Roberto, Justus Veríssimo, Salomé, Bento Carneiro, Pantaleão, Nazareno, Haroldo e Azambuja -, mas foi sobretudo como Chico Anysio que fez fama.

Fazia mais de ano que Chico exibia saúde frágil, sem contudo se render ao sedentarismo. Morando em São Paulo, com sua sexta mulher, a gaúcha Malga di Paula, de 40 anos, frequentava a ponte aérea desde o início de 2010, graças à decisão da Globo de finalmente reabrir a tampa do caixão de Bento Carneiro, o Vampiro Brasileiro. Depois da primeira internação de lá para cá, trocou o Vampiro pela gaúcha Salomé pela comodidade da cena, sempre estática, ao lado do telefone.

Eram participações no Zorra Total, nada perto de ter um programa só seu, como acontecia desde os primórdios da TV, até o ano 2000, quando foi confinado à geladeira da Globo. Até lhe dar uma vaga no calendário de especiais de fim de ano, em dezembro de 2009, a direção da emissora contou 9 anos privando o telespectador de suas piadas. O freezer foi resultado de algumas entrevistas dadas por Chico na época (leia na página ao lado). Foram declarações que lhe renderam longo exílio do vídeo, embora a Globotentasse camuflar o castigo, aqui e ali, com participações esporádicas do humorista em minisséries e novelas. A última foi Caminho das Índias, também em 2009, como pai de Radesh (Marcius Melhem).

Ainda em 2009, Chico dublou o adorável ranzinza Karl, protagonista da animação vencedora do Oscar Up - Altas Aventuras. Também podia ser apresentado como compositor, escritor ou pintor, tendo protagonizado várias exposições de seus quadros. Nas suas contas, criou 209 personagens, alguns para outros atores - caso do inesquecível Primo Rico, com Paulo Gracindo, em dueto com Brandão Filho.

A carreira começou na Rádio Guanabara, no Rio, para onde a família Anysio de Paula se mudou quando Chico tinha 8 anos. Tornou-se vascaíno, só para contrariar, porque o pai era botafoguense e eles moravam perto do Fluminense, o clube onde fez amigos, cresceu e jogou bola à vontade.

Jogou até o dia em que, esperado para uma partida, foi em casa buscar o tênis e deu de cara com a irmã Lupi, que naquele instante saía com um amigo para ir fazer um teste naRádio Guanabara. “Vou junto”, disse Chico. Aprovado para radioator e locutor, dizia sempre que tinha virado ator porque esquecera o tênis.

Mas a percepção de que poderia se dar bem no rádio já existia. Àquela altura, Chico já havia vencido vários concursos de calouros graças ao talento de imitar vozes famosas, entre locutores e artistas. Fazia Oscarito, Saint Claire Lopes, Rodolfo Mayer, James Manson, James Cagney e Luiz Jatobá. Passou ainda pela Rádio Mayrink Veiga.

“Ele sempre foi calado, na dele, nunca foi de exibições. Geralmente, todo comediante é meio contido, né?”, afirmou, em abril (por conta dos 80 anos de Anysio) o também humorista Lúcio Mauro, amigo desde os tempos da Rádio Clube de Pernambuco, antes da vinda para o Rio, e companheiro de cena no antológico quadro do personagem Alberto Roberto - “Sou, mas quem não é”, dizia o bordão.

Na era da chanchada no cinema nacional, nos anos 50, chegou a escrever e a atuar em filmes da Atlântida. Estreou na TV em 1957 pela TV Rio, com o Noite de Gala. Em 59, estreou no programa Só Tem Tantã, mais tarde batizado como Chico Total. Pisou na Globo em 1968 e lá ficou.

Carlos Manga, amigo e seu diretor nos primórdios da TV, nunca quis ouvir falar em exagero. “O Boni sempre disse que ele seria um fenômeno se tivesse nascido nos Estados Unidos. Pois eu digo: se Chico Anysio tivesse nascido na Inglaterra, ele seria o Chaplin!”,comparou, em entrevista ao Estado, em abril passado. Foi Manga quem teve a ideia de aproveitar o recém-chegado videotape para fazer Chico se desdobrar em personas. “Eu vi aquela máquina no corredor da TV Rio e quando me contaram do que se tratava, pensei logo no Chico. ‘E se eu te disser que posso botar você para contracenar com você mesmo?’, perguntei a ele”, contou Manga. Nascia ali, em 1960, o Chico Anysio Show.

Livro. Casado por seis vezes, e isso não era piada, lançou o livro Como Salvar seu Casamento, que ensinava ao leitor dicas sobre uma boa relação. Mais 20 livros fecham a coleção de títulos lançados por ele no mercado editorial, entre biografias e anedotas.

Deixou 10 netos e 9 filhos: o ator Lug de Paula (da atriz e comediante Nancy Wanderley), o também ator e comediante Nizo Neto e o diretor de imagem Rico Rondelli (da atriz e vedete Rose Rondelli), André Lucas, adotado, o DJ Cícero Chaves (da ex-frenética Regina Chaves), o ator, escritor e comediante Bruno Mazzeo (da ex-modelo e atriz Alcione Mazzeo), além dos caçulas Rodrigo e Vitória (da ex-ministra Zélia Cardoso de Mello). Irmão da atriz Lupe Gigliotti e do cineasta Zelito Viana, era tio da diretora Cininha de Paula do ator Marcos Palmeira.

Em agosto de 2010, o humorista participaria dos Encontros Estadão & Cultura, sobre os 60 anos de TV no Brasil, mas estaria no Rio e concordou em enviar antecipadamente uma pergunta para a discussão do dia: “Todas as TVs se fizeram grandes através do humor, mesmo hoje os seus maiores índices são conseguidos com programas de humor. Por que não são feitos mais programas de humor, quando temos um time de mais de 50 excelentes comediantes?”. O assunto entrou em debate, sem que chegássemos a uma resposta.

Há dois anos, eram os novos comediantes que dirigiam uma pergunta a Chico: Por que ele estava fora do ar? Era a campanha “Volta, Chico”, encabeçada por Vesgo e Ceará, doPânico na TV, pela RedeTV! “Talvez a Rede Globo esteja achando que eu já tenha feito por ela o suficiente e que eu deva ter um pouco de descanso. Eu não estou querendo esse descanso”, disse Chico, ao ser abordado por Vesgo e Ceará. A cena está no YouTube.

Em dezembro de 2009, quando a direção da Globo se rendeu ao mestre e lhe abriu uma vaga entre os especiais de fim de ano, viu-se, por cerca de uma hora, personagens das mais diversas etnias, estirpes e épocas a contracenar, todos na pele de Chico. Graças a recursos que Pantaleão não conheceu em seu tempo, Chico dialogou consigo mesmo em todas os quadros, reunindo mais de uma dezena de tipos na sala do professor Raimundo.

Na ocasião, ao vestir o figurino da gaúcha Salomé, figura íntima de João Batista (o Figueiredo, bem entendido, último presidente do regime militar no Brasil), telefonou para Luiz Inácio, ainda presidente da República, e ouviu uma voz feminina do outro lado da linha: “Dilma?”, perguntou, antevendo a eleição da atual presidente.

Jejum forçado. O especial fez eco e foi aí que a Globo resolveu resgatar Chico para oZorra Total. Era o fim do jejum promovido pela Globo, ação endossada pela emissora em comunicado oficial, em2000, logo após uma entrevista do humorista à revista Isto É, com críticas ao novo modelo de gestão da emissora, a diretores e colegas. “Pela primeira vez, em 47 anos de TV, trabalho numa casa onde ninguém tem acesso à pessoa que nos dirige”, disse, sobre a então diretora-geral Marluce Dias da Silva, que substituíra José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni.

A Globo reagiu em nota: “Chico Anysio sistematicamente usa a imprensa para desrespeitar os telespectadores ao se manifestar de forma desabonadora com relação à empresa e seus colegas. (...) O artista vem se comportando de modo incompatível com os padrões éticos e de qualidade da emissora, o que exige a suspensão de sua participação na grade de programação. A TV Globo estuda outras medidas a serem tomadas em função desses acontecimentos.”

No dia seguinte, Chico rebateu, também em nota: “Sou um artista que, em 53 anos de profissão, sempre expressei livremente meu pensamento sem intenção de desrespeitar ninguém, muito menos a Rede Globo, onde trabalho há mais de três décadas, tendo excelente e respeitoso relacionamento, principalmente com a alta cúpula, a quem sempre rendi homenagens como o melhor empregador que já tive. Como artista, meu único patrimônio é meu direito de pensar e dizer, já que, por ser um criador, isto é uma qualidade inata. A este patrimônio não renuncio, mesmo em tempo de censura, como agora. (...) Estou tentando compreender os motivos que levaram a Rede Globo a agir desta forma que muito mais pune a ela do que a mim.”

A Globo o manteve sob contrato, evitando sua ida para outros canais. Para cerrar cortinas e encerrar qualquer discussão sobre as vertentes de humor e seus estilos, vale a frase do mestre: “Para mim, há dois tipos de humor: o engraçado e o sem graça. E eu fico com o primeiro”.

(COM INFORMAÇÕES DA CENTRAL DE NOTÍCIAS)

Imunologista faleceu em consequência de complicações de um transplante de fígado

estadão.com.br 
O imunologista Júlio César Voltarelli, um dos mais importantes pesquisadores em células-tronco do Brasil, morreu nesta quarta-feira, 21, aos 63 anos em consequência de complicações de um transplante de fígado. O cientista, que tinha hepatite tipo C, passou pela cirurgia na semana passada, no hospital Santa Isabel, em Blumenau (SC).

Hospital das Clínicas da FMRP/USP/Divulgação
Júlio César Voltarelli era professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da USP


Voltarelli era professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP e foi pioneiro no país nas pesquisas com células-tronco principalmente para o tratamento de diabetes tipo 1 e outras doenças auto-imunes, como lúpus. Seus estudos foram publicados em periódicos científicos de relevância internacional.

A prefeitura de Ribeirão Preto decretou luto oficial de três dias. O corpo será velado nesta quinta-feira, 22, a partir das 12 horas, no Espaço Cultural do Campus Ribeirão Preto. O sepultamento será na cidade de Cedral, na região de São José do Rio Preto.


Charlie Sheen (Two and Half Men), Jim Parsons (The Big Bang Theory) e Simon Baker (The Mentalist). Foto: Reprodução


ATENÇÃO! Há informações que poderão ser consideradas spoilers!

A emissora americana CBS divulgou hoje o calendário dos episódios finais de suas séries. E resolveu dar um pequeno presente ao público: a sinopse de cada último episódio. Confira a lista:

Domingo, 8 de abril
CSI Miami – Quando um dos grandes inimigos da equipe de CSI é morto, Horatio precisa investigar qual membro do time pode ser o suspeito do crime

Domingo, 29 de abril
The Good Wife – A equipe de Lockhart & Gardner encara seu maior desafio quando a advogada Patti Nyholm (Marta Plimpton) retorna e une forças com Louis Canning (Michael J. Fox) colocando a firma de Alicia em risco de falência.

Segunda, 7 de maio
2 Broke Girls (episódio de 1 hora) – Max e Caroline vão a um evento de gala em Manhattan para apresentar o negócio de cupcakes à famosa Martha Stewart.

Terça, 8 de maio
Unforgettable – Seguindo a trilha do assassino de sua irmã, Carrie retorna a cidade de Syracuse, onde o matador pode ter feito outra vítima.

Quarta, 9 de maio
CSI – Quando um amigo do xerife se torna o principal suspeito do assassinato da esposa, a investigação chega a um nível político, e acaba revelando a verdade por trás da conturbada história entre Russell e Finlay. Além disso, um antigo inimigo do time reaparece.

Quinta, 10 de maio
The Big Bang Theory – Wollowitz realiza os preparativos finais antes de ir para o espaço.

Sexta, 11 de maio
CSI: NY – Ao ser baleado, Marc se vê em um limbo enquanto luta para sobreviver.
Blue Bloods – Frank corre contra o tempo quando descobre que há suspeitas de um ataque terrorista, mas sem nenhuma indicação de hora e local.

Segunda, 14 de maio
How I Met Your Mother (1 hora) – No dia do casamento de Barney, a esposa dele é finalmente revelada, e a turma começa a relembrar o dia em que encorajou Ted a seguir o seu coração e ir atrás de quem foi embora.
Mike & Molly – Será que finalmente Mike e Molly chegarão ao altar?
Two and a Half Men – Jake se forma no colegial e toma uma grande decisão sobre o que fará com sua vida.
Hawaii Five-0 – O time parte para caça a um criminoso depois que alguém do time é morto.

Terça, 15 de maio
NCIS – O terrorismo sacode os alicerces da Marinha. Gibbs e o time serão surpreendidos por algo que irá devastá-los.
NCIS: Los Angeles (2 horas) – A equipe de L.A. é levada a um perigoso jogo mental contra um mestre no crime motivado por vingança.

Quarta, 16 de maio
Criminal Minds (2 horas) – Quando um banco federal está sob ataque, a equipe é chamada para negociar a soltura dos reféns. A situação fica mais tensa quando alguém do time torna-se refém. O episódio também marca a saída de Emily Prentiss (Paget Brewster).

Quinta, 17 de maio
Rules of Engagement – Jen resolve organizar o chá de bebê de Audrey, mas coloca a data errada no convite. Russell faz grandes conquistas quando decide desistir das mulheres.
Person of Interest – Durante uma ação, Reese será forçado a confiar na ajuda de Finch, Carter e Fusco para combater o FBI, policiais corruptos e antigos inimigos.
The Mentalist – Após mais uma tentativa falha de derrotar Red John, Patrick Jane chega ao fundo do poço, encontra uma amante e atira (!!!) em alguém da equipe.


Cantora foi encontrada morta na banheira de um hotel em Los Angeles em 12 de fevereiro

Com informações da Reuters

Phil McCarten/ Reuters
A cantora Whitney Houston, que morreu em 12 de fevereiro

A cantora Whitney Houston morreu de um afogamento acidental devido aos efeitos do uso de cocaína e doença cardíaca, informou nesta quinta-feira, 22, um porta-voz do departamento legista de Los Angeles.

Houston, de 48 anos, foi encontrada morta na banheira de um quarto de hotel em Beverly Hills no dia 12 de fevereiro, na véspera da entrega dos prêmios Grammy. A cantora participaria de uma festa organizada pelo produtor Clive Davis, que a estava ajudando a se reerguer musicalmente.

Filha da cantora de soul Cissy Houston, Whitney chegou ao auge logo com o primeiro álbum, Whitney Houston (1985) e emplacou sete singles no topo da parada norte-americana na segunda metade dos anos 1980. Na década seguinte, regravou I Will Always Love You, canção de Dolly Parton, e fez sucesso também no cinema com o filme O Guarda-Costas, ao lado de Kevin Costner.

Casada com o rapper Bobby Brown, desde 1992, a cantora passou a ter problemas com álcool e drogas e virou manchete, nos 2000, de jornais e revistas que mostravam sua degradação. A cantora deixou uma filha, Bobbi Kristina, de 19 anos, fruto de seu relacionamento com Brown, que terminou em 2006.


Agora, apenas um dos rapazes aparece brindando
Foto: Reprodução


O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) decidiu pela alteração do anúncio da cerveja Itaipava "Only you praia", veiculado na TV e na internet. A decisão, tomada na última quarta-feira, baseou-se no fato de que, no comercial, um rapaz vai dirigindo até uma praia junto com seu amigo e depois faz um brinde com mais duas mulheres.

Um consumidor alertou o Conar afirmando que o rapaz, após beber cerveja, sairia da praia dirigindo. A assessoria de imprensa da Itaipava afirmou que o comercial foi alterado em janeiro, após o início do julgamento pelo órgão. Agora, no comercial, apenas o carona participa do brinde, o que indica que o motorista não bebeu e terá permissão para dirigir.

O Conar afirmou que não permite cenas de consumo de bebidas em comerciais, apenas o ato de brindar que, no caso, indica que os atores consumiram o produto.

Por Murilo Roncolato

De 2010 para 2011, o número de acessos à internet pelo celular cresceu quase 100%; tendência é de crescimento ainda maior
FOTO: Nicky Loh/Reuters

SÃO PAULO – O uso da internet por celular dobrou entre 2010 e 2011, pulando do patamar de 20,6 milhões para 41,1 milhões de acessos à banda larga móvel. Os dados fazem parte do mais recente balanço feito pela Huawei em parceria com a Teleco, que projeta que esse número deve subir para 73 milhões até o final deste ano.


Com dados atualizados no início do ano, a Anatel estimou ainda que em janeiro já havia 45,1 milhões de acessos que, no mês seguinte, saltou para 47,2%. Esse crescimento se deve principalmente a uma revisão da Anatel que gerou o aumento de 4 milhões de um ano para o outro.

O crescimento nacional (quase 100%) é maior do que o da média internacional, contabilizado pela UIT em 26,2%. Fazendo as contas, isso representa 24,1 acessos a cada 100 habitantes. O País fica bem atrás da média dos países desenvolvidos, que é de 56,5. Mas, no ano passado, ineditamente, o Brasil, com seus 21 acessos/100 habitantes superou a média do resto do mundo, na época de 17 acessos/100 habitantes.

Até o final de 2011, smartphones eram 36,9% de todos os aparelhos celulares vendidos no mundo (no Brasil, essa proporção é de 2 smartphones para cada 10 celulares). Sobre vendas, houve um aumento de 68% (94,1 milhões, em 2010; 157,8 milhões, em 2011). O estudo credita esse aumento no fim do ano aos lançamentos do iPhone 4S, pela Apple, e da linha Galaxy, pela Samsung. .

Os smartphones, no entanto, ainda são 18,9% do total de celulares no Brasil. Os de tecnologia 2G são a maioria, com 80,4% do total.

Por um perspectiva histórica, muito desse aumento se deve ao aumento de cobertura. Em 2010, a fração de municípios com acesso era 23,1%; em 2011, subiu para 48,5%. Em termos de população, o alcance da banda larga móvel saiu de 72,6% para 84%. Na mão contrária, a competição nessas cidades ainda é muito baixa. Da área coberta, apenas 12,6% dos municípios possuem duas operadoras ou mais oferecendo o serviço.

O que atravanca. Para Eduardo Tude, presidente da Teleco, os preços dos planos e dos aparelhos ainda é a maior barreira para a expansão do acesso móvel no País. Em média, no Brasil, o custo de um plano (500MB) de internet para celular é de R$ 56,20. No México (pela Movistar) é R$ 26,82; e na Argentina, R$ 30,17 (América Móvil).

Para pacotes de 2 GB, o Brasil cobra em média R$ 84,90. Enquanto isso, no Reino Unido, encontra-se a mesma quantidade de dados por R$ 44,06; e Portugal por R$ 45,70.

O preço dos aparelhos celulares também cresceu. No final de 2011, em média, o custo para se ter um smartphone aumentou 27,4% de um trimestre para o seguinte. Em comparação com modelos de celular mais simples (não 3G), os aparelhos por aqui custam quase quatro vezes mais.

Como exemplo, o estudo pegou o preço do Galaxy Ace em diferentes países. No Brasil, o aparelho é encontrado por R$ 910, enquanto no México sai por R$ 472, no Chile por R$ 507 e na Argentina por R$ 437 (menos da metade do valor brasileiro).

Segundo a Anatel, o País fechou fevereiro com 247,6 milhões de linhas de telefones celulares ativas (2,4 milhões a mais no mês). Agora, em média, são 126,4 habilitações para cada 100 habitantes.

Receita de dados. Um indicativo de que os padrões de acesso no Brasil se aproximam dos países desenvolvidos é a porcentagem da receita oriunda de dados, em contraposição à de voz. A tendência é de que a voz seja cada vez menos importante para as operadoras, e dados se tornem o serviço mais valoroso. No Japão, a receita média de dados passa de 50% da total, nos EUA é cerca de 40% e na Europa, 30%. Ainda segundo o estudo, no Brasil, os dados representam 20,9% da receita bruta total; tendo a Vivo na liderança, com 26,1% do total da receita (um aumento de 39,1% em relação a 2010).


Por Rodrigo Martins

Foto: Reprodução

O Bradesco anunciou nesta terça-feira que seus clientes poderão ter acesso a suas contas bancárias sem sair do Facebook. Trata-se do aplicativo F.banking, que permite consultar saldo, investimentos e limites de crédito.

O banco garante que é seguro. “Todas as consultas no aplicativo acontecem no ambiente seguro do próprio Bradesco. Nenhuma informação fica armazenada no Facebook”, diz Luca Cavalcanti, diretor dos Canais Digitais Dia & Noite ao site AdNews.

Para obter acesso à conta pelo Facebook, o cliente deve instalar o aplicativo na página do banco, informar dados da conta, a senha de quatro dígitos e o código da chave de segurança. A partir daí, o aplicativo ficará disponível no menu à esquerda do Face.

Por Redação Link

Levantamento indica que em breve País deve ficar atrás apenas dos Estados Unidos em número de usuários

FOTO: Paul Sakuma/AP


SÃO PAULO – O Brasil caminha para se tornar o segundo país em número de usuários do Facebook. Segundo levantamento da consultoria americana Socialbakers, o País deve ultrapassar Índia e Indonésia e ficar atrás apenas dos Estados Unidos.

Esse crescimento pode acontecer no próximo mês, se o Brasil mantiver o crescimento atual. A rede social fundada por Mark Zuckerberg é hoje a maior do País, tendo ultrapassado o Orkut, que por anos foi o campeão.

Os EUA tem hoje 156 milhões de usuários do Facebook. A Índia tem 45 milhões, a Indonésia 43,5 milhões e o Brasil 42 milhões.




Ministério da Justiça quer saber se exclusividade do Bing para fazer buscas na rede social não prejudica concorrência
Foto: Reprodução


O governo brasileiro vai pedir explicações ao Facebook e à Microsoft sobre a parceria firmada pelas duas empresas para o uso da ferramenta de busca desta última na maior rede social do mundo. Segundo a Folha de S. Paulo, a Secretaria de Direito Econômico (SDE), do Ministério da Justiça, quer saber em que moldes foram feitas as negociações, já que o órgão deveria ser comunicado deste tipo de parceria quando feita entre companhias com faturamento superior a R$ 400 milhões anuais. Além de questionar se o caso caracteriza fusão ou troca de participação societária, a SDE quer saber se existe contrato de exclusividade, e se restringir a busca no Facebook ao Bing não fere legislações sobre concorrência. No ano passado, a rede social anunciou parceria com a empresa fundada por Bill Gates para que o Bing fosse a ferramenta usada para buscas dentro do site de 845 milhões de membros. Pesquisas feitas no buscador da Microsoft também ganham personalização a partir de informações de perfil da rede social.

A partir do recebimento da notificação do Ministério da Justiça, que deve ser enviada nesta terça-feira, de acordo com a Folha de S. Paulo, as empresas terão 15 dias para informar o que foi pedido pela SDE. Dados como data em que a negociação foi firmada, faturamento de cada companhia e formato do contrato precisam estar entre as informações fornecidas. Se for constatado prejuízo à concorrência, o governo pode abrir um processo contra Facebook e Microsoft. Além disso, se o órgão da Justiça considerar que deveria ter sido notificado, pode multar as companhias americanas em valores de R$ 60 mil a R$ 6 milhões. Ao jornal paulista o Facebook diz que não comenta "especulações ou rumores", e a Microsoft afirma que está "à disposição para prestar os devidos esclarecimentos" se for notificada, mas que até esta segunda-feira ainda não havia sido.



Código que deveria alertar empresas de segurança sobre proteção a falha foi publicado em site hacker chinês
Foto: AFP


A Microsoft está sob ataque desde sexta-feira por causa de um programa que informa empresas de segurança sobre falhas em produtos que desenvolve. Um dos "guias" enviado às companhias, que explica como explorar uma falha grave e recém-descoberta, apareceu em um site hacker chinês no último dia da semana passada, segundo a Reuters.

O guia, conhecido como "código de prova de conceito", teria sido vazado por um das mais de 70 companhias de segurança informática que recebem as informações da Microsoft, de acordo com o pesquisador que descobriu a falha. A companhia de Redmond afirmou que está investigando o documento publicado e "vai tomar as medidas necessárias para proteger os consumidores e garantir que as informações confidenciais compartilhadas pela empresa sejam protegidas nos termos dos contratos e dos requerimentos de programa".

O Programa de Proteção Ativa da Microsoft, anunciado em 2008, avisa às companhias de segurança sobre atualizações de sistema, em geral um dia antes de as atualizações serem oficialmente lançadas. A ideia é que os membros da iniciativa tenham tempo de priorizar e testar os updates antes de instalá-los nos computadores de seus clientes. "Os detalhes do código de prova de conceito (vazados) parecem iguais às informações compartilhadas com os parceiros do programa", afirmou o diretor de Computação Confiável da Microsoft, Yunsun Wee.

A divulgação antecipada é essencial porque, uma vez que a atualização seja liberada, os hackers podem tentar entender que erros elas consertam e usar esse conhecimento para invadir computadores que ainda não instalaram os updates. Os participantes do programa incluem a maioria dos grandes players de segurança do mundo, e alguns menores, entre eles chineses. Alguns profissionais, segundo a Reuters, questionam a Microsoft por deixar tantas empresas participarem do programa, mas outros entendem que seria arriscado deixar essas companhias de fora - e colocar os usuários dos programas em risco.

A falha encontrada pela Microsoft e divulgada aos parceiros do programa na terça-feira permite a exploração de computadores com sistemas operacionais Windows XP ou superior, possibilitando a um hacker habilitar o protocolo de controle remoto em redes que não requeiram autorização. O protocolo vem desabilitado como padrão, mas em empresas pode estar habilitado para permitir que técnicos de informática instalem, à distância, programas nas máquinas dos funcionários.

O italiano Luigi Auriemma teria sido o primeiro a descobrir a falha, entrando em contato com uma equipe da HP, que testou a prova de conceito e a encaminhou para a Microsoft em agosto. Desde então, o programador europeu pesquisou quem conseguiria descobrir a falha assim como ele, e qual não foi sua surpresa quando descobriu que o código vazado era exatamente o seu. "Se quem vazou (o código) for alguém do programa (da Microsoft), vai ser umepic fail (fracasso enorme)", escreveu Auriemma em seu blog.

Para o alívio dos usuários do Windows, o código do italiano só descrevia como desligar um computador à distância, sem dar o passo-a-passo para o controle total da máquina. O código completo ainda não foi informado aos membros do programa, mas segundo a Reuters especialistas acreditam que isso deve acontecer em breve, já que as primeiras "dicas" já foram publicadas online.

"Usuários do Windows devem se manter em alerta e ampliar suas defesas instalando as atualizações o mais rápido possível, antes que vejamos isso ainda se tornar ainda mais malicioso", avaliou o consultor de segurança Graham Cluley, da Sophos, no blog da companhia.

Entenda alguns pontos que devem ser levados em consideração na hora de você se refrescar com sua bebida favorita.

Por Renan Hamann em 16 de Março de 2012




(Fonte da imagem: Divulgação/PepsiCo)

O refrigerante pode ser tão viciante para algumas pessoas, que até mesmo o simples som da latinha sendo aberta já é o suficiente para que a boca se encha de água. Mas infelizmente o que a bebida faz no seu organismo não é nada parecido com o sabor apresentado. Confira agora quais são as principais razões para que você deva parar de tomar – ou pelo menos diminuir o consumo – de refrigerantes. Acredite: sua saúde agradece.

1. Quanto açúcar, quanta gordura

O que mais existe em um copo de refrigerante é açúcar. O maior problema disso é que esse tipo de substância faz com o que corpo entenda que está sendo nutrido (o que não acontece de verdade) e libere enzimas que podem catalisar a energia proveniente do “alimento”. Como não há nada de nutritivo, o açúcar é armazenado como gordura e o organismo ainda perde vitaminas e minerais.

2. Diet é uma mentira

Você pode até acreditar que os refrigerantes dietéticos foram feitos para quem quer emagrecer, mas a ciência diz que o que acontece é exatamente o oposto. Conforme mostrado nesta notícia do Tecmundo, os refrigerantes “Zero” e Light possuem substâncias que imitam o açúcar, fazendo com que o organismo compreenda que a glicose está sendo absorvida.


(Fonte da imagem: Reprodução/DocaKilah)

O problema é que, como isso não acontece realmente, o corpo humano faz com que o consumo de açúcar seja compensado em seguida, o que pode causar uma ingestão exagerada de açúcar, uma vez que a necessidade precisa ser suprida rapidamente.

3. A toxicidade das latinhas

Latinhas de refrigerante não são completamente isoladas do líquido. Por serem revestidas com uma resina chamada bisfenol (a mesma substância que contaminou boa parte do dinheiro brasileiro), as peças metálicas podem aplicar um efeito diretamente em disfunções hormonais que influenciam desde a obesidade até a ocorrência de câncer.

4. Cafeína demais, pressão demais

Você sabe quais são os tipos de refrigerantes mais consumidos no Brasil? São os que possuem base em cola ou guaraná. Isso significa que o consumo de cafeína (algo em que ambos são muito ricos) é enorme por todos aqueles que bebem refrigerantes. Pela substância ser responsável por dilatações dos vasos sanguíneos, excitação e liberação de adrenalina, o aumento da pressão arterial está intrinsicamente ligado ao consumo de refrigerantes.



(Fonte da imagem: Divulgação/PepsiCo)

5. Muita química para o corpo humano

O que existe de natural nos refrigerantes é uma parte ínfima em comparação com as quantidades de xarope, aromatizantes, acidulantes, açúcares, corantes e adoçantes existentes nos líquidos. Em suma, eles são compostos por muita química – que pode ser utilizada até mesmo para dissolver um rato e ossos –, o que pode causar vários danos à saúde.



Chinesa de quase 100 anos de idade levanta do caixão durante o próprio funeral.

Por Douglas Ciriaco em 17 de Março de 2012

Depois de seis dias "morta", Li Xiaufeng levanta e vai cozinhar. (Fonte da imagem: Reprodução/Oddity Central)


Na província chinesa de Guangxi, a senhora Li Xiaufeng, de 95 anos, surpreendeu a todos ao "ressuscitar" seis dias depois de sua "morte". Seu vizinho a encontrou caída durante uma manhã e, depois de verificar que ela não apresentava pulso nem respiração, concluiu que ela estava morta.

A família da velhinha foi contatada e começaram os preparativos para o velório que, conforme as tradições chinesas, deve durar até que todos os amigos e familiares tenham se despedido do defunto. Acontece que, no sexto dia do velório, o caixão foi encontrado vazio e sua habitante de pé, viva e cozinhando.

“Cansei de dormir, acordei e estava com fome”, relatou a quase centenária ex-morta. A explicação dos médicos para o caso é relativamente simples: Xiaufeng sofreu uma “morte artificial”, quando a pessoa mantém respiração praticamente imperceptível, mas continua viva.

Conforme o Oddity Central, o único problema que a senhora Li Xiaufeng vai enfrentar agora é com seus pertences, pois, de acordo com os ritos chineses, as posses de um defunto precisam ser queimadas durante seu velório.

DE SÃO PAULO

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) decidiu multar a operadora Vivo em R$ 4,1 milhões por descumprimento das metas de qualidade estabelecidas, segundo publicação nesta sexta-feira no "Diário Oficial da União".

Em nota, a Vivo destaca que a penalidade se refere a indicadores de qualidade da agência reguladora do setor no período de outubro de 2005 a setembro de 2006. "Desde então, houve uma série de avanços para oferecer serviços e atendimento de qualidade aos clientes."

"Mesmo com os resultados já alcançados, a Vivo continua a mobilizar seus maiores esforços para melhoria contínua de seus serviços e do atendimento prestado a mais de 70 milhões de clientes", completa a operadora.

CLAUDIA ROLLI
DE SÃO PAULO





O Ministério Público do Trabalho (MPT) de São Paulo ajuizou ação civil pública na Justiça do Trabalho contra a Casas Pernambucanas por exploração de trabalho considerado degradante em oficinas de costura e fornecedores que prestaram serviço à empresa na fabricação de roupas.

A assessoria da Pernambucanas informou que não se manifestaria sobre o caso.

A ação foi proposta em janeiro, após a empresa se recusar a assinar TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) para se responsabilizar pelas condições de trabalho consideradas análogas à escravidão em sua cadeia produtiva.

O caso é investigado desde agosto de 2010, quando auditores fiscais do Trabalho e procuradores encontraram bolivianos trabalhando em oficinas de costura em condições consideradas degradantes --eles estavam irregulares no país. Nas oficinas foram encontradas etiquetas de marcas vendidas na Pernambucanas, segundo o MPT.

"A empresa recebeu 41 autos de infração, referentes a jornadas excessivas de trabalho (14 a 16 horas por dia), servidão por dívida e ambiente inadequado de trabalho, como fiação elétrica expondo o trabalhador a riscos, além de péssimas condições de higiene", disse a procuradora Valdirene Silva de Assis, autora da ação

O MPT pede na ação que a empresa pague indenização no valor de R$ 5 milhões, revertida para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Segundo a procuradora, em estudo feito na cadeia de produção da empresa foi localizado fornecedor com 17 oficinas subcontratadas com condições semelhantes à encontrada pela fiscalização.

Agência norte-americana garante que o monitoramento não infringe direito à privacidade.

Por Maria Luciana Rincon Y Tamanini em 15 de Fevereiro de 2012


(Fonte da imagem: Reprodução/Wikipedia)

O FBI — Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos — tem planos de monitorar informações publicadas no Facebook, Twitter e nos blogs, através da busca por palavras-chave e frases específicas. De acordo com a agência, tais ações permitiriam detectar ameaças específicas, localizar os indivíduos organizando e recrutando outros para tais atividades e predizer eventos, acompanhando-os conforme seu desenvolvimento.

Entretanto, diversos grupos vêm manifestando sua preocupação relacionada ao direito à privacidade, e os planos devem ser vetados pela Unidade de Privacidade e Liberdade Civil. A unidade deseja rever as implicações legais do monitoramento e assegurar que todos os direitos e obrigações civis sejam respeitados antes que ele seja implementado.
Como o monitoramento funciona

De acordo com o FBI, as redes sociais estariam rivalizando serviços como o da polícia, dos bombeiros e até mesmo da mídia em situações de crise e sua cobertura. A ideia é que a agência tenha vantagem na hora de lidar com situações críticas, sejam elas ataques terroristas, atividades suspeitas ou até mesmo desastres naturais. O monitoramento não estaria focado em pessoas ou grupos específicos, mas em palavras relacionadas a determinados eventos, possíveis crises e atividades criminosas e terroristas.

Alguns exemplos de palavras monitoradas pelas buscas são: bomba, pacote suspeito, pó branco e confinamento.

Segundo a polícia federal norte-americana, Sabu mudou de lado e se tornou um valioso informante do governo.
Por Wikerson Landim em 9 de Março de 2012
Hacker Sabu mudou de lado em troca do perdão de outros crimes. (Fonte da imagem: FoxNews)

O hacker Sabu, que ajudou o FBI a prender cinco integrantes do LulzSec e do Anonymous, foi um colaborador exemplar da polícia federal norte-americana e, desde o primeiro momento, não hesitou em citar nomes e cooperar com o governo.

A afirmação é do FBI e vai de encontro à ideia de que Hector Xavier Monsegur teria sido forçado a colaborar com as autoridades. Preso em 7 de junho de 2011, Sabu muitas vezes ficou acordado a noite inteira conversando com integrantes dos grupos visando cooperar com o governo na formulação de uma acusação, conforme relatos do promotor James Pastore.

Solto sob fiança após pagar uma multa de US$ 50 mil, os agentes concordaram em não prosseguir com acusações por outros crimes, incluindo posse ilegal de arma, compra de joias e eletrônicos roubados e tentativa de venda de maconha em duas oportunidades.

Monsegur ganhava US$ 6 mil por mês até 2010, quando foi demitido. Desde então, sua única fonte de renda legal eram cheques de seguro desemprego no valor de US$ 400 mensais. O FBI não informou como Sabu pagou a fiança, se em dinheiro ou com trabalho.

Decisão contradiz promessa de liberdade de escolha para os consumidores feita pela Microsoft.
Por Wikerson Landim em 10 de Março de 2012
(Fonte da imagem: BGR)

Os consumidores que comprarem um dispositivo com arquitetura ARM rodando Windows 8 não poderão instalar nenhum outro sistema operacional, segundo informação publicada no site XDA-Developers nesta semana. A troca de sistema operacional não será possível porque em um sistema ARM será proibido habilitar o modo personalizado devido a certificação de hardware exigida.

A novidade vai de encontro com as declarações de Tony Mangefeste, gerente de programas da Microsoft, que havia afirmado que a filosofia da empresa é a de fornecer aos clientes a melhor experiência possível em primeiro lugar, mas sempre permitindo que os consumidores pudessem tomar as suas próprias decisões.

Microsoft mostra seu novo sistema operacional e libera versão de testes para download

Já está disponível para download a versão de testes do Windows 8, que já estava sendo usado pelos desenvolvedores. O anúncio foi feito no primeiro dia deste mês pelo presidente da divisão do Windows da Microsoft, Steven Sinofsky, durante o Mobile World Congress, em Barcelona (leia a cobertura do evento aqui).


O executivo foi encarregado de apresentar a nova versão do sistema operacional mais popular do mundo, que deverá ser lançada oficialmente ainda este ano. Segundo Sinofsky, o novo Windows se destaca principalmente por sua interface, mas também devido ao uso de aplicativos e pela economia de energia.

A principal mudança do novo sistema operacional é visual, ao apresentar uma tela inicial mais rápida e fluente, que pode ser utilizada tanto através do telas sensíveis ao toque como usando mouse e teclado.
O Windows 8 poderá ser utilizado tanto da forma tradicional ou com uma interface que dá ênfase aos aplicativos, que são agrupados por telas de forma similar a dos sistemas operacionais para celular. Estes aplicativos são a alma do novo sistema operacional, que já vem com vários deles instalados.

“Os aplicativos trabalham juntos e se apoiam uns em outros para oferecer uma rica experiência”, disse Sinofsky durante a apresentação.

O Windows 8 também apresenta compatibilidade com todos os dispositivos, tanto em computadores como em telefones com Windows Phone, através do sistema de gerenciamento de arquivos online da Microsoft (chamado SkyDrive), de modo que os usuários poderão acessar e-mail, calendário, contatos e conectar uma ampla gama de serviços tanto para o computador como para o celular.

Sinofsky fez questão de exaltar que se trata de uma nova geração de software, que permite a interação com o computador e tablets de uma forma natural. O Windows 8 também conta com um novo navegador, o Internet Explorer 10, que, segundo prometido, oferecerá uma nova experiência aos usuários.

Desde setembro, a versão usada pelos desenvolvedores teve três milhões de downloads e, desde então, foram realizadas 100 mil modificações em seu código. A versão apresentada na quarta-feira já trazia melhorias em seu sistema de toque, que ainda não tem uma versão em português, mas pode ser baixada em inglês, francês, alemão, japonês e chinês no site windows.microsoft.com.

Com o Windows 8, a Microsoft também abre sua loja de aplicativos em versão de teste. Durante esse período, os consumidores poderão provar de graça os aplicativos que operam com todo tipo de dispositivos.
A versão do sistema para empresas será apresentado na feira CeBIT, realizada nesta semana em Hannover, na Alemanha.

Campus Party em Pernambuco

A Campus Party vai ter uma segunda edição anual fixa no Brasil. Vai acontecer em Pernambuco, em julho, no Centro de Convenções de Pernambuco. O evento terá capacidade para receber 2.500 acampados. A intenção é que a Campus Party Pernambuco aconteça todos os anos, na metade do ano.

Edição em Pernambuco está agendada para julho. FOTO:Reuters


A ideia surgiu em novembro de 2011 a partir de uma confluência de interesses por parte de campuseiros (nome dado aos participantes do evento, que recebe cerca de 7 mil pessoas, sendo que dessas mais de 5 mil acampam no local) e do diretor da maior patrocinadora da CP, a Telefônica.

EUA: SXSW cada vez mais tecnológico
Começa na sexta-feira o festival South by Southwest (SXSW), realizado em Austin, Texas. Além de bandas de todo o mundo, o evento tem um espaço crescente dedicado à cultura digital. Nesta edição, o SXSW Interactive terá encontro de startups, hackathons e debates e palestras de Baratunde Thurston, blogueiro político, e da antropóloga Amber Case.

Zynga cria rede social
A produtora de jogos sociais no Facebook, como Castleville e CityVille, estreia em fase de testes sua própria rede social para games. Batizado anteriormente de Project Z, o projeto da Zynga é tornar o seu site zynga.com em um destino para pessoas que querem jogar e se relacionar com outros usuários com quem não estão necessariamente ligados por uma relação de amizade.


Finalmente, depois de muitas incertezas e uma enorme repercussão nas redes sociais, a Campus Party Recife está confirmada. O anúncio foi feito hoje à noite, por volta das 18h30, no Palácio do Campo das Princesas. Também foi definido o local do evento: o Centro de Convenções. A data exata para a realização da edição local do maior encontro de blogueiros da América Latina, entretanto, permanece uma incógnita. É certo que será em julho, mas outros detalhes, como programação, ingresso e porte da feira ainda serão acertados.

"Vamos precisar correr bastante", resumiu o espanhol Paco Ragageles, co-fundador da Campus Party. Aparentemente, a organização e o governo do estado conseguiram um encaixe na agenda do Centro de Convenções. Na manhã desta sexta-feira, o próprio Paco chegou a afirmar, em seu Twitter, que precisaria encontrar outra opção de local.

O secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar, preferiu não determinar uma data para o anúncio de maiores detalhes. "Ainda vamos chegar a um formato, mas é certo que será um evento de menor porte, em comparação com o que já acontece em São Paulo. Por enquanto, acho melhor não falar sobre expectativa de público", disse.

O diretor geral da Futura Networks, Mario Teza, responsável pela Campus Party no Brasil, explica que serão realizados encontros com o governo com mais frequência durante os próximos dias. "Já estamos buscando atrações e nomes de peso para a Campus Recife, mas não podemos revelar nada por enquanto", informou.

Por Thiago Neres, da redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget