08/18/14



Um estudante de 19 anos reagiu a um assalto, imobilizou o criminoso até a chegada da polícia e ainda tirou uma “selfie” com o homem que tentou roubá-lo. A situação aconteceu por volta das 21h na terça-feira dia (05) deste mês, na Rua Henrique Laranja, no bairro Paul, em Vila Velha (ES).

O estudante imobilizou o criminoso até a chegada da Polícia Militar, que encaminhou o bandido para o Departamento de Polícia Judiciária de Vila Velha. No DPJ, o criminoso disse que roubava porque estava desesperado e precisava pagar o aluguel, mesmo tendo outras cinco passagens por roubo.

De acordo com o estudante, ele estava andando pela rua e falando ao celular quando o bandido o abordou de bicicleta. O jovem disse que não passaria o aparelho, então o criminoso levou a mão à cintura, fingindo estar armado.

O estudante aproveitou a distração do bandido para derrubá-lo da bicicleta. O criminoso ainda tentou correr, mas o jovem deu uma rasteira e saltou sobre o homem, aplicando uma “gravata” no bandido.

Segundo o estudante, enquanto ele gritava por ajuda, o criminoso pedia para soltá-lo, dizendo que assaltar era seu “ganha-pão”. Foi aí que a vítima decidiu fazer a “selfie”.

Fonte: Gazeta Online



Já imaginou se, pela manhã, o pão que você adora simplesmente se materializasse no prato? Ainda não chegamos na era do teletransporte, mas em São Carlos, no interior de São Paulo, o pão chega via drone, um daqueles aviões não tripulados. A iniciativa é da franquia Pão to Go, que já está testando entregas em um raio de até 1km de sua loja na cidade.

Os drones conseguem carregar até 3,5 kg e custam R$ 6 mil cada um. Além de ser muito mais divertido e funcionar como um diferencial para a rede, a entrega por drones consegue ser muito mais rápida e mais barata do que se feita por um motoboy, por exemplo. A maior dificuldade, no entanto, fica por conta da lei. A Anac ainda não tem um regulamento específico para o funcionamento desse tipo de aeronave. Estima-se, contudo, que até o fim deste ano o uso de drones esteja liberado no país. Enquanto isso, a Pão to Go realiza testes e prepara seus franqueados para a nova modalidade de entrega.

A norte-americana Amazon foi pioneira na entrega de produtos via drone. A opção de entrega Prime Air permite a entrega rápida utilizando aviões não tripulados. Se o projeto ainda não decolou, literalmente, o empecilho é também a legislação, que ainda não foi estabelecida para essas aeronaves.

Fonte



Catarina Migliorini, a brasileira que vendeu a virgindade, está envolvida em um novo capítulo desta mirabolante história. O japonês Natsu, que oferecu R$ 1,5 milhão pelo dote da moça, não quis consumar o ato e disse estar arrependido do investimento. Em entrevista ao portal ‘Terra’, o diretor do documentário Virgins Wanted (Procura-se Virgens), Justin Sisely, falou sobre o caso da virgem brasileira e os desdobramentos de um festival em Nova York, nos Estados Unidos.

Segundo o direto australiano, o japonês esperava encontrar uma virgem doce, meiga e ingênua, mas a realidade se mostrou diferente no jantar que reuniu Catarina e o vencedor do leilão. O encontro acontceu em Sidney, na Austrália. “Catarina foi rude com ele e só falava na forma de pagamento. Ele não achou que ela valia o dinheiro (…). Natsu não gostou da atitude dela. Ele já tinha organizado um cheque administrativo, mas ela insistia em dinheiro vivo. O homem é um bilionário; poderia ter a garota que quisesse. Catarina não foi nada agradável e ele desistiu. Cada um tem o que merece”, afirmou Sisely.

O diretor garante que tudo estará no documentário. Além disto, ele gravou uma entrevista com o comprador japonês. “Se a Catarina estivesse menos preocupada com sua imagem ou com a discussão dos detalhes de como a noite aconteceria, o resultado teria sido melhor para ela”, avalia o australiano.

Sisely e a brasileira não conversam desde o encerramento das filmagens, em dezembro de 2012. “Catarina ficou revoltada porque as coisas não terminaram bem para ela e acho que me culpa por isso. Ela perdeu tudo pelo qual trabalhou, mas para mim não faz diferença. Ela determinou seu próprio destino”, analisa Sisely.

O leilão da virgindade da brasileira Catarina Migliorini, 20, foi encerrado nesta quarta-feira com o lance de US$ 780 mil (R$ 1,5 milhão). O vencedor do leilão foi um japonês identificado apenas como Natsu.O russo Alexander Stepanov, que também leiloava a virgindade, encerrou com o lance de US$ 3.000 (cerca de R$ 6.000). O lance veio do Brasil e comprador é identificado no site apenas como Nene B., mas não se sabe qual o sexo de quem deu o último lance pela virgindade do russo. A “experiência” dos dois jovens faz parte do documentário “Virgins Wanted”, que conta a história de dois jovens antes e depois da primeira vez. Quem vencer o leilão terá a opção de permanecer anônimo.

Segundo os produtores do filme, Catarina terá a sua primeira vez a bordo de um avião entre a Austrália e os Estados Unidos. Isso será feito para que não haja risco de infringir as leis internacionais sobre prostituição. O ato sexual não será filmado. Catarina diz que usará o dinheiro para estudar medicina na Argentina.

Fonte: Yahoo!


A data do possível, porém improvável impacto, é 16 de março de 2880.

Os pesquisadores, que estudam a rocha, dizem que ela gira tão rápido que deveria ter se quebrado, mas por uma estranha razão permanece intacta em sua trajetória em direção ao planeta Terra.

Astrônomos acreditam que ela permaneça sólida por forças de coesão, conhecidas como Van der Waals. Embora isso seja um grande avanço na pesquisa sobre os asteroides, os cientistas admitiram que não sabem ainda como pará-lo ou desviá-lo.

A descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade do Tennessee. Pesquisas anteriores mostraram que asteroides são, na verdade, diversas “pilhas” de material rochoso soltos, porém unidos fortemente pela gravidade e pelo atrito. No entanto, a pesquisa da universidade mostrou que o asteroide denominado 1950 DA gira tão rápido que desafia essas forças.

Com 1.000 metros de diâmetro, ele gira rápido demais para seu tamanho. Esse ritmo deveria fazer a rocha se despedaçar, mas ela não demonstra nenhum sinal que isso irá ocorrer.

Com base nos dados que os cientistas conseguiram coletar, até o momento, a chance de impacto com a Terra é de 1 em 300, algo assustadoramente considerável, tornando-se uma chance real de colisão.

“Nós descobrimos que 1950 DA está girando mais rápido do que o limite de ruptura para sua densidade. Então, se apenas a gravidade estivesse segurando este monte de pedras em conjunto, como geralmente se supõe, elas voariam uma das outras. Portanto, forças de coesão devem estar segurando-as”, disse Joshua Emery, professor assistente no Departamento de Ciências da Terra e Planetária da universidade.

Na verdade, sua rotação é tão rápida que em seu equador ele tem a chamada ‘gravidade negativa’. Se um astronauta tentasse ficar em sua superfície, seria sumariamente arremessado para o espaço.



Algumas teorias acreditavam que os asteroides pudessem ter forças de coesão, mas até o momento isso não havia sido observado em nenhum. O estudo sobre 1950 DA foi publicado na revista Nature, despertando um interesse maciço dos cientistas em encontrar maneiras potenciais para defender a Terra.

O asteroide em questão poderá ser observado com mais detalhes a partir de 2032. Apesar do certo receio, existem vários aspectos que podem alterar sua trajetória: taxa de rotação, composição química, massa, interações gravitacionais com outros pequenos objetos cósmicos, etc.



Imagem mostrando a rota de 1.400 asteroides, descobertos desde o início de 2013, que oferecem riscos de impacto com a Terra.Além disso, o chamado efeito Yarkovsky – uma pequena força, porém importante, que age sobre os asteroides – poderia nos salvar. Essa força é um tipo de “empurrão” térmico. Ao receber energia solar, o asteroide acaba liberando um pouco dessa energia para o espaço, o que pode mudar ligeiramente seu percurso que, ao longo de centenas de anos, fará um desvio considerável de sua rota.

Saiba mais!

O asteroide 1950 DA viaja a mais de 15 km por segundo e gira uma vez a cada duas horas e seis minutos.

Os cálculos preliminares mostram que, se o impacto ocorrer, ele deve cair no Oceano Atlântico a 6,1 milhões de Km/h, o que geraria um impacto de 44.800 megatoneladas de TNT.


Fonte: Discovery / DailyMail Foto: Reprodução / DomínioJovem / ArquivoUFO / DailyMail

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget