01/23/13

Em entrevista à revista americana "Billboard", o cantor pop Prince disse que Madonna é uma das responsáveis por fazer que ele fosse "esquecido" pela gravadora Warner Bros. Records.

Durante os anos 1990, Prince mudou seu nome para um símbolo em protesto pelo que ele achava serem promoções fracassadas de seus discos por parte da Warner Bros.

Na entrevista, o cantor culpou Madonna por ter roubado o foco da gravadora. "Ela estava sendo paga, mas, na época, nós vendíamos mais discos e lotávamos mais shows em noites consecutivas", afirmou Prince.


Stuart Wilson-1º.jul.2011/France Presse

O cantor Prince


Como resultado do desentendimento de Prince com a gravadora, além da mudança de nome, o cantor gravou diversos álbuns rapidamente para cumprir o contrato com a Warner Bros. e poder produzir os próprios trabalhos.

MAROON 5

A "rainha do pop" não foi o único foco das críticas de Prince.

Ele também comentou o fato de a banda Maroon 5 ter regravado um de seus clássicos, a música "Kiss".

Prince disse não ter problemas com versões e afirmou que ele mesmo canta músicas de outros artistas em seus shows, pagando os royalties devidos.

Mesmo assim, ele disse que não entende porque bandas como o Maroon 5 precisam regravar e relançar músicas de outros artistas.

"Por que precisamos escutar outra versão de uma música de outra pessoa? Arte é construir novas fundações, não simplesmente ficar no topo do que já está feito", disse.



Ashton Kutcher, caracterizado como Steve Jobs e Josh Gad como Steve Wozniak

A cinebiografia de Steve Jobs será lançada no dia 19 de abril, nos Estados Unidos, mês em que o CEO da Apple comemoraria 37 anos de trabalho com a empresa.

O filme será protagonizado pelo popular ator Ashton Kutcher no papel de Jobs, morto em 2011, e estreará no fim de abril na noite de encerramento do Festival de Cinema de Sundance, de acordo com o distribuidor de filmes independentes Open Road Films.

Escrito por Matthew Whitely e dirigido por Joshua Michael Stern, "jOBS" narra a vida do co-fundador da Apple de 1971 a 2000, considerados 30 anos determinantes na vida do gênio da informática.

"'jOBS' certamente ressoará no público, e estamos encantados por nos associarmos ao Five Films para levar este filme aos cinemas", disse o diretor-executivo do Open Road, Tom Ortenberg. A Sony Pictures está apoiando um filme próprio baseado na biografia do co-fundador da Apple, escrita por Walter Isaacson.

Steve Jobs morreu no dia 5 de outubro de 2011 aos 56 anos depois de travar uma longa batalha contra o câncer. O filme tem previsão de lançamento para 1º de novembro de 2013.


* com informações da AFP.




Vista da Iaçu, na Bahia, cidade atingida por fortes temporal; choveu cidade, na noite de domingo, 200 milímetros em menos de duas horas, o equivalente a um ano

As chuvas que atingiriam a Bahia, neste mês de janeiro, causou problemas em 64 municípios em todo o Estado, segundo balanço do Inema (Instituto Estadual do Meio Ambiente). Das cidades afetadas, 37 pertencem à região do semiárido, que corresponde a dois terços do território baiano e que enfrentou, em 2012, uma das piores estiagens das últimas quatro décadas. O Estado tem 417 municípios.

As situações mais graves ocorreram nas cidades de Iaçu (280 km de Salvador), na Chapada Diamantina, Utinga (433 km de Salvador) e Jaguaquara (343 km de Salvador), no Vale do Jiquiriçá. Na capital Salvador, choveu nos últimos dias, mas a Defesa Civil não registrou nenhuma ocorrência grave.

Em Iaçu, a chuva começou na última sexta-feira (19), mas um temporal atingiu a cidade na noite de domingo, quando choveu 200 milímetros em menos de duas horas. O prefeito Nixon Andrade (PMDB) disse ao UOL, por telefone, que a precipitação ocorrida equivale a quase um ano de chuva.

"Já estávamos em situação de emergência por conta da estiagem que já durava dois anos e agora mantivemos o decreto por conta da cheia", conta o prefeito, que está em Salvador para buscar auxílio do governo estadual por meio das Voluntárias Sociais e Defesa Civil.


 23.jan.2013 - Motoristas enfrentam ponto de alagamento na avenida Luiz Vina, em Salvador, depois de forte chuva que atingiu a cidade Joá Souza/ Agência A Tarde/ Estadão Conteúdo

O saldo na cidade, que recebeu a visita de técnicos da Defesa Civil do Estado, foi de 200 casas atingidas, 30 totalmente destruídas e mais de 250 pessoas desabrigadas. Também foram destruídos o estádio de futebol, pontes e estradas vicinais, assim como cerca de cinco quilômetros da linha férrea.

Em uma fábrica de cerâmica, 90% da produção e parte do maquinário foram danificados. A prefeitura estima um prejuízo de cerca de R$ 5 milhões. Apesar do rastro de destruição, ninguém ficou ferido.

Próximo à estrada de ferro, um carro foi arrastado pela água e "engolido" por uma enorme cratera. O motorista escapou ileso.

Em Jaguaquara, a chuva alagou casas e cerca de 50 pessoas ficaram desabrigadas.Os moradores de bairros da periferia perderam móveis e tiveram os carros e casas completamente alagados e, em alguns pontos, a água atingiu cerca de um metro de altura.

Chuva de granizo

Em Itaberaba (285 km de Salvador), na Chapada Diamantina, choveu 154 milímetros nos últimos dias e houve também uma precipitação de granizo, na semana passada, o que deixou os moradores locais assustados.

De acordo com o Serviço de Meteorologia do Inema, "as chuvas que também provocaram formação de granizo ocorreram devido o enfraquecimento da massa de ar quente e seco sobre a Bahia, que por sua vez, possibilitou o avanço de uma frente fria vinda da região sudeste rumo ao sul do Estado e que, associada ao calor e a umidade proveniente da Amazônia, intensificou nebulosidade e as chuvas na região".

Já em Utinga, que fica na mesma região, as fortes chuvas causaram destruição e deixaram a cidade sem energia, telefone e internet no fim da semana passada.

A Defesa Civil informou, por meio de assessoria de imprensa, que enviou técnicos a alguns municípios do Estado e que está atendendo às solicitações de emergência das prefeituras. O órgão deve divulgar um balanço das chuvas na próxima semana.
Previsão

O Inema informou que a previsão ainda será de ocorrência de chuvas em praticamente toda a Bahia, sendo as regiões oeste e sul as que terão os volumes de chuvas mais significativos, com acumulados acima dos 80 milímetros.

Nas demais regiões do Estado, conforme o relatório, esses acumulados não ultrapassarão os 30 milímetros.

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget