12/21/12


O cabelo ruivo e enrolado da britânica Natalie Harvey já era motivo de bullying na infância, quando Natalie chegou a mudar de colégio

Uma britânica de 36 anos virou ativista antibullying após sofrer uma onda de ataques na internet por causa do cabelo que tinha na infância.

Natalie Harvey, hoje com o cabelo liso e escuro e moradora de um subúrbio de Nottinghamshire, na Inglaterra, era vítima de bullying na escola quando criança. Ela chegou a mudar de colégio na época. O motivo: o cabelo crespo e ruivo.

A história voltou a se repetir, desta vez com mais intensidade, quando ela postou uma foto da infância em seu perfil no Facebook.

"Alguém viu uma fotografia minha de quando criança, muito diferente do que eu sou hoje, ficou com raiva por isso (por ela ter mudado seu visual) e decidiu que todo o mundo deveria ver (a foto)", disse Natalie, em entrevista ao programa Today, da rádio BBC 4.

Era uma onda de ódio no Facebook e logo se tornou em algo que eu já não conseguia lidar", diz.


Natalie luta para o estabelecimento de padrões de atendimento na polícia em casos de bullying

"Começou com piada pesadas, dizendo que eu (hoje) usava uma peruca. Na verdade, uso extensão no cabelo. Era uma idiotice e eu não respondi. Mas ai ficou sério".
Constrangimento

Hoje casada, e mãe de um filho, Natalie diz que bloqueou a "amiga" do Facebook que deu início aos ataques, assim como outras pessoas que aderiram aos insultos.

"Ai continuaram a cometer bullying por outras formas, me mandando torpedos no celular. Também acharam uma conta do Twitter que eu nem usava e foi aí que o bullying realmente aconteceu", diz.

Sua mãe e seu filho logo passaram a ser alvo de bullying, recebendo inclusive ameaças.

Foi nesse momento que ela resolveu procurar a polícia. "Eu me senti constrangida quando liguei para eles", diz ela, que resolveu se dedicar ao ativismo antibullying após esse contato.

Natalie diz que foi bem atendida pelos policiais, mas defende o estabelecimento de padrões sobre como a polícia deve atuar em casos similares.

Ela fundou um site, www.combatbullying.org.uk, que presta atendimento a vítimas e promove ações contra bullying. Um dos focos do seu portal é o bullying sofrido por adultos, já que as vítimas mais habituais costumam se crianças e adolescentes.

O Facebook anunciou nesta sexta-feira (21) o aplicativo móvel Poke (Cutucar, em tradução livre). Ele consiste em um programa (por enquanto só para iOS) que permite aos usuários enviarem mensagens que se autodestroem em até dez segundos.

CUTUCADA

Aplicativo Poke permite envio de mensagens que se autodestroem para os amigos da rede social

"Com o aplicativo, você pode cutucar ou enviar mensagens, fotos ou vídeos para os amigos do Facebook de uma forma leve. Você pode cutucar amigos individualmente ou vários deles de uma só vez. Cada mensagem expira em um tempo determinado pelo usuário: 1, 3, 5 ou 10 segundos", diz o comunicado da rede social.

Após o tempo determinado, o conteúdo desaparece do aplicativo. Quem não viu a mensagem, não conseguirá visualizá-la mais, a não ser que a pessoa reenvie.

O funcionamento do Poke, do Facebook, é muito parecido com o aplicativo Snapchat. Este segundo programa é alvo de críticas, pois pelo fato de as mensagens se autodestruírem, muitas pessoas o utilizam para prática de sexting (que consiste no envio de conteúdo sexual por meio de dispositivos móveis). Ao cair nas mãos erradas, os vídeos e fotos compartilhados nessas plataformas podem cair na internet e constranger seriamente os envolvidos.

"Se você visualizar algo que você não goste, você pode clicar no menu e reportar abuso", diz o Facebook no comunicado.


Suzy Favor Hamilton, que admitiu ter trabalhado como prostituta

A ex-atleta Suzy Favor Hamilton, que representou os Estados Unidos em três Jogos Olímpicos (1992, 1996 e 2000) nas provas de média distância do atletismo, admitiu nesta quinta-feira que tem levado uma vida como prostituta, em Las Vegas, cidade conhecida mundialmente pelas diversas atrações da noite, como cassinos e shows.

Via Twitter, ela se justificou após vazamentos na internet. "Me dei conta de que tomei decisões muito irracionais e assumo a minha responsabilidade por elas. Não sou vítima aqui e eu sabia o que estava fazendo. Me senti atraída pela prostituição especialmente porque me dava mecanismos de sobrevivência quando eu vivia momentos muito difíceis na minha vida e no meu casamento", disse ela.

Segundos as informações que vazaram em um site norte americano, Suzy trabalha como prostituta desde dezembro do ano passado e usava o apelido de Kelly Lundy, cobrando cachê de 600 dólares por hora.

Ainda na sua conta na rede social, Suzy afirmou que não esperava que as pessoas entendessem a sua decisão, mas diz que as razões que a fizeram tomar essa decisão faziam sentido na hora, especialmente quando ela estava perto de uma depressão. Ela ainda afirmou que pretende voltar a ser uma boa mãe, mulher, filha e amiga.

"Nunca pensei que eu fosse ser exposta e machucar os sentimentos de alguém. Tenho visitado um psicólogo nos últimos meses e vou continuar a fazer isso. Não posso nem falar quão mal eu estou e agradeço o apoio dos familiares neste momento", completou ela que é casada.


A Mega-Sena acumulou mais uma vez e pode pagar R$ 48 milhões no sorteio de sábado. Confira as dezenas sorteadas nesta quinta-feira:
06 - 13 - 25 - 32 - 47 - 57

Nesta semana, a Mega-Sena teve sorteios terça e hoje. Ainda haverá um terceiro sorteio, devido ao Natal, no sábado. A aposta mínima é de R$ 2 e pode ser feita até as 19h, nos dias de sorteio, nas lotéricas. Clientes da Caixa podem apostar pelo internet banking.
Especial de Natal
No sábado, haverá ainda o sorteio da Loteria Federal Especial de Natal, com o prêmio de R$ 4 milhões nas duas séries. O apostador pode adquirir o bilhete da modalidade, nas unidades lotéricas, inteiro ou em fração. Cada bilhete possui 10 frações e a premiação é proporcional ao que se adquire. O sorteio será realizado às 19h.
Feriado
Em decorrência do feriado de Natal, no dia 25, não haverá sorteio das loterias. Na segunda-feira (24), serão sorteados os concursos 846 da Lotofácil, 3.078 da Quina e 1.136 da Dupla Sena. Os sorteios serão realizados às 16h. As apostas podem ser feitas até as 15h da segunda-feira.
Mega da Virada
Já estão disponíveis os volantes específicos para apostar no concurso especial mais esperado das loterias, a Mega da Virada. O concurso nº 1.455 da Mega-Sena será sorteado em 31 de dezembro, e o prêmio previsto é de R$ 180 milhões.
O prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor será somado ao rateio dos acertadores de cinco números. Se não houver ganhadores nessa faixa, os acertadores da quadra dividirão todo o prêmio e assim sucessivamente.
As apostas com volante específico terão o mesmo custo que as apostas regulares e podem ser feitas em qualquer unidade lotérica do País, inclusive na modalidade Bolão.


Homem dança para turistas no parque ecológico de Xcaret, no México
Foto: Israel Leal / AP


Chichen Itzá, um dos sítios arqueológicos mais representativos da cultura maia, localizado no sudeste do México, se prepara para receber esta sexta-feira entre 15 mil e 20 mil visitantes no início de uma nova era, segundo a contagem desta cultura, informou à AFP um porta-voz do departamento de imprensa do Instituto Nacional de Antropologia e História, encarregado da salvaguarda do patrimônio cultural no México.

O porta-voz explicou que esta sexta-feira, quando chegar o baktum 13, unidade de tempo maia de 144 mil dias cada um, será um "dia de visita normal, nos horários habituais" e não estão previstas cerimônias ou atos relativos à nova era maia.

No entanto, pela atração que Chichen Itzá e sua majestosa pirâmide de Kukulkán representam, o Instituto está consciente de que a chegada de visitantes será comparável às celebrações do equinócio, quando a chegada da primavera projeta uma sombra que se assemelha a uma serpente descendo pelas escadarias da construção, um fenômeno único no mundo.

Nesta quinta-feira, milhares de visitantes, muitos deles estrangeiros, visitavam o sítio arqueológico, onde foram executadas excepcionalmente danças pré-hispânicas. "Levamos quatro anos para tramitar a permissão, mas por fim conseguimos e nos sentimos orgulhosos de entrar dançando em Chichen Itzá. Éramos uns 40, uma dezena deles crianças", comentou à AFP Juan Sánchez, bailarino procedente da Cidade do México.

Em outros sítios arqueológicos do sudeste do México, Guatemala, El Salvador e Honduras era esperada uma grande afluência de visitantes.

O baktum 13 foi objeto de interpretações catastróficas que o apresentam como o "fim do mundo", o que é repudiado por arqueólogos pois, asseguram, os mais não tinham uma visão apocalíptica, como acontece com as religiões judaico-cristãs.

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget