02/12/12

Palestras incríveis marcaram o último dia do maior evento de tecnologia do Brasil.


Acabou! Pois é, galera, depois de uma semana no Anhembi, finalmente chegou a hora de voltar para Curitiba. Foi uma semana muito intensa, mas com certeza todo o esforço valeu a pena. O Tecmundo esteve com três redatores por quatro dias, dois ontem e hoje era apenas este que vos fala.

Cheguei na Campus Party Brasil 2012 às 13 horas, pronto para assistir à palestra de Michio Kaku, um dos maiores nomes da ciência moderna. Ele contou para os campuseiros como é que vai ser o futuro e como a biotecnologia está avançando para fazer com que alguns problemas atuais virem coisa do passado.



(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Saindo de lá, fui até a sala de imprensa para deixar meus materiais e parti para conversar um pouco com os campuseiros. Para minha surpresa, já havia uma grande quantidade deles que estava deixando o evento. Mas é compreensível, pois amanhã já é domingo e segunda-feira a vida volta ao normal (pelo menos para quem não está de férias até o carnaval).

Outro ponto muito legal do dia de hoje foram as finais do campeonato de Starcraft II, que a Intel trouxe para a América Latina pela primeira vez. As semifinais começaram à tarde e pouco antes das 19 horas começou a grande final, entre os dois sul-coreanos oGgSuperNova e Violet (que levou a melhor na disputa).



(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Em meio a tudo isso, ainda consegui uma entrevista exclusiva com Vince Gerardis, produtor da série Game of Thrones que topou nos contar um pouco mais sobre o seu novo projeto: Grok Studio, que vai trabalhar com produções de uma forma muito mais colaborativa.

Ao final do evento, reuni minhas coisas e rumei para a fila de despedida da Campus Party Brasil 2012. No caminho, encontrei o Maurício Cid do blog Não Salvo, com quem troquei algumas palavras sobre a vida ligada na web durante 100% do tempo. Depois foi só achar um táxi para me levar até a estação do metrô.

De lá, direto par ao hotel, de onde estou escrevendo os últimos caracteres da Campus Party. A sensação é de missão cumprida. Espero que todos tenham gostado da cobertura que o Tecmundo realizou no evento. Agora, fica a saudade e a expectativa por uma CPBR6 ainda melhor. Segunda-feira estaremos de volta à programação normal, direto de Curitiba. Até logo, campuseiros.

Maior físico do mundo conta como será o futuro

Michio Kaku subiu ao palco principal da Campus Party Brasil 2012 para contar como será o futuro da humanidade

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Chegamos ao último dia da Campus Party Brasil 2012 e às 13 horas, Michio Kaku (o maior físico teórico do mundo na atualidade) subiu ao palco principal para falar sobre o futuro da tecnologia e os reflexos disso na humanidade. A palestra foi uma das mais assistidas de todo o evento e lotou a plateia (o que obrigou vários presentes a assistirem tudo de pé).

Quem estava com medo de ouvir uma palestra com muitos termos complicados e teorias que precisariam de um pós-doutorado para serem compreendidas saiu muito feliz do evento. Michio Kaku fez uma apresentação muito descontraída e garantiu que todos saíssem satisfeitos do palco principal. Vamos agora a um resumo do que Kaku falou.

A quarta onda da tecnologia

Michio Kaku lembrou que já presenciamos três "ondas" principais nos avanços tecnológicos em todo o planeta. A primeira delas foi composta por motores a vapor (que garantiu a invenção e utilização efetiva das locomotivas mais potentes). Em seguida vieram a eletricidade e os automóveis, permitindo que a humanidade se deslocasse para o meio urbano.

A terceira geração da tecnologia é a que estamos presenciando atualmente, com equipamentos de qualidade que permitem a conexão com outras pessoas em todos os lugares. São os smartphones, tablets, microcomputadores e outros eletrônicos que podemos considerar como disseminados pela humanidade.

E então estaríamos indo em direção à quarta onda tecnológica. Qual seria ela? Segundo Michio Kaku, trata-se da biotecnologia, que junto com a nanotecnologia, pode permitir que o futuro da humanidade seja completamente diferente do que muitos esperam.
 
Realidade aumentada

Você já deve ter visto alguns óculos futuristas que prometem agregar a realidade aumentada ao cotidiano das pessoas. O que Kaku diz é que isso será apenas o início do que teremos realmente. Nanochips instalados em lentes de contato permitirão que as pessoas identifiquem as outras sem precisar de outros dispositivos para acessar os bancos de dados.

Mas o principal mesmo está na medicina, que pode abolir as palavras "tumor" e "câncer" dos vocabulários de todo o mundo. Como isso será possível? Graças às tecnologias aplicadas à prevenção de doenças, podendo ser instaladas em qualquer lugar (inclusive banheiros). Não entendeu?

     (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Banheiros inteligentes podem fazer exames de urina periódicos para detectar qualquer alteração nas funções do organismo já no começo. Michio Kaku disse que, tumores no pâncreas podem ser previstos 20 anos antes da manifestação física (devido à decodificação do DNA). Análises constantes da urina seriam ideais para evitar mortes desse tipo.

Kaku mostrou também um vídeo de sua série produzida pela BBC, Visions of the Future. No filme, Kaku aparece contando que, no futuro, as pessoas não terão mais medo de morrer enquanto esperam por transplantes, pois será possível criar qualquer tipo de estrutura humana em laboratório. Será que as previsões dele estão certas?

Possível escassez dos empregos

Com a tecnologia cada vez mais avançada, será que vai haver lugar para todos trabalharem? Michio Kaku sabe que isso é complicado, mas com algum esforço das pessoas, pode ser que haja solução. Profissionais que desempenham funções repetitivas devem ser substituídos por robôs com o decorrer do tempo, mas isso pode forçá-las a buscar novas possibilidades

Já trabalhos intelectuais e que exigem raciocínio menos repetitivo não devem sofrer qualquer tipo de perda com o avanço tecnológico. A explicação para isso estaria no medo que as pessoas têm de serem dominadas pela máquina. Em resumo, o ser humano ainda não está preparado (e não deve estar nas próximas décadas) para deixar que a inteligência artificial realmente pense sozinha.

A robótica japonesa

Michio Kaku se diz decepcionado com o progresso da robótica. Atualmente, a inteligência artificial está muito aquém do que os cientistas esperam (parte disso, devido ao que falamos no parágrafo anterior). Mas qual seria a motivação para países como Japão, Alemanha, Suíça e Áustria investirem tanto no segmento?

        (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Ele foi muito seguro ao afirmar que as principais funções que devem ser desempenhadas por robôs (pelo menos nos países citados) são relacionadas à enfermagem. Como os países estão em constante envelhecimento populacional, será necessário achar outra forma de cuidar dos idosos, pois provavelmente haja déficit no setor.

Samaritan foi apresentada no ano passado e somente agora estúdio revelou suas especificações.

O grande assunto das últimas semanas na indústria dos video games foi, sem dúvidas, a possibilidade da nova geração de consoles. Entre boatos, confirmações e desmistificações, não se falou em outra coisa a não ser nos sucessores dos Xbox 360 e PlayStation 3. Contudo, qual deveria ser o potencial dos novos aparelhos para superar os atuais?

A Epic Games decidiu dar uma pequena demonstração de quanto será esse salto gráfico. Durante o DICE Summit, evento voltado para o desenvolvimento e inovação do entretenimento, o estúdio apresentou as especificações da Samaritan, uma demo liberada no ano passado para mostrar o que esperar das novas tecnologias gráficas, e comprovou o quanto Sony e Microsoft terão de evoluir seus sistemas nos próximos anos.

Para rodar o jogo em resolução de 1080p em uma taxa de 30 quadros por segundo, foram necessários 2,5 teraflops de processamento. Apen

as em termos comparativos, o Xbox 360 atual é capaz de processar apenas 0,25 teraflops, o que significa que seria preciso melhorar seu hardware em dez vezes para que a Samaritan rodasse com perfeição. E olhe que estamos falando apenas de uma taxa de 30 fps.

Mesmo ao reduzir a resolução para 720p, a quantidade de processamento necessário para computar a engine permanece acima desta geração. Em HD, é preciso cerca de 1,1 teraflops, ou seja, mais de quatro Xbox 360.



A cantora contou no Twitter que estava recebendo mensagens assustadoreas de um homem no microblog.


Do Ego, no Rio


Kylie Minogue (arquivo) (Foto: Getty Images)


Kylie Minogue teve que chamar a polícia para um homem que a estava assediando através do Twitter.

"Eu amo 1,033,861 de vocês, meus amores. Mas um não é um seguidor e sim um esquisitão iludido que faz ameaças e isso não faz de você uma pessoa especial. Então, polícia já foi alertada", escreveu a cantora no microblog.



Twitter de Kylie Minogue (Foto: Reprodução/Twitter)






Sabe aquele garotinho fofo e travesso que estrelou o filme “Esqueceram de Mim” e “Riquinho”? Ele cresceu e... agora está assim! Macaulay Culkin, atualmente com 31 anos, foi fotografado em Nova York pelo The Sun com um aspecto assustador. O ator está bastante magro e de cavanhaque.

Depois do grande sucesso do início da carreira, Macaulay não fez mais filmes de destaque. Na vida pessoal, o ator teve problemas com drogas e se envolveu em uma disputa judicial com os próprios pais pela sua fortuna.

Apesar de magreza, assessor diz que Macaulay Culkin está bem

Uma foto recente de Macaulay Culkin causou muito estranhamento e preocupação com a saúde do ator, que ficou conhecido ao estrelar o filme "Esqueceram de Mim", de 1990.

Na imagem, Culkin, que atualmente tem 31 anos, aparece muito mais magro, bem envelhecido e segurando uma lata de energético. De acordo com o que assessoria do ator contou à revista "US Weekly", ele não está passando por nenhum problema de saúde.

"Macaulay Culkin está perfeitamente bem de saúde", disse um representante do ator à revista. O representante ainda afirmou que qualquer especulação a respeito de sua saúde é "imprudente e irresponsável".
Macaulay Culkin (Foto: Agência Grosby Group)Macaulay Culkin (Foto: Agência Grosby Group)

DAS AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

A cantora norte- americana Whitney Houston, 48, uma das divas da música pop, morreu neste sábado em Los Angeles (EUA). Segundo informações de sua empresária Kristen Foster, ela foi encontrada morta em um hotel. As causas ainda são desconhecidas.

Whitney Houston foi encontrada inconsciente na banheira de uma suíte do quarto andar do hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills por volta das 15h30 (21h30 no horário de Brasília).

Os paramédicos ainda tentaram reanimar a cantora por cerca de 20 minutos, mas sem sucesso. Ela foi declarada morta às 15h55, no horário local.

A cantora iria participar na noite deste sábado de uma festa realizada todos os anos na véspera da cerimônia de entrega da 54ª edição do Grammy, que acontece neste domingo.
Mark Ralston-12.fev.11/AFP

Whitney Houston canta em concerto pré-Grammy, nos Estados Unidos; veja galeria de imagens de sua carreira


Segundo a polícia, "não havia sinais evidentes de intenção criminosa" e que a causa de sua morte está sendo investigada.

A mãe de Whitney Houston, Cissy Houston, disse que tinha falado com a filha minutos antes de ela ser encontrada morta e disse que não percebeu nada fora do normal, segundo o site "TMZ".

Whitney Houston se preparava para reaparecer no cinema no remake de "Sparkle," filme de 1976 baseado na história do grupo vocal The Supremes. Seria seu primeiro papel cinematográfico desde "Um Anjo em Minha Vida", em 1996.

CARREIRA

Houston nasceu em Newark, Nova Jersey, em 1963. Veio de uma família musical: sua mãe era cantora gospel e Dione Warwick era sua prima. A menina começou a cantar na igreja aos 11.

Em 1985, seu primeiro álbum, que levava seu nome, bateu 13 milhões de cópias, chegou ao primeiro lugar da parada, e bateu o recorde de venda na estreia de uma cantora. Foi puxado pela balada "The Greatest Love of All".

Em 1992, estrelou e cantou as músicas do filme "O Guarda Costas", sucesso mundial com Kevin Costner. A trilha trazia seu maior sucesso, "I Will Always Love You.

No mesmo ano, casou-se com o rapper Bobby Brown e entrou numa relação que frequentou as manchetes, com direito a brigas e drogas.

O jornal "The New York Times" descreve a voz da cantora como "uma das melhores vozes gospel de sua geração". "Whitney evitava os maneirismos típicos do gênero, e usava frases evangélicas com moderação. Em vez de projetar vulnerabilidade e compaixão, ela comunicava força e auto-confiança, fazendo baladas pop majestosas."


Whitney Houston pode ter morrido afogada, diz site

A investigação inicial da polícia americana aponta afogamento como hipótese da morte de Whitney Houston, 48, de acordo com informações do site "TMZ". O corpo da cantora foi encontrado na banheira de uma suíte do quarto andar do hotel Beverly Hilton no último sábado (11), por volta das 15h30 --21h30 no horário de Brasília.

Segundo o site "TMZ", a cantora pode ter dormido enquanto estava na banheira, por conta do uso de um tranquilizante chamado Xanax, utilizado no tratamento de ansiedade e depressão. Membros da família da cantora disseram ao site que ela tinha prescrição médica para usa-lo.

Policiais afirmaram à publicação que não havia drogas no quarto, mas que encontraram cápsulas e frascos de remédios. Não havia indícios de que Houston teria ingerido bebida alcoólica no local.

De acordo com a polícia de Beverly Hills, seguranças do hotel fizeram uma ligação de emergência às 15h43 (21h43 no horário de Brasília). Uma equipe de paramédicos, que já estava no hotel por conta de uma festa do Grammy, tentaram reanima-la, sem sucesso, por 20 minutos. Às 15h55, Houston foi declarada morta, e seu corpo foi levado ao necrotério para a realização da autópsia.

Segundo Kirsten Foster, assessor da artista, a causa da morte permanece desconhecida e está sendo investigada.

Naquela noite, Whtiney Houston participaria de uma festa que antecede a cerimônia da 54ª edição do Grammy, que acontece neste domingo.
Walter Bieri - 9.mai.10/Efe
A cantora Whitney Houston durante show na Suíça em 2010
A cantora Whitney Houston durante show na Suíça em 2010

A cantora falou com a mãe, Cissy Houston, e com a prima, Dionne Warwick, algumas horas antes de morrer e ambas disseram que não perceberam nada de diferente e que a voz dela estava normal.

CARREIRA

Houston nasceu em Newark, Nova Jersey, em 1963. Veio de uma família musical: sua mãe era cantora gospel e Dione Warwick era sua prima. A menina começou a cantar na igreja aos 11.

Em 1985, seu primeiro álbum, que levava seu nome, bateu o recorde de vendas na categoria álbuns de estreia --vendeu 13 milhões de cópias e chegou ao primeiro lugar nas paradas, batendo recordes de vendas. O sucesso foi puxado pela balada "The Greatest Love of All".

Em 1992, estrelou e cantou as músicas do filme "O Guarda Costas", sucesso mundial com Kevin Costner. A trilha trazia seu maior sucesso, "I Will Always Love You".

No mesmo ano, casou-se com o rapper Bobby Brown e entrou numa polêmica relação, cujas brigas e escândalos com drogras estamparam as manchetes de jornais do mundo inteiro.

O jornal "The New York Times" descreve a voz da cantora como "uma das melhores vozes gospel de sua geração". "Whitney evitava os maneirismos típicos do gênero, e usava frases evangélicas com moderação. Em vez de projetar vulnerabilidade e compaixão, ela comunicava força e autoconfiança, fazendo baladas pop majestosas."

Whitney Houston se preparava para reaparecer no cinema no remake de "Sparkle," filme de 1976 baseado na história do grupo vocal The Supremes. Seria seu primeiro papel cinematográfico desde "Um Anjo em Minha Vida", em 1996.

Ex-marido de Whitney Houston está "devastado", diz revista

O ex-marido de Whitney Houston, Bobby Brown, está "devastado" com a morte da cantora, contou um parente próximo à revista "People".

Assim que soube da tragédia, o cantor de soul começou a ligar para toda a família. "Ele não queria que a gente ficasse sabendo pela televisão", explicou. "Ele mal conseguia falar quando me ligou".

Houston casou-se com Brown em 1992. No ano seguinte, tiveram uma filha, Bobbi Kristina, e se divorciaram em 2007, após uma relação conturbada, que incluiu até mesmo uma denúncia da cantora por violência doméstica.

Apesar do casamento tumultuado, que ia parar com frequência nas manchetes dos jornais, Houston e Brown mantiveram uma relação amigável, disse a fonte à revista. "Eles tinham Bobbi Kristina em comum e queriam criá-la juntos. Não se odiavam. De fato, havia muito respeito entre eles. É um golpe para Bobby. Ele está devastado. Ele a amava muito. É um momento muito triste para ele".
Vince Bucci - 15.mai.95/France Presse
Whitney Houston e Bobby Brown na oitava edição do Soul Train Music Awards, em 1995
Whitney Houston e Bobby Brown na oitava edição do Soul Train Music Awards, em 1995
Horas antes de morrer, Whitney Houston falou com a mãe, Cissy Houston, e com a prima, Dionne Warwick, e ambas disseram que não perceberam nada de diferente e que a voz dela estava normal.

A morte da cantora ainda está sendo investigada, mas a polícia levanta a hipótese de afogamento. O corpo da artista foi encontrado na banheira de uma suíte do hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, na tarde do último sábado (11).

Whitney Houston, que tinha 48 anos, estava hospedada no hotel para participar de uma festa pré-Grammy. A cerimônia de premiação será realizada neste domingo.

Grammy homenageará Whitney Houston durante a premiação

A Academia de Gravação dos Estados Unidos anunciou no site do Grammy, premiação pela qual é responsável, que fará uma homenagem especial a Whitney Houston, que foi encontrada morta em um quarto do hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, na tarde do último sábado (11).
A cantora Jennifer Hudson --vencedora do Grammy 2008 de melhor disco de R&B ("Jennifer Hudson")-- foi escolhida para prestar um tributo a Houston durante a cerimônia, que será realizada neste domingo (12) em Los Angeles, e será transmitida ao vivo, a partir das 23h (horário de Brasília), pelo canal TNT.

"Uma luz esmaeceu-se da nossa comunidade hoje, e nós estendemos as nossas mais profundas condolências à família, amigos, fãs e a todos que foram tocados por sua bela voz", disse Neil Portnow, presidente da Academia, em nota oficial.

Whitney Houston venceu seu primeiro Grammy em 1985 como melhor performance vocal pop feminina por "Saving All My Love For You". Ela recebeu o mesmo prêmio em 1987, com "I Wanna Dance With Somebody (Who Loves Me)".

Em 1993, Houston ganhou três Grammys: melhor performance vocal pop feminina e gravação do ano por "I Will Always Love You", e álbum do ano com a trilha sonora do filme "O Guarda-Costas".

O prêmio Grammy mais recente da cantora veio em 1999, quando ela levou a estatueta de melhor vocal feminino de R&B por "It´s Not Right But It´s Okay".
Mark Ralston-12.fev.11/AFP
Whitney Houston canta em concerto pré-Grammy, nos EUA; veja mais imagens de sua carreira
Whitney Houston canta em concerto pré-Grammy, nos EUA; veja mais imagens de sua carreira


Celebridades comentam a morte de Whitney Houston

O mundo da música, justo quando se prepara para realizar no domingo a grande festa dos Grammy, reagiu de forma instantânea à notícia da morte de Whitney Houston e inundou as redes sociais com mensagens em lembrança à diva americana.


A cantora foi declarada morta às 15h55 (horário local, 22h55 de Brasília) no Hotel Beverly Hilton, de Los Angeles. Por enquanto, se desconhece a causa de sua morte. Em maio do ano passado ela foi internada em um centro de desintoxicação para continuar combatendo sua longa dependência das drogas e do álcool.

Seu ex-marido, Bobby Brown, está "devastado", segundo disse um familiar próximo à revista "People". "Tinham em comum a sua filha Bobbi Kristina e queriam criá-la juntos. Não se odiavam. De fato, havia muito respeito entre eles. É um duro golpe para Bobby. Está devastado. Ele gostava muito dela. São momentos muito tristes", acrescentou.

Whitney se casou com Brown, um polêmico cantor de soul, em 1992. Tiveram sua filha um ano depois e após uma relação tumultuada, que incluiu uma denúncia da cantora por violência doméstica, o casal se divorciou em 2007.
Mark Ralston-12.fev.11/AFP
Whitney Houston canta em concerto pré-Grammy, nos EUA; veja mais imagens de sua carreira
Whitney Houston canta em concerto pré-Grammy, nos Estados Unidos; veja galeria de imagens de sua carreira


A artista tinha previsto cantar neste domingo em uma festa prévia aos Grammy, organizada pelo produtor musical Clive Davis no hotel Beverly Hilton, onde o corpo da cantora foi encontrado.

"Whitney Houston era uma das melhores cantoras pop de todos os tempos e deixa um vasto legado musical ao longo de três décadas", disse Neil Portnow, presidente da academia que organiza os Grammy.

"Sua voz poderosa deu origem a múltiplas canções memoráveis. Uma luz se apagou hoje em nossa comunidade musical", acrescentou.

A academia confirmou que Jennifer Hudson prestará homenagem à artista durante a 54ª edição dos Grammy.

Como já é habitual nestes casos, a rede social Twitter foi o principal meio utilizado pelos artistas para expressar seus sentimentos.

"Perdemos outra lenda. Todo meu amor e minhas orações estão com a família de Whitney. Sentiremos saudades dela", escreveu Christina Aguilera. "Whitney, descanse em paz. Nunca mais haverá alguém como você", afirmou Lenny Kravitz.

O rapper P. Diddy comentou: "Meu Deus! Não posso acreditar! É um dos dias mais tristes da minha vida". Mariah Carey assegurou: "Sempre será lembrada como uma das maiores vozes que a Terra viu".

A irmã de Michael Jackson, Latoya, quis dar os pêsames à mãe e à filha da cantora: "Não posso entender o fato de que Whitney Houston tenha morrido! Meu coração está com sua mãe, sua filha e seus entes queridos", escreveu.

Na mesma linha se expressaram Toni Braxton ("meu coração está chorando, descanse em paz Whitney, ícone e diva lendária") e o rapper Ludacris ("adeus a uma das almas mais puras que encontrei em minha vida").

Outros nomes de destaque que se pronunciaram a respeito foram Lady Gaga ("quando escrevi "Born This Way" imaginava como Whitney a cantaria, porque não tinha confiança suficiente para ser uma estrela"), Jennifer López ("uma tremenda perda, vai embora uma das melhores vozes de todos os tempos") e Rihanna ("não tenho palavras, só lágrimas").

Whitney tinha completado a filmagem de "Sparkle", um filme cujos rumores eram de que poderia devolvê-la ao estrelato que alcançou de forma mundial ao ser protagonista de "O Guarda-costas" (1992).

"Sparkle" estreará nos cinemas dos Estados Unidos no dia 17 de agosto, segundo confirmou o estúdio Sony Pictures.

As últimas canções gravadas pela artista aparecerão nesse filme. Uma delas ela canta em frente às câmeras e a outra aparecerá durante os créditos, segundo a "Billboard".

Os temas são uma versão do clássico gospel "Eyes on the Sparrow" e "Celebrate", uma canção escrita por R. Kelly que Whitney interpreta em um dueto com Jordin Sparks.

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget