08/07/19

Matthew Perry é visto nos arredores de Nova York em julho de 2019 (Foto: KGC-339/TIDNY-102/STAR MAX/IPx)

De acordo com o Radar Online, o ator está hospedado em uma cobertura de US$ 7.000 por noite e mal pode ser reconhecido

Astro de Friends, Matthew Perry está vivendo (há meses) em um quarto de hotel, que ele deixa apenas para ir ao hospital.

Segundo uma investigação do portal norte-americano de notícias Radar Online, o ator está hospedado em uma cobertura de US$ 7 mil por noite no hotel Big Apple, em Nova York, desde que foi operado em decorrência de uma perfuração gastrointestinal.

Embora Perry já tenha ido para a reabilitação mais de uma vez, um funcionário do hotel afirmou que ele ainda é um frequentador assíduo do bar. “Ele não gosta de ser incomodado e entra em áreas onde apenas pessoas autorizadas são permitidas. E ele pede algumas bebidas fortes", disse.

“Dificilmente alguém o reconhece, porque ele está uma bagunça em relação ao que as pessoas se lembram. Fica sozinho e dificilmente deixa o quarto até que escureça, exceto por um cigarro ou uma consulta no hospital.”

Outro funcionário revelou: "Ele está aqui há tanto tempo que comprou a própria televisão super grande para o quarto!"

O ator, que não respondeu a um pedido de comentário, já falou publicamente sobre a sua incansável luta contra a depressão, e como isso o levou a um vício em remédios.

Ainda de acordo com o Radar Online, o elenco de Friends está extremamente preocupado com o estado de saúde do colega. Aparentemente, esse é um dos fatores que tem agido contra um possível retorno do programa.

O site entrou em contato com uma pessoa próxima a Jennifer Aniston, que interpretou a Rachel durante as 10 temporadas, e afirmou que a atriz está com medo do que pode acontecer com o colega.

"Ela tentou entrar em contato várias vezes nos últimos anos, mas ele raramente respondia às ligações e, quando respondia, era como se ela estivesse falando com outra pessoa", contou a fonte.

Os tardígrados podem sobreviver a tempraturas extremas
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

Acredita-se que os pequenos animais chamados tardígrados sobreviveram a um pouso forçado na Lua.

A Lua pode ser o novo lar de milhares de indivíduos considerados como alguns dos mais indestrutíveis do planeta Terra.

Os tardígrados - frequentemente chamados de ursos da água - são criaturas com menos de um milímetro de comprimento que podem sobreviver a temperaturas de 150ºC e congeladas até quase zero absoluto.

Eles estavam viajando em uma espaçonave israelense que se acidentou ao pousar na Lua em abril. E o cofundador da organização que os colocou lá acredita que eles ainda estejam vivos.

Os ursos da água foram desidratados, colocados em animação suspensa e depois envoltos em âmbar artificial.

"Acreditamos que as chances de sobrevivência para os tardígrados são extremamente altas", disse Nova Spivack, chefe da Arch Mission Foundation.

A Arch Mission Foundation mantém uma espécie de "backup" do planeta Terra - com o conhecimento humano e a biologia do planeta armazenados e enviados para vários locais do espaço no caso de a vida ser extinta por aqui.

A "biblioteca lunar" - algo parecido com um DVD que contém um arquivo de 30 milhões de páginas da história dos seres humanos visível sob microscópios, assim como o DNA humano - foi levada à Lua pelo robô Beresheet.

E, ao lado de tudo isso, estavam os tardígrados desidratados - havia alguns em âmbar e outros presos em uma fita.

Chances de sobrevivência
Para a maioria das criaturas, não haveria volta para o estado de desidratação - a vida sem água é quase impossível.

Os tardígrados podem ser 'revividos' mesmo depois de desidratadosFoto: Getty Images / BBC News Brasil

Os tardígrados podem passar até décadas desidratados e depois serem trazidos de volta à vida. Os cientistas descobriram que eles têm o que se assemelha quase a um super poder.

Quando secos, eles retraem a cabeça e as oito patas, se encolhem em uma minúscula bola e entram em um estado profundo de animação suspensa parecido com a morte.

Eles perdem quase toda a água do corpo e seu metabolismo diminui para 0,01% da taxa normal.

E, caso sejam reintroduzidos na água décadas mais tarde, podem se reanimar.

Os tardígrados foram os primeiros animais a sobreviver sem proteção no espaço, em 2007, e esse feito fez deles candidatos perfeitos para a biblioteca lunar do Arch Mission.

O acidente na nave espacial israelense pode ter tido consequências não intencionais, liberando os tardígrados na LuaFoto: Getty Images / BBC News Brasil

"Os tardígrados são ideais porque são microscópicos, multicelulares e uma das formas mais duráveis de vida no planeta Terra", disse Nova.

Mesmo que esse seres tenham sobrevivido ao impacto na Lua, esse fato pode não ser tão bom assim, segundo alguns especialistas.

"O que isso significa é que o chamado 'ambiente intocado' da Lua foi quebrado", disse Monica Grady, professora da Open University.

Quando as espaçonaves saem da Terra, elas são obrigadas pelo Tratado do Espaço Exterior a não contaminar seu ambiente.

"Você pode dizer que foi quebrado em 1969 quando Neil Armstrong e Buzz Aldrin estavam lá, o que é verdade, mas desde então nos tornamos muito mais conscientes de como devemos preservar esses corpos planetários", disse.

"Não acho que alguém tenha permissão para distribuir tardígrados desidratados sobre a superfície da Lua. Então, isso não é uma coisa boa."

Se os tardígrados estão na Lua, é muito improvável que eles possam voltar à vida sem serem reintroduzidos na água.

Mas seria teoricamente possível que os tardígrados fossem coletados, trazidos de volta à Terra, reanimados e estudados.

Ainda assim, é bom pensar que da próxima vez que você olhar para a Lua, pode haver milhares de ursos de água (desidratados) ali.

Via: Terra

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget