05/08/15

O menino de oito anos estava dentro de uma mala e seguia de Marrocos para a Espanha Foto: AFP 

Um menino de oito anos de idade foi encontrado escondido dentro de uma mala de viagem por funcionários da fronteira entre o Marrocos e a Espanha. Os oficiais encontraram o menino depois que passaram a mala pelo equipamento de raios-X e viram a criança enrolada entre as roupas.

Médicos consultaram o menino, e a mulher que estava com ele foi presa Foto: HANDOUT / REUTERS

Ao ser encontrado na mala, o menino disse "Oi, meu nome é Abou" Foto: REUTERS

Segundo o “The Independent”, uma mulher de 19 anos de idade foi identificada como a responsável pela bagagem e foi presa nesta quinta-feira. A polícia desconfiou pois ela parecia nervosa ao passar pelo setor de alfândega. Segundo as agências de notícias, ela foi presa e o menino foi examinado por médicos e entregue para a Cruz Vermelha. Agora, ele está sob custódia do serviço social do país.

As autoridades contaram que, ao perceber que tinha sido descoberta, a criança disse, em francês: “Olá, meu nome é Abou”. Eles também acreditam que ele poderia ter se sufocado dentro da mala. “Isso poderia ter tido um fim trágico”, segundo informou um membro da Guarda Civil. A polícia prendeu um homem da Costa do Marfim que seria o pai do menino, e está investigando o caso. Eles acreditam que a mulher venderia a criança.

As autoridades desconfiaram da mulher porque ela estava nervosa ao cruzar a alfândega Foto: REUTERS

Caiu como uma bomba a notícia, publicada nesta semana, sobre um site que revelava de forma ilegal os números de CPF de brasileiros a partir de seus nomes. "Revelava", assim no passado, porque a página chamada NomesBrasil deixou de funcionar.

Um dia depois de o Olhar Digital ter repercutido a existência do site, o Ministério da Justiça entrou no caso. A partir daí, levou apenas mais um dia para que o NomesBrasil deixasse de existir. Atualmente, o internauta que buscar o site encontrará apenas mensagens de que o espaço está disponível para compra.

A hospedagem era norte-americana e foi feita por meio do GoDaddy, que possui representação no Brasil. Em comunicado, a empresa já havia dito que agiria de acordo com a legislação daqui, o que em outras palavras significa que ajudaria o Ministério da Justiça a tirar o NomesBrasil do ar, caso fosse necessário.

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget