09/08/14

A probabilidade de que até o fim do ano ocorra o fenômeno meteorológico diminuiu desde junho



Eitan Abramovich/AFP

Seca provocada pelo El Niño na Colômbia: El Niño provoca secas e inundações


Genebra - A probabilidade de que até o fim do ano ocorra o fenômeno meteorológico "El Niño", que provoca secas e inundações, diminuiu desde junho, anunciou nesta segunda-feira a Organização Meteorológica Mundial (OMM), uma agência da ONU baseada em Genebra.

Esta probabilidade e de 55-60% entre setembro e novembro e de 70% para o período entre novembro e fevereiro, segundo a OMM.

Em junho, a organização avaliou a possibilidade entre 75% e 80% para o período outubro-dezembro.

"As anomalias de temperatura nos oceanos ao longo da linha do Equador diminuíram nos últimos dois meses", o que explica estes novos dados, segundo um boletim da OMM.

O "El Niño" tem um grande impacto no clima mundial, lembra a OMM.

Este fenômeno, consequência do aumento da temperatura do oceano Pacífico, ocorre, segundo esta organização, com uma frequência de entre dois e sete anos. O último episódio remonta a 2009-2010.

Uma conferencia sobre o "El Niño" será realizada em novembro em Guayaquil (Equador), co-patrocinada pela OMM.

As mudanças climáticas, ao contribuir para o aumento da temperatura nos oceanos, afetam a intensidade e a frequência do "El Niño".

O grupo francês Carmat realizou o segundo implante de um coração artificial, confirmando informações da semana passada



Franck Fife/AFP

Coração artificial: a primeira operação deste tipo ocorreu em 2013 em Paris


Paris - O grupo francês Carmat anunciou nesta segunda-feira o implante em um paciente de um coração artificial, o segundo realizado na França, confirmando informações da imprensa na semana passada.

Segundo os meios de comunicação, cirurgiões franceses realizaram o implante de um coração artificial Carmat, uma bioprótese de alta tecnologia, em um paciente da cidade de Nantes (oeste).

Uma primeira operação similar ocorreu no fim de 2013 em Paris.

"Carmat (...) confirma hoje ter realizado a metade do teste de factibilidade de sua bioprótese cardíaca", indica o grupo em um comunicado, sem fornecer mais informações sobre o implante.

"Os critérios de êxito supõem - entre outros - a sobrevivência 30 dias depois do implante e a recuperação funcional de órgãos vitais", acrescenta.

O Carmat indica que dois novos pacientes serão selecionados para futuros testes.

A primeira operação deste tipo ocorreu no dia 18 de dezembro de 2013 em um hospital de Paris.

O paciente, Claude Dany, um homem de 76 anos que sofria de uma grave insuficiência cardíaca, faleceu 75 dias depois da operação devido a uma falha técnica da prótese.

Segundo o jornal Libération, esta segunda operação foi realizada pela equipe do professor Daniel Duveau, que participou da primeira cirurgia.

Segundo livro, identidade do assassino teria sido identificada a partir de material genético presente em um xale de uma de suas vítimas

Hannah Murphy, da

Hulton Archive/Getty Images

Ilustração de 1888 mostra a polícia descobrindo um dos corpos das vítimas de Jack, o estripador, em Londres


Londres - Jack, o estripador, um assassino em série que aterrorizou Londres nos anos 1880, foi finalmente identificado a partir de material genético presente em um xale ensanguentado de uma de suas vítimas, de acordo com um novo livro.

O autor Russell Edwards identifica o imigrante polonês Adam Kosminski, de 23 anos, como o célebre serial-killer, acusado dos violentos assassinatos de pelo menos cinco mulheres em 1888.

Em seu livro "Naming Jack the Ripper", que será lançado na terça-feira, um empresário do norte de Londres, liga Kosminski aos crimes através do DNA encontrado em um xale apreendido por um policial na cena do crime do quarto assassinato cometido por Jack, o de Catherine Eddowes.

O xale, que nunca foi lavado e foi mantido em segurança por descendentes do policial, foi comprado por Edwards em um leilão em 2007.

Com a ajuda de especialistas em genealogia que encontraram os descendentes de Eddowes e Kosminksi e auxiliados pela atual tecnologia de reconhecimento por DNA, Edwards afirma ter sido possível confirmar a autenticidade do xale e atribuir os assassinatos a Kosminski.

Jack, o estripador, ganhou fama com uma série de assassinatos na região leste de Londres no final do século XIX. Seus alvos eram prostitutas do então empobrecido distrito de Whitechapel.

De acordo com o livro, Kosminski, que havia imigrado com sua família da Polônia para a região leste de Londres antes dos assassinatos, era conhecido pela polícia como um potencial suspeito.

Ele foi internado em um manicômio em 1891 e morreu devido a uma gangrena posteriormente. A teoria de Edwards é a mais recente tentativa de descobrir a identidade do assassino cuja história deu origem a uma série de livros e filmes e que continua fascinando interessados até hoje.

Em 2002, a autora de romances policiais Patricia Cornwell pensou ter descoberto o DNA de Jack, o estripador, ligando-o ao artista britânico Walter Sickert, que gostava de pintar cenas mórbidas, algumas com cenas de violência contra mulheres.

DHIEGO MAIA



Três adolescentes de Bertioga, no litoral norte de São Paulo (103 km da capital), estão internadas em um hospital de Santos por suspeita de reações provocadas pela vacina contra o HPV (papilomavírus humano).

A vacina, administrada a adolescentes entre 11 e 13 anos, protege contra lesões do colo de útero que podem se desenvolver e virar câncer.

As meninas receberam a vacina entre quarta (3) e quinta-feira (4) na Escola Estadual William Aureli. Depois, elas relataram ter sentido dor de cabeça, vermelhidão no corpo e perda de sensibilidade nas pernas.

"A reação é de 15 em 15 minutos. A minha filha não está conseguindo andar, não sente os movimentos e nem um 'beliscão' nas pernas. Mas algumas vezes melhora", diz a diarista Fabíola de Freitas, 34, sobre a filha, Mariana, 12.

Assim que tomou a segunda dose da vacina, a menina desmaiou a caminho de casa e desde então está hospitalizada.

A diarista afirmou à Folha que registrou um Boletim de Ocorrência em uma delegacia de Bertioga e acionará a Justiça para reparar os danos causados à filha.

Outra adolescente que sofreu uma reação adversa após tomar a vacina é Natália, de 13 anos.

"Ela não anda direito desde sábado (6). Não tem forças para ficar em pé e nem caminhar", afirma a mãe, Darci dos Santos.

A terceira adolescente, segundo a Folha apurou, é a única que consegue andar.

As três menores não têm previsão de alta hospitalar porque ainda não se sabe o fator que provocado a perda momentânea dos movimentos.

Outras oito adolescentes que receberam a vacina na mesma escola de Bertioga também relataram esses sintomas. Elas foram internadas no pronto-socorro da cidade, mas já receberam alta.

EFEITOS ADVERSOS

A Prefeitura de Bertioga afirmou que ainda não é possível associar os sintomas relatados à imunização.

"O lote com as doses que foram administradas nas adolescentes estava com prazo de validade em dia e era mantido em refrigeração", afirmou a assessoria.

Renato Kfouri, presidente da Associação Brasileira de Imunizações, também diz que não é possível estabelecer relação de causa e efeito entre a vacina e a perda de sensibilidade nas pernas.

De acordo com a bula da vacina, efeitos adversos relacionados à vacina foram relatadas por 1% dos indivíduos participantes de estudos. Os mais comuns são dor e inchaço no local da aplicação e febre.

Doenças como síndrome de Guillain-Barré (que pode provocar alterações de sensibilidade e paralisias) e falência ovariana, além de sintomas como convulsões e desmaios também já foram associados à vacina, mas esta relação ainda não foi demonstrada em grandes estudos.

Um relatório recente sobre o perfil de segurança da vacina nos EUA, onde ela foi aplicada em 67 milhões de pessoas desde 2009, concluiu que efeitos adversos ocorreram em 0,03% da população.

"Nos casos de Bertioga, há uma relação temporal entre a vacina e as reações,mas isso não é suficiente para afirmar que a vacina causou esses problemas", diz Gustavo Gusso, diretor clínico da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade.

Ele lembra, porém, que a vacina é um produto novo e podem ocorrer reações desconhecidas ou imprevisíveis.

"Pode ter sido um erro de aplicação, um problema com o lote ou até mesmo um relato coletivo de pessoas impressionadas com a vacina", afirma Kfouri. "É preciso avaliar todas as possibilidades."

INVESTIGAÇÃO

Diretora de imunização da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Helena Fato classificou os casos como "isolados".

Segundo ela, 320 mil vacinas do mesmo lote que as adolescentes de Bertioga tomaram foram distribuídas para outras localidades do Estado, sem nenhuma anormalidade registrada. A vacinação não será suspensa.

"O problema não é do lote [de vacinas]. Se tivesse sido, haveria uma repetição de reações em outros pontos do Estado", lembra.

A diretora ainda afirmou que uma comissão de especialistas acompanha o quadro de saúde das adolescentes internadas e que a condição clínica delas não pode ser classificada como grave porque "a perda dos movimentos não é constante e nenhuma das adolescentes está na UTI".

A Prefeitura de Bertioga deverá instaurar uma sindicância para apurar o caso.

"Nós finalmente estabelecemos os contornos que definem o superaglomerado que podemos chamar de lar", disse o pesquisador e astrônomo R. Brent Tully

A via láctea sobre os pináculos na austrália, por Michael Goh

Via Láctea ('Milky Way"): ela fica na borda do superaglomerado de galáxias Laniakea 

A Via Láctea faz parte de algo maior. Muito maior.

Usando o telescópio Green Bank da agência americana National Science Foundation's, uma equipe de astrônomos identificou um superconglomerado de galáxias, do qual faz parte o nosso próprio "endereço" no universo. 

Eles batizaram esse gigantesco conjunto de Laniakea - que, em idioma havaiano, significa "imenso céu". 

Essa descoberta, que enriquece os conhecimentos científicos acerca da nossa vizinhança espacial, além de reconhecer ligações entre grupos de galáxias já identificadas anteriormente, é tema da reportagem de capa desta quinta-feira, 04, da revista científica Nature. 

"Nós finalmente estabelecemos os contornos que definem o superaglomerado que podemos chamar de lar", disse o pesquisador R. Brent Tully, astrônomo da Universidade do Havaí, à publicação especializada. 

"Não é diferente de descobrir pela primeira vez que sua cidade natal é, na verdade, parte de um país muito maior que faz fronteira com outros países", comparou. 

A Via Láctea fica na borda do superaglomerado Laniakea - um conjunto que tem 500 milhões de anos-luz de diâmetro e massa de 100 milhões de bilhões de sóis. 

No total, 100 mil galáxias fazem parte dessa estrutura. De acordo com os cientistas, todas as galáxias de um mesmo superaglomerado são interligadas entre si por uma rede de filamentos. 

Esse trabalho de cartografia cósmica só foi possível porque a equipe de astrônomos mapeou, usando o Green Bank e outros radiotelescópios, as velocidades da galáxias. 

Com isso, os cientistas conseguirem definir a região do espaço ocupada pelo superaglomerado.

A galeria, que fica na cidade de São Petersburgo, explicou que as fotografias serão expostas sem alteração na mostra Não Delete, parte da campanha Fear Google



Tullio M. Puglia/Getty Images

Jennifer Lawrence: a exposição reúne imagens encontradas no Google e mostram celebridades em seus momentos mais vulneráveis e privados, invadidos por hackers ou paparazzis


Miami - A Galeria de Arte Contemporânea Cory Allen, na Flórida, anunciou nesta quinta-feira que exibirá as fotografias que vazaram recentemente de atrizes como Jennifer Lawrence e Kate Upton nuas.

A galeria, que fica na cidade de São Petersburgo, explicou em comunicado de imprensa que as fotografias serão expostas sem alteração alguma na mostra "Não Delete", que faz parte da campanha "Fear Google", do artista XVALA.

A mostra reúne sete anos de compilação de imagens encontradas no Google pelo artista. "Elas mostram celebridades em seus momentos mais vulneráveis e privados que foram roubados por hackers ou paparazzis", explicou XVALA.

"Compartilhamos nossos segredos com a tecnologia, e quando fazemos isso nossa privacidade se torna acessível aos outros", disse sobre a exposição.

A mostra, segundo o porta-voz da galeria, "busca gerar um debate sobre a privacidade na era digital".

XVALA afirmou no comunicado que "na cultura atual, todo mundo quer saber tudo sobre todos. A privacidade de uma pessoa se transformou em um assunto de todos os demais".

"O comentário por trás deste espetáculo é um reflexo do que somos hoje", disse Allen.

A exposição, que estará aberta a partir de 30 de outubro, incluirá imagens de Scarlett Johanson nua e Britney Spears careca. As imagens já fizeram parte da exposição "Fear Google" de 2011.

Há poucos dias, as redes sociais viveram um autêntico rebuliço após o vazamento na internet de fotos privadas, hackeadas da nuvem, de famosas nuas ou em poses sensuais.

A lista de famosas que teria sofrido este ataque virtual inclui, além de Jennifer Lawrence e Kate Upton, Ariana Grande, Rihanna, Victoria Justice, Kim Kardashian, Lea Michelle, Mary Kate Olsen e Kirsten Dunst.

Pesquisa do Instituto Nacional de Saúde dos EUA afirma que temperaturas mais baixas do inverno fazem com que metabolismo acelere para manter corpo aquecido

Vanessa Daraya, de

Getty Images

Sono: boa noite de sono é essencial para equilibrar funções fisiológicas e psicológicas do organismo
           
 Perder quilos extras sem fazer nada, apenas dormindo, parece sonho. Mas um grupo de cientistas descobriu que é possível cair no sono e emagrecer durante o inverno.

Uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, agência de pesquisa médica do país, afirma que as temperaturas mais baixas do inverno fazem com que o metabolismo acelere para manter o corpo aquecido. Isso pode ajudar a emagrecer durante a noite.

Os cientistas recrutaram voluntários para dormir em salas com temperatura controladas. As pessoas usaram os mesmos lençóis e pijamas durante quatro meses.

Também recebiam refeições iguais para que a quantidade de calorias ingeridas fosse igual em todo o período do experimento.

Os voluntários tiveram que dormir em ambientes com três temperaturas diferentes. No primeiro mês a temperatura era de 18ºC. Nos dois meses seguintes era de 23ºC.

E no último mês a temperatura foi de 27ºC. Isso permitiu que os cientistas descobrissem que os voluntários emagreciam quando dormiam em ambientes mais frios.

Segundo a Duoflex, uma noite bem dormida também é determinante para perder peso. Em nota, a consultora de sono Renata Federighi, afirmou que a má qualidade do sono está relacionada aos fatores preventivos da obesidade.

Uma boa noite de sono é essencial para o equilíbrio das funções fisiológicas e psicológicas do organismo.

Renata diz que, durante o sono, os níveis de leptina sobem. Este é um sinal de que o corpo tem energia suficiente para o momento.

“E na privação do descanso, os níveis desse hormônio diminuem e o corpo sente necessidade de ingerir maiores quantidades de carboidratos, aumentando o armazenamento de calorias”, afirma.

Para melhorar a qualidade do sono, a especialista recomenda o consumo de saladas cruas, legumes cozidos, carboidratos integrais e proteínas magras no jantar.

Para a ceia, Renata recomenda fruta fresca, suco natural, leite magro e chás de ervas calmantes como camomila, erva-doce ou hortelã.

O consumo de bebidas alcoólicas deve diminuir durante a noite, pois promovem o relaxamento da faringe e comprometem a respiração. Café, chá-mate, chá-verde e refrigerantes a base de cola e guaraná também devem ser evitados após as 18h.

Buscador concordou em reembolsar pais pelo valor gasto por seus filhos enquanto jogavam em dispositivos móveis



Getty Images

Criança joga em smartphone: acordo do Google foi similar ao estabelecido com a Apple em janeiro


              O Google concordou em reembolsar pelo menos 19 milhões de dólares a pais para compras feitas por seus filhos enquanto jogavam em dispositivos móveis, em acordo firmado para resolver acusações de que esse serviço foi cobrado de forma injusta.

Por vezes, crianças colocam centenas de dólares na conta de cartão de crédito de seus pais sem permissão, informou a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês), ao anunciar o acordo nesta quinta-feira.

O acordo foi similar ao de 32,5 milhões de dólares estabelecido com a Apple em janeiro.

A FTC afirmou que a gigante da internet concordou também em modificar a política de cobrança para assegurar que os pais saibam, e concordem, das compras feitas por seus filhos.

Em março, o Google disse ter implementado mudanças que deixavam claro quando dinheiro real - ao contrário do virtual- era gasto e acrescentou permitir que o usuário optasse por ter de colocar uma senha a cada compra, como forma de afastar cobranças indevidas por parte de crianças.

Cortes exclusivos do gado Shorthorn serão servidos nas unidades do Pobre Juan até o dia 14 de setembro


Luciana Carvalho, de

Luciana Carvalho / EXAME.com

Shoulder Steak: servido com legumes grelhados na parrilla e salsa com ervas frescas

        Com uma carne muito macia e marmorizada, o gado Shorthorn é muito popular fora do Brasil, porém é raro por aqui. Se depender do restaurante Pobre Juan, não será preciso viajar para experimentar essa iguaria gastronômica.

Top Sirloin, do restaurante Pobre Juan
Top Sirloin: carne levemente grelhada acompanhada de purê de cenoura aromatizado com jamin e farofa de pistache 

Desta sexta-feira até o dia 14 de setembro, a casa especializada em carnes premium oferece cortes exclusivos dessa espécie em todas as unidades do Brasil (São Paulo, Brasília, Curitiba, Alphaville, Campinas, Recife, Rio de Janeiro e Salvador). Para garantir a experiência, é preciso fazer reserva, para o almoço ou para o jantar.

Bife de Chorizo, do Pobre Juan
Bife de Chorizo: servido com mousseline de batata e jus de rôti

De origem britânica, a raça Shorthorn está mais adaptada a climas temperados e é bem presente em países como Inglaterra, Estados Unidos, Uruguai, Argentina e Canadá. No Brasil, somente as regiões mais frias permitem uma boa criação desse tipo de gado de corte, devido à sua intolerância ao clima tropical.

Gado Shorthorn
O gado Shorthorn não é comum no Brasil devido ao clima tropical, ao qual os animais não se adaptaram bem

Para servir o público carnívoro, o Pobre Juan separou 50 animais jovens criados soltos e ao ar livre nas pastagens nativas do Rio Grande do Sul. Os bois, então, foram levados a São Paulo, para receber uma dieta especial por 130 dias e, depois, a carte passou por processo de maturação de 21 dias.

Os cortes feitos com exclusividade para o restaurante são o Ojo Prime (420g – R$91,40) e o Pobre Juan (Corte especial de bife ancho, muito macio e marmorizado - 330g – R$ 87,90).

Outros pratos de Shorthorn são o Chorizo (300g – R$ 69,40), com opção de harmonização com vinho indicado pelo sommelier da casa, com o acréscimo de R$ 16,50 (a taça), o Porterhouse (900g – R$ 149,90, para compartilhar – especial do contrafilé e filé mignon separados por osso), o Ancho (380g – R$ 78,90), o Shoulder (380g – R$ 67,40), o Bife de Tira (350g – R$ 90,40), o Vacio (300g – R$ 71,90) e o Top Sirloin (350g – R$68,40).

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget