06/03/14


1. Um relacionamento sem joguinhos de quaisquer tipos. Um relacionamento direto, tipo sim ou não. Nada de talvez.

2. Uma pessoa que saiba valorizar um cuidado, mas que, quando necessário, também saiba oferecer o seu colo.

3. Liberdade. Não é porque estou namorando que eu tenho que viver 24 horas para você. Tenho uma vida e tenho amigos também.

4. Fidelidade acima de tudo, pois mesmo que olhemos para as mais lindas e gostosas mulheres, a parte decente masculina sempre optará por ficar única e exclusivamente com você.

5. Uma mulher que aceite elogios. Quando falamos que vocês estão lindas, ACREDITEM! Parem de menosprezar os nossos elogios para vocês ou falar que estão gordas toda hora. Chega um momento que realmente cansa.

6. Homens também gostam de surpresas, Mensagens de carinho e apimentadas durante o dia são muito bem-vindas.

7. Todos têm seus assuntos preferidos. Às vezes também é legal saber um pouco sobre o que o outro gosta. Não queremos que vocês virem experts no assunto, mas saber uma coisa ou outra é interessante.

8. Queremos mulheres, não meninas. Odiamos quando se reúnem com suas amigas e ficam com aqueles gritinhos típicos de garotas de 15 anos. Isso nos broxa. Riem, gargalhem, mas com pose. Mulheres têm pose, meninas se preocupam demais com o que os outros pensam e vivem num mundo superficial.

9. Mulheres com sex appeal. Tem de saber ser sexy, sem abusar e ser vulgar. E não é somente a vestimenta que mostra isso. O olhar e o jeito de falar também demonstram isso. Isso nos apetece e aumenta a atração.

10. Alguém com quem possamos compartilhar nossas fantasias sem sermos julgados.

11. Mulheres que saibam ouvir uma crítica sem ficar de cara virada.

12. Homens não gostam de mulheres subordinadas, que aceitam e topam de tudo. Dialogar e até discutir sobre algo, de forma respeitosa, também mexe com a gente. Atitude, personalidade e sinceridade criam respeito, confiança, bases da paixão e do amor.

13. Que ela seja parceira e aceite sair com todos nossos amigos por gosto, e não por se sentir obrigada a nos acompanhar.

14. Menos mimimi, desconfianças e inseguranças. Mais sexo, risadas e cuidado.

15. Uma companheira que nos ajude a enfrentar os problemas e que não nos julgue quando erramos.

16. Mais sorrisos – de preferência gargalhadas – e menos cara de bunda.

17. Boa pergunta… Depende do dia.

18. Quero estar com alguém com quem eu sei que terei o que conversar depois de 20, 40, 50 anos de casado.

19. Simplicidade, facilidade. Se quiser ser entendida, faça-se entender. Nem todo mundo é bom com meias palavras.

20. Que a mulher goste do homem pelo que ele É, e não pelo que ele TEM.

21. Quero uma mulher que não me veja como príncipe encantado. Não quero ter que preencher as expectativas fantasiosas femininas.

22. Quero sexo com a luz acesa.

23. Sarcasmo, bom humor e companheirismo.

24. Quero mais você, e menos interferência de sua família! Se posicione como uma adulta independente, por favor.

25. Nós, homens, adoramos ver uma mulher safada e sair com ela, mas claro que mulheres assim é apenas sexo e tchau. Num relacionamento, nós gostamos de uma mulher safada na cama, mas que com certeza não seja aquela piriguete fora do quarto. (Se não será apenas mais uma Safada piriguete vulgar).

26. Não queremos apenas sexo! Queremos também carinho, atenção, respeito, amor… Afinal, também temos sentimentos.

27. Sinceridade, mesmo que doa. Pequenas e grandes mentiras destroem qualquer relacionamento.

28. Que não comentem relacionamentos antigos, nem para nos elogiar.

Descoberto por observatório mineiro e batizado de 2014 KP4, o asteroide de 600 metros de diâmetro poderia devastar um continente caso se chocasse com a Terra

Telescópio do observatório Sonear: depois de cometa, asteroide é descoberto no Brasil

São Paulo - Pela primeira vez, astrônomos amadores brasileiros localizaram um asteroide noespaço. Batizado de 2014 KP4, o objeto tem órbita que corta a da Terra e pode ter até 600 metros de diâmetro.

Por sorte, a inclinação de 10º em sua trajetória impede que o asteroide se choque com o nosso planeta. De acordo com os cientistas, isso poderia causar a devastação de um continente.

"Não foi fácil encontrar, foram muitos dias de busca", afirmou em nota o engenheiro Cristóvão Jacques. Ele é dono do observatório particular Sonear, responsável pela descoberta realizada em 20 de maio.

Confirmação

Após a identificação do 2014 KP4 pelos brasileiros, observatórios na Austrália e na Itália confirmaram a descoberta.

O asteroide é o segundo achado do Sonear, que já havia identificado em 16 de janeiro o cometa C/2014 A4 Sonear.


Criado por Jacques e outros dois amigos no fim do ano passado, o Sonear fica em Oliveira (MG) - cidade a 120 km de Belo Horizonte.

Segundo a Agência Espacial Brasileira, 90% dos asteroides que representam real ameaça para a Terra (com 1 km ou mais de diâmetro) já foram identificados. Ao todo, eles são cerca de mil.

Entretanto, centenas de milhares de outros objetos menores (como o 2014 KP4) ainda não foram identificados pelos cientistas.

Resultado dos testes com imunoterapia foi impressionante; tumores de paciente diminuíram consideravelmente e, depois de 4 meses, desapareceram por completo



Médico Christian Hinrichs, do Center for Cancer Research at the National Cancer Institute, e sua paciente

Aricca Wallace sofreu durante três anos com dores e sangramento irregular, mas seu médico lhe assegurou que estes eram efeitos colaterais do DIU que tinha implantado.

Segundo ele, os resultados de sua citologia eram normais, o que o levou a descartar a hipótese de que Aricca estivesse com câncer. Na verdade, porém, ela havia desenvolvido a doença.

Quando esta mulher de 34 anos, mãe de dois filhos, decidiu tirar o dispositivo intrauterino, depois do diagnóstico de câncer, a doença já tinha se propagado para o peito e para o abdômen.

"Um especialista me disse que a quimioterapia não poderia eliminá-lo", contou Aricca Wallace à AFP. "E que não teria mais que um ano" de vida, prosseguiu.

Era fevereiro de 2012. Meses depois, seu médico lhe disse que estavam fazendo testes com imunoterapia em pacientes encaminhados pelos Institutos Nacionais de Saúde a uma clínica nos arredores de Washington.

Aricca Wallace decidiu participar.


Os médicos iniciaram o tratamento eliminando um de seus tumores e coletando células imunológicas específicas, os linfócitos T, que o rodeavam e que desempenham um papel chave, ao atacar o vírus do papiloma humano (HPV).

O HPV é uma doença sexualmente transmissível que a maioria dos adultos adquire em algum momento da vida. Embora o HPV possa ser inofensivo, algumas cepas agressivas podem provocar verrugas genitais ou, inclusive, causar o câncer de colo de útero, de ânus, cabeça, pescoço, ou de garganta.

Setenta por cento dos casos de câncer de colo de útero, também conhecido como câncer cervical, são causados pelas cepas 16 e 18 do vírus do papiloma humano.

Aricca Wallace se submeteu a uma primeira semana de quimioterapia em doses fortes para desativar seu sistema imunológico. Em seguida, os cientistas fizeram nela uma infusão de 100 bilhões de suas próprias células T, cultivadas em laboratório com base naquelas retiradas do tumor.

Depois, ela teve de tomar duas doses de aldesleucina, um agente que ajuda a desenvolver as células imunológicas, mas pode causar importantes efeitos colaterais como hemorragias, vômitos, pressão baixa, febre e infecções.

"Tive a pior febre da minha vida", lembrou Wallace.

"Um verdadeiro milagre"
O resultado foi impressionante. Seus tumores diminuíram consideravelmente e, depois de quatro meses, desapareceram por completo.

Em 29 de maio, Aricca Wallace voltou à mesma clínica para fazer novos exames, que não mostraram rastro da doença, 22 meses depois de iniciado o tratamento.

"É um verdadeiro milagre", disse a mulher, hoje com 37 anos.

Ela foi a primeira pessoa diagnosticada com câncer de colo de útero para quem o novo tratamento funcionou.

Outra americana também viu desaparecer completamente seu câncer uterino metastático depois desse tratamento e, um ano depois, não tinha sinais da doença.

Elas são duas das novas pacientes que participaram do teste clínico. Uma terceira respondeu da mesma forma durante um curto período, mas o câncer reapareceu em seguida.

"Com apenas nove pacientes, não podemos dizer com certeza até que ponto este tratamento funciona", explica Christian Hinrichs, do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos (NCI, em inglês).

"Tudo o que sabemos é que pode funcionar", continua o pesquisador, que apresentou o estudo nesta segunda-feira na conferência anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (Asco, em inglês), que acontece em Chicago.

A imunoterapia é um novo enfoque considerado promissor, que já deu mostras de ser eficiente especialmente contra o melanoma, o câncer de pele mais agressivo.

Segundo um estudo publicado no final de 2013, 40% das pessoas diagnosticadas com melanoma metastático que seguiram um tratamento de imunoterapia não apresentam sinais da doença sete anos depois.

No entanto, essa técnica ainda está longe de ser generalizada, e os pesquisadores ainda devem determinar porque funciona em alguns casos, e não em outros.

O câncer de colo de útero afeta anualmente 530.000 mulheres em todo o mundo e causa a morte de mais de 270.000, a maioria em países em desenvolvimento, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Marc Benioff, da Salesforce.com, e Satya Nadella, da Microsoft

A Microsoft e a Salesforce.com, empresa especializada em computação em nuvem, anunciaram nesta quinta-feira a consolidação de uma parceria “estratégica e global”. De valores não revelados, o acordo visa aproximar os software de ambos os lados e “ajudar consumidores a extrair mais valor de nossos produtos”, como afirmou o CEO da MS Satya Nadella em coletiva por telefone.

Dona da solução de gerenciamento de relacionamento com clientes (CRM) de mesmo nome, a Salesforce.com é uma das companhias que mais tem crescido, em termos de consumidores, na área de Software as a Service (SaaS). Ela lançará, como parte da parceria, o Salesforce1 para Windows 8.1 e Windows Phone até 2015, e também integrará seu software ao Office 365, um dos focos da estratégia de expansão da gigante chefiada por Nadella.

Dessa forma, usuários de produtos da MS poderão acessar e gerenciar negócios em computadores e smartphones ou tablets. Além disso, os clientes serão capazes, pelo Salesforce, de abrir o conteúdo guardado na nuvem do Office e usar o OneDrive for Business como opção de armazenamento e dados, entre outras possibilidades.

Ainda como parte do acordo, a empresa de computação em nuvem adotará o Azure de forma mais ampla e continuará a usar o SQL Server, como ressaltou, na coletiva, o presidente Marc Benioff. A companhia de Nadella, por sua vez, também aumentará o uso das soluções da marca parceira.

Conforme disse o CEO da MS, a parceria entre as duas empresas tem tudo para durar, já que existe expectativa por parte dos consumidores. E o acordo parece ser até relacionada à visão mais “corporativa” do executivo, que foi vice-presidente da divisão de nuvem da gigante do software antes de assumir o cargo de chefia em fevereiro deste ano.

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget