05/14/13

Angelina Jolie relatou que entre fevereiro e abril deste ano se submeteu a procedimentos para retirar as mamas para prevenir que um câncer se desenvolvesse



A atriz Angelina Jolie: a apresentadora de televisão americana Giuliana Rancic, que também se submeteu a uma dupla mastectomia, disse hoje se sentir "orgulhosa"de Jolie.

Los Angeles - A decisão da atriz Angelina Jolie de se submeter a uma mastectomia dupla diante do alto risco que tinha de desenvolver um câncer foi recebida nesta terça-feira com admiração pela classe artística nos Estados Unidos.


"Que corajosa!", disse a cantora Sheryl Crow, sobrevivente de um câncer de mama, que elogiou através do Twitter a "coragem" e a "consideração" de Jolie por "compartilhar sua história sobre a mastectomia".

Sheryl recomendou às mulheres que leiam o texto que Jolie escreveu no "New York Times" para divulgar sua decisão, especialmente as que pertencem a uma família com histórico de câncer de mama.

Angelina Jolie relatou em carta aberta publicada hoje que entre fevereiro e abril deste ano se submeteu a vários procedimentos para retirar as mamas para prevenir que um câncer se desenvolvesse, decisão apoiada por seu parceiro, o ator Brad Pitt.

Os médicos haviam previsto que a artista tinha 87% de chances de desenvolver um tumor mamário no futuro e 50% de sofrer câncer de ovários, doença que matou sua mãe em 2007, quando tinha 56 anos.

Durante o tempo que as intervenções duraram, Jolie conseguiu manter o assunto restrito mas, uma vez superado o trauma, decidiu compartilhar sua experiência.

"Queria escrever isso para explicar a outras mulheres que a decisão de se submeter a uma mastectomia não foi fácil. Mas agora estou muito satisfeita de ter feito isso. Minhas possibilidades de desenvolver um câncer de mama se reduziram de 87% a menos de 5%. Agora posso dizer a meus filhos que não precisam temer me perder por um câncer de mama", acrescentou.

Ferramenta mostra quais comportamentos corriqueiros do usuário poderiam ser duramente punidos em países nos quais a população não é tão livre assim


Policial e jovens de Myanmar: país é um dos mais fechados do mundo. De acordo com Anistia Internacional, liberdade de expressão não existe em país asiático.

A Anistia Internacional, entidade que monitora e denuncia a situação dos direitos civis mundo afora, lançou uma ferramenta para Facebook que mostra como até mesmo os pequenos gestos praticados por pessoas em países que protegem as liberdades individuais seriam duramente punidos em locais nos quais a população não é tão livre assim.

Intitulada “Trial by Timeline” (Julgamento pela Timeline), a ferramenta da organização analisa todas as informações do perfil na rede social e oferece um retrato interativo das consequências sofridas pelo usuário de acordo com a atual situação das garantias individuais em diferentes países.

Depois de autorizar o acesso do app à Linha do Tempo, o usuário irá observar o desenrolar de uma espécie de investigação policial. As “autoridades” vão avaliar as informações do perfil, desde o gênero até a profissão, passando por posts, opções de curtir e também os amigos.

Apesar de não ficar claro se as punições aplicadas em quem pratica tais condutas constam, de fato, em lei, o resultado oferecido pela ferramenta é estarrecedor. As consequências implicadas por atos corriqueiros como, por exemplo, ter uma conta em uma rede social ou o não cumprimento das regras de vestuário, assustam pela crueldade.

No Myanmar, por exemplo, uma pessoa que procura se expressar de qualquer modo, redes sociais, inclusive, pode ser presa e torturada. Na Arábia Saudita, mulheres que saem às ruas sem o véu islâmico ou burca podem ser duramente perseguidas e até espancadas. No Afeganistão, não declarar uma religião é considerado como blasfêmia e ter algum envolvimento com a imprensa pode causar problemas à vida de quem mora no México.



Estudo da Cisco aponta que o número de conexões de banda larga cresce 19% ao ano e que a velocidade aumentou de 4,1 para 4,7 Mbps em 2012




Queda de impostos e popularização de aplicações pesadas aumentaram a busca por pacotes de internet de maior velocidade

O número de conexões de internet em banda larga (fixa e móvel) no Brasil saltou de 21,7 milhões em 2011 para 25,8 milhões em 2012. O dado é da Cisco, que divulgou hoje a nova edição do Barômetro 2.0 – pesquisa que reúne informações sobre a internet banda larga no país no ano passado.

O estudo não inclui o uso de internet via smartphone, mas apenas as conexões por meio de modem 3G (chamadas de móveis) e aquelas realizadas através de outras tecnologias, como TV a cabo e xDSL (denominadas fixas). Segundo a Telebrasil (Associação Brasileira de Telecomunicações), o país soma hoje – entre acessos fixos, móveis e via smartphone – cerca de 96 milhões de conexões.

Além do crescimento no número de acessos, a pesquisa da Cisco aponta o aumento na velocidade das conexões. "Há uma migração bastante acentuada de usuários de banda larga de até 2 megabits por segundo para pacotes com velocidade superior a 2 megabits", afirma Anderson André, diretor de operações da Cisco.

Segundo ele, a redução de impostos barateou a banda larga. Assim, muitas pessoas ampliaram suas velocidades de acesso mantendo os mesmos gastos. Isso se refletiu no aumento da velocidade média da rede no Brasil em 15% no ano passado, de 4,1 megabits por segundo em dezembro de 2011 para 4,7 um ano depois.

A popularização de aplicações que demandam uma conexão melhor também é apontada como razão da mudança de panorama. "Hoje, mais de 60% do uso de banda larga no Brasil envolvem aplicações que lidam com vídeo, como o Facebook e o Google", exemplifica Anderson.

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget