01/03/13

Tática pretende aumentar o número de membros da rede e, assim, auxiliar na aquisição de mais publicidade online.


(Fonte da imagem: Reprodução/The Wall Street Journal)

Na “guerra” das redes sociais (e da busca de mais anunciantes online), a Google adotou uma tática controversa: agora, quem quiser criar uma conta no Gmail, YouTube ou qualquer outro serviço da companhia será obrigado a aderir ao Google+. A informação foi passada pelo The Wall Street Journal, que ainda conversou com algumas pessoas que foram surpreendidas ao tentarem se cadastrar nos serviços da Google.

Google+ é um rival do Facebook e, segundo a reportagem, é o setor que vem recebendo as mais recentes e importantes iniciativas da empresa para ganhar mais dólares com a publicidade online.
Medidas mais agressivas

A medida de “atar” os serviços da Google à rede social veio de cima, do presidente-executivo da companhia, Larry Page. De acordo com duas pessoas familiarizadas com o assunto e ouvidas pelo The Wall Street Journal, o presidente tem buscado medidas mais agressivas para levar as pessoas a usarem o Google+ — que foi criado especialmente para impedir o Facebook de dominar o negócio de redes sociais.

Além disso, a empresa começou a exigir o uso de perfis Google+ para que as pessoas possam escrever comentários. Tal medida, segundo um porta-voz da companhia, visa melhorar a qualidade das críticas, que são piores quando é possível fazê-las de forma anônima. Além disso, a mudança também permite que as pessoas vejam os comentários de seus amigos.




Fonte: The Wall Street Journal

Aparelho tem 55 polegadas e começará a ser entregue no mês que vem aos consumidores que moram na Coreia do Sul.


(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)


Depois de ter apresentado ao mundo sua televisão OLED de inacreditáveis 4 milímetros, a LG anunciou neste início de ano que vai começar a aceitar as pré-encomendas do produto. Para os consumidores coreanos, a TV começará a ser enviada já em fevereiro. As datas para a abertura das pré-vendas em outros países serão anunciadas nos próximos meses, assim como os valores referentes a cada local.

Com 55 polegadas, pesando aproximadamente 10 quilos e apresentando imagens muito bem definidas, a WRGB OLED TV (que vem com o número do modelo 55EM9700) será comercializada por cerca de 10 mil dólares na Coreia do Sul.

Na divulgação da pré-venda, o presidente e CEO da LG, Havis Kwon, afirmou que a companhia estava extremamente satisfeita em poder fazer este anúncio no início do novo ano, porque eles acreditam que a OLED vai inaugurar uma nova era de entretenimento em casa.




Fonte: Engadget, Slash Gear

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget