03/10/12

DE SÃO PAULO

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) decidiu multar a operadora Vivo em R$ 4,1 milhões por descumprimento das metas de qualidade estabelecidas, segundo publicação nesta sexta-feira no "Diário Oficial da União".

Em nota, a Vivo destaca que a penalidade se refere a indicadores de qualidade da agência reguladora do setor no período de outubro de 2005 a setembro de 2006. "Desde então, houve uma série de avanços para oferecer serviços e atendimento de qualidade aos clientes."

"Mesmo com os resultados já alcançados, a Vivo continua a mobilizar seus maiores esforços para melhoria contínua de seus serviços e do atendimento prestado a mais de 70 milhões de clientes", completa a operadora.

CLAUDIA ROLLI
DE SÃO PAULO





O Ministério Público do Trabalho (MPT) de São Paulo ajuizou ação civil pública na Justiça do Trabalho contra a Casas Pernambucanas por exploração de trabalho considerado degradante em oficinas de costura e fornecedores que prestaram serviço à empresa na fabricação de roupas.

A assessoria da Pernambucanas informou que não se manifestaria sobre o caso.

A ação foi proposta em janeiro, após a empresa se recusar a assinar TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) para se responsabilizar pelas condições de trabalho consideradas análogas à escravidão em sua cadeia produtiva.

O caso é investigado desde agosto de 2010, quando auditores fiscais do Trabalho e procuradores encontraram bolivianos trabalhando em oficinas de costura em condições consideradas degradantes --eles estavam irregulares no país. Nas oficinas foram encontradas etiquetas de marcas vendidas na Pernambucanas, segundo o MPT.

"A empresa recebeu 41 autos de infração, referentes a jornadas excessivas de trabalho (14 a 16 horas por dia), servidão por dívida e ambiente inadequado de trabalho, como fiação elétrica expondo o trabalhador a riscos, além de péssimas condições de higiene", disse a procuradora Valdirene Silva de Assis, autora da ação

O MPT pede na ação que a empresa pague indenização no valor de R$ 5 milhões, revertida para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Segundo a procuradora, em estudo feito na cadeia de produção da empresa foi localizado fornecedor com 17 oficinas subcontratadas com condições semelhantes à encontrada pela fiscalização.

Agência norte-americana garante que o monitoramento não infringe direito à privacidade.

Por Maria Luciana Rincon Y Tamanini em 15 de Fevereiro de 2012


(Fonte da imagem: Reprodução/Wikipedia)

O FBI — Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos — tem planos de monitorar informações publicadas no Facebook, Twitter e nos blogs, através da busca por palavras-chave e frases específicas. De acordo com a agência, tais ações permitiriam detectar ameaças específicas, localizar os indivíduos organizando e recrutando outros para tais atividades e predizer eventos, acompanhando-os conforme seu desenvolvimento.

Entretanto, diversos grupos vêm manifestando sua preocupação relacionada ao direito à privacidade, e os planos devem ser vetados pela Unidade de Privacidade e Liberdade Civil. A unidade deseja rever as implicações legais do monitoramento e assegurar que todos os direitos e obrigações civis sejam respeitados antes que ele seja implementado.
Como o monitoramento funciona

De acordo com o FBI, as redes sociais estariam rivalizando serviços como o da polícia, dos bombeiros e até mesmo da mídia em situações de crise e sua cobertura. A ideia é que a agência tenha vantagem na hora de lidar com situações críticas, sejam elas ataques terroristas, atividades suspeitas ou até mesmo desastres naturais. O monitoramento não estaria focado em pessoas ou grupos específicos, mas em palavras relacionadas a determinados eventos, possíveis crises e atividades criminosas e terroristas.

Alguns exemplos de palavras monitoradas pelas buscas são: bomba, pacote suspeito, pó branco e confinamento.

Segundo a polícia federal norte-americana, Sabu mudou de lado e se tornou um valioso informante do governo.
Por Wikerson Landim em 9 de Março de 2012
Hacker Sabu mudou de lado em troca do perdão de outros crimes. (Fonte da imagem: FoxNews)

O hacker Sabu, que ajudou o FBI a prender cinco integrantes do LulzSec e do Anonymous, foi um colaborador exemplar da polícia federal norte-americana e, desde o primeiro momento, não hesitou em citar nomes e cooperar com o governo.

A afirmação é do FBI e vai de encontro à ideia de que Hector Xavier Monsegur teria sido forçado a colaborar com as autoridades. Preso em 7 de junho de 2011, Sabu muitas vezes ficou acordado a noite inteira conversando com integrantes dos grupos visando cooperar com o governo na formulação de uma acusação, conforme relatos do promotor James Pastore.

Solto sob fiança após pagar uma multa de US$ 50 mil, os agentes concordaram em não prosseguir com acusações por outros crimes, incluindo posse ilegal de arma, compra de joias e eletrônicos roubados e tentativa de venda de maconha em duas oportunidades.

Monsegur ganhava US$ 6 mil por mês até 2010, quando foi demitido. Desde então, sua única fonte de renda legal eram cheques de seguro desemprego no valor de US$ 400 mensais. O FBI não informou como Sabu pagou a fiança, se em dinheiro ou com trabalho.

Decisão contradiz promessa de liberdade de escolha para os consumidores feita pela Microsoft.
Por Wikerson Landim em 10 de Março de 2012
(Fonte da imagem: BGR)

Os consumidores que comprarem um dispositivo com arquitetura ARM rodando Windows 8 não poderão instalar nenhum outro sistema operacional, segundo informação publicada no site XDA-Developers nesta semana. A troca de sistema operacional não será possível porque em um sistema ARM será proibido habilitar o modo personalizado devido a certificação de hardware exigida.

A novidade vai de encontro com as declarações de Tony Mangefeste, gerente de programas da Microsoft, que havia afirmado que a filosofia da empresa é a de fornecer aos clientes a melhor experiência possível em primeiro lugar, mas sempre permitindo que os consumidores pudessem tomar as suas próprias decisões.

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget