04/30/15

POR FOLHA

Por divergências com os sócios-fundadores do Porta dos Fundos na maneira de conduzir os negócios, Juliana Algañaraz, CEO da produtora do grupo, deixou o cargo nesta quinta-feira (30), menos de um ano após assumir a função. A argentina, ex-diretora da Endemol no Brasil, também deixou de ser sócia de Antonio Tabet, Fábio Porchat, Gregorio Duvivier, Ian SBF e João Vicente de Castro.

“Havia uma diferença de administração, da maneira como a gente achava que a empresa deveria funcionar”, afirma Ian SBF à coluna.”Foi só uma diferença de cabeças, achamos que não era mais interessante essa parceria.”

Em nota, Juliana diz que sua “filosofia de condução dos negócios é diferente da filosofia do grupo. Mas fizemos várias conquistas no período que estive aqui. O Porta dos Fundos lançará novos projetos neste ano e tenho certeza que serão um sucesso”.

O Porta nos Fundos surgiu em 2012 produzindo conteúdo humorístico para a internet. Atualmente, o canal da trupe no YouTube é o quinto mais visto no mundo, com mais de 1 bilhão de visualizações.

A produtora do grupo, que possui um programa de TV no canal pago Fox, trabalha em novos projetos como uma peça de teatro e um filme para o cinema

O vulcão Calbuco em erupção visto de Puerto Montt, sul do Chile 
Da EFE

Santiago - O vulcão Calbuco, no Chile, entrou nesta quinta-feira em erupção pela terceira vez, após as duas primeiras ocorridas na semana passada, informou o Serviço Nacional de Geologia e Mineração do país (Sernageomin). 

As cinzas expelidas pelo vulcão, que fica na região de Los Lagos, alcançaram quilômetros de altura e seguiam em direção a sudeste, onde ficam cidades que não haviam sido afetadas pelas erupções. 

As autoridades mantêm o alerta vermelho na região do vulcão e a zona de exclusão de 20 quilômetros ao redor da cratera, e iniciaram uma retirada preventiva da população das áreas próximas.

Terremoto no Nepal: vídeo mostra o momento exato em que os tremores atingiram a capital do país 


                    Um novo vídeo registrado por uma câmera localizada em uma avenida de Katmandu, capital do Nepal, mostrou o momento exato em que o terremoto de magnitude 7,8 atingiu o país. 

A gravação começa exibindo um dia como outro qualquer: carros indo e vindo, um guarda de trânsito auxiliando na sinalização, pessoas caminhando e entrando em estabelecimentos comerciais e outras passando de bicicleta. 

De repente, aos 43 segundos, começam os tremores. A partir daí, o ritmo antes despreocupado das pessoas que transitavam no local se torna tenso e uma grande confusão toma conta da avenida. 

Muitas tentam correr, porém não sabem para onde, enquanto outras se abraçam na tentativa de se equilibrar. A entrada do que parece ser um templo simplesmente cai em seguida, esmagando tudo aquilo que estava na sua frente. 

Uma nuvem de poeira sobe e, quando ela finalmente começa a se dissipar, ainda é possível ver pessoas correndo para todos os lados. No centro da imagem, alguém está caído no chão, mas é logo amparado por um grupo que faz sinais de pedido de socorro. 
Tragédia 

O terremoto aconteceu no último sábado e, até o momento, foram registradas pouco mais de cinco mil mortes. A expectativa, contudo, é que o número de fatalidades ultrapasse a marca de 10 mil. 

A Organização das Nações Unidas (ONU) disse precisar de 415 milhões de dólares para conseguir suprir as necessidades das oito milhões de pessoas afetadas pelo episódio. Cálculos iniciais da consultoria IHS revelaram que, para a reconstrução total do país no longo prazo, serão necessários cinco bilhões de dólares. 

Veja abaixo o vídeo que mostra o momento em que o terremoto atingiu o Nepal. As imagens são fortes.

Papua Nova Guiné: Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico informou que um tsunami não é esperado 

Da REUTERS

Um terremoto de magnitude 6 - feira, a 154 quilômetros ao sul de Rabaul e uma profundidade de 85 quilômetros, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos

Não houve relatos imediatos de danos ou vítimas. O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico informou que um tsunami não é esperado. 

Rabaul, cidade no leste da ilha Nova Bretanha Oriental, fica localizada perto do Monte Tavurvur, um vulcão ativo. Rabaul foi destruída em 1994 durante uma forte erupção.

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget