04/29/15

Geração Y: relatórios mostram que a fraqueza registrada anteriormente na formação de famílias foi encabeçada pela geração Y 

Victoria Stilwell, da Bloomberg

Depois de morar com familiares ou amigos durante os últimos anos, finalmente parece que a geração Y está começando a se virar por conta própria. 

O número de famílias aumentou 1,48 milhão no primeiro trimestre em relação ao ano anterior, após um crescimento de 1,66 milhão nos três últimos meses de 2014, de acordo com dados publicados na terça-feira pelo Censo dos EUA. 

Embora os números talvez sejam voláteis, eles marcam os ganhos consecutivos mais acelerados na formação de famílias desde o segundo semestre de 2005. 

Os dados do censo não destrincham as faixas etárias e, portanto, não especificam quem está formando essas novas famílias. 

Outros relatórios mostram que a fraqueza registrada anteriormente na formação de famílias foi encabeçada pela geração Y – jovens adultos nascidos depois de 1980 –, então este grupo tem maior probabilidade de estar provocando a melhoria, disse Maury Harris, economista do UBS Group em Nova York. 

Formação de famílias pode ser um termo nebuloso, por isso geralmente é mais fácil explicar o conceito através de exemplos. 

O Censo dos EUA define uma família como todas as pessoas que moram em uma casa ou um apartamento – ou mesmo em um único ambiente, caso tenha sido projetado para uso como um espaço de moradia independente. 

Uma nova família é formada se, por exemplo, uma pessoa se mudar da casa dos pais (também uma família) para um apartamento tipo estúdio. 

Ou quando um casal que morava separadamente se muda junto para um novo lar. 

Impulso para a economia 

Os dados do Censo publicados na terça-feira mostram que as famílias que estão sendo formadas atualmente alugam. 

As moradias ocupadas por inquilinos aumentaram em 1,87 milhão no primeiro trimestre em comparação com o ano anterior, e as unidades ocupadas por seus proprietários caíram 386.000. 

“Isso é positivo para a economia”, disse Harris. “Seria melhor se as famílias estivessem comprando, mas alugar, ao invés de continuar morando na casa dos pais, também ajuda”. 

A razão é que os novos inquilinos precisam encher seus apartamentos de coisas – cafeteiras, aparelhos de TV e cabeceiras de cama da Ikea --. 

Embora eles provavelmente comprem menos do que comprariam se fossem novos proprietários, ainda assim os gastos de consumo vão receber um bom impulso, disse Harris. 

Uma quantidade maior de pessoas em busca de apartamentos também estimula o aumento dos aluguéis. Quando isso acontece, comprar uma casa se torna uma opção mais atraente para os inquilinos que tenham crédito suficiente. 

“Isso provoca um efeito sobre a propriedade e a venda de casas no futuro”, disse Harris. “É um impulso para a economia”.

Iphone 5: cliente conta que contactou a Apple várias vezes para tentar resolver o problema, mas como não conseguiu, decidiu processar a empresa 

Karen Carneti, de INFO Online

         A Apple foi condenada a pagar R$ 9,9 mil a um cliente do Mato Grosso por danos material e moral. O consumidor processou a empresa por conta de um defeito em seu iPhone 5, de 64GB, comprado em 2012 e que começou a apresentar problemas em 2013. 

Na ação, expedida pelo 6º Juizado Especial Cível de Cuiabá, o cliente conta que entrou em contato com a Apple diversas vezes para tentar resolver o problema. Em um primeiro momento, a empresa deu a entender que faria a troca do aparelho. Mas, em segunda decisão, a empresa negou o pedido alegando que o iPhone apresentava um risco de 4 milímetros. 

Como não conseguiu resolver o problema, o cliente resolveu processar a companhia e pedir indenização de 10 mil reais. A justiça concedeu liminar para que a Apple trocasse o aparelho, o que não aconteceu porque a empresa alegou que, como o iPhone foi comprado no exterior e sua frequência é diferente daqueles vendidos no país, sua garantia não é válida em terras brasileiras. 

O cliente, no entanto, juntou provas de que o aparelho foi comprado no Brasil. Segundo o juiz Alex Nunes de Figueiredo escreveu na decisão, “a parte autora ficou impossibilitada de usufruir de um bem de alto custo em razão da omissão e negligência da reclamada Apple, que simplesmente se nega em respeitar as normas consumeristas em nosso País”. 

Ficou estabelecido que a Apple terá que pagar R$ 2 899 por danos materiais –referentes ao valor do aparelho na época da compra – e R$ 7 mil por dano moral. O valor do aparelho e o montante do dano moral devem ser corrigidos pelo INPC e acrescido de 1% ao mês, a partir da data em que o aparelho apresentou defeito e que a decisão foi tomada. 

A Apple não comenta ações judicias em andamento.

Lançamento da nave russa Progress: nave espacial sem tripulação ia abastecer a Estação Espacial Internacional
Da AFP

Moscou - Os operadores de voo russos perderam o controle da Progress, uma nave espacial sem tripulação que ia abastecer a Estação Espacial Internacional (ISS) e que agora cairá na Terra, indicou nesta quarta-feira uma autoridade russa.

"Começou a cair", disse o funcionário, que não quis se identificar.

De acordo com a fonte, os controladores de voo russos tentarão agora restabelecer duas vezes a conexão com a nave de carga, mas com poucas possibilidades de sucesso.

"É impossível saber quando cairá exatamente na Terra, depende de muitos fatores. Mas a queda acontecerá em condições incontroláveis", explicou.

A Progress M-27M transporta material científico e produtos de primeira necessidade, como água e comida, mas sua perda não representará um problema para os seis astronautas que estão na ISS e que dispõem de vários meses de reserva.

Na terça-feira, pouco depois do lançamento da nave dentro de um foguete Soyuz a partir do cosmódromo de Baikonur (Cazaquistão), os operadores russos registraram problemas de transmissão e decidiram mudar o plano de voo.

Mas as autoridades anunciaram que a Progress cumpriria o plano e seria acoplada à ISS em 30 de abril, seis horas depois do inicialmente previsto.

A Nasa confirmou que a nave de carga "não transporta nenhum material essencial para o funcionamento da parte americana da ISS".

"Os segmentos russo e americano da Estação continuam funcionando e têm reservas suficientes para muito depois de junho, quando chegará a próxima carga", anunciou a agência espacial americana, em referência à cápsula Dragon.

A nave, fabricada pela empresa americana SpaceX, tem lançamento previsto a partir de 19 de junho. Transportará 2,2 toneladas de material científico e mantimentos.

Além do material, a Progress também transporta uma réplica da bandeira soviética que o Exército Vermelho hasteou em Berlim em 1945. Ela seria utilizada pelos astronautas russos da ISS para celebrar o 9 de maio, data que marca a vitória aliada contra os nazistas na II Guerra Mundial.

A cada ano, três ou quatro naves Progress viajam até a ISS para transportar material. Depois da missão caem e se desintegram na atmosfera, acima do Oceano Pacífico.

Em 2011, um foguete Soyuz que transportava uma nave similar caiu pouco depois da decolagem na região de Altai, na Ásia Central.

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget