Americano é acusado de hackear loteria para faturar prêmio de R$ 44 milhões


Um ex-chefe de segurança da informação de uma empresa de loteria está sendo acusado pela justiça americana de invadir os computadores antes de comprar um bilhete premiado para ganhar o prêmio de US$ 14,3 milhões (cerca de R$44,1 milhões).

A justiça afirma que Tipton utilizou seu poder para entrar na sala onde ficam os computadores que geram os números e instalar programas para controlar os valores sorteados. Por medida de segurança, o local não possui acesso à internet e é monitorado 24h por câmeras de vigilância. O réu foi visto entrando na sala em 20 de novembro de 2010 para alterar o horário das máquinas. Na data, as câmeras gravaram apenas um segundo a cada minuto, em vez de funcionarem normalmente.

Colegas de trabalho do executivo afirmaram que na época ele estava obcecado com por root kits, tipo de programa de computador que pode ser instalado rapidamente e configurado para realizar qualquer tarefa sem deixar rastros."Quatro dos cinco indivíduos que têm acesso para controlar as configurações da câmera vão testemunhar que não alteraram as instruções de gravação das câmeras; a quinta pessoa é ré", explica a acusação.

Pouco depois o homem foi visto comprando um canhoto de loteria, o que é legalmente proibido devido ao seu envolvimento no processo de sorteio. Tipton afirmou que não foi ele quem comprou e que estava em Houston visitando sua família na data, mas foi desmentido pelas autoridades que descobriram por meio de registros do celular do réu que ele estava na cidade. Registros de câmeras locais também apontam que ele é a pessoa que adquiriu o bilhete.

O prêmio não foi reclamado por quase um ano, mas horas antes de o prazo para receber o valor expirar, uma empresa do Belize tentou receber o dinheiro por meio de um advogado de Nova York. A loteria de Iowa se recusou a liberar a quantia porque os responsáveis pela empresa não forneceram suas identidades.

Tipton foi preso em 15 de janeiro sob a acusação de dois crimes de fraude e será julgado em julho. A pena para os crimes é de 5 anos de prisão e o pagamento de uma multa que pode variar de US$ 750 a US$ 7.500.

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget