فبراير 2013



Parece que tem alguma coisa pegando no “Jornal do SBT – Noite”. Enquanto Karyn Bravo sempre se mostra simpática e educada, tentando interagir com o companheiro ao lado, ao longo do noticiário, a recíproca não é verdadeira por parte do Carlos Nascimento.

O que acontece? 

Em primeiro lugar, é preciso deixar claro que o telespectador não tem nada com os problemas de ninguém. A obrigação do Nascimento é se apresentar sempre da melhor maneira possível. Ganha pra isso. Tem que tirar o olho da câmera e interagir, sim, com a companheira ao lado, além daquela forçada conversinha no final. Está passando a todos uma postura bem antipática. *Colaboração de José Carlos Nery



Catarina Migliorini, a brasileira que leiloou sua virgindade na internet como parte de um programa de TV australiano, foi a convidada do “De Frente com Gabi” da madrugada desta quinta-feira (28). A jovem disse na entrevista concedida à apresentadora Marília Gabriela que o dinheiro não foi a principal motivação para vender sua virgindade e que não se considera prostituta. “[Pela regra do programa] o dinheiro do leilão era todo para mim. Mas o que mais me encantou foi fazer parte de um documentário”, falou Catarina, que vendeu a sua virgindade por R$ 1,5 milhão para um japonês de 53 anos que não teve a identidade revelada. Ela disse que conheceu o homem japonês em um restaurante na Austrália e que eles conversaram por cerca de uma hora. “O japonês foi uma grande surpresa”, falou, sem explicar o motivo, já que disse que pretende escrever um livro sobre sua experiência. Catarina acabou não aceitando essa proposta, no entanto. “Figuei pensando sobre o que conversamos e resolvi negar”, falou. Catarina ainda afirmou que recebeu mais duas propostas, que está analisando. “Um foi um pouquinho mais de US$ 1 milhão, o outro foi um pouquinho menos”.

 Prostituição


 Catarina afirmou ainda que não considera prostituição vender a sua virgindade. “Muita gente chama de prostituição, mas eu chamo de um ato de liberdade”, falou. Ela comentou a polêmica durante o Fashion Rio 2013, evento em que foi convidada por uma marca e depois proibida de desfilar e que foi definida como prostituta pela organização. “Eu viajei 35 horas para vir ao evento. Já no aeroporto recebi a notícia de que não poderia desfilar. Me disseram que os motivos foram que a reação foi negativa e que a marca não poderia mais se apresentar no evento se eu desfilasse”, disse. “Para mim, discriminação é o que faz mal para as pessoas”.



Ronaldo Marques do BOL, em São Paulo

 Ter um milhão de reais na conta bancária é um sonho perseguido por muitos brasileiros, seja investindo em educação e trabalho duro, apostando em loterias ou se inscrevendo em reality shows, como o "Big Brother Brasil", que dá R$ 1,5 milhão ao vencedor. Mas será que ter R$ 1 milhão faz dessas pessoas milionárias? A realidade é que, com a desvalorização da moeda, fatores ligados à inflação e aquisição de imóveis valorizados com o tempo, muitas famílias já vivem com esse valor, mas não são milionárias. A confusão acontece por causa do ideal de milionário, que mudou bastante ao longo do tempo. Em termo técnico, milionário é quem possui um milhão na moeda corrente, mas o conceito da palavra é bem diferente. "A palavra milionário foi criada no século 18, na Europa, e se referia aos milionários da época, quando possuir uma quantia equivalente a um milhão em valores era extremamente difícil”, explica o professor Roy Martelanc, que ensina finanças no curso de administração da USP (Universidade de São Paulo). Para se ter uma ideia, se corrigidos os valores daquela época para o momento atual, um milhão de dólares daria aproximadamente 25 milhões na mesma moeda. Neste cenário, Roy Martelanc conta que “quem tinha um milhão era de fato extremamente rico”. Atualmente, o termo foi atualizado e ser milionário não se refere mais ao valor da moeda e sim a um conceito. “Milionário hoje é o cara muito rico. O termo se refere a uma pessoa que não precisa trabalhar para manter um padrão de vida bem confortável, com certos luxos, e, mesmo assim, deixar uma boa herança para a família”, define o professor.

Para o economista Vander Mendes Lucas, doutor e professor do departamento de economia da Universidade de Brasília, “é comum termos muitos milionários pelo Brasil afora. São pessoas que têm um patrimônio avaliado em um milhão de reais ou mais, mas não são aqueles milionários do imaginário coletivo que esbanjam dinheiro e ostentam artigos de luxo”. “São pessoas que compraram uma casa dez anos atrás por 150 mil reais e, hoje, com a valorização do imóvel em algumas regiões do país, vivem em residências avaliadas em 500 ou 700 mil reais. Soma-se a isto a renda das pessoas da casa e planejamentos financeiros, possíveis após o plano real, e temos famílias bem-sucedidas com patrimônio avaliado em R$ 1 milhão de reais”, explica Vander. 

Prêmio do "BBB" 

Em 2012, Fael, o último vencedor do "Big Brother Brasil", ganhou R$ 1,5 milhão, mas, levando em consideração fatores de mercado e o poder de compra desse montante, o brother recebeu valor equivalente ao que Kléber Bambam ganhou na primeira edição do programa, R$ 500 mil. O economista Vander Mendes Lucas culpa a inflação pelo fenômeno. “Se comparar hoje e dez anos atrás, um milhão de reais ficou bem desvalorizado. De 2003 até 2013, tivemos uma inflação de cerca de 5% ao ano. Só com este cálculo da inflação, levando em consideração dez anos, dá para perceber que se teve um desgaste de 50% do dinheiro”. Isso não quer dizer que Kléber Bambam perdeu metade de seu prêmio com a inflação. “Ele teria perdido se não o aplicasse, se o guardasse embaixo do colchão. É por isso que um sujeito, ao receber uma quantia dessas, deve investir . Se você pegou um milhão de reais e guardou, sem aplicá-lo em qualquer tipo de investimento, hoje o dinheiro tem valor de mercado menor. Caiu quase a metade do seu poder aquisitivo”, explica o economista. Analisando a mesma situação, o professor de administração Roy Martelanc, da USP, confirma o fato e explica que só colocar o dinheiro na poupança também não fará o portador viver como um milionário para o resto da vida. “Não é possível porque os rendimentos da poupança são menores que o valor da inflação. E, se ele usar o rendimento mensal para suas despesas, a situação piora. É como se o restante do dinheiro estivesse guardado no colchão”. O economista Vander Lucas acredita que, para o dono de R$ 1 milhão levar uma vida de alto padrão, sem precisar trabalhar para ter luxo, só mesmo investindo em ações de risco, para multiplicar os rendimentos, mas isso sempre vai depender do perfil de consumo do portador do dinheiro. "Se é uma pessoa consumista, cinco mil reais mensais, que é o valor aproximado que um milhão renderia na poupança, não darão o conforto necessário para ela ter uma vida luxuosa”.

Atualmente, o vocalista do Aerosmith afirma estar sóbrio Foto: BangShowBiz / BangShowBiz
Atualmente, o vocalista do Aerosmith afirma estar 
sóbrioFoto: BangShowBiz / BangShowBiz

“Cheirei metade do Peru”, brincou Steven Tyler sobre seu antigo vício em cocaína, durante uma entrevista ao programa 60 Minutes nesta semana. De acordo com o siteTMZ, o vocalista do Aerosmith fez uma estimativa sobre quanto teria gasto com a droga, antes de abandonar o vício: "provavelmente, realisticamente, 5 ou 6 (milhões de dólares), fácil...".

Em entrevista ao jornalista Matt Lauer em 2011, Tyler afirmou que a cocaína o distanciou de sua família. “Eu precisava da cocaína, eu precisava”, disse. “Ela (cocaína) levou meus filhos e meus casamentos embora. Eu estava de joelhos”, relembrou o músico.

Tyler iniciou o seu período de recuperação nos anos 1980, mas depois teve recaídas. Em 2003, o vocalista foi diagnosticado com hepatite C e acredita que contraiu a doença com o uso de drogas injetáveis. Atualmente, Tyler afirma estar sóbrio.


Uma bola de fogo foi vista no céu na noite desta sexta-feira (15) por moradores da Califórnia (EUA). A informação é da rede de TV americana "NBC". O caso aconteceu no mesmo dia que um asteroide passou bem próximo da Terra. Horas antes, um meteoro havia caído nos Montes Urais (Rússia), deixando mais de mil pessoas feridas.
Ampliar
Meteoro explode no céu da Rússia


o rastro do meteorito é visto sobre um prédio residencial na cidade de Tcheliabinsk, Rússia. Quase mil pessoas ficaram feridas
AFP/74.RU/Oleg Kagopolov
De acordo com a emissora de TV, moradores de várias partes da Califórnia contaram ter visto uma bola de fogo no céu indo em direção ao chão por volta das 19h45 (horário local). A "NBC" afirma ter ouvido relatos de pessoas das cidades de Fairfield, Gilroy, Sacramento, Newark, Walnut Creek e Santa Helena.
Uma moradora da cidade de San Jose contou o que viu ao canal de TV. "Era algo de um verde brilhante quando apareceu pela primeira vez. Depois [o objeto] mudou de cor para um amarelo brilhante. Foi incrível!", falou Candice Guruwaiya.

ENTENDA A DIFERENÇA

AsteroideObjeto rochoso, relativamente pequeno e inativo, que orbita o nosso Sol
MeteoroideSobras de asteroides ou cometas que orbitam o nosso Sol
MeteoroFenômeno que ocorre ao longo da atmosfera da Terra e deixa um rastro de luz no céu
MeteoritoQuando um meteoroide ou um asteroide resistem à passagem pela atmosfera terrestre e atingem o solo do nosso planeta, ele é classificado como um meteorito
CometaObjeto de gelo relativamente pequeno, mas muitas vezes ativo, que tem cauda de gás e poeira
  • Fonte: Othon Winter, professor e pesquisador de trajetórias espaciais da Unesp (Universidade Estadual Paulista), e Nasa (Agência Espacial Norte-Americana)
A bola de fogo foi vista no mesmo dia em que um asteroide com cerca de 45 metros de diâmetro e 130 mil toneladas passou sem causar danos perto da Terra nesta sexta-feira. Horas antes, um meteorito muito menor e inesperado caiu na Rússia, provocando pânico e causando mais de mil feridos.
Especialistas entrevistados pela "NBC" explicam que não há relação entre a bola de fogo e os outros dois fenômenos. O astrônomo Gerald McKeegan, do Centro de Estudos de Espaço e Ciência Chabot, em Oakland, diz que não viu a bola de fogo, mas com base nos relatos, acredita ter sido um meteoro "esporádico", que pode passar várias vezes ao dia. O pesquisador explicou que meteoros esporádicos trazem cerca de 15 mil toneladas de detritos espaciais à Terra a cada ano.

Meteoro causa pânico na Rússia

Mais de mil pessoas ficaram feridas depois de um meteoro passar sobre a região russa de Tcheliabinsk, nos montes Urais. Segundo a ministra regional de saúde, Marina Mokvicheva, os feridos foram atingidos por vidros estilhaçados e desabamentos decorrentes da onda de choque da explosão.
O objeto de dez toneladas que causou o estrago passou a cerca de 80 quilômetros da cidade de Satki, no distrito de mesmo nome, por volta das 9h20 locais (1h20 de Brasília) e se desintegrou. A Academia de Ciências da Rússia disse em uma declaração horas após a queda que o meteoroide chocou-se com a atmosfera da Terra a uma velocidade de pelo menos 54 mil quilômetros por hora e explodiu a cerca de 30-50 km acima do solo.
Testemunhas relataram aos jornais russos "Moskovskij Komsomolets" e "Kommersant Online" terem visto um forte clarão no céu sobre os montes Urais. Um morador de Tcheliabinsk chegou a descrever a imagem como a explosão de uma bomba nuclear. Ao clarão, se seguiu uma forte explosão que chegou a quebrar janelas, relatou o morador.

Asteoride passa perto da Terra sem provocar danos

Um asteroide que era acompanhado de perto por cientistas, com cerca de 45 metros de diâmetro e 130 mil toneladas, passou sem causar danos perto da Terra esta sexta-feira.
Imagens ao vivo de um telescópio situado no Observatório Gingin, no oeste da Austrália, mostraram o asteroide com forma similar a uma listra branca alongada movendo-se por um céu completamente escuro.

Os astrônomos afirmaram que a velocidade e a proximidade do asteroide dificultaram ainda mais seu acompanhamento, já que os telescópios tiveram que ser direcionados de uma forma muito precisa que multiplicava o risco de perdê-lo de vista.


Chamado 2012 DA 14, o asteroide passou a 27 mil km da Terra no momento da sua aproximação máxima - um décimo da distância entre a Terra e a Lua -, por volta das 19h25 GMT (17h25 de Brasília), anunciou a Nasa.
Pesando 135 mil toneladas, o asteroide poderia ter destruído uma grande cidade, caso houvesse caído no nosso planeta. "É o maior objeto detectado por cientistas a se aproximar da Terra", anunciou a agência espacial americana. (Com jornais internacionais)

O rastro de destruição deixado pelo meteoro na Rússia não foi causado pelos destroços do objeto em si, mas pela reação que sua entrada na Terra causou.

"Com o atrito da atmosfera, o meteoro explodiu antes de atingir o chão", explica a pesquisadora do Observatório Nacional Daniela Lazzaro, chefe do projeto Impacton, que monitora objetos nas redondezas da Terra.

A reação é similar à explosão de uma bomba atômica.

Um equipamento usado para monitorar testes de armas nucleares indicou que foram liberados 300 quilotons de energia --mais do que os testes feitos nesta semana pela Coreia do Norte.

A violência da entrada do objeto também fez a terra tremer. Os abalos foram comparados a um terremoto de magnitude 2,7 na escala Richter.

A queda do meteorito de Tunguska, também na Rússia, teve magnitude cinco em 1908. O terremoto ocorrido em 2011 no Japão atingiu nove na escala.

Mesmo com o estrago de ontem, astrônomos do mundo todo afirmaram não há motivo para pânico. O risco de alguém ser atingido por um meteorito é muito baixo.

"O que aconteceu na Rússia foi uma fatalidade", diz Fernando Roig, cientista do Observatório Nacional que estuda a dinâmica de pequenos corpos no Sistema Solar.


Editoria de arte/Folhapress


Em entrevista coletiva convocada às pressas após o incidente, a Nasa disse que não há problemas com o sistema de detecção de objetos que se aproximam da Terra.

Segundo a agência, o meteoro era provavelmente um pequeno asteroide que se aproximou da Terra ofuscado pela luz do dia.

"Pela maneira como esse objeto se aproximou, com a luz do dia, ele era de detecção virtualmente impossível pelos telescópios da Terra, que só conseguem operar à noite", disse Paul Chodas, do departamento de objetos próximos à Terra da Nasa.

Para Roig, mesmo se o objeto tivesse sido detectado com alguns dias de antecedência, pouco poderia ter sido feito para evitar o choque.

Mesmo com as explicações dos cientistas, uma onda de preocupação com prováveis ameaças vindas do espaço invadiu a internet. E não faltou quem criticasse a Nasa.

A fundação B612, ONG que pretende lançar um telescópio privado para monitorar asteroides, aproveitou para publicar recentes esforços de seus diretores para chamar a atenção para uma suposta negligência com os bólidos.

Mergulhadores começaram a rastrear neste sábado o fundo de um lago russo próximo do local atingido por fragmentos de um meteorito que causou danos em milhares de casas no país e deixou mais de 1.000 feridos.


O meteorito de cerca de 10 toneladas atravessou o céu dos Urais na manhã de sexta-feira, quando o mundo se preparava para o encontro com um grande asteroide, o que levou posteriormente algumas autoridades russas a pedirem a criação de um sistema mundial de defesa de objetos espaciais.

A queda surpreendente do meteorito parou o trânsito na cidade industrial de Tcheliabinsk, cujos habitantes saíram às ruas para contemplar o clarão provocado pelo corpo celeste antes de buscarem refúgio, enquanto uma explosão quebrava os vidros das janelas e ativava os alarmes dos automóveis.

"Temos uma equipe especial (...) que agora está avaliando a estabilidade sísmica dos edifícios", disse aos vizinhos o ministro das Situações de Emergência, Vladimir Pushkov, enquanto inspecionava os danos nesta cidade do centro da Rússia.

Editoria de Arte/Folhapress



"Teremos muito cuidado ao ligar novamente o gás", afirmou Pushkov na televisão.

Um fragmento do meteoro --chamado de meteorito depois que toca o solo-- aparentemente caiu nas águas geladas do Lago Shebarkul, na região de Tcheliabinsk.

"Um grupo de seis mergulhadores inspecionará as águas em busca de pedaços de um meteorito", disse uma porta-voz do ministério de Situações de Emergência às agências de notícias russas pouco antes do início da operação.

Pusjkov ressaltou, no entanto, que não foram encontrados fragmentos em nenhuma parte da região até o momento, embora 20 mil socorristas tenham sido enviados ao local na sexta-feira.

HISTÓRICO

A explosão do meteoro foi um dos acontecimentos cósmicos mais assombrosos ocorridos na Rússia desde o evento de 1908 em Tunguska, quando ocorreu uma grande explosão que muitos cientistas atribuem a um asteroide ou a um cometa que atravessou o céu da Sibéria.

Os cientistas da agência espacial americana Nasa consideraram que a quantidade de energia liberada na sexta-feira no impacto com a atmosfera foi cerca de 30 vezes superior à força da bomba atômica lançada pelos americanos contra a cidade japonesa de Hiroshima durante a Segunda Guerra Mundial.

"Nós esperamos que um acontecimento desta magnitude ocorra uma vez a cada 100 anos, em média", afirmou Paul Chodas, do Escritório de Programação de Objetos próximos à Terra da Nasa.

"Quando há uma bola de fogo deste tamanho, esperamos que muitos meteoritos cheguem à superfície e, neste caso, provavelmente alguns foram grandes", disse em um comunicado publicado no site da Nasa.

A queda do meteorito na Rússia ocorreu poucas horas antes de um asteroide --um objeto espacial similar a um pequeno planeta em órbita ao redor do sol-- passar perto da Terra, a uma distância sem precedentes de 27 mil km.

Isto significa uma distância menor da Terra que alguns satélites distantes e provocou pânico em certos círculos russos.

"Em vez de lutar na Terra, as pessoas deveriam criar um sistema conjunto de defesa dos asteroides", afirmou o chefe do Comitê de Assuntos Exteriores do Parlamento russo, Alexei Pushkov, em sua conta no Twitter na sexta-feira.

Pushkov, aliado do presidente russo Vladimir Putin, convocou os "Estados Unidos a se unirem a nós e à China criando um Sistema de Defesa contra Asteróides".

Britânica de 22 anos perdeu fotos em um aeroporto. Vídeo no YouTube a encontrou

A britânica Catriona Bowman, 22 anos, perdeu 300 fotos de um tour na Europa realizado no ano passado junto com o cartão de memória de sua câmera. Graças à internet, arquivos e dona, separados em julho, em Amsterdã, foram reunidos.

Segundo o jornal Daily Mail, Bowman perdeu o cartão no aeroporto da capital holandesa, onde Peter van Leeuwen o encontrou.
Fotos das férias de Catriona Bowman foram perdidas em cartão de memória SD em AmsterdãFoto: YouTube.com / Reprodução

Sem indicativos da dona do cartão de memória SD, Leeuwen criou uma campanha online, com um clipe no YouTube. O vídeo, de 24 segundos, soma mais de 33,5 mil views, depois que a história foi divulgada em jornais e rádios do país.

A mensagem circulou pela rede até que um amigo das mulheres na foto que vive em Amsterdã viu o vídeo e percebeu que as fotos eram delas. A dona do cartão entrou em contato com Leeuwen, que enviou as imagens por e-mail, seis meses depois que o cartão foi perdido.

De acordo com o Daily Mail, Bowman se disse chocada com a descoberta. "É bizarro. Eu estava convencida de que tinha perdido (as fotos) para sempre", declarou. As imagens eram das primeiras três semanas de uma viagem de três meses pela Europa no verão. A maioria das fotos mostram Bowman e uma amiga com belas paisagens da Espanha, França e Holanda ao fundo.


Lombardi concede entrevista coletiva nesta quarta-feira, no VaticanoFoto: AFP

O Conclave para escolher o novo papa começará entre 15 e 20 de março, afirmou nesta quarta-feira o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, em entrevista coletiva.

Bento XVI renunciará oficialmente ao Pontificado em 28 de fevereiro às 20h de Roma (17h de Brasília) e imediatamente terá início a Sé Vacante, por isso não se descarta que o Conclave comece em 15 de março, detalhou Lombardi.

"O início do conclave não poderá ocorrer antes de 15 de março. Podemos prever o início do conclave para os dias 15, 16, 17, 18 ou 19", disse.

A lei vaticana estabelece que o Conclave de cardeais deve começar entre 15 e 20 dias depois do início da chamada Sé Vacante, o tempo que vai desde a morte ou renúncia de um papa até a eleição do seguinte, com o objetivo de permitir que todos os cardeais do mundo compareçam a Roma.

Lesma-do-marFoto: Jim Anderson / BBC

Pesquisadores descrevem hábitos inusitados de reprodução de animal
A observação de uma lesma-do-mar capaz que se reproduzir usando um órgão sexual 'descartável' está surpreendendo cientistas. Pesquisadores japoneses vinham observando os hábitos de acasalamento inusitados da espécie Chromodoris reticulata, encontrada no Oceano Pacífico, há algum tempo. 

Agora, publicaram um estudo sobre o tema na Biology Letters, da Royal Society, relatando o registro pela primeira vez uma criatura que pode copular repetidas vezes com o que foi descrito com um "pênis descartável".

Acredita-se que quase todas as lesmas-do-mar (também conhecidas como nudibrânquios) sejam "hermafroditas simultâneos". Isso significa que os animais têm tanto órgãos sexuais masculinos quanto femininos e podem usá-los ao mesmo tempo.

Conforme explica Bernard Picton, especialista em invertebrados marinhos do Museu Nacional da Irlanda do Norte, em geral os órgãos sexuais ficam do lado direito do corpo das lesmas e durante a cópula os dois animais se unem por esse lado, fecundando-se simultaneamente.

Observações
A equipe japonesa observou lesmas-do-mar coletadas em recifes de coral rasos no Japão, analisando 31 cópulas. Segundo seus registros, logo após o acasalamento, as criaturas se desfaziam de seus órgãos sexuais masculinos, deixando-os no fundo do tanque de observações.

Em apenas 24 horas, porém, as lesmas já tinham se regenerado e estavam prontas para acasalar mais uma vez com "novos" órgãos sexuais. Um exame mais detalhado da anatomia dos animais revelou que as lesmas-do-mar tinham parte do seu "pênis" enrolado em uma espiral dentro do corpo, o que permitia a regeneração rápida do órgão. Os animais foram capazes de copular três vezes seguidas, com intervalos de 24 horas entre cada uma delas.

Lesmas foram capazes de copular três vezes seguidas, com intervalos de 24 horas entre cada uma delas

Os cientistas não deixaram claro se, após o uso dessa "reserva interna", o animal deixa de se reproduzir para sempre ou se ele é capaz de regenerar a "reserva" em algumas semanas ou meses.

Esses animais têm uma biologia muito complicada

Bernard Picton
especialista em invertebrados marinhos
Outros animais já foram observados "desfazendo-se" de seus órgãos sexuais após a cópula, entre eles uma espécie de aranha e uma lesma terrestre (Ariolimax). A lesma Chromodoris reticulata, porém, parece ser a única criatura capaz de regenerá-los para usá-los novamente.

Para os cientistas, essa capacidade daria ao animal uma vantagem sexual - aumentando as chances de cada lesma possa passar seus genes adiante. "Esses animais têm uma biologia muito complicada", diz Picton.


Edward Ives nasceu com apenas 5% de chance de sobrevivência em função de taquicardia que fazia coração bater duas vezes mais rápido


No quarto dia, o coração do recém-nascido finalmente começou a bater em um ritmo normal Foto: BBC

No quarto dia, o coração do recém-nascido finalmente começou a bater em um ritmo normal
Foto: BBC

Sua mãe, Claire Ives, de 29 anos, que tem outros dois filhos, descobriu o problema em exames no final da gravidez. Ela tomou remédios para tentar reduzir o ritmo de batimentos cardíacos da criança, mas, como a medicação não deu resultados, os médicos resolveram fazer uma cesárea para tratar o recém-nascido diretamente.Médicos britânicos conseguiram salvar a vida de um recém-nascido resfriando seu corpo por quatro dias. Edward Ives nasceu com apenas 5% de chance de sobrevivência em função de uma taquicardia supraventricular, distúrbio que fazia seu coração bater duas vezes mais rápido que o normal.
O tratamento pioneiro que terminou salvando a vida de Edward foi colocado em prática por uma equipe do University College London Hospital. Ele consistiu no resfriamento do corpo da criança de 37 para 33,3 graus Celsius com o uso de uma coberta recheada com gel. O objetivo era reduzir o batimento cardíaco do bebê, que foi sedado para não se movimentar.
Problema do bebê Edward foi descoberto em exames no final da gravidez Foto: BBC
Problema do bebê Edward foi descoberto em exames no final da gravidez
Foto: BBC
Mas manter o equilíbrio do corpo da criança foi uma tarefa complicada - e médicos tiveram de usar um desfibrilador cinco vezes para evitar que o coração de Edward parasse.
'Parecia morto'
"Ele estava muito frio e parecia morto", disse Claire.
Depois de dois dias, médicos permitiram que a temperatura do corpo de Edward voltasse a subir, mas como o ritmo de seu coração acelerou muito rapidamente, o bebê foi "resfriado" por mais dois dias.
No quarto dia, o coração do recém-nascido finalmente começou a bater em um ritmo normal e médicos começaram a esquentar seu corpo em meio grau a cada 12 horas. Um mês depois, o bebê pode ir para casa. "Foi como um sonho que virou realidade", conta sua mãe.


Hoje Edward tem seis meses e é um bebê relativamente saudável, embora possa ter alguns episódios de arritmia cardíaca no futuro.





Empresas alegam prejuízo com manutenção de aparelhos com baixíssimo uso pela população

A evolução dos serviços de telecomunicações pode resultar em uma redução de até 538 mil dos 950 mil telefones públicos que existem no país. Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), 188 mil já podem ser desligados porque estão praticamente sem uso. Além disso, a agência colocará em consulta pública, até o fim de março, um estudo com perguntas à sociedade sobre a evolução tecnológica da telefonia fixa e a possibilidade de mudança de regras para redistribuição e redução de orelhões no país. É o primeiro passo para a desativação de mais 350 mil aparelhos, mantendo em uso telefones públicos que serão turbinados com novas tecnologias e funções.

O novo orelhão, além de permitir ligações de voz, deve contar com videofone, com acesso à internet, transmissão de mensagens de texto (SMS) e wi-fi. Com isso, o acesso sem fio poderá ser feito também por notebooks, smartphones e tablets, a partir dos orelhões.

Outro modelo em estudo é o telefone público instalado em ônibus. Também está sendo proposto pela agência aparelhos públicos para os deficientes de fala e audição, diferentes dos existentes atualmente. Eles terão imagem e comunicação plena, com central de intermediação com vídeo pela qual a pessoa se comunicaria com o intérprete em Libras (linguagem de sinais).

A telefonia pública atual utiliza tecnologia de 20 anos atrás, que tem dificuldades de funcionalidade, de cobrança e até mesmo de acesso. Os dados apontam que 49% dos orelhões, ou cerca de 420 mil, fazem menos de 60 chamadas ao mês ou menos de duas ligações ao dia. A receita média mensal por orelhão da Oi é de R$ 10; a da Telefônica, R$ 14. Historicamente, era de R$ 110. Entre 2007 e 2011, porém, houve uma queda na utilização de 40% ao ano.

A proposta da Anatel é abrandar os parâmetros técnicos, o que permitiria a redução do número de orelhões. Mas, em contrapartida, as empresas de telefonia teriam obrigações com a melhoria dos aparelhos e oferta de novos serviços, como o de banda larga, telefone com câmera e tela, serviço de indicação de mapas, entre outros.
A proposta de redução do número de orelhões e de localização de telefones públicos, segundo os técnicos, não vão atingir aqueles instalados em escolas, hospitais e localidades menores.

Vivienne Jolie-Pitt, de apenas quatro anos, atuará ao lado da mãe, Angelina Jolie, em ‘Malévola’

Splash News splashnews.com

Vivienne Jolie-Pitt, caçula de Angelina Jolie e Brad Pitt, estreia nos cinemas

Angelina Jolie (37) está prestes a contracenar com sua filha caçula, a simpática Vivienne Jolie-Pitt (4). Segundo o site internacional TMZ, a herdeira da atriz com Brad Pitt (49) integrará o elenco do próximo trabalho da mãe, o filme da Disney Maleficent (Malévola, em português).

Ainda de acordo com as informações da publicação, Vivienne dará vida à pequena princesa Aurora, que amaldiçoada pela rainha má, papel de Angelina, acaba dormindo por anos e anos até ser acordada ao ganhar beijo de um belo príncipe.

A estreia da irmã gêmea de Knox nos cinemas irá render a ela um cachê de cerca de seis mil reais por semana. O longa, que é uma adaptação de A Bela Adormecida, tem previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2014. E agora, será que Vivienne irá realmente seguir os passos dos pais?

Angelina Jolie e Brad Pitt ainda são pais de Maddox (11), Pax (9), Zahara (7) e Shiloh (6).


O humorista protagonizará uma das próximas séries da emissora

Não é segredo para ninguém que a Globo possui um elenco numeroso de atores.

E, por uma série de fatores, vários deles não conseguem participar de determinadas produções mesmo com contrato em vigência.

Até em função disso, teve gente da emissora que não viu com bons olhos o recente acerto com Marcelo Adnet, ex-MTV, para viver o protagonista de uma das próximas séries, “O Dentista Mascarado”. É o velho e conhecido anticorpo.



O passatempo perfeito é aquele que em que o único compromisso é a satisfação pessoal

Dedicar-se a uma atividade capaz de desviar a atenção das preocupações e rechear o dia a dia com mais prazer e leveza deveria ser considerada uma tarefa tão importante quanto trabalhar e dormir. Ter um hobby é contar com uma válvula de escape para aliviar as tensões e, com isso, melhorar o humor e aumentar a disposição. Quem coloca o item "fazer o que gosta" na lista de prioridades, e abre espaço na agenda para um passatempo, qualquer que seja ele, escolhe ser mais feliz.

"O hobby beneficia o ser humano de forma integral. Já sabemos que tudo o que provoca satisfação gera uma reação positiva no organismo, tanto na esfera física quanto psicológica", afirma Ricardo Monezi, pesquisador do setor de Medicina Comportamental da Universidade Federal de São Paulo. A pausa para desfrutar momentos de prazer ajuda a afastar o estresse que, a longo prazo, afeta a memória e a concentração. "Pessoas que já estão apresentando esses problemas poderão se surpreender com a melhora ao praticarem algo de que verdadeiramente gostam", complementa ele.


Não bastassem esses benefícios, o hobby é também uma maneira de fazer e cultivar amizades, mesmo quando envolve uma atividade individual, como pintar, bordar ou escrever. "A atividade acaba funcionando como um estímulo para a pessoa expandir a rede de contatos dela, ainda que seja buscando referências de outras pessoas em grupos de mesma ocupação e comunidades virtuais", argumenta a psicóloga Ana Maria Rossi, presidente da filial brasileira da International Stress Management Association.


Vale por um tratamento


Alguns passatempos específicos podem até trazer vantagens extras. "A ciência já investiga, por exemplo, se fazer palavras cruzadas ou sudoku tem impacto positivo na mente, retardando o envelhecimento e prevenindo doenças relacionadas à senilidade", relata Monezi.

Quando o hobby em questão envolve uma prática esportiva, o coração é o principal vencedor. "Qualquer atividade física, recreativa ou competitiva, libera uma descarga de adrenalina e acelera o coração. A partir daí, o corpo começa a desenvolver mecanismos de ajustes cardiovasculares e o resultado direto é o ganho de condicionamento físico e de fôlego para se exercitar", enumera o cardiologista Antonio Sergio Tebexreni, da Universidade Federal de São Paulo.

Em ambos os casos, no entanto, é preciso que o hobby faça parte da rotina e seja praticado com frequência. Portanto, caso ainda não tenha um, é preciso começar já!

A busca pelo seu prazer


Se você já está se perguntando qual seria o hobby ideal, saiba que há muitas opções e quase nenhuma regra. "A principal característica deste tipo de passatempo é não envolver nenhum tipo de obrigação, ou seja, não pode haver um compromisso envolvido. O retorno tem que ser apenas a satisfação pessoal", explica Ana Maria.

Dessa forma, ir à academia para perder peso não pode ser considerado um hobby, já que há uma expectativa de retorno além do bem-estar momentâneo. Produzir artesanato para depois vender e aumentar a renda em casa também não. "Pode até ser um trabalho prazeroso, uma segunda profissão, mas não é hobby", esclarece a psicóloga.

O mais importante é escolher atividades que fazem bem e tornam a vida mais divertida. Tirar fotos, pintar, surfar, nadar, dançar, costurar, jogar cartas, ler, cozinhar, tocar um instrumento musical e até andar de bicicleta, entre infinitas opções. "Na dúvida, não tenha medo nem vergonha de experimentar várias atividades diferentes, até encontrar aquela que lhe dá mais prazer. Considere que o ser humano é instável, muda frequentemente os seus gostos e, nesse caso, a mudança nunca será prejudicial", finaliza Monezi
.


Crédito da imagem: Doug Pensinger/Getty Images/AFP

Os X-Games em Aspen, no Colorado, teve mais uma atuação primorosa de Jamie Louis Anderson. Pela quarta vez em sua carreira, a loira conquistou medalha de ouro na competição de snowboard.

A bela Jamie Anderson era a única americana na competição, mas entrou na disputa com a responsabilidade de defender o título que havia conquistado em 2012.


Jamie Anderson, tetracampeã dos X-Games20 fotos5 / 20
Jamie Anderson conquistou o X-Games em quatro oportunidades e compete desde seus 13 anos Reprodução/Instagram/jme_anderson

Com apenas 22 anos, a americana começou sua trajetória muito jovem. A primeira vez que disputou a competição tinha somente 13 anos, em 2003. Três anos depois, ela faturou bronze no X-Games. Com 17, ela ganhou seu primeiro ouro.

Neste ano, a loira foi campeã da competição após conseguir 93 pontos. A segunda colocada, a tcheca Sarka Pancochova, ficou apenas com 90 pontos.

A polêmica com o uso de carne de cavalo continua e, na noite da última sexta-feira (08), a polícia britânica foi acionada a investigar jantares servidos em escolas. As informações são do site do jornal britânico The Sun.

O jornal The Sun divulgou uma foto de um abatedouro de carne de cavalo na França Foto: Reprodução

Especialistas da indústria acreditam que a carne de cavalo pode estar em qualquer lugar, incitando assim uma crise alimentar nacional.

As investigações foram motivadas depois de suspeitas de que a carne de cavalo pode estar sendo servida não só em escolas, mas também em hospitais, pubs, cafés e restaurantes.

Na última sexta-feira (08), a rede de supermercados Aldi confirmou que dois produtos oferecidos em suas gôndolas, a lasanha e o espaguete à bolonhesa, continham entre 30% a 100% de carne de cavalo. Ambos foram retirados das prateleiras.

Com o escândalo tomando maiores proporções, agentes da Food Standard Agency (FSA), agência que regula produtos alimentícios no país, pedem que as pessoas não entrem em pânico mas não comam os alimentos que contém a carne equina.

O Secretário de Desenvolvimento, Owen Paterson, disse que alguns produtos utilizados em escolas serão testados e, nos próximos dias, ele deve se reunir com representantes de redes de supermercado para discutir a crise.

Catherine Brown, da FSA, disse que "a evidência aponta para negligência grave ou contaminação deliberada na cadeia alimentar”. A origem das suspeitas foi a descoberta de que uma loja de alimentos da Irlanda do Norte utilizava 80% de carne de cavalo em alguns produtos. “Recebemos a informação de que empresas britânicas poderiam estar envolvidas com o comércio ilegal da carne de cavalo”, disse Mary Creagh, secretária do desenvolvimento.

O caso começou a tomar outras proporções quando foi divulgada a informação de que a empresa Findus vinha vendendo lasanha com carne de cavalo desde agosto de 2012. A FSA encontrou na informou, na última terça-feira (5), que 11 amostras da marca continham de 60% a 100% de carne equina.

Especialistas afirmam que pessoas que adoeceram por ingerir este tipo de alimento poderiam processar as empresas em £ 10 mil por “angústia mental”, até £ 75 mil se puderem provar que a ideia de terem ingerido este tipo de carne tenha causado uma tortura mental e pensamentos suicidas.

>
A presença de DNA de cavalo em hambúrgueres, produzidos em dois frigoríficos irlandeses e em um de Yorkshire, na Inglaterra, causou polêmica. No entanto, o sabor forte e adocicado da carne de cavalo é apreciado em países como a Itáia, onde se pode comprar presunto cozido equino, até em versão apimentada, como a produzida por Coppiello Giovanni, na Itália
Foto: Divulgação

Emissoras de rádio e televisão chinesas estão, a partir de agora, proibidas de exibir propagandas de artigos de luxo no país.

Segundo o governo, a medida visa combater "a ostentação, o desperdício e a corrupção". Os itens proibidos são produtos "muito caros", como relógios, selos raros e moedas de ouro.

Para o órgão que controla a comunicação no país, essas propagandas contribuem para uma ética social perversa.

"Como importantes redutos culturais e ideológicos, os canais de rádio e televisão devem exercer plenamente o seu papel de educar as pessoas, mostrando as boas tradições chinesas e estilos de vida civilizados", disse um porta-voz do governo.

Nos últimos anos, a crescente abertura da economia permitiu o acesso a produtos de luxo para uma seleta parcela da população. A procura cada vez maior fez com que marcas de grife passassem a apostar no público chinês dentro e fora do país -as chinesas são clientes cobiçadas, por exemplo, em lojas caras de centros como Paris e Milão.

O regime afirma que as restrições são parte da luta contra a corrupção, mas são anunciadas em meio ao aumento da insatisfação interna pelo enriquecimento repentino dos dirigentes políticos.

A decisão entrou em vigor um dia depois de a China apresentar reformas tributárias para fazer com que ricos e empresas estatais em melhores condições financeiras paguem mais, buscando reduzir a desigualdade entre a elite urbana e a camada mais pobre da área rural.

Um levantamento divulgado em outubro passado pela Pesquisa Financeira Domiciliar da China mostrou que 10% dos domicílios chineses mais ricos concentram 57% da renda e 85% de toda a riqueza do país.

Mercedes-Benz misturou o novo CLA, fama e mulheres no vídeo mais caro do Super Bowl (R$ 32 milhões)


  • Mercedes-Benz misturou o novo CLA, fama e mulheres no vídeo mais caro do Super Bowl (R$ 32 milhões)
Ano após ano, o Super Bowl se consolida como maior evento esportivo do mundo em termos de televisionamento e comercial -- a edição número 47 da decisão do futebol americano, realizada no último domingo (3) entre Baltimore Ravens e San Francisco 49ers, foi vista em 52 milhões de lares nos Estados Unidos, além de ter sido retransmitida para todo mundo. Mas se o resultado do jogo é algo menor e de interesse praticamente restrito aos americanos (os Ravens venceram por 34 a 31), o espetáculo e seus eventos paralelos seguem comentados mesmo após a partida.
É o caso do show com a cantora Beyoncé, que animou o intervalo do jogo no estádio Superdome em Nova Orleans -- ao mesmo tempo em que foi acusado de ter causado um apagão na cidade --, e das milionárias propagandas exploradas cada vez mais pelas fabricantes de carros.

Para exibir um vídeo nos intervalos do Super Bowl, a rede de televisão CBS cobraUS$ 4 milhões (cerca de R$ 8 milhões) por espaços de 30 segundos. As marcas não se fazem de rogadas e abrem seus cofres não apenas para pagar a emissora, mas também para realizar produções que consigam atrair o público do jogo também durante o tempo em que a bola não rola -- tarefa ingrata, afinal o intervalo serve para que o torcedor saia da frente da TV para ir à cozinha, renovar o estoque de bebidas e petiscos, ou ao banheiro.
Quem mais abriu a mão foi a Mercedes-Benz, que gastou US$ 16 milhões (cerca de R$ 32 milhões) só com o espaço para seu comercial de quase 2 minutos, que divulga o novo CLA, sedã baseado na nova geração do Classe A e que é considerado um compacto premium nos Estados Unidos. A conta não inclui o cachê dos astros da propaganda, como o ator William Dafoe (no papel do diabo), a modelo local Kate Upton e o cantor de R&B Usher. Todos são coadjuvantes do jovem que busca todos os chavões atribuídos à posse do carro novo: fama, dinheiro e mulheres. O fato é que com pinta de esportivo e feito para fisgar o público jovem, o CLA vai custar menos de R$ 60 mil por lá. O charme do carro vale até um vídeo extra, que pergunta quem é mais sexy, o carro ou a modelo.
Na contra-mão, o grupo coreano Hyundai tratou de falar com a família americana com os comerciais de sua nova geração de SUVs -- o Hyundai Santa Fe, que chega com versões de cinco e sete lugares e cara de mau, e o Kia Sorento, com o qual os coreanos resolvem contar de onde vêm os bebês -- e do sedã Sonata Turbo, que não é lançamento, mas foi reforçado com motor 2.0 Turbo para aguentar a competição do novo Ford Fusion. Pelo mesmo caminho segue a Toyota com seu novo RAV4 e a atriz Kaley Cuoco, da série "Big Bang Theory", como um gênio que promete realizar os desejos da família ianque, inclusive o de tirar o estepe da tampa traseira do SUV.
A Audi também tenta assegurar seu espaço entre os consumidores americanos apelando à mãozinha da mãe para o filho formando: de S6, o garoto se sente confiante o suficiente para ter uma decisão ousada em seu baile. Por aqui, o alemão é carro de gente grande e custa pelo menos R$ 450 mil. Ousada também é a propaganda principal da Kia, que divulga o novo Cerato (Forte para o mercado norte-americano) num vídeo controverso e até violento -- o carro também chega ao Brasil este ano, mas numa comedida versão 1.6 flex de 128 cavalos (o mesmo motor do Hyundai HB20).
Como não é preciso ser bad-boy para gerar polêmica nos Estados Unidos, a Volkswagen conseguiu ser o centro das discussões com um vídeo totalmente "paz e amor", que embala o novo Fusca no ritmo do reggae, mas foi mal-visto por fazer isso usando atores brancos, de terno e gravata num escritório, em tom bem humorado.

QUANTO VALE O SHOW

  • Cheia de cifrões é também a premiação do Super Bowl: o jogador Joe Flacco, quarterback do Baltimore Ravens, foi eleito melhor jogador da partida (MVP) e recebeu o recém-lançado Chevrolet Corvette Stingray 2014. O esportivo só chega às lojas no final do ano e ainda não tem preço oficial definido -- em leilão, uma unidade semelhante foi arrematada por US$ 1,1 milhão.

Uma adolescente alemã a procura de um emprego foi direcionada, pelo Escritório de Trabalho de Augsburg, no sul da Alemanha, para trabalhar em um bordel. A prostituição é uma atividade legalizada e regularizada no país.

A garota de 19 anos contou nesta quarta-feira (6) ao jornal local Augsburger Allgemeine Zeitung que ficou horrorizada quando abriu uma carta referente à sua colocação no mercado de trabalho pelo órgão público, informando-a que seu perfil estava alinhado ao posto de garçonete no Coliseu Augsburg.


Dono do primeiro bordel legalizado dos EUA é eleito para cargo público5 fotos3 / 5
4.dez.2012 - Garotas que trabalham no bordel Rancho Mustang em Sparks, Nevada (EUA). Lance Gilman, o proprietário do local, vai ocupar uma cadeira no Conselho de Comissários do condado de Storey



Ativistas do Femen protestam contra exploração sexual e prostituição17 fotos1 / 17
25.jan.2013 - Ativistas do Femen, grupo feminista de origem ucraniana, seguram tochas como protesto contra a prostituição no distrito de Herbertstrasse, em Hamburgo, no norte de Alemanha

A USP (Universidade de São Paulo) aparece em 19° lugar em ranking de universidades do mundo mais citadas na internet. O Ranking Web of Universities ou Webometrics, divulgado pelo Conselho Superior de Pesquisas Científicas, traz 500 universidades.

O levantamento é baseado no impacto que as publicações científicas das instituições de ensino têm na internet. Entre as 500 instituições listadas, aparecem 12 brasileiras, todas são públicas, sendo nove federais e três estaduais.

As dez primeiras posições são ocupadas por universidades norte-americanas, estando a Universidade de Harvard na liderança.

Além da USP, a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) em 129º, a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em 177º lugar e a UnB (Universidade de Brasília), na posição 181. A UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) está em 205º, a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), em 241º, a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), em 254º, a Unesp (Universidade Estadual Paulista), em 294º, a UFF (Universidade Federal Fluminense), em 312º, a UFPR (Universidade Federal do Paraná), em 364º, a UFBA (Universidade Federal da Bahia), em 444°, e a UFC (Universidade Federal do Ceará), na posição 482.

O levantamento avalia as universidades quanto a qualidade do conteúdo publicado, levando em consideração as citações externas ao domínio da página universitária em que a publicação aparece. Além disso, os centros de ensino são avaliados quanto a presença --o número total de páginas hospedadas no domínio da universidade; abertura de arquivos anexados (.pdf, .doc, .docx, .ppt) disponíveis em sites relacionados; e excelência - trabalhos acadêmicos presentes em grandes publicações internacionais.


Pesquisa

A pesquisa é divulgada semestralmente desde 2004. O objetivo, de acordo com o site da divulgação, é motivar as universidades a aumentarem a presença na internet. "Caso a performance da instituição estiver abaixo da posição esperada de acordo com a excelência acadêmica que tem, as autoridades deveriam reconsiderar a política na rede e promover um aumento no volume e na qualidade das publicações eletrônicas", informa a metodologia do levantamento.

* Com informações da Agência Brasil



Conheça as 10 melhores universidades latino-americanas segundo o ranking da QS10 fotos1 / 10
1ª posição: USP (Universidade de São Paulo), Brasil 

José Luiz Datena (Band) já pagou metade dos R$ 20 milhões relativos às multas contratuais exigidas pela Record na Justiça.

A emissora exigia quase R$ 50 milhões do apresentador, que deixou a rede antes do fim do contrato em duas ocasiões: 2003 e 2011.

O acordo entre as partes foi fechado no final de 2012, por iniciativa do âncora.

Ele está quitando o montante com dinheiro e imóveis, como um apartamento em Higienópolis (zona central de SP) e uma casa no Guarujá (litoral paulista).

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta quinta-feira (7).

Divulgação/Band
José Luiz Datena no programa "Brasil Urgente"

Além dos três novos episódios, estúdio quer lançar histórias focadas em personagens menores da série



O presidente e diretor-executivo da Walt Disney Company, Bob Iger, confirmou que o estúdio tem planos bem mais ambiciosos para o universo de Star Wars, em um enorme projeto que vai além dos três novos episódios prometidos.

Arquivo RS: em 1983, George Lucas estava às voltas com O Retorno de Jedi, desfecho da primeira trilogia Star Wars. Ele já se preocupava com o futuro da saga e como aproveitaria o tempo livre quando deixasse essa história para trás.

Iger disse, em entrevista à CNBC, que gostaria de aproveitar a chance para acabar com os boatos a respeito das novidades sobre a franquia criada por George Lucas e cujos direitos foram adquiridos pela Disney ao comprar a Lucasfilm por US$ 40,5 bilhões, em outubro de 2012.

"Tem havido especulações sobre filmes derivados que estariam em desenvolvimento e eu gostaria de confirmar que, de fato, estramos trabalhando em alguns deles", disse Iger. Ele afirma que Larry Kasdan, roteirista de Episódio V: O Império Contra-Ataca (1980) e Episódio VI - O Retorno do Jedi(1983), e o produtor Simon Kinberg, de X-Men: Primeira Classe, estão "trabalhando em filmes de personagens que não fazem parte da saga completa de Star Wars".

O primeiro desta nova leva de filmes, Episódio VII, tem previsão de estreia para 2015 e será dirigido por J.J. Abrams. "Nós ainda prevemos fazer os filmes VII, VIII e IX, ao longo de seis anos, começando em 2015", completou Iger. "Mas alguns outros também serão lançados neste período."

O presidente do estúdio, contudo, não confirmou a forte especulação de que o primeiro longa derivado será baseado no personagem Mestre Yoda, pequenino, orelhudo e verde Jedi, como havia sido noticiado pelo site AICN. Já George Lucas, que agora trabalha como consultor, teria sugerido uma produção sobre o criminoso Jabba The Hutt.


Um grupo de adolescentes estava jogando 'Call of Duty'
Foto: Reprodução

Policiais suecos invadiram uma casa onde vários adolescentes jogavam Call of Duty em Estocolmo, na Suécia, no último sábado (26), após a chamada de uma pessoa que ouviu tiros e gritos pedindo ajuda. As informações são do site UPI.

De acordo com a agência de notícias sueca TT, pedestres que passavam próximo ao apartamento ouviram barulhos que, na verdade, eram do personagem do jogo, que foi baleado várias vezes e gritava por socorro. Na sequência, as autoridades foram acionadas e mandaram 10 policiais ao local, que forçaram os jovens a saírem da casa.

Já fora do apartamento, tudo foi esclarecido e a polícia deixou o local, sem realizar nenhum registro ou detenção.



Britânica afirma que problema foi causado por uma lente de contato
Foto: The Sun / Reprodução

Uma britânica de 42 anos afirma que perdeu um olho devido a um fungo em uma lente de contato. Jacqueline Stone comprou lentes descartáveis pela internet e diz que elas causaram uma rara infecção. As informações são do site do jornal britânico The Sun.

A britânica, moradora da região de Essex, diz que usou uma vez as lentes e se sentiu desconfortável com elas. "Quando eu fui tirá-las, a esquerda ficou presa no meu olho", conta. Ela foi a um médico, que lhe deu algumas gotas de colírio. Dois dias depois, a mulher voltou ao hospital, já que ainda sentia desconforto no olho - e novamente recebeu apenas um colírio.

"Uma bolha branca de pus começou a se formar sob a minha pupila e estourou, se espalhando pelo meu olho", diz Jacqueline, que é professora de matemática. "Eu comecei a gritar. Meu filho de 15 anos chamou uma ambulância e eu recebi morfina, mas isso não acabou com a dor. Eu dei à luz duas vezes e nada se compara a isso."

Foi somente em outro hospital que Jacqueline diagnosticada com uma infecção com um fungo Fusarium - segundo os Centros de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês), esse tipo de problema é muito raro. Boa parte do olho foi destruída pela infecção, incluindo 70 nervos. Ela teve que tomar remédios fortes, que causaram vômito e até hemorragia interna.

Ela passou por 22 operações, mas os médicos acabaram por remover o olho. "Ele poderia ter me matado. Agora eu temo que o fungo volte se eu ficar doente", diz. A professora agora processa a fabricante da lente (Alcon EyeCare) e os hospitais que a atenderam e não identificaram o problema - de Broomfield e o Moorfields.

A empresa diz que investigou o caso e não achou conexão entre a infecção e o uso da lente. O Moorfields disse que vai revisar o atendimento prestado, enquanto o outro hospital afirmou que coopera com a investigação.


O presidente do Instituto Campus Party, Bruno Souza, e o diretor-geral da Campus Party Brasil, Mario Teza, comandam o encerramento da festa
Foto: Reprodução

DÉBORAH SALVES E ISMAEL CARDOSO

A sexta edição da Campus Party Brasil encerrou oficialmente na noite deste sábado com o recorde de participantes e atividades. A cerimônia no palco principal do Anhembi Parque, casa da sede neste ano, foi descontraída, com brincadeiras com participantes, palavrão e muito "uooo".

Mário Teza, presidente da edição brasileira, e Bruno Souza, presidente do Instituto Campus Party, citara, o recorde de 7.631 campuseiros de todas das 27 unidades federativas, além de mais de 20 países. Foram 5,5 mil participantes acampados, e um investimento de R$ 22 milhões. Ao todo, 400 atividades somaram mais de 500 horas de conteúdo nos sete dias da maior festa geek do planeta neste ano também foi a maior da história do evento no País.

Teza reforçou a importância de os campuseiros darem suas sugestões para a organização, e citou os palestrantes Buzz Aldrin, astronauta que pisou na Lua, e Nolan Bushnell, criador do Atari, foram escolhidos a partir das opiniões dos participantes. As sugestões para 2014 e para a Campus Party Recife - confirmada para julho deste ano na capital pernambucana - são enviadas no formulário de inscrição deste ano.

A cerimônia de encerramento da festa em São Paulo também teve premiações de concursos realizados durante a sexta Campus Party Brasil. O jogo de ping pong com smartphone premiou a dupla vencedora com dois iPhones 4S, por exemplo, e o do Firefox OS deu, além de smartphones, uma entrevista de emprego no Facebook para o criador do aplicativo que foi 1º lugar. Houve também prêmios em dinheiro e oportunidades de treinamento profissional na área de empreendedorismo.

Ao final, um rapper americano do projeto Music Changing Lives se apresentou com show de música. A primeira canção ele dedicou às vítimas da tragédia em Santa Maria (RS), no dia 27, quando 231 pessoas morreram em um incêndio em uma boate. Enquanto cantava o refrão "Deus do céu, por favor, lembre-se do meu nome", o telão do palco principal exibia os nomes das vítimas e imagens de canais de TV mostrando o trabalho de resgate no último domingo.

Campus Party Brasil 2013


A sexta edição da Campus Party Brasil, uma das maiores festas de inovação, tecnologia e cultura digital do mundo, acontece entre 28 de janeiro e 3 de fevereiro no Anhembi Parque, em São Paulo. Na Arena do evento, 8 mil pessoas têm acesso à internet de alta velocidade e a mais de 500 horas de palestras, oficinas e workshops em 18 temáticas, que vão desde mídias sociais e empreendedorismo até robótica e biotecnologia. Cinco mil desses campuseiros passam a semana acampados no local.

A 6ª edição traz ao Brasil nomes como o astronauta Buzz Aldrin, um dos primeiros homens a pisar na Lua, e o fundador da Atari, Nolan Bushnell. Em sua sexta edição em São Paulo, a Campus Party também teve no ano passado a primeira edição em Recife (PE). O evento acontece ainda em países como Colômbia, Estados Unidos, México, Equador e Espanha, onde nasceu em 1997.

Nas edições brasileiras anteriores, o evento trouxe ao País nomes como Tim Berners-Lee, o criador da Web; Kevin Mitnick, um dos mais famosos hackers do mundo; Al Gore, ex-vice-presidente dos Estados Unidos; Steve Wozniak, que fundou a Apple ao lado de Steve Jobs; e Kul Wadhwa, diretor-geral da fundação Wikimedia,que mantém a Wikipédia.


A mulher que teve o couro cabeludo arrancado quando andava de kart no Beto Carreiro World, em Penha (SC), na manhã de sábado, passou por uma cirurgia durante a noite de ontem e foi encaminhada ao CTI, de acordo com informações da assessoria de imprensa do parque. Segundo a assessoria, o último boletim médico do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, para onde Fernanda Breyer, 22 anos, foi levada, diz que a cirurgia foi bem sucedida, mas o quadro da paciente é grave.

Fernanda se acidentou depois que parte do seu cabelo se enroscou no motor do kart. A assessoria afirmou que foram seguidos todos os procedimentos de segurança para evitar o acidente e que antes de andarem no kart as pessoas assistem a um vídeo de orientação.

A polícia fez perícia no local para determinar as causas do acidente. Os médicos do parque fizeram o atendimento inicial e a ambulância do Beto Carreiro encaminhou a jovem ao hospital. Por meio da assessoria, o parque afirmou que sente muito pelo ocorrido e que está prestando todo o auxílio necessário à vítima e aos seus familiares.

Já pensou em Daniel Day-Lewis (embaixo, à esq), de "Lincoln", concorrendo ao Oscar de melhor ator com Jessica Chastain (em cima, segunda da esq para a dir.), de "Na Hora Mais Escura"


  • Já pensou em Daniel Day-Lewis (embaixo, à esq), de "Lincoln", concorrendo ao Oscar de melhor ator com Jessica Chastain (em cima, segunda da esq para a dir.), de "Na Hora Mais Escura"
Será que Meryl Streep, Anne Hathaway e Helen Mirren realmente precisam de uma categoria apenas para mulheres –um tipo singular de ação afirmativa– para conquistar um dos acessórios favoritos de Hollywood, um Oscar, um Emmy ou um troféu do Sindicato dos Atores?
Em uma sociedade que se inclina constantemente para a neutralidade de gênero, os prêmios "separados mais iguais" que dividem os atores em um campo e as atrizes em outro têm um cheiro de anacronismo mofado.
É verdade, a Associação para Mulheres na Ciência dá prêmios para encorajar o sucesso das mulheres em campos dominados pelo homem. Mas para marcar feitos duradouros, será que seus membros pensariam em um Prêmio Nobel de Física das Mulheres?
Em disputas de intelecto ou arte, será que gênero importa?
"Não envolve força da parte superior do corpo", observou secamente Gloria Steinem sobre as exigências para representar.
A separação de atores e atrizes está perdendo espaço na indústria. As atrizes frequentemente afastam a distinção ao chamarem a si mesmas de "atores", permanecendo ombro a ombro com seus pares masculinos.
Afinal, as recepcionistas há muito deixaram de existir nos salas de espera dos cinemas. E as autoridades de Defesa disseram recentemente que o Pentágono eliminará a proibição de mulheres em combate.
Getty Images
Há muita concorrência na vida e eu acho que somos diferentes... As mulheres certamente estão em desvantagem quando se trata de volume.
Naomi Watts, indicada ao Oscar por "O Impossível"
O Sindicato dos Atores pende para a neutralidade com seu troféu chamado o Ator, apesar de separar as honras de melhor interpretação por um ator masculino e um ator feminino.
Isso abre a porta, mas apenas levemente. Escancarem a porta para que a interpretação majestosa de Daniel Day-Lewis em "Lincoln" e a acerada de Jessica Chastain em "Na Hora Mais Escura" disputem o grande prêmio!
"É uma ótima ideia", disse Mark Andrews, o roteirista-diretor do desenho animado "Valente". "No final, todos nós somos contadores de histórias e eu não acho que, quando definimos um personagem, o gênero seja um grande fator definidor."
Em todos os outros campos premiáveis, incluindo direção, roteiro ou fotografia, todo mundo, homens e mulheres, o disputam, disse Andrews.
Isso poderia ser um progresso na teoria para os intérpretes, mas não na prática, segundo Sally Field, indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante por "Lincoln". "Se fizerem isso, não haverá mais atrizes lá (no palco)", ela disse. O percentual de papéis é muito maior para os atores. Sempre foi assim."
Naomi Watts, a indicada ao Oscar de melhor atriz por "O Impossível", concorda. "Há muita concorrência na vida e eu acho que somos diferentes", ela disse. "Sim, nós devemos ter as mesmas coisas o máximo possível (...) (mas) a vida já é uma batalha e há muitos bons papéis escritos para homens. As mulheres certamente estão em desvantagem quando se trata de volume."
A rapper Nicki Minaj, que está considerando lançar uma carreira de atriz, tem uma posição pragmática a respeito do assunto. "Você vê todas aquelas divas na plateia parecendo tão bonitas, e todas elas querem vencer umas às outras", ela disse. "É entretenimento."
Hathaway, na disputa do prêmio de atriz coadjuvante no Oscar por "Os Miseráveis", considera a divisão de gênero "uma questão incrível digna de um debate incrível". "Será que posso conceber um mundo onde representação seja um conceito sem gênero? Absolutamente. Se eu acho que acontecerá tão cedo? Não", ela disse.
Como Field apontou, o principal desafio é que as mulheres têm menos papéis de peso do que os homens. Ironicamente, isso é obscurecido pela paridade artificial no palco a cada ano, nos shows de premiação. Cinco mulheres disputam, cinco homens disputam, dois vencedores são coroados.
Getty Images
Será que posso conceber um mundo onde representação seja um conceito sem gênero? Absolutamente. Se eu acho que acontecerá tão cedo? Não.
Anne Hathaway, disputa prêmio de atriz coadjuvante no Oscar por "Os Miseráveis"
Então, qual é o problema? Uma checagem rápida dos números deixa claro: as mulheres corresponderam a um terço dos personagens nas 100 maiores bilheterias em 2011, segundo o Centro para o Estudo das Mulheres na Televisão e no Cinema, da Universidade Estadual de San Diego, na Califórnia.
Isso, apesar das mulheres corresponderem a mais da metade da população americana e, segundo a pesquisa anterior do centro, o resultado não é uma anomalia.
Nesse contexto, a líder feminista Steinem vê uma razão legítima para a manutenção dos prêmios de representação separados. Quando dois grupos desiguais são combinados, é o menos poderoso que perde, ela disse, assim como a dessegregação nas escolas americanas no século 20 levou a demissões em massa de diretores e administradores negros.
Tom O’Neil, editor do site de previsão de premiações "Gold Derby", disse que forças poderosas estão posicionadas contra quaisquer mudanças em Hollywood. Os shows de premiação tentam rotineiramente adicionar categorias movidas por celebridades, não eliminá-las, para aumentar o quociente de "glamour" do show, ele disse, assim como para mascarar o tratamento desigual da indústria às mulheres. "É criminoso", concluiu sem rodeios.
Nos bastidores das categorias de cinema e TV nas quais os sexos competem, as mulheres raramente sobem ao palco nas cerimônias de premiação. O Oscar começou em 1929, mas foi apenas em 2010 que a primeira mulher, Kathryn Bigelow, foi premiada como melhor diretora (por "Guerra ao Terror"). As estatísticas novamente deixam as coisas claras: as mulheres foram responsáveis por magros 9% dos diretores das maiores bilheterias de 2012, apontou um novo estudo da Universidade Estadual de San Diego.
Vamos dar a Sally Field, ganhadora do Oscar em duas ocasiões, a palavra final no debate. As atrizes "devem estar em uma categoria a parte porque elas SÃO uma categoria a parte", ela disse. "Elas enfrentam dificuldades próprias específicas para sobreviver neste negócio que os atores, que sejam abençoados, não enfrentam."
(Sandy Cohen e Anthony McCartney, redatores de entretenimento da "AP", contribuíram com reportagem)
Tradutor: George El Khouri Andolfato

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

الاسم

بريد إلكتروني *

رسالة *

يتم التشغيل بواسطة Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget