Arqueólogos descobrem cidade citada na Bíblia

Um portão enorme descoberto em Israel pode ter marcado a entrada de uma cidade bíblica que, no seu auge, era a maior metrópole da região.

A cidade, chamada Gate, foi ocupada até o século IX aC. Em relatos bíblicos, os filisteus – os inimigos mortais dos israelitas – governavam a cidade. O Antigo Testamento também descreve Gate como a casa de Golias, o guerreiro gigante a quem o rei israelita David derrubou com um estilingue.

As novas descobertas revelam o quão impressionante a antiga cidade filistéia era, disse o principal arqueólogo da escavação atual, Aren Maeir, da Universidade Bar-Ilan, em Israel.

“Sabíamos que Gate, do século X para o IX [BC] era uma grande cidade, talvez a maior naquela época”, disse Maeir ao LiveScience em um email. “Estas fortificações monumentais salientam o quão grande e poderosa esta cidade era.”

Local antigo
Os portões foram descobertos em Tell es-Safi, que foi ocupada quase continuamente por cerca de 5.000 anos até uma aldeia árabe no local deixá-la em 1948, disse Maeir. Embora os arqueólogos venham escavando o local desde 1899, não foi até as últimas décadas que eles perceberam o quão grande os remanescentes da Idade do Ferro realmente eram.

Tanto o tamanho impressionante do local quanto os relatos bíblicos sugerem aos estudiosos que o sítio é a histórica cidade de Gate, que foi governada pelos filisteus, que viviam ao lado dos reinos judeus de Judá e Israel.

A equipe estava cavando trincheiras para procurar fortificações da antiga cidade quando encontraram a superfície superior de um portão monumental e fortificações. Como as paredes restantes eram muito maciças, pode demorar vários anos para descobri-las totalmente, disse Maeir. Até agora, apenas a superfície superior das estruturas são visíveis, mas com base no tamanho e forma das pedras utilizadas para formá-las, as paredes da cidade devem ter sido bastante grandes. As poderosas fortificações teriam formado uma fronteira bastante imponente que impediu o Reino de Judá de se expandir para o oeste, acrescentou.

A equipe também descobriu ferragens e um templo filisteu perto do portão monumental, com algumas cerâmicas e outros achados tipicamente associados com a cultura filistéia. Embora a cerâmica representa um estilo distintivo filisteu, ela também mostra elementos da técnica israelita, sugerindo que as culturas influenciavam umas outras as outras.

“Isso reflete as intensas ligações que existiam entre os filisteus e os seus vizinhos”, disse Maeir. Embora os filisteus eram muitas vezes vistos como os inimigos absolutos dos israelitas, na realidade, a relação era muito mais complexa.” [LiveScience]

agosto 04, 2015
Assunto Da Matéria >>
Sua Opinião:

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget