يوليو 2015

Fã que é fã sempre encontra algum jeito de homenagem o seu ídolo. Algumas vezes eles cometem muitas loucuras, mas uma moda que é muito comum entre esses admiradores é de fazer tatuagem. Às vezes é uma letra de música, outras, é a própria cara do cantor. Recentemente, Miley Cyrus disse detestar as tattoos feitas por um admirador. De fato, se não for um trabalho bem feito, as chaces de ficar ruim são bem grandes. Contrariando o que a Miley acha, o Purebreak selecionou 18 tatuagens feitas por fãs que deram certo!

Mas os ídolos também fazem bastante pelo seu público, Taylor Swift provou isso quando fez uma doação de US$ 50 mil para uma fã com cancêr. Depois desse gesto, fazer um desenho na pele não é praticamente nada, né? Rihanna também é outra que inspira, assim como a musa serve de basa para um desenho, as suas próprias tatuagens, são copiadas pelos fãs. A cantora sempre inova na arte, por isso ela tem tanta influência entre os que a admiram.

Os famosos que já gostam de se tatuar e enchem o corpo de desenhos, acabam estimulando o seu público-alvo a fazer também. Mas cuidado, se até os artistas se arrependem dos rabiscos que fazem, é bom pensar bem antes de fazer uma dessas homenagens aí.
Miley Cyrus 

Rihanna 

Taylor Swift? referência a "Bad Blood"

Katy Perry 

Lady Gaga 

Nicki Minaj 

Ariana Grande 

Justin Bieber 

Madonna! 

Kanye West 

Kim Kardashian 

Ed Sheeran 

Amy Winehouse

Jay-Z

Beyoncé

Harry Styles, do One Direction

Britney Spears 

Scarlett Johansson

Lua Azul é observada no mundo 

O fenômeno conhecido como "Lua azul", que ocorre a cada 2,5 anos, foi visto em diversas partes do mundo.

Uma vez a cada dois ou três anos é possível ver uma lua azul no céu. Na sexta-feira, ela poderá ser vista. Não é de cor azul e não é um fenômeno astronômico extraordinário. É simplesmente uma expressão utilizada para denominar o segundo plenilúnio do satélite – cujo ciclo é de 29 dias – dentro de um mesmo mês, segundo informa a NASA em seu site. A última vez foi em 31 de agosto de 2012 e próxima, depois de sexta-feira, será em janeiro de 2018. Algumas páginas da Internet colocaram buscadores e calculadoras para saber quando o fenômeno voltará a acontecer nos próximos anos.

Além do termo popular, entretanto, em algumas ocasiões a cor da lua efetivamente fica azul. Segundo a NASA, isso acontece em ocasiões muito raras, por efeito da poeira, cinza e fumaça na atmosfera por conta de grandes erupções vulcânicas e incêndios florestais como em 1883 quando o vulcão Krakatoa explodiu na Indonésia. Há quem afirme que esse fenômeno incomum é a causa da frase “Once in a blue moon”, utilizada para descrever eventos raros ou pouco comuns.

Também é raro ver a lua de cor vermelha. O fenômeno acontece quando o satélite aparece muito baixo sobre o horizonte. A atmosfera está cheia de aerossóis (partículas suspensas de um gás) que dispersam a luz azul e avermelham a lua.

Muitos não podem ouvir a expressão sem lembrar-se de uma melodia. Blue Moon também é uma canção norte-americana de Richard Rodgers e Lorenz Hart, uma das músicas com maior quantidade de versões da história por intérpretes como Frank Sinatra e Elvis Presley.

A demanda de informação relacionada a esse assunto disparou nas buscas do Google desde quarta-feira no mundo inteiro. Na Espanha e em outros países os termos “lua azul” e “blue moon” se transformaram em uma das tendências da sexta-feira, como pode ser visto nesse gráfico gerado pelo Google Trends.

A “lua azul” também é tema frequente de conversas no Twitter e em outras redes sociais. Alguns internautas mostram sua ansiedade pelo “espetáculo celestial” que se aproxima. Mas, apesar de ser sempre bonito admirar a lua cheia no firmamento, dessa vez o satélite não mudará de cor.

Lua azul é vista em Loosely Row, ao sul da Inglaterra

A Lua aparece atrás de uma antena em Istambul, na Turquia

A Lua Azul é vista nas Filipinas 

Uma menina é vista em um parque de diversões com a Lua ao fundo em Kansas City, EUA

Imagem da Lua cheia no Egito

A Lua nas Filipinas 

Lua cheia em Glastonbury, Reino Unido 

Lua é vista perto da Estátua da Liberdade, em NY (EUA)

Nesta sexta-feira, o criador do Facebook Mark Zuckerbeg anunciou que ele e sua esposa, Priscilla Chan, estão esperando uma filha. Em um post na rede social em que mostrou uma foto junto de Priscilla e seu cachorro Beast, o CEO disse que, no ultrassom, a menina fez um sinal para cima com o polegar – fazendo referência ao símbolo de “curtida” do Facebook.

No relato, Zuckerberg contou que Priscilla já havia perdido três bebês anteriormente por conta de abortos espontâneos. “Você se sente tão esperançoso quando sabe que terá um filho. Você começar a fazer planos, e então eles se vão. É uma experiência solitária”, disse.

Ele aproveitou o espaço para defender que as pessoas discutam mais sobre esses assuntos na rede para que não se sintam sozinhas. “No mundo aberto e conectado de hoje, discutir estas questões não nos distancia; nos une. Isso cria compreensão e tolerância, e nos dá esperança”, afirmou o CEO.

Zuckerberg também disse que, na atual gravidez de Priscilla, o risco maior de aborto espontâneo já passou e que mãe e filha estão saudáveis. “Eu estou extremamente animado para conhecê-la e nosso cão Beast não faz ideia do que está por vir. Em nosso ultrassom ela até mostrou um polegar para cima, então já estou convencido de que ela puxou a mim”, disse.

Leia a carta completa (em tradução livre) abaixo: 

"Priscilla e eu temos uma notícia emocionante: nós estamos esperando um bebé!Este será um novo capítulo em nossas vidas. Já nos sentimos muito gratos por ter a oportunidade de tocar a vida das pessoas ao redor do mundo - Cilla como médica e educadora, e eu através desta comunidade e da filantropia. Agora vamos nos concentrar em fazer do mundo um lugar melhor para o nosso filho e a próxima geração.

© Fornecido por Info

Queremos compartilhar uma experiência para começar. Estávamos tentando ter um filho há dois de anos e tivemos três abortos ao longo do caminho. Você se sente tão esperançoso quando descobre que vai ter um filho. Você começa a imaginar quem ele se tornará e sonha com esperanças para seu futuro. Você começa a fazer planos, e então eles se vão. É uma experiência solitária. A maioria das pessoas não discute abortos porque se preocupa com o fato de que os problemas podem distanciá-lo ou fazerem refletir sobre si – como se você tivesse um defeito ou tivesse feito alguma coisa para causar isso. Então você luta sozinho.

No mundo aberto e conectado de hoje, discutir estas questões não nos distancia: nos une. Cria compreensão e tolerância e isso nos dá esperança. Quando começamos a falar com nossos amigos, percebemos a frequência com que isso acontece – e soubemos que muitas pessoas conhecidas tiveram problemas semelhantes e que quase todos tiveram filhos saudáveis ​​depois disso.

Esperamos que compartilhar nossa experiência dê a mais pessoas a mesma esperança, sentimos que isso vai ajudar mais pessoas a se sentirem confortáveis ​​compartilhando suas histórias também. Nossa boa notícia é que a chance de perda em nossa gravidez agora é muito baixa e estamos muito esperançosos.

Cilla e nossa filha estão saudáveis, estou extremamente animado para conhecê-la e nosso cão Beast não faz ideia do que está por vir. Em nosso ultrassom ela até mostrou um polegar para cima, então já estou convencido de que ela puxou a mim.

Estamos ansiosos para recebê-la no mundo e compartilhar mais em breve, quando ela estiver pronta para sair e conhecer a todos!"

Apesar de não ter vida, o HD 219134b pode ser uma chance para entendermos a formação dos planetas e sistemas solares

Astrônomos anunciaram a descoberta do planeta rochoso mais próximo do sistema solar já encontrado. Conhecido como HD 219134b, o planeta orbita uma estrela que está a “apenas” 21 anos luz distante da Terra, sendo classificado pela Nasa como "uma potencial mina de ouro para dados científicos."

Encontrado pelo telescópio Spitzer, o novo planeta provavelmente não deve abrigar vida, pelo menos na forma como a conhecemos. Ele é 1,6 vezes maior do que a Terra e possui quase quatro vezes mais massa. Além disso, sua órbita de três dias está próxima demais de sua estrela hospedeira para que exista água na forma líquida.

Conhecidos como super-Terras, planetas como esse estão por todos os cantos da galáxia, mas a ciência ainda não sabe muito sobre eles. O HD 219134b pode ser uma chance para os astrônomos entenderem melhor a formação dos planetas e sistemas solares em geral.

A descoberta, anunciada na quinta-feira (30), acontece uma semana depois de a Nasa anunciar ter encontrado o exoplaneta apelidado pelos astrônomos como “Terra 2.0”. O Kepler-452b foi descoberto por outro telescópio da Nasa, o Kepler, e é muito mais parecido com a Terra do que o HD 219134b, já que tem uma órbita de pouco mais de um ano e está na zona habitável de sua estrela hospedeira.

Mas o HD 219134b está muito mais perto da Terra do que o Kepler-452b, que está a 1 400 anos luz de distância de nós. "Ele pode ser considerado a Pedra de Roseta para o estudo das super-Terras", afirma Michael Gillon, cientista-chefe do telescópio Spitzer. Descoberta por franceses em 1799, a Pedra de Roseta é considerada o fragmento essencial para a compreensão moderna dos hieróglifos do Egito Antigo.

A partir de agora, os cientistas irão direcionar telescópios em terra e no espaço para o HD 219134b, para conseguir mais informações sobre ele. O planeta também poderá ser estudado com mais detalhes pelo Telescópio Espacial James Webb, que será lançado em 2018. Segundo Michael Werner, projetista da missão, o HD 219134b "será um dos exoplanetas mais estudados nas próximas décadas."

Os astrônomos também descobriram que existem outros três planetas no mesmo sistema solar onde está o HD 219134b. Dois deles são muito menores e têm órbitas próximas da estrela hospedeira. O quarto planeta no sistema é gigantesco, com 62 vezes a massa da Terra, e demora 1 190 dias para completar sua translação.

Fonte: Nasa

(Foto: Reprodução)

Um levantamento inédito que classificou as cidades mais inteligentes do Brasil concluiu que o Rio de Janeiro é o modelo a ser seguido no país.

Batizado de Ranking Connected Smart Cities, o estudo foi realizado pela Urban Systems em parceria com a Sator. Eles analisaram várias publicações nacionais e internacionais em 2014 para cruzar dados e determinar quais são os municípios mais inteligentes.

O Rio conquistou a ponta com 29,99 pontos de 63 possíveis e se destacou ainda nas áreas de tecnologia e inovação (1º), economia (1º), empreendedorismo (2º), mobilidade (3º), meio ambiente (7º), educação (9º) e saúde (14º).

O segundo lugar do ranking geral ficou com São Paulo, destaque também em mobilidade (1º), tecnologia e inovação (3º), governança (5º), meio ambiente (5º), economia (7º), urbanismo (9º), segurança (18º), educação (28º), empreendedorismo (28º) e saúde (29º).

O top 3 fecha com Belo Horizonte (MG). Depois aparecem Brasília (DF), Curitiba (PR), São Caetano do Sul (SP), Vitória (ES), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS) e Recife (PE).

Vários fatores foram levados em conta para a construção do ranking, que analisou mais de 700 cidades e possui 70 indicadores separados por áreas. Em tecnologia e inovação, por exemplo, foram observados quantidade de domicílios com internet, conexões de banda larga, cobertura 4G e programas públicos de acesso.

Para o presidente da Urban Systems, Thomaz Assumpção, o estudo servirá para que os poderes público e privado despertem novas formas de enxergar as cidades. “É preciso que representantes tenham consciência dos investimentos e aprimoramentos que devem ser realizados nas diversas áreas mapeadas.”

Banda liderada pelo vocalista Adam Levine desembarca no país em março de 2016, competindo com o Coldplay
Maroon 5 volta ao país com turnê do disco V. Foto: Divulgação

Mais uma negociação para enlouquecer quem curte pop rock. Além do Coldplay, anunciado pelo Viver há pouco mais de uma semana, quem se apresenta no Brasil em março é a banda norte-americana Maroon 5. A informação é do jornalista José Norberto Flesch, conhecido por antecipar shows internacionais no país. Segundo ele, as datas, que serão divulgadas em breve, incluem até uma passagem por cidades do Nordeste.

A agenda oficial da banda mostra shows até dezembro deste ano. Ainda segundo Flesch, a turnê será extensa, passando por ao menos quatro regiões do país. Vale lembrar que, em abril, também acontece o festival Lollapalooza Brasil, que terá atrações como Mumford & Sons, Alabama Shakes e Noel Gallagher's High Flying Birds. Para os fãs, o jeito é mesmo guardar dinheiro.

O Maroon 5 vem ao Brasil com a turnê do disco V, com hits como Sugar e Animals. A última vez da banda no país foi em 2012, em shows do disco Overexposed.

O Coldplay, que também se apresenta em março, era uma das bandas mais aguardadas pelo público brasileiro. Vale lembrar que eles tinham shows marcados em 2013, que foram cancelados sem nova data. Eles divulgam o disco A Head Full of Dreams, que deve ser lançado ainda neste ano. O vocalista Chris Martin chegou a afirmar que o álbum pode ser o último da banda.

Confira Maroon 5 com Animals:

Pesquisadores descobriram um material que pode quebrar o recorde de maior temperatura de derretimento para qualquer substância já encontrada pela humanidade.

A equipe de engenheiros da Universidade Brown, nos Estados Unidos, descobriu que um composto resultante da combinação das quantidades corretas de háfnio, nitrogênio e carbono poderia suportar temperaturas até 4 400 graus Kelvin, que correspondem a quase 4 126 graus Celsius.

Esta temperatura é equivalente a 66% da temperatura da superfície do Sol, além de ser superior à temperatura do centro da Terra (4 300 Kelvins). Sim: o material encontrado pelos cientistas não derreteria no núcleo terrestre.


A equipe descobriu o HfN0.38C0.51 por meio de uma série de simulações feitas em computador, que revelaram o ponto ideal de derretimento de cada um dos compostos isolados em nível atômico.

Segundo a Universidade Brown, "o estudo poderá inspirar a fabricação de novos materiais de alto desempenho para uma série de usos, desde revestimentos para turbinas a gás até escudos térmicos de aeronaves de alta velocidade."

Mas ainda não está claro se o composto poderá ser transformado em um material útil no futuro. Para descobrir isso, os cientistas estão sintetizando o material e o testando em laboratório.


Cientistas detectaram uma poderosa aurora brilhante na atmosfera de um corpo celeste conhecido como anã marrom, alguns anos-luz distante de nosso sistema solar. A descoberta sugere que, pelo menos no que se refere ao comportamento de seus campos magnéticos, as anãs marrons – objetos intermediários entre planetas e estrelas – são mais parecidos com a Terra do que com o Sol.

Mais importante: a detecção de auroras em anãs marrons pode ter consequências na busca por planetas habitáveis fora de nosso sistema solar, os exoplanetas. “Isso mostra que podemos começar a procurar por esse tipo de atividade em planetas”, afirma o astrônomo Gregg Hallinan, professor do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) e um dos autores do estudo, publicado na edição desta quarta-feira (29) da revista Nature.

Estrelas têm campos magnéticos. Nosso Sol, por exemplo, produz erupções e explosões que espalham uma radiação conhecida como “vento solar” pelo espaço, atrapalhando o funcionamento de aparelhos eletrônicos na Terra e ameaçando a saúde de viajantes espaciais.

Os planetas também têm campos magnéticos, que funcionam como escudo contra o vento solar. O campo magnético redireciona essa radiação do Sol para os polos, onde ela reage com os átomos de oxigênio da atmosfera, criando a aurora nos céus das regiões próximas dos polos sul e norte.

Os caçadores de exoplanetas costumam dizer que o planeta habitável perfeito está na distância certa de sua estrela, para que exista nele água líquida em sua superfície. Outro pré-requisito para vida é a existência de um campo magnético que proteja o planeta da radiação solar. Encontrar um exoplaneta com uma aurora seria uma boa indicação de que esse planeta está protegido e, portanto, é habitável.

Em 2001, astrônomos descobriram que anãs marrons emitiam sinais de rádio, e incialmente achavam que elas faziam isso de forma parecida com uma estrela. Mas, cinco anos depois, o próprio Hallinan descobriu que as anãs marrons enviavam seus sinais de rádio em pulsos, como planetas com campos magnéticos.

Isso fez com que o astrônomo da Caltech e seus colegas desenvolvessem uma forma de treinar telescópios a rádio para buscar uma anã marrom com uma aurora em ação. Eles encontraram a LSR J1835 + 3259, uma anã marrom a 18,5 anos luz da Terra. A aurora da LSR J1835 + 3259 não é verde como a terrestre, mas sim vermelha, semelhante a de planetas como Júpiter. 

© Fornecido por Info

"Sempre quisemos entender se outros planetas têm campos magnéticos”, afirma Hallinan. O problema é que detectar sinais de luz e rádio criados pela aurora de um objeto distante é um tanto complicado. 

Mas, agora que os cientistas sabem que podem detectar esse tipo de emissão de fora do sistema solar, a ideia da equipe de Hallinan é começar a caçar planetas. Segundo o astrônomo, um conjunto de 288 telescópios a rádio da Caltech está neste momento mapeando permanentemente todo o céu, a cada 20 segundos, todos os dias.


Gabriel Garcia

Privacidade no Facebook: “os dados de reconhecimento facial podem ser coletados sem o conhecimento da pessoa”, diz ativista
Rachel Adams-Heard, daBloomberg

Quando você é identificado em uma imagem no Facebook, o software biométrico guarda seu rosto para que ele possa ser “marcado” em outras fotos.

A Facebook Inc. diz que isso melhora a experiência do usuário. Mas os defensores da privacidade dizem que a tecnologia da empresa -- que os órgãos reguladores da Europa e do Canadá ordenaram que fosse desativada -- só deveria ser usada com permissão explícita.

Enquanto o uso comercial da tecnologia de reconhecimento facial cresce para substituir os log-ins com senha, encontrar pessoas em fotos e talvez algum dia até personalizar as telas quando um consumidor navegar em uma loja virtual, ele também gerou questionamentos sobre privacidade.

Essa é uma das razões pelas quais o governo dos EUA está participando de um grupo de trabalho para desenvolver regras para as empresas que utilizam o reconhecimento facial -- mesmo se o uso for voluntário.

“Os dados de reconhecimento facial podem ser coletados sem o conhecimento da pessoa”, disse Jennifer Lynch, advogada da Electronic Frontier Foundation, um grupo com sede em São Francisco que defende os direitos à privacidade. “É muito raro que uma impressão digital seja coletada sem o seu conhecimento”.

Grupos de defesa da privacidade como o de Lynch citaram, no mês passado, a oposição da comunidade empresarial à exigência de consentimento prévio como o motivo para terem abandonado as reuniões com o governo.

A Administração Nacional de Telecomunicações e Informação do Departamento do Comércio, que propôs as negociações, planeja continuar o processo na terça-feira sem a maioria das partes que defendem a privacidade.

“O processo é mais forte quando todas as partes interessadas participam e estão dispostas a se envolver em todos os assuntos”, disse Juliana Gruenwald, porta-voz da agência.

Conhecimento prévio

A Facebook defendeu o uso que faz da tecnologia de reconhecimento facial, uma forma de biometria.

Ela funciona por meio da atribuição de números a características físicas, como a distância entre os olhos, o nariz e as orelhas, de tal forma que resulta em uma impressão facial única que pode ser usada para identificar alguém que já tenha sido marcado previamente em uma foto.

“As sugestões de marcação tornam mais fácil para os amigos marcarem uns aos outros nas fotos”, disse a Facebook em um comunicado enviado por e-mail.

“E quando alguém é alertado de que foi marcado em uma foto, é mais fácil tomar uma decisão, como comentar, entrar em contato com a pessoa que compartilhou ou reportá-la ao Facebook”.

Os usuários podem optar por sair a qualquer momento, disse a Facebook. Mas isso exige que eles alterem suas configurações.

Falhas na política

“A Facebook não está obtendo permissão”, disse Alvaro Bedoya, diretor-executivo do Centro para Privacidade e Tecnologia da Universidade de Georgetown, que abandonou as reuniões com o governo nos EUA.

“O reconhecimento facial é uma dessas categorias de dados para as quais é necessário um consentimento muito claro e evidente”.

A abordagem do governo dos EUA para regulação do uso dos dados faciais pelas empresas é inadequada, disseram os ativistas de privacidade.

Eles dão o exemplo da Europa, onde as estritas leis de privacidade forçaram a Facebook, em 2012, a eliminar os dados coletados pelo recurso de sugestão de marcação depois de um inquérito realizado pelas autoridades irlandesas. As sugestões de marcação também foram desativadas no Canadá.

“É uma questão complicada”, disse Carl Szabo, conselheiro para políticas da NetChoice, uma associação de empresas web como Facebook, Google Inc. e Yahoo! Inc.

“Minha preocupação é que, se continuarmos nesse caminho, não daremos a essa tecnologia a oportunidade de prosperar e fornecer ferramentas realmente interessantes que eu sequer consigo imaginar hoje”.

A elaboração das regulamentações para a tecnologia não são uma questão de “preto ou branco”, disse Nick Ahrens, vice-presidente de privacidade e segurança cibernética da Associação de Líderes da Indústria Varejista, que tem membros como Nike Inc., J. Crew Group Inc., Dillard’s Inc. e Wal-Mart Stores Inc.

“Eu acho que transparência é o nome do jogo”, disse Ahrens. Mas “não sei se a resposta é colocar um aviso na porta”.

A festa também marcou o início oficial do ciclo de preparação para os Jogos de Lima, em 2019
Marcio Dolzan, do Estadão Conteúdo

Toronto - Com um show repleto de luzes e cores, e que explorou a multiculturalidade do continente, os Jogos Pan-Americanos de Toronto foram encerrados oficialmente na noite deste domingo.

Pan de Toronto: festa também marcou o início oficial do ciclo de preparação para os Jogos de Lima

A cerimônia contou ainda com as apresentações da cantora canadense Serena Ryder e dos norte-americanos Kanye West e Pitbull. Agora, Toronto espera pelos Jogos Parapan-Americanos, que começam no próximo dia 7 de agosto.


Festa de encerramento do Pan

A festa também marcou o início oficial do ciclo de preparação para os Jogos de Lima, no Peru, em 2019. Uma apresentação artística típica do país da América do Sul, imagens de Machu Picchu e até a representação de uma lhama, animal que habita as cordilheiras, também foram vistas no palco.

A cerimônia praticamente lotou o Rogers Centre - estádio com teto retrátil e capacidade para até 55 mil pessoas - e encerrou oficialmente uma competição em que o Brasil cumpriu a meta estabelecida pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) de terminar entre os três primeiros no quadro de medalhas. O País ficou exatamente no limite de seu objetivo, em terceiro, atrás dos Estados Unidos - a principal força esportiva do continente - e dos anfitriões, Canadá.

"Todos os que estivemos aqui temos certeza de que Toronto está orgulhosa dos Jogos que organizou", declarou Ivar Sisniega, vice-presidente da Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa), antes de declarar oficialmente encerrados os Jogos de 2015. Na sequência, as bandeiras da Odepa e do Comitê Olímpico Internacional (COI) foram arriadas. E a do Peru, que sediará os Jogos de 2019, foi hasteada.

Delegação brasileira

Diferentemente da cerimônia de abertura, as delegações dos países entraram sem necessariamente seguir uma ordem alfabética. Parte da do Brasil, por exemplo, apareceu primeiro. Uma bandeira do Rio Grande do Sul foi estendida em meio ao desfile brasileiro.

A porta-bandeira do País no encerramento foi a volante Formiga. Ela ficou sabendo que seria a responsável por conduzi-la na manhã deste domingo, menos de um dia após ter conquistado sua terceira medalha de ouro em quatro participações nos Jogos Pan-Americanos como atleta da seleção feminina de futebol. Capitã do Brasil em Toronto, Formiga era a atleta mais experiente do grupo e teve participação fundamental na conquista. Na decisão com a Colômbia, foi autora do primeiro dos quatro gols.

Homem cruza os dedos: Pesquisadores alemães estudaram a relação entre o grau de cinismo e o salário de 1,5 mil pessoas
Carol Castro, da Superinteressante

São Paulo - Você acredita que a maioria das pessoas mente para se dar bem? Ou que agem de forma injusta para levar a melhor? Portanto, melhor não confiar em ninguém, certo? Bem, se você concorda com tudo isso, a ciência tem um conselho: pare.

É que pesquisadores alemães descobriram uma relação entre desconfiança e salários. Eles analisaram questionários respondidos por 1,5 mil pessoas, que mostravam o grau de cinismo delas, e a renda mensal relatada por eles anos depois. E quanto mais cínicos os participantes, menos dinheiro eles ganhavam.

Numa segunda etapa, compararam a renda de 16 mil alemães. Todos completaram um questionário semelhante ao anterior. Mais uma vez, as pessoas menos desconfiadas levavam a melhor: ganhavam, em média, 300 dólares por mês a mais que os outros.

Isso porque os cínicos, cheios de medo de serem passados para trás, acabam cooperando menos – e pedindo menos ajuda aos outros. Aí, além de se queimarem com os colegas, os resultados do trabalho podem sair pior.

Pegou a dica?

Rifle AK-47: feridos foram levados ao hospital provincial e estão em condições estáveis
Da EFE

Cabul - Pelo menos 22 pessoas morreram e outras nove ficaram feridas na festa de um casamento, quando membros de dois grupos rivais que tinham sido convidados se enfrentaram primeiro verbalmente e depois com AKs-47, informou nesta segunda-feira a Polícia.

O fato ocorreu na cidade de Shashan, na província de Baghlan, cujo chefe de Polícia, Abdul Jabar Purdali, confirmou à Agência Efe o número de vítimas após o confronto.

"Nossos relatórios iniciais indicam que 22 pessoas, fundamentalmente membros dos dois grupos, morreram e outras nove ficaram feridas", disse Purdali.

Os feridos foram levados ao hospital provincial e estão em condições estáveis, acrescentou.

"Enviamos muitos agentes à cidade para evitar que aconteça outro confronto entre os membros dos dois grupos", assinalou Purdali.

O deputado Delawar Imaq, da província de Baghlan, disse à Efe que 11 dos mortos pertenciam a um grupo, três ao outro, e os outros oito eram moradores locais convidados para o casamento.

É habitual e costume no Afeganistão de que os participantes de celebrações nupciais festejem as bodas disparando armas.

Bandeira do Peru: país mantém uma grande demanda por mão de obra qualificada, apesar da crise
Da EFE

Lima - O Peru deu uma reviravolta em sua antiga situação de exportador de trabalhadores e se transformou agora em um receptor de milhares de imigrantesque chegam para trabalhar vindos do mundo todo, segundo revelaram os últimos números oficiais.

Tanto a Superintendência Nacional de Migrações como o Instituto Nacional de Estatística e Informática (Inei) divulgaram recentemente dados que confirmam essa tendência à recepção de trabalhadores, que aumentou em 793% entre 2004 e 2014.

Segundo o relatório oficial, em 2004 foram aprovados 1.464 vistos de trabalho ou de mudança de qualidade migratória para a de trabalhador, enquanto em 2014 este mesmo trâmite foi aprovado para 13.065 estrangeiros.

"O Peru se transformou em um destino muito importante para cidadãos de todas as partes do mundo que querem desenvolver seus conhecimentos e talentos em um país sério e com futuro", destacou o superintendente nacional de Migrações, Boris Potozén.

O funcionário afirmou que o trabalho dos estrangeiros "não só os ajuda a prosperar, mas também contribui com nosso próprio desenvolvimento".

Ao se referir aos números deste ano, a Superintendência de Migrações ressaltou que durante o primeiro semestre entraram com o pedido para trabalhar no Peru 6.728 cidadãos estrangeiros.

Destes, 5.621 solicitaram permissão para trabalhar na qualidade de residentes e outros 1.107 como trabalhadores temporários.

A maioria, 4.570 no total, proveio de países sul-americanos, seguidos por 1.254 europeus, 478 norte-americanos, 267 asiáticos, 108 centro-americanos, 41 da Oceania e dez da África.

A Colômbia é o país de origem da maior parte dos trabalhadores que chegaram durante este primeiro semestre ao Peru, com 1.713 pessoas; seguido pela Espanha, com 757; Argentina, com 638; Chile, com 556; Equador, com 515; Brasil, com 412; Venezuela, com 349; e Estados Unidos, com 330.

Ao informar sobre o número de trâmites de qualidade migratória como trabalhador durante o primeiro semestre (que podem ser solicitados várias vezes pela mesma pessoa), a Superintendência de Migrações assinalou que a maioria foram pedidos por engenheiros (8.045), seguidos por funcionários de diversos setores (5.504) e administradores de empresas (1.748).

Eles foram seguidos por gerentes (966), técnicos (800), economistas (612), empresários (557), pilotos (515) e contadores (449), entre outros profissionais.

"Esta onda de migração deve ser acompanhada de uma melhora e agilização nos serviços e procedimentos de migrações. É por isso que declaramos a Superintendência em processo de modernização. Hoje podemos dizer que os trâmites para os estrangeiros que vêm trabalhar no Peru são muito mais simples", assinalou Potozén.

Recentemente, o Instituto Nacional de Estatística e Informática (Inei) informou que apenas durante o último mês de maio entraram no país quase 5.000 estrangeiros, a maioria colombianos, chilenos, espanhóis e argentinos, na qualidade de trabalhadores.

Este número significou um aumento de 12,1% em relação ao mesmo mês de 2014, enquanto 17,2% destes trabalhadores vieram da Colômbia, 14,6% do Chile, 11,7% da Espanha e 10,5% da Argentina.

Os analistas ressaltam que o aumento da migração trabalhista para o Peru se deve, principalmente, aos altos níveis de crescimento que o país teve na última década, que atingiu uma média anual de 6%.

Embora a crise financeira internacional tenha reduzido este crescimento para uma média de 4%, o Peru mantém uma grande demanda por mão de obra qualificada para atender o grande déficit em desenvolvimento de infraestrutura.

Os especialistas destacam, no entanto, que os estrangeiros ainda devem cumprir com um processo "embaraçoso e limitativo" para conseguir a condição de trabalhadores legais, embora essa situação seja mais fácil para argentinos e espanhóis, graças a convênios bilaterais assinados entre seus países com o Peru.

Vídeo mostra o acidente envolvendo a mulher chinesa na escada rolante: mulher consegue afastar do buraco seu filho
Da AFP

Centenas de milhares de chineses reagiam nesta segunda-feira com emoção após o acidente com uma mulher que, antes de morrer, presa no mecanismo de uma escada rolante, utilizou suas últimas forças para salvar seu filho pequeno.

A cena, chocante, foi gravada no sábado por uma câmera de vigilância de umshopping de Jingzhou, província central de Hubei.

As imagens mostram a mulher, de 30 anos, subindo na escada rolante.

Ao chegar ao andar superior e segurando o filho, o alçapão da escada rolante se abre e a mulher repentinamente começa a afundar, sendo sugada pelo mecanismo.

Duas funcionárias do shopping correm para ajudar a mulher, que já está com metade do corpo presa, mas não conseguem impedir que ela seja arrastada pelo mecanismo.

Em um último gesto desesperado, a mulher consegue afastar do buraco seu filho, que uma das funcionárias segura.

O corpo da vítima foi retirado da maquinaria horas depois.

O acidente era destaque em vários sites chineses.

Mais de meio milhão de chineses expressaram sua emoção no Sina Weibo, site de microblogs, e prestavam homenagem à mulher.

"Exemplo supremo do instinto materno", escreveu um internauta.

Veja o vídeo abaixo. Atenção: as imagens são extremamente fortes.

© ReproduçãoA China já abriga algumas das megacidades que crescem mais rápido no mundo. Agora há um plano para oficialmente fundir várias metrópoles ao redor de Pequim em uma super-megalópole, que vai abrigar o equivalente à população do Sul e Sudeste brasileiro em uma área pouco menor que o estado de São Paulo.

O New York Times teve acesso a documentos de planejamento que mostram como Pequim quer levar a maioria de suas operações governamentais e fábricas para os arredores da cidade, e acelerar as obras para conectar essas áreas.

O objetivo é consolidar a densa área metropolitana chamada Jing-Jin-Ji em uma megarregião economicamente unida. Ela tem 130 milhões de habitantes, seis vezes a população da área metropolitana de Nova York:

Ela se espalharia por 210.000 km², aproximadamente o tamanho do Kansas, e teria uma população maior do que um terço dos EUA. E ao contrário de áreas metropolitanas que cresceram organicamente, Jing-Jin-Ji seria uma criação deliberada. Sua peça central: uma expansão enorme do transporte ferroviário de alta velocidade, para que seja possível se transportar entre as principais cidades dentro de uma hora.

Durante anos, as políticas restritivas de crescimento em Pequim empurraram os moradores e a indústria para fora da cidade, rumo a subúrbios em Tianjin e Hebei que se urbanizaram rapidamente. Mas a construção de serviços necessários nessas comunidades, como escolas e hospitais, foi mais devagar. O transporte é um problema enorme, por exemplo, com trajetos de 40 km que podem levar até três horas:

A infraestrutura também não acompanhou o ritmo. Até recentemente, o transporte ferroviário de alta velocidade não conseguia conectar muitas cidades vitais nos arredores de Pequim, assim como muitas estradas. Relatórios de planejamento dizem que a área tem 18 estradas “decapitadas” – artérias principais construídas em um dos três distritos, mas não vinculadas uma a outra. Uma estrada termina em uma ponte sobre o rio quase seco que separa Yanjiao de Pequim, e permaneceu inacabada por anos.

O plano prevê a eliminação das estradas decapitadas até 2020, e a construção de uma nova linha de metrô. Além disso, o plano atribui funções econômicas específicas para as cidades: Pequim vai se concentrar em cultura e tecnologia. Tianjin vai se tornar uma base de pesquisa para a manufatura. O papel de Hebei está em grande parte indefinido, embora o governo tenha lançado recentemente um catálogo de indústrias menores, tais como mercados têxteis por atacado, a serem transferidos de Pequim para cidades menores.

Muitas das ferrovias de alta velocidade necessárias para conectar a região já estão sendo construídas, assim como quilômetros de torres necessárias para abrigar trabalhadores que se mudarem para a área.

Outros países também têm planos para construir megacidades a partir do zero: a Turquia, por exemplo, está decidindo um local para o seu novíssimo centro econômico.

Mas Jing-Jin-Ji tem uma dinâmica política e o suporte financeiro para que isso aconteça. O plano tem o apoio do presidente Xi Jinping e poderia obter um grande impulso se Pequim (mais especificamente, a cidade próxima de Zhangjiakou) receber os Jogos Olímpicos de Inverno em 2022.


Foto por CobbleCC/Wikimedia

O que você acha de ter o seu nome, CPF e endereço disponibilizados em uma base de dados online acessível por qualquer um? E mais: essa empresa lucra com isso, vendendo informações mais detalhadas de cidadãos por até 80 reais. Esse site existe. No ar desde junho, o Tudo Sobre Todos vende informações pessoais que, de alguma maneira, se tornaram públicas. Em uma pesquisa por nome completo ou CPF, a página mostra o bairro, o CEP e uma lista dos vizinhos gratuitamente, mas dados adicionais podem ser comprados. São eles RG, CPF, registro profissional, local de trabalho e links para perfis nas redes sociais. 

Cada dado pode ser consultado mediante a compra de um crédito. São três planos que um internauta pode contratar: um básico de 9,90 reais, que dá 10 créditos, um super de 24,90 reais, que confere ao consumidor 30 créditos e um profissional que custa 79,00 reais e dá um pacote de 100 créditos.

Em testes realizados por INFO, foram exibididos dados relativamente recentes. Em um caso, o endereço correto apareceu para uma pessoa que se mudou há dois anos. Porém, em outro teste, o endereço antigo apareceu para uma pessoa que se mudou há cinco anos. 

Segundo os criadores, as informações vêm de cartórios, decisões judiciais publicadas, diários oficiais, fóruns, bureaus de informação, redes sociais e consultas em sites públicos na internet. A reportagem de INFO falou com um dos responsáveis pelo site no Facebook, que se recusou a se identificar ou revelar sua nacionalidade (embora a conversa tenha ocorrido em português). Para ele, o serviço não fere a privacidade dos cidadãos. "Não encaramos dados abertos como dados privados. É o que temos como opinião."

No entendimento da advogada Gisele Arantes, sócia do escritório Assis e Mendes, o serviço é totalmente "ilegal e repreensível". "Segundo nossas leis, ele ofende a constituição, os direitos civis, o código de defesa do consumidor e também o Marco Civil", disse Gisele à INFO. "Estamos vivendo em uma época em que tudo pode ocasionar algum tipo de fraude. Seja fraude de documentos, abertura de crédito em nome de outra pessoa ou qualquer coisa desse tipo."

Gisele também levanta a hipótese de os dados serem provenientes de invasões cibernéticas a bancos de dados, como, por exemplo, o da Receita Federal. A advogada acredita que o Ministério Público deva investigar o caso. Mais de duas mil pessoas partilham dessa visão e pedem a investigação por meio de um abaixo-assinado.

No LinkedIn, a Top Documents LLC, responsável pelo Tudo Sobre Todos, diz ser uma empresa internacional de notícias que mostra dados de fontes públicas para facilitar a pesquisa de informações para quem precisar delas. O site indicado como o oficial da companhia é o bigspy.com, que está fora do ar. A reportagem encontrou apenas este e-mail relacionado ao site: topdocumentsllc@yahoo.com.

A página da empresa no Facebook data de 18 de junho de 2015 e tem pouco mais de 200 curtidas. Lá, é possível encontrar também a história de uma suposta usuária do serviço que encontrou o seu pai após muitos anos sem saber de seu paradeiro.

Segundo a página de contato da Tudo Sobre Todos, a Top Documents LLC está localizada na Ilha Mahé, no Oceano Pacífico. No entanto, o domínio do site é da Suécia e o endereço IP consultado por INFO nesta tarde aponta para a França. 

Foto por: Reprodução
Ilha Mahé, local que seria a base da empresa dona do Tudo Sobre Todos 

A confusão não é à toa. Essa prática de camuflagem dificulta a responsabilização da empresa, já que uma ordem judicial pedindo a remoção de dados levaria cerca de dois anos para se concretizar. A outra opção seria entrar com um processo contra a empresa na Ilha Mahé, o que pode ser caro e não garante um resultado positivo, visto que o país tem legislação diferente da brasileira.

Questionados sobre o motivo do registro internacional, o representante do Tudo Sobre Todos disse não haver muito o que falar, já que "não há um motivo especial para isso".

Depois de saber tudo isso, o usuário pode se perguntar como ele pode remover as suas informações pessoais do cadastro do site. Infelizmente, o responsável pelo site disse a INFO que isso é impossível:

"Ainda não temos uma política sobre isso. Apenas queremos atender nossos clientes e a população em geral da melhor forma possível, e torná-los satisfeitos. Remover pessoas do nosso sistema não deixaria ninguém satisfeito, já que os dados ainda existem e estão na internet, apenas facilitamos a busca. Por outro lado, quem estiver procurando um amigo, familiar há muito não visto ou um amor de infância nunca teria a certeza de que a pessoa ainda existe, já que nossa database estaria incompleta. Estamos discutindo isso seriamente, e abertos a opiniões. Claro que ao procurar de fato opiniões do público, o máximo que conseguimos foi agressividade por medo do desconhecido então acabamos filtrando estas opiniões, mas opiniões filtradas não são de fato tão relevantes."

Por ora, você continuará com seus dados expostos no Tudo Sobre Todos – querendo ou não.

Dica do leitor Jovane Pires. 

Manifestação deve reunir cerca de 3 mil taxistas no centro da cidade

Um protesto de taxistas contra o aplicativo de transporte Uber provoca dificuldades aos motoristas cariocas na manhã desta sexta-feira (24). A manifestação começou desde o fim da madrugada, quando os motoristas fecharam a pista sentido centro do Aterro do Flamengo, na zona sul.

Por lá, eles se concentraram no Monumento dos Pracinhas. De outros pontos da cidade, como Ilha do Governador (zona norte), Barra da Tijuca (zona oeste), Gávea (zona sul), Realengo (zona oeste) e Del Castilho (zona norte), saíram carreatas de manifestantes em direção ao Aterro.

A Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio (CET-Rio) divulgou nessa quinta (23) um plano de contingência para evitar problemas no trânsito. De acordo com ele, o Aterro do Flamengo ficará interditado até o fim da manhã, quando a manifestação está prevista para terminar.

O local, onde são esperados cerca de 3 mil taxistas, servirá como ponto de encontro para uma carreata que irá até a sede da prefeitura, na Cidade Nova (zona central), onde os motoristas de táxi esperam ser recebidos por autoridades.

Como resposta ao protesto, o Uber decidiu oferecer nessa sexta-feira duas viagens gratuitas entre 7h e 19h com o preço equivalente a 50 reais para o usuário que digitar o código "RIONAOPARA" no aplicativo.

Reid Hoffman, cofundador do LinkedIn, admitiu, ainda que com relutância, que a rede social precisa de melhorias de design.

Durante sua participação na conferência Brainstorm Tech, da revista Fortune, Hoffman respondeu a pergunta de Jourdan Urbach, diretor de tecnologia da plataforma de vídeos Ocho, que quis saber se a interface difícil de ser usada do site era uma decisão tática da empresa.

O cofundador disse que não e terminou afirmando que o LinkedIn precisa de algumas reformas para deixá-lo mais intuitivo.

"Olhe, nós trabalhamos nisso, nós podemos estar trabalhando em um ritmo mais lento do que o que deveríamos. Penso que as pessoas acham o site muito confuso. Isso é verdade e definitivamente podemos fazer mais. Há pessoas trabalhando nisso todos os dias e, de fato, sabem como fazer o trabalho. Nós temos muitas funcionalidades complicadas. Não é só fazer o upload de uma foto e clicar em 'gostei'", declarou Hoffman, insinuando que sites com menos funções são mais fáceis de usar, como o Facebook.

Confira a participação de Hoffman no Brainstorm Tech no vídeo abaixo.

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

الاسم

بريد إلكتروني *

رسالة *

يتم التشغيل بواسطة Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget