Alimentos que parecem saudáveis, mas não são

marrakeshh - Fotolia.com
Barrinha de cereal

Algumas barrinhas de cereal, de fato, são ricas em fibras e não contém açúcar ou gorduras saturadas, sendo assim uma boa opção para uma beliscada entre as refeições. O problema é que tantas outras trazem escondidas ameaças como conservantes, estabilizantes e gomas, além de grandes quantidades de gordura e açúcar. A presença das fibras, uma das supostas vantagens das barras, também não é garantida. Algumas marcas não contém sequer um grama de fibra em sua composição. Para fugir dessas armadilhas, é preciso ficar atento às informações nutricionais que constam nas embalagens, que informam as quantidades de açúcar, gordura e fibras presentes em cada produto.


© Sergio Martínez - Fotolia.com

Peito de peru

Por conter uma grande quantidade de sódio em sua composição, o peito de peru pode não ser uma boa opção para ser consumida com frequência. Em algumas marcas o nível pode superar 1.000mg a cada quatro fatias, ou seja, mais de 1g de sal. A OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda o consumo de 5g/dia de sal. Os embutidos, como são chamados esta categoria de alimentos, levam em sua composição um aditivo chamado Nitrato, que no estômago pode se converter em nitritos. Esses por sua vez se transformam em nitrosaminas, que são os são agentes carcinogênicos, substância que pode causar o câncer. Outro ponto a ser levado em consideração, é que o elevado consumo de sódio pode causar hipertensão arterial, favorecendo o risco de AVC (acidente vascular cerebral). Além disso, em dietas de perda de peso, o excesso de sal promove retenção hídrica, inchaço e perda da definição muscular.


© monstersparrow - Fotolia.com

Suco de caixinha

Segundo uma pesquisa realizada em São Paulo pelo Instituto Brasileiro de Defesa ao Consumidor (Idec), os sucos de caixinha contêm altos índices de açúcares, corantes e aromatizantes. A amostra foi composta por 12 bebidas à base de fruta comercializadas em caixinha e garrafinhas de plástico. Além desses malefícios, há também diversos relatos de consumidores dizendo ter encontrado dentro das embalagens elementos como fungos, tecido orgânicos, lagartixas e até ratinhos bem pequenos. Ou seja, suco natural é sempre uma opção melhor.


© Divulgação

Chá pronto

Os chás em lata possuem substâncias conhecidas como flavonoides e antioxidantes. Porém, este produto possui uma grande quantidade de açúcar, além de conservantes e corantes, assim como os refrigerantes. Consumir chás gelados de vez em quando não é um grande problema, mas consumi-los todos os dias não é recomendado. Além disso, muitos chás em lata possuem cafeína que, em excesso, pode levar a ansiedade, insônia e acelerar o coração.


© oneinchpunch - Fotolia.com

Bebida isotônica

Embora as bebidas esportivas contenham carboidratos e eletrólitos como sódio e potássio, que ajudam na hidratação, elas também reúnem uma grande quantidade de açúcar. Uma garrafa de bebida isotônica, do menor tamanho encontrado no mercado, contém 125 calorias e 35 g de açúcar, sendo tão ruins quanto os refrigerantes. Entretanto, bebidas esportivas não necessariamente levam ao ganho de peso, e podem ser apropriadas para alguns atletas e pessoas ativas. Porém, é importante frisar que o consumo deve ser feito com moderação e apenas por quem realmente pratica exercícios.


© emuck - Fotolia.com

Sopa em pó

A sopa pronta é mais um dos alimentos com um valor absurdo de sódio. Um envelope individual dessas sopas (como aquelas versões de caneca) contém entre 500 e 800 mg de sódio. Ou seja, pelo menos 25% das suas necessidades diárias. O resultado do consumo excessivo de sódio é que o coração e os rins terão que trabalhar muito mais para conseguir manter a pressão estável. A longo prazo, aumenta-se o risco de hipertensão, infarto e derrame. É melhor preparar a sua própria sopa caseira e rica em legumes.


© pix4U - Fotolia.com

Chocolate diet

Os chocolates diet são aqueles em que foi retirado o açúcar, por isso servem para quem tem diabetes. Mas eles não servem para dietas em que se deseja perder peso, pois para o gosto permanecer atraente, a quantidade de gorduras adicionadas acaba sendo maior ou equivalente. Resultado: a quantidade de calorias do chocolate diet pode ser igual ou maior do que o chocolate normal. Portanto, auxilia em nada quem faz dieta para emagrecer.


© Divulgação

Bisnaguinha

Apesar de ser o lanchinho favorito das crianças, e de muitos adultos, a bisnaguinha não deve ser consumida sem limites. Ao analisar a composição nutricional deste alimento é possível observar que é um pãozinho feito basicamente de farinha branca e açúcar, ou seja, tem poucos nutrientes e nada de fibras. Sem contar o tanto de aditivos e a presença de gordura trans em alguns deles. Por isso, é sempre fundamental analisar os valores nutricionais da embalagem.


© midoriyen - Fotolia.com

Kani

O kani parece um alimento saudável e leve, certo? Errado. Basta ler a embalagem para saber do que é feito: bastonetes de surimi congelados com sabor imitação carne de caranguejo. Surimi é um composto de peixes (basicamente merluza) que, segundo historiadores, é produzido pelos japoneses há milhares de anos, onde a carne dos músculos é triturada, peneirada e lavada para eliminar a pele, as escamas e as espinhas. Ao final desse processo, tem-se uma pasta de proteínas de peixe sem sabor, sem cheiro e sem cor. E para ganhar sabor, cheiro e cor, são adicionados aromatizantes, corantes e glutamato monossódico (o GMS é um tempero que realça o sabor dos alimentos, “disfarçando” o gosto de comidas processadas, congeladas e/ou enlatadas; é considerado por muitos médicos e nutricionistas um dos piores aditivos que temos hoje na indústria alimentícia). Se não bastasse, ele contém glúten e 116mg de sódio em cada 20g (a ingestão máxima de sódio recomendada pela OMS é de 2 g/dia).

© baibaz - Fotolia.com

Cereais

As propagandas de cereal sempre nos passam a imagem daquele café da manhã saudável, mas nem sempre é assim. Antes de sair enchendo o carrinho do supermercado com várias dessas caixas, é preciso ficar de olho nas informações nutricionais. Não se deixe levar pelas frases milagrosas nas embalagens. Em vez disso, confira a quantidade de calorias, gorduras saturadas e fibras das tabelas nutricionais. Existem dezenas de cereais no mercado, a maioria bastante calórica, açucarada e pouco nutritiva. Mas há também lançamentos bem-vindos com grãos como quinua, linhaça e amaranto.
Assunto Da Matéria >>
Sua Opinião:

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget