Obama será 1º presidente dos EUA a visitar prisão federal

REUTERS/Gary Cameron
Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama: Obama visitará a prisão de El Reno, nos arredores da cidade de Oklahoma 
Da EFE

Washington - Barack Obama se transformará na próxima quinta-feira, 16 de julho, no primeiro presidente dos Estados Unidos a visitar durante seu mandato uma prisão federal do país, como parte de uma campanha para insistir na necessidade de uma reforma no sistema de justiça criminal. 

Obama visitará a prisão de El Reno, nos arredores da cidade de Oklahoma no estado homônimo, segundo anunciou nesta sexta-feira o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, em sua entrevista coletiva diária. 

"O presidente se reunirá ali com funcionários de segurança e com presos, e gravará uma entrevista para Vice (uma série de reportagens da rede de televisão 'HBO') para um documentário sobre a realidade de nosso sistema de justiça criminal", acrescentou Earnest.

O líder pretende reforçar assim a mensagem que prevê expressar na terça-feira durante um discurso na convenção anual da principal associação do país para a defesa dos direitos dos afro-americanos, a Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor (NAACP, na sigla em inglês) na Filadélfia (Pensilvânia). 

Nesse discurso, Obama "detalhará a injustiça de boa parte de nosso sistema de justiça criminal e ressaltará ideias bipartidárias para empreender reformas", segundo Earnest. 

O presidente também "apresentará suas próprias ideias para fazer com que nosso sistema de justiça seja mais justo, mais inteligente e mais eficiente quanto a custos, ao mesmo tempo em que mantém o povo americano seguro", acrescentou. 

Obama mencionou a necessidade de uma reforma do sistema de justiça criminal durante seu discurso sobre o Estado da União no último mês de janeiro, e também em entrevista neste ano ao criador da popular série "The Wire", David Simon. 

Nessa entrevista, Obama criticou a "enorme tendência do encarceramento em massa, inclusive de pessoas não violentas que cometeram delitos por drogas" desde a década de 1990, e na qual muitos presos "se transformam em criminosos mais duros na prisão e quando saem é basicamente impossível encontrar emprego". 

Segundo relatório publicado no ano passado pela organização Human Rights Watch (HRW), a população carcerária dos Estados Unidos aumentou quase 430% entre 1979 e 2009. 

Mais da metade dos prisioneiros sentenciados a um ano de prisão ou mais, 53,4%, cumpre penas por crimes não violentos e um de cada nove detentos (cerca de 159.000 no total) está condenado a prisão perpétua, de acordo com esse relatório. 

Além disso, mais de 40% de todos os processos penais federais e quase 30% dos ingressos na prisão são por delitos de "entrada e reingresso ilegal" ao país na fronteira, de acordo com a HRW.
julho 10, 2015
Assunto Da Matéria >>
Sua Opinião:

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget