Ativista planeja viver sozinho durante 1 ano em um iceberg até que ele derreta por completo



Em uma tentativa de chamar a atenção das pessoas, para que percebam os perigos da mudança climática, o italiano Alex Bellini vai viver em um iceberg até que ele derreta.

Ele planeja assumir o desafio na primavera de 2015, em um iceberg na Groenlândia. Ele afirma que viverá sozinho por, aproximadamente, de oito a doze meses.

Alex, que atualmente reside no Reino Unido, planeja viver dentro de uma cápsula de sobrevivência, localizada no iceberg. "Cápsulas de sobrevivência são uma espécie de discos de Kevlar flutuantes, com quatro metros de diâmetro, usados como botes salva-vidas em plataformas de petróleo. Eu vou viver na cápsula, no iceberg, até que ele derreta, o que geralmente acontece dentro de oito meses, ou até um ano no máximo".



"Depois, ficarei à deriva no Oceano Atlântico, dentro da minha cápsula, até ser levado de volta à terra". Ele planeja levar 300 quilos de alimentos desidratados e equipamentos eletrônicos junto com ele. Embora ele ainda esteja escolhendo o iceberg perfeito para viver, ele disse que precisa encontrar um de superfície ampla e plana.

"Meu objetivo é relatar e investigar, por meio de métodos científicos, a vida inteira de um iceberg", acrescentou. "Eu quero provar como o ritmo do degelo aumentou dramaticamente nas últimas décadas. Também vamos passar a mensagem simbólica: a aventura de um homem flutuando à deriva em um iceberg, representa a condição da humanidade inteira à deriva em um planeta em perigo”, relatou.

Alex é um ex-banqueiro que desistiu de seu emprego confortável no início de 2000 por uma vida de incerteza e de aventura. Desde então, ele percorreu mais de 23 mil quilômetros em maratonas, e remou através do Mar Mediterrâneo, Oceano Atlântico e Oceano Pacífico. Porém, seu projeto atual é o mais ambicioso e arriscado que ele já tentou.


"Sim, provavelmente eu sou um pouco louco. No iceberg, estarei completamente sozinho, mas por curtos períodos de tempo vou me encontrar com escritores, blogueiros, ambientalistas. Estamos todos conscientes dos riscos que potencialmente serão enfrentados, mas faz parte do trabalho do aventureiro correr riscos”, disse.

"O Atlântico Norte é uma área muito movimentada e espero ficar no mar de 7 a 10 dias", acrescentou.

Alex disse que ele também está tratando o projeto iceberg como uma oportunidade para experimentar novas tecnologias. "Estou pensando, não só em tecnologias de comunicação que eu vou usar para manter contato com minha família e minha equipe, mas também em tecnologias de energia. Por exemplo, o meu equipamento técnico será alimentado por uma máquina de remo que irá converter a minha energia muscular em energia elétrica ", explicou.

Curiosamente, sua cápsula de sobrevivência não vem com um banheiro próprio. "Não, eu vou usar um balde para isso", ele riu.

"Será um desafio, uma vez que não haverá qualquer esforço físico significativo envolvido nesta aventura. Vou levar algo para ler, é claro. Além disso, minha esposa e eu nos inscrevemos em um programa de psicologia de uma universidade online, por isso vamos tentar estudar "juntos" através da internet”, declarou Bellini.


Aliás, a família de Alex parece estar bastante confortável com o que ele está planejando fazer. "Falamos sobre o projeto a cada dia, e minha esposa é a coordenadora da equipe. Podemos dizer que é um negócio de família. Ambas as minhas filhas sabem que eu vou viver por alguns meses em um iceberg para chamar a atenção do mundo sobre as questões ambientais. Quando eu disse a ela, a mais velha (4 anos) respondeu: ‘É uma coisa importante, papai’”

Alex disse que ele se inspirou para escolher o projeto iceberg, a partir de seu estudo da história. "Um dos personagens que mais admiro, um homem que deixou sua marca na história do século passado, é Umberto Nobile. Ele é famoso por fazer uma viagem ao Pólo Norte em 1928, no qual ele sobreviveu por 48 dias com oito outros membros da equipe. Ele me inspirou.".

Alex tem uma série de conselhos para dar às pessoas que querem se tornar-se aventureiros: "A vida é como um pêndulo: quanto mais alto você levantar suas ambições, o seu compromisso e as dificuldades que você está disposto a passar, maior será a recompensa final”, concluiu.



agosto 25, 2014
Assunto Da Matéria >>
Sua Opinião:

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget