Gostosas e milionárias: Mulheres mostram além da beleza para ganhar realities

FAMOSIDADES


Por JULIANA KALIL
RIO DE JANEIRO - Juventude, beleza, feminilidade e determinação. Parece que esses se tornaram ingredientes essenciais para transformar uma participante em vencedora de reality show. Mas isso tem acontecido apenas de uns tempos pra cá. As últimas ganhadoras do “Big Brother Brasil” e de “A Fazenda” provam que o perfil dos ganhadores mudou e muito.
Maria Melilo e Joana Machado podem até não ter jogado da mesma forma, mas apenas uma característica comum entre as duas acabou as tornando donas dos maiores prêmios da televisão brasileira: a autenticidade. Elas mostraram, cada uma de seu jeito, como pode ser uma mulher com seus altos e baixos.
No “BBB”, Maria mostrou o que uma pessoa é capaz de fazer por uma paixão. Ela se entregou aos sentimentos, deixou com que o público “comprasse” a história de uma menina rejeitada, deu a volta por cima e foi vingativa, assim como toda mulher pode ser após receber um “não” do amado.
Em “A Fazenda”, Joana Machado mostrou a fibra de uma mulher guerreira. Sem ter medo dos desafios, a loira passou por cima dos machistas, lutou em todas as provas, foi mulher-macho quando precisou e super feminina na hora de deixar a sensibilidade aflorar. Joana, sem dúvidas, levantou a bandeira da típica mulher brasileira: guerreira até o fim.
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Nesta última edição de "A Fazenda", chegou a acontecer algo inédito: três finalistas do sexo feminino. O que prova, mais uma vez, que de qualquer jeito o público queria ver uma mulher vencedora. Para entender um pouco o porquê dessa mudança repentina da preferência do público em realities show, conversamos com a psicóloga Bruna Dias. Ao Famosidades, ela deixou claro que isso pode ter a ver com a identificação que as telespectadoras passaram a ter com as participantes.
“As mulheres passaram a se enxergar nesses programas. Viram situações do cotidiano delas acontecendo dentro de um reality show. Daí vem a identificação com aquela imagem, com aquele momento e com a atitude tomada pelo participante. Após tantas edições de ‘Big Brother’ e ‘A Fazenda’, elas deixaram de ver os concorrentes como mitos e passaram a enxergá-los como pessoas normais que amam, sofrem, choram, gritam, traem”, disse a especialista.
Bruna Dias ainda falou sobre o fato de certos fatores externos influenciarem na escolha do público. “É importante lembrar que estamos em uma ‘Era da Mulher’. Tem mulher na Presidência da República, no comando de empresas, campeãs em diversas modalidades de esporte... Isso tudo coloca na mão das mulheres o poder que por muito tempo elas esperavam. E já que elas são maioria na votação de um reality show, por que não colocar uma representante do gênero como vencedora?”, completou.
Divulgação
Divulgação
Mas há quem também pense que essa mudança se deu por conta do amadurecimento do público de reality show. O apresentador de “A Fazenda”, Britto Jr., por exemplo, é um desses que acha que a trajetória do participante é um dos fatores analisado pelos telespectadores. Ele explicou melhor sua opinião com exclusividade ao Famosidades.
“As pessoas estão levando em conta todos os detalhes do desempenho dos participantes e não apenas o fato da pessoa ser boa ou má, do bem ou do mal. E, em ‘A Fazenda’, já não existe mais aquela coisa de votar em quem é mais famoso. A Joana, inclusive, não é atriz, não é modelo internacional, não é jornalista, ou seja, não era a mais popular entre os demais peões. No entanto, conquistou o público e venceu pelo conjunto da obra, pelas suas qualidades”, disse o jornalista.
Britto também evidenciou o fato de Joana ter ganho por representar com grandeza as mulheres do nosso país: “Com toda a certeza, Joana, ao vencer ‘A Fazenda’ e faturando os R$ 2 milhões, se tornou a mais recente representante do atual modelo da mulher brasileira. Ela é independente, cria seus dois filhos como verdadeira mãe, preocupada com o futuro deles, não depende de ninguém, tem iniciativa própria, é guerreira. Mas este perfil não apagou seu lado de mulher vaidosa durante o confinamento. Sabe que tem o poder da sensualidade somado ao poder de uma personalidade forte”.
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
E quem provou desse gostinho de ter admiradores que fizeram de tudo por sua permanência no programa jura que os critérios de votação realmente não parecem ser os mesmos de alguns anos atrás. A ex-BBB Lia, por exemplo, contou ao Famosidades que acredita que o público passou a avaliar os participantes de outra forma.
“Parece que as pessoas estão evoluindo junto com o programa nessa questão de avaliação. Não tem mais o lance de ‘coitadismo’. Ninguém mais pensa que fulano vai ter mais oportunidade fora do programa ou que uma participante mulher vai posar nua. Acho que o público parece estar votando por gostar de tudo que a pessoa fez no programa”, disse a morena.
De fato, a ex-sister tem razão quando diz que o público não torce mais para o necessitado financeiramente e nem mesmo para a vítima nas brigas durante o confinamento. Isso era no começo, quando, por exemplo, Domini (“BBB 3”), Jean Wyllys (“BBB5”) e Mara (“BBB 6”) foram os escolhidos ao prêmio. Ainda teve tempos em que os telespectadores apostavam nos grandes jogadores, como Max (“BBB 9”), Dado Dolabella (“A Fazenda 1”) e Diego Alemão (“BBB 7”). Parece que agora a aposta é mesmo nelas, nas mulheres de verdade como Maria e Joana.
E a ex-BBB Fani compartilha desse pensamento. Ao Famosidades, ela falou que acredita que as ganhadoras podem ser um reflexo da sociedade: “Que as mulheres estão ganhando mais espaço na sociedade, ninguém duvida. E isso tem se refletido nos realities. Nós estamos ganhando mais credibilidade perante ao público. Mesmo com dois perfis bem diferentes, Maria e Joana mostraram o que qualquer um espera de uma mulher: carisma e boa conduta”.
A apresentadora do programa “Malícia” ainda enumerou o que levou Maria e Joana a ganharem o prêmio: “Maria veio com aquele jeito engraçado, meio inocente, espontânea e humana. Já Joana mostrou ser uma mãe de família, honesta e certinha. Todas as qualidades para o público se apegar”.
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Para saber um pouco da realidade de quem viveu em “A Fazenda”, o modelo François Teles também falou com o Famosidades. Para ele, as mulheres estão cada vez mais fortes tanto em programas de competição quanto na vida real.
“Os telespectadores, que são, na maioria, mulheres, acabam se identificando e apoiando o sexo feminino em um reality show. Principalmente quando a participante tem atitude, fala o que pensa, batalha pelo quer, mas sempre mantendo tudo dentro de um limite. Acho também que as mulheres que assistem ao programa admiram e acabam se espelhando na participante de mais expressão. Elas olham e pensam: ‘Essa mulher é tudo que eu queria ser’. O resultado é esse. Duas mulheres vencedoras consecutivamente em realities”, disse o ex-fazendeiro.
Mas há quem discorde que estamos vivendo um momento em que apenas o sexo feminino está levando a melhor. Para o jornalista Lucival, do “BBB 11”, não existe receita de bolo quando o assunto é reality show.
“Às vezes ganha o participante mais óbvio, e, outras vezes, aquele que menos aparece no início e dá uma arrancada na reta final. A Joana, de ‘A Fazenda’, foi um caso à parte. Desde o início do programa ela já mostrou porque estava fazendo parte do programa: direta, polêmica e, algumas vezes, bruta. Mas o público sempre quer ver isso mesmo: participantes que se doem no jogo”, disse.
Lucival ainda comparou Joana e Maria: “Não posso deixar de aplaudir o mérito da Joana, que quebrou mais um tabu nesse tipo de entretenimento. Diferentemente da Maria, ela mostrou mais personalidade, mais força e mais opinião. Desejo que ela tenha muita sorte e muita sapiência para direcionar a vida pós-programa".
Resta saber se esse perfil de vencedor vai permanecer nas próximas edições de “A Fazenda” e “Big Brother Brasil” já que, sabendo disso, muita mulher poderá aproveitar as características apresentadas por Maria e Joana para tentar levar o público. O importante é que as candidatas a sister ou fazendeira saibam apenas que autenticidade não se imita.

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget