Anatel autoriza Silvio Santos a driblar lei para ter outra TV

JULIA BORBA
DE BRASÍLIA

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) autorizou a família do empresário e apresentador Silvio Santos a driblar a lei que proíbe uma emissora de possuir uma TV por assinatura. A decisão abre uma brecha para a repetição da mesma prática em casos futuros.

Lei de 2011 determinou que proprietários de empresas de radiodifusão e de conteúdo não possam ter mais de 50% das ações totais de uma companhia de TV paga, nem ter seu controle.

Embora o texto não especifique casos em que o controle ou a propriedade estejam numa mesma família, parecer da Procuradoria Federal Especializada, órgão que dá pareceres jurídicos na agência, recomenda a proibição nessas situações.

A Anatel permitiu, porém, que Silvio Santos transferisse para sua filha Patrícia Abravanel 49% do capital total e votante da TV Alphaville, canal por assinatura que atende aproximadamente 20 mil domicílios na região de Barueri, Santana do Parnaíba e Granja Vianna, na Grande São Paulo.

Com essa posição da agência reguladora do setor de telecomunicações, Silvio Santos mantém em sua família o controle das duas empresas: o SBT fica em nome de Senor Abravanel (nome real de Silvio Santos) e a TV Alphaville em nome da filha e apresentadora Patrícia Abravanel.

DECISÃO

A decisão da Anatel é de março do ano passado, analisando um pedido feito em outubro de 2013 pelo empresário. A família Abravanel não comentou o episódio.

Segundo a Folha apurou, a agência negou os pedidos do empresário para manter o controle sobre as duas empresas até aceitar a saída da transferência familiar. Conforme a Anatel, ainda assim o conselho entendeu que "uma limitação neste sentido extrapolaria o espírito da lei".

Pesa contra a decisão o fato de Renata Abravanel, irmã de Patrícia e diretora do SBT, também possuir 6% das ações da TV Alphaville, aumentando a participação da família no negócio.

No entendimento expresso no processo pela Procuradoria Federal Especializada, a "transferência de controle societário entre membros de uma mesma família" não deveria ser aprovada.


GLOBO E NET


Após a aprovação da lei, a Rede Globo, que detinha parte do controle da Net, teve de vender ações para a Embratel/Claro, sócia majoritária da TV por assinatura.

A Globo, no entanto, manteve participação indireta na Net, já que é sócia da EGPar, companhia que detém 4,11% das ações da TV a cabo.


OUTRO LADO


Questionada por ter aprovado a operação, mesmo diante do grau de parentesco de Silvio Santos e Patrícia Abravanel, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) informou que, conforme avaliação do conselho diretor da agência, impor "uma limitação neste sentido extrapolaria o espírito da lei".

A agência reguladora também defendeu que foram seguidos os todos os trâmites internos para a avaliação.

O grupo Silvio Santos informou, por meio de sua gerente de comunicação, Maisa Alves, que não vai se manifestar sobre o caso. A assessoria de imprensa respondeu tanto pelo canal SBT como pela TV Alphaville e pela família Abravanel.

O canal por assinatura TV Alphaville atende cerca de 20 mil domicílios na região de Barueri, Santana do Parnaíba e Granja Vianna (SP).

Além das emissoras, o grupo Silvio Santos tem negócios nas áreas financeira, de cosméticos e de hotelaria, entre outras.

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget