Nomes de vítimas de massacre nos EUA são revelados

Dezesseis das 20 crianças assassinadas na sexta-feira na escola Sandy Hook da cidade de Newtown, em Connecticut (EUA), tinham seis anos de idade, segundo a lista das vítimas do tiroteio divulgada no sábado (15) pelas autoridades.

As quatro crianças restantes tinham sete anos. Inicialmente, tinha sido dito que os menores assassinados no massacre indiscriminado tinham entre 5 e dez anos.

A lista de crianças mortas é a seguinte: Charlotte Bacon (6 anos), Daniel Barden (7), Olivia Engel (6), Josephine Gay (7), Ana M. Márquez-Greene (6), Dylan Hockley (6), Madeleine Hsu (6), Catherine Hubbard (6), Chase Kowalski (7), Jesse Lewis (6), James Mattioli (6), Grace McDonnell (7), Emilie Parker (6), Jack Pinto (6), Noah Pozner (6), Caroline Previdi (6), Jessica Rekos (6), Avielle Richman (6), Benjamin Wheeler (6), e Allison Wyatt (6).

Os adultos assassinados foram identificados como Rachel Davino (29), Anne Marie Murphy (52), Lauren Russeau (30), Victoria Soto (27), Mary Scherlach (56) e a diretora da escola, Dawn Hochsprung (47).

O pai da menina Emilie Parker, Robbie Parker, assinalou à imprensa, entre lágrimas, seu agradecimento pelas mostras de apoio recebidas de todo o país e, por sua vez, enviou sua solidariedade às demais famílias, incluindo à do atirador: "Não posso imaginar como é difícil para vocês".

"A menina era brilhante, criativa e muito carinhosa", acrescentou Parker, cuja família inclui outras filhas pequenas e que lembrou soluçando que a última conversa com Emilie foi em português, língua que ela estava aprendendo.

FERIMENTOS DEVASTADORES

O autor dos disparos, Adam Lanza, de 20 anos, usou uma espingarda semiautomática Bushmaster 223 para cometer o massacre, para o qual também usou duas pistolas semiautomáticas, uma Glock e uma Sig Sauer.

As três armas estavam registradas no nome de sua mãe, Nancy, que foi assassinada pelo filho em sua própria casa antes dele se dirigir à escola para realizar o massacre.

Segundo alguns moradores da cidade, Nancy Lanza, levava seus filhos a treinos de tiro. Seu outro filho, Ryan Lanza, vive em Hoboken (Nova Jersey) e segundo as autoridades não está relacionado com o ataque.

Todas as vítimas receberam vários tiros de espingarda, segundo explicou à imprensa o diretor do Escritório Legista do estado de Connecticut, Wayne Carver.

"Não tenho os detalhes de todos os falecidos, mas alguns sofreram ferimentos devastadores. Certamente, todos morreram por ferimento de bala. (...) Não acho que nenhum dos meus colegas tenha visto algo assim antes", afirmou Carver durante a segunda entrevista coletiva do dia em relação à investigação do massacre.

"Tentamos fazer nosso trabalho da forma mais profissional e forte que pudemos", acrescentou o legista visivelmente emocionado

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget