Conheça a história do Salão de Paris

Evento começou em 1898 como forma de propagar o automóvel. O iCarros fará a cobertura da edição 2012, que abre as portas no dia 27

24/09/2012 - Thiago Moreno / Fonte: iCarros

O Salão de Paris é um dos eventos automotivos mais importantes do calendário internacional. Com mais de 100 anos de história, o evento mantém sua relevância mostrando as tendências e o futuro do setor. Descubra como ele nasceu e todo o trajeto percorrido até a edição de 2012 e veja todas as informações sobre como estar presente ao salão.

O Salão de Paris começou como uma iniciativa do Automóvel Clube da França para promover o automóvel, máquina que ainda era novidade naquela época. Assim nasceu a Exposicion Internacionale d'Automobile.

No início do século XX, o Salão de Paris passou de evento nacional para uma reunião de várias marcas ao redor do mundo. Em 1901, o palco era o Grand Palais, com 6.000 m² de espaço para nada menos que 220 marcas exibirem as novidades sobre rodas. Em 1909, porém, uma discordância entre os organizadores e os fabricantes inviabilizou a edição daquele ano, mas as atividades foram retomadas normalmente em 1910, parando somente pela eclosão da Primeira Guerra Mundial.


Com a quebra da Bolsa de Valores de Nova York, em 1929, o mundo viveu um período de recessão econômica e isso se refletiu também no Salão de Paris. De 1.339 expositores registrados em 1929, apenas 526 marcas estavam presentes na edição de 1938. Pouco depois, em 1939, o evento era paralisado novamente por causa de outro conflito global: a Segunda Guerra Mundial.





Em 1946, logo após o término dos conflitos, o Salão de Paris voltou com força total, mas a falta de matéria-prima ao final da Guerra gerou uma situação no mínimo inusitada: os visitantes poderiam ver quantos carros quisessem, mas, para comprar, precisavam de uma autorização do governo francês. Mesmo assim, cerca de 8 mil pessoas compareceram à edição daquele ano, que durou dez dias.





A década de 1950 e o crescimento econômico global do período fizeram o Salão de Paris crescer. Já em 1950 foi preciso separar os expositores de veículos utilitários e motocicletas em um espaço próprio: o Porto de Versailles. Os automóveis continuariam ainda no Grand Palais que, em 1953 disponibilizava 80 mil m² de área aos fabricantes. Um ano depois, o número de visitantes ultrapassou um milhão de pessoas. O ano 1957 viu o advento da indústria japonesa, quando o Prince Skyline (marca que se tornaria a Nissan) foi exposto naquele ano.



Com um público cada vez maior, o Grand Palais não suportava mais acomodar os visitantes. Em 1962, o Salão de Paris se mudou para o Porto de Versailles, aonde permanece até hoje. A visitação continuou crescendo e, em 1968, o público passou de 1.060.000.




Com o acirramento dos conflitos no Oriente Médio, maior região produtora de petróleo do mundo, e a escalada nos preços dos combustíveis, o Salão de Paris perdeu força durante a década de 1970. Já em 1977, o evento passou a ser bienal, não mais anual, alternando-se com o Salão de Frankfurt. Mesmo assim, houve espaço para grandes lançamentos como o esportivo BMW M1 da foto.




A década de 1980 foi marcada pela mudança de nome do salão, que passou a ser chamado de Mondial de l'Automobiles. Nessa época também a Ferrari apresentou o esportivo 456 GT da imagem.


Não é qualquer coisa que se mantém relevante durante um século, mas o Salão de Paris conseguiu e, em 1998, completou 100 anos exibindo o futuro do setor automotivo para o mundo inteiro.



A edição 2012 do Salão de Paris acontece entre 29 de setembro e 14 de outubro, das 10h às 20h no horário francês. Às quintas e sextas, o horário se estende a até às 22h. O evento deste ano ocorre no Paris Expo, situado Porto de Versailles. O endereço é 75015, Paris. A entrada custa 13 euros, mas estudantes e pessoas entre dez e 18 anos pagam 7 euros. Menores de dez anos entram gratuitamente. Quem for em grupos de pelo menos 15 pessoas paga um preço promocional de 11 euros cada. Para chegar lá, o mais indicado é o transporte público. Pela linha 12 do metrô parisiense, basta descer na estação Port de Versailles. Pelas linhas 8 do metro ou pelas 2 e 3 de trens, a estação mais próxima é a Balard Station. Para quem for de ônibus, as linhas 39 e 80 são as mais indicadas e o ponto de parada também é a Balard Station. Para quem quiser adquirir os ingressos pela internet, basta  acessar o site do evento.






Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget