Facebook faz campanha de doação de órgãos

Por Agências

Usuários dos EUA e do Reino Unido vão poder informar em seus perfis que optaram pela doação de órgãos

EUA – O Facebook lançou nesta terça-feira, 1º, uma ferramenta de doação de órgãos destinada a incentivar os 900 milhões de usuários da rede social a combater a falta de órgãos necessários para realizar transplantes que podem salvar vidas.
O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou a ferramenta em entrevista a um programa de TV nos EUA. FOTO: Rick Powell/DIVULGAÇÃO/REUTERS

“O que esperamos que vá acontecer é que, ao ter uma ferramenta simples, acreditamos que as pessoas podem ajudar a espalhar a consciência sobre a doação de órgãos e que elas vão querer participar disso com seus amigos, e acreditamos que isso pode ser algo muito importante para ajudar a solucionar este problema”, disse o fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, durante o programa de TV Good Morning America,exibido pela emissora Abc nesta terça-feira.

A partir de hoje, usuários do Facebook nos Estados Unidos e no Reino Unido podem acrescentar às suas informações pessoais que são doadores de órgãos. Aqueles não forem doadores podem encontrar links para registros oficiais de doadores para se cadastrar.

Zuckerberg explicou que se inspirou em uma conversa que teve em um jantar com a sua namorada, que é residente de medicina, e ao observar o que os usuários fazem em momentos de crise.

“Quando os tornados atingiram o (Estado de) Missouri, muitas pessoas usaram o Facebook para se organizar e devolver objetos que outras pessoas perderam e que achavam que nunca seriam encontrados”, disse Zuckerberg.

Ele afirmou que o projeto também foi inspirado em sua amizade com o cofundador da Apple, Steve Jobs, morto em outubro.

Embora Zuckerberg nunca tivesse conversado com Jobs especificamente sobre a ferramenta de doações de órgãos, ele disse que muitas pessoas envolvidas no projeto se comoveram com a morte de Jobs, vítima de um câncer pancreático. Jobs, que passou por um transplante de fígado em 2009, era um grande apoiador da campanha de doações de órgãos.

“Isso definitivamente, eu acredito, foi algo que todos nós tínhamos em mente quando estávamos desenvolvendo a ferramenta… A história dele é uma entre muitas de pessoas que conseguiram um transplante e puderam estender sua vida, e ele era extremamente agradecido por isso”, disse Zuckerberg.

Ele acrescentou que espera que quando usuários disserem que são doadores em suas páginas vão inspirar outras pessoas que não tomaram a decisão sobre o tema.

Pesquisas já indicaram que uma das razões para que as pessoas não escolherem ser doadores de órgãos é a falta de informação sobre a necessidade de transplantes. Outros desconfiam que o tratamento dado não será o mesmo caso os médicos saibam que a pessoa é um doador de órgãos.

Uma média de 79 pessoas passam por transplantes de órgãos todos os dias nos EUA, de acordo com o Departamento de Saúde e Serviços Humanos do país.

Porém, uma média de 18 pessoas morrem todos os dias à espera de um transplante por causa da falta de órgãos.

/ REUTERS

maio 01, 2012
Assunto Da Matéria >>
Sua Opinião:

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

Recomende e compartilhe para seus amigos no facebook

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget