Tiro na cabeça predomina em mortes em Salvador

DE SÃO PAULO

Dos 109 mortos em Salvador durante dez dias de greve de PMs, 59 foram baleados na cabeça, o que sugere que as vítimas não tiveram chance de defesa.

A informação é da reportagem de Rogério Pagnan, Fábio Guibu e Graciliano Rocha publicada na edição deste domingo da Folha. A reportagem completa está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita aFolha.

"Tiro na cabeça não é para se defender ou só ferir. É para matar", disse o diretor do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa, Arthur Gallas.

Levantamento da Folha revela que a violência foi maior na periferia. Houve 99 mortes em bairros pobres, dominados por milícias e onde "comboios da morte", formados por criminosos em até quatro veículos, mataram ao menos 26 pessoas. Em regiõesde classe média, foram dez vítimas.

No Rio, 11 bombeiros foram pressos e um dos sindicatos de policiais civis suspendeu a participação na greve até quarta.

Moacyr Lopes Junior/Folhapress

Policiais militares deixam assembleia que decidiu pelo fim da greve na Bahia; movimento durou ao todo 12 dias



Assunto Da Matéria >>
Sua Opinião:

Postar um comentário

DÊ SUA OPINIÃO, COMENTE ESSA MATÉRIA.

[facebook][blogger]

ivythemes

{facebook#http://facebook.com} {twitter#http://twitter.com} {google-plus#http://google.com} {pinterest#http://pinterest.com} {youtube#http://youtube.com} {instagram#http://instagram.com}

MKRdezign

{facebook#http://www.facebook.com/MundoMS} {twitter#http://twitter.com/MundoMSOficial} {google-plus#http://plus.google.com/+MundoMSOficial} {pinterest#http://br.pinterest.com/MundoMS/} {youtube#http://www.youtube.com/c/MundoMSOficial} {instagram#http://www.instagram.com/mundomsoficial}

Envie seu Recado ao Mundo MS🌏

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget