+MMS
Carregando Notícias Mundo MS...

Busca MS

Einstein estava certo: cientistas ‘pesam’ estrela usando gravidade

© ESA/G. Bacon (STScI) Sirius A e B anã branca

Cientistas americanos conseguiram, pela primeira vez, estimar a massa de uma estrela anã branca observando a luz desviada pela gravidade, confirmando uma das previsões da Teoria da Relatividade Geral, publicada há cem anos por Albert Einstein (1879-1955). Usando imagens do telescópio Hubble, os astrofísicos conseguiram medir, diretamente e com exatidão milimétrica, a distorção causada por uma estrela diferente do Sol em nossa galáxia, um feito inédito — em linhas gerais, é como se os pesquisadores tivessem conseguido colocar a estrela em uma balança. O estudo com os detalhes do fenômeno, que será publicado na edição desta quinta-feira da revista Science, oferece uma nova ferramenta para determinar a massa de objetos celestes e é fundamental para o conhecimento de anãs brancas, estrelas que são peças-chave para a compreensão do passado e do futuro de galáxias como a nossa.

“O estudo confirma os modelos existentes sobre anãs brancas, o que é muito interessante, pois elas são formadas de matéria que não existe em nosso planeta. As medições nos dizem, portanto, que a física que fazemos está correta e vale para todo o universo”, afirma o astrônomo e físico Gustavo Rojas, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e membro da comissão de imprensa da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB). “Essa técnica inovadora pode ainda ser usada para a detecção de planetas fora do sistema solar e também para estudos de possíveis candidatos à matéria escura, que forma grande parte do universo e ainda é um mistério para a ciência. Essa matéria vai se manifestar também dessa maneira, fazendo o mesmo tipo de desvio e conseguir observar isso pode ser uma forma de decifrá-la.”

Anel de Einstein

Em 1915, na Teoria da Relatividade Geral, Einstein previu que corpos com grande massa causariam distorções no espaço-tempo (aquilo que os físicos descrevem metaforicamente como o tecido do cosmo, o ambiente dinâmico onde todos os acontecimentos transcorrem). Assim, a luz emitida por uma estrela distante, alinhada atrás de um desses corpos massivos, seria também desviada – o objeto de grande massa funcionaria como uma “lente”, ampliando e deformando a luminosidade da estrela atrás dele. O fenômeno, conhecido como “anel de Einstein”, foi descrito pelo físico em um artigo da Science de 1936, onde ele também afirmava que seria improvável sua observação direta.


Ilustração que demonstra como a gravidade da anã branca deforma o espaço-tempo e curva a luz de uma estrela atrás dela. (NASA, ESA e A. Feild (STScI)/Divulgação)

Einstein não conseguia imaginar telescópios tão precisos que conseguissem enxergar o fenômeno, e não imaginava que, em 1988, o anel de Einstein seria visto pela primeira vez em 1988. Dez anos depois, os astrônomos registraram o evento completo. Desde então, o fenômeno tem sido observado pelos telescópios, geralmente relacionado à deformação causada por galáxias ou aglomerados de galáxias, objetos bastante massivos que fazem com que o evento seja mais facilmente captado pelas lentes dos instrumentos ópticos. A distorção causada por uma anã branca, contudo, é mais “fraca”, já que sua massa é bem menor – seria preciso um telescópio superpotente para captar desvios minúsculos da luz emitida ao fundo. Foi exatamente isso o Hubble conseguiu, pela primeira vez, fornecendo dados para que os cientistas calculassem a massa de uma estrela nesse estágio.

“As lentes do telescópio registraram deslocamentos ínfimos. Para comparar, o que ele viu seria como observar uma moeda de 1 real a uma distância de dezoito quilômetros”, afirma Rojas.


Imagem da anã branca Stein 2015b e de uma estrela menor, capturada pelas lentes do telescópio Hubble. (Nasa/Divulgação)

A equipe internacional de cientistas, liderado por Kailash C. Sahu, astrofísico do Space Telescope Science Institute (STScI, na sigla em inglês), vasculhou um catálogo de mais de 5.000 estrelas que pudessem passar por um alinhamento capaz de geral um anel de Einstein. Descobriu que a anã branca Stein 2051b, a 17 anos-luz (cada ano-luz equivale a 9,46 trilhões de quilômetros), estaria nessa posição entre outubro de 2013 e outubro de 2015 com uma outra estrela, a 5.000 anos-luz. Com as imagens do Hubble, os pesquisadores conseguiram determinar que a anã branca tem 68% da massa do Sol. Durante o alinhamento, quase perfeito, ela aparecia 400 vezes mais brilhante que a estrela ao fundo.

“Este é um método direto e independente para determinar a massa de uma estrela”, afirmou Sahu. “É como colocar a estrela em uma balança: o desvio é análogo ao movimento da agulha no mostrador.”

Nova janela para conhecer o cosmo

As medições feitas por Sahu e sua equipe também confirmaram uma teoria proposta em 1935 por Subrahmanyan Chandrasekhar (que ganhou o prêmio Nobel por suas ideias sobre a evolução estelar), que afirma que o raio de uma anã branca é determinada por sua massa – e ainda não havia sido colocada à prova.

“Nosso estudo é uma boa confirmação da teoria de anãs brancas e até nos dá indícios sobre sua composição interna”, afirmou o astrônomo Howard Bond, da Universidade Estadual da Pensilvânia, e um dos autores do estudo, em comunicado.

De acordo com os cientistas, o novo estudo abre uma nova janela para o conhecimento do universo, trazendo informações fundamentais para a compreensão do passado e do futuro das galáxias. Pelo menos 97% das estrelas, incluindo o Sol, são ou serão anãs brancas.

“Uma estrela do tipo anã branca é o resquício do colapso de uma estrela que completou seu ciclo vital de queima de hidrogênio. Como são fósseis de gerações anteriores de estrelas, as anãs brancas são peças-chave para a compreensão da história e evolução de galáxias como a nossa”, afirmou o físico Terry Oswald, da Universidade Aeronáutica Embry-Riddle, em um comentário que acompanha o estudo da Science.

Os resultados da pesquisa foram também apresentados no encontro da Sociedade Astronômica Americana, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira.

Rita Loiola

As fontes mais incríveis do mundo

Muitos podem ter ouvido falar da Fonte de Trevi, em Roma, e certamente ter visto a fonte Bellagio em Las Vegas na TV.

Embora ambas sejam espetaculares, elas apenas representam uma pequena parte das fontes incríveis que podem ser encontradas em todo o mundo. 

De Estocolmo a Valencia e China ao Peru, nós compilamos esta lista que mostra algumas das fontes mais belas e engenhosas que poderíamos encontrar. 

Algumas giram, outras se iluminam, alguns parecem desafiar a gravidade. Mas todas elas têm algo em comum... Todas são surpreendentes. 

Escolha a sua favorita nos comentários abaixo. 

#1 Fonte do barco de água, Valencia, Espanha
Localizada na praia de La Malvarrosa, em Valência, há outra semelhante em Portugal e Israel. (Fonte:notesontheroad )

#2 Fonte com vórtice "Caribdis", Sunderland, Reino Unido
Criada pelo escultor de água William Pye no ano 2000 para o hotel de luxo e spa Seaham. (Fonte: atlasobscura)

#3 Relogio-fonte da estação de Osaka, Japão
Projetado pela indústria Koei, ele trabalha com uma impressora digitalmente controlada que lança jatos de água de maneira cuidadosamente controladas para reproduzir imagens armazenadas em um computador. (Fonte: amusingplanet)

#4 Ponte Banpo, Seul, Coreia do Sul
Também chamada de arco-íris na luz da fonte da lua, ela detém o recorde do Guinness com cerca de 10.000 luzes LED em seus 1140 metros de comprimento. (Fonte: wikipedia)

#5 Entrada para Swarovski Kristallwelten, Wattens, Austria
Este lugar é um museu, criado em 1995 para comemorar o centenário da empresa Swarovski. (Fonte: wikipedia)

#6 "Nove fontes flutuantes", Osaka, Japão
Criada para a Expo Mundial em Osaka em 1970 pelo artista japonês-americano Isamu Noguchi. (Fonte: serenityhealth)

#7 Túnel das surpresas, Lima, Perú
Ele está localizado no Circuito mágico da água, que abriu em 2007, no Parque da Reserva em Lima. (Fonte: howtoperu)

#8 Fonte no museu Smithsonian, Washington, EUA
Localizada no Museu Nacional Smithsonian de História e cultura afroamericana

#9 Fonte Keller, Portland, Oregon, EUA
Desenhada por Angela Danadijeva, e inaugurada em 1970. (fonte: wikipedia)

#10 Torneira mágica, Cádiz, Espanha
Ela está localizada no parque Aqualand em Cadiz, Espanha. Parece estar levitando, mas escondido dentro do jato de aguá há um tubo que sustenta a estrutura

#11 "Os mustangs das Colinas", Texas, EUA
Foi encomendado em 1976 e foi instalado em 1984. É feito de bronze e foi criado por Robert Glen. Atualmente decora a praça Williams em Las Colinas, Texas. (Fonte: wikipedia)

#12 Fonte 'Metalmorphosis', Charlotte, EUA
Parte escultura, parte fonte e parte instalação, é obra do escultor Tcheco David Černý e é feita de aço inoxidável. (Fonte: charlottefountains)

# 13 "mergulhadores ", Dubai, Emirados Árabes Unidos
Ela mede 24 metros de altura e foi desenhada por DPA Arquitetos de Cingapura em 2009. (Fonte: emirates247 )

# 14 Mosaïcultures Internationales, Montreal, Canadá (atualmente fechado)
O nome desta fonte é a Mãe Terra, ela apareceu exposta em 2013 na competição mais prestigiada de arte horticultural. (Fonte: mosaïcultures internationales de montréal)

# 15 Fonte de Trevi, em Roma, Itália
Projetada em estilo barroco, que foi concluída em 1762 pelo arquiteto Nicola Salvi e finalizada por Pietro Bracci. (Fonte: wikipedia)

#16 Fonte 71, Ohio, EUA
É assim chamada porque está localizada na Highway 71, em Ohio.

#17 Fonte Nacka, Estocolmo, Suécia
Concebida como um monumento da paz para comemorar a fundação das Nações Unidas em 1995, com 24 metros de altura. (travelbuddy)

# 18 Fonte Julie Penrose, Colorado Springs, EUA
Foi concluída em 2007, pesa 24 toneladas e foi projetada por David Barber e Bill Burgess. (Fonte: coloradosprings.gov)

#19 Bodhisattva Avalokiteshvara, Tailândia
Localizada em Mueang Boran, foi construída em 1963, Como parte do museu ao ar livre maior do mundo. (Fonte: wikipedia)

# 20 Cachoeiras do monumento a Hércules, Kassel, Alemanha
Situada em Bergpark Wilhelmshöhe como parte de uma paisagem barroca e romántica. (fonte: worldheritagesite)

#21 Fonte da riquesa, Suntec, Singapura
Ela mede 13,8 metros de altura e foi construída por DCG Projeto & Meridian projetos, da Austrália, em 1995. (fonte: wikipedia)

# 22 Fonte vulcão, Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos (demolida)
Construída na década de 80 e também conhecida como Al Shallal. Foi demolida em 2004 como parte de uma nova iniciativa de desenvolvimento. (Fonte: thenational.ae)

#23 Fonte Unisphere, Nova York, EUA
A esfera que mede 37 m de diâmetro e foi desenvolvida como parte da Feira mundial de Nova iorque em 1964 para marcar o início da era espacial. (Fonte: wikipedia)

#24 Fonte Stravinsky, Paris, França
Criada em 1983 pelos escultores Jean Tinguely y Niki de Saint Phalle. (fonte: wikipedia)

#25 Fonte Vaillancourt, San Francisco, California, EUA
Projetada pelo artista Armand Vaillancourt de Quebec em 1971, mede 12 metros de altura e é feita com cimento (fonte: wikipedia)

#26 Fonte de Dubai, Emiratos Árabes
Localizada no lago artificial Burj Khalifa, concebida pelo WET design, mede 275 metros de comprimento e foi inaugurada em 2009. (fonte: wikipedia)

#27 A Fonte de abacaxi, Charleston, EUA
Foi inaugurada em 1990 e abacaxis representam hospitalidade. (Fonte: sciway.net)

#28 Fonte Crown, Chicago, EUA
Projetada pelo artista catalão Jaume Plensa e fabricada pela Krueck & Sexton Architects, inaugurada em Julho de 2004. (fonte: wikipedia, dnainfo)

#29 Fontes de Bellagio, Las Vegas, EUA
Bellagio é um hotel de luxo e um casino em Las Vegas e a fonte está localizada em um lago artificial. Estima-se que ela teve o custo de US$ 40 milhões para ser construida. (Fonte:wikipedia )

#30 Cascada de banheiros, Foshan, China
Esta é uma das fontes mais estranhas, construída com 10.000 sanitários, urinóis e torneiras recicladas cobrindo uma parede de 100 metros de comprimento e 5 de altura. (amusingplanet)

#31 Fonte de Alexandre, o Grande, Skopje, Macedônia
Foi construída em 2011, mede 24,5 metros de altura e pesa 48 toneladas. (Fonte: alexanderthegreatfountain)

#32 Fonte oval em Villa D'este, Roma, Itália
É perto de Tivoli, ela foi projetada por Pirro Ligório e foi concluída em 1570 (fonte: wikipedia).

#33 'la Joute', Montreal, Canada
Criada em 1969 por Jean Paul Riopelle, com uma seqüência cinética de 32 minutos. (Fonte: wikipedia)

#34 Fonte do Pagode (torre com múltiplas beiradas, comum na China e no Japão) gigante do Ganso Selvagem, Xi'an, China
Ele cobre 168.000 metros quadrados e está situada no pé do pagode (torre com múltiplas beiradas, comum na China e no Japão). (Fonte: visitourchina)

#35 Fonte do rei Fahd (a mais alta do mundo), Jeddah, Arabia saudita 
Foi aberta ao público em 1985 e a água atinge uma altura de entre 260 e 312 metros acima do nível do mar. (Fonte: wikipedia)

#36 'The Big Giving', Londres, Reino Unido
Ela foi exposta entre 2006 e 2007, em South Bank e foi criada por Klaus Weber. As figuras aparecem vomitando, soando e chorando, cuspindo ou urinando, talvez por isso tenha sido apenas temporária.

#37 Fonte do palâcio Montjuic, Barcelona, Espanha
A Fonte Mágica de Montjuic foi desenhada por Carles Buigas e construída no coração de Barcelona. (Fonte: wikipedia, barcelona-tourist-guide)

A NASA não vê a hora de mergulhar diretamente no Sol

© Reprodução

A NASA lembrou o mundo, nesta quarta-feira (31), que em breve vai executar o último ato de realização de desejo em nome de toda a humanidade: no verão de 2018, a agência espacial planeja lançar uma sonda diretamente na atmosfera do Sol. Embora a missão infelizmente não seja tripulada, a Solar Probe Plus, de 3,04 metros, agora oficialmente chamada de Parker Solar Probe, vai chegar mais perto dessa bola quente de gás — e morte — do que qualquer um de nós já chegou.

A sonda, que tem sido preparada desde 2008, vai alcançar a camada mais externa da atmosfera do Sol, chamada de coroa solar. Conforme explicou o especialista em projetos de missão Nicola Fox, em um comunicado da NASA nesta quarta-feira, a Parker Solar Probe vai explorar essa região, que tem cerca de 1.371ºC, para obter novos conhecimentos sobre o vento solar e o clima espacial. O clima espacial pode afetar a nós todos aqui na Terra, conforme o Sol envia uma enorme quantidade de radiação de alta energia e de partículas em direção à atmosfera da Terra, potencialmente impactando satélites e redes elétricas no solo. O vento solar sopra as partículas altamente carregadas diretamente em nós.

"Estaremos sete vezes mais perto do que qualquer missão já esteve", Fox disse a repórteres durante a coletiva de imprensa. "Vamos, repetidamente, fazer uma varredura pela coroa solar, fazendo essas medições



Fox acrescentou que a sonda está atualmente sendo construída e testada rigorosamente, já que terá que suportar algumas das condições mais extremas imagináveis. Após contar com a ajuda gravitacional de Vênus para acelerar, a sonda vai se movimentar rapidamente em torno do Sol, a cerca de 69 mil quilômetros por hora.

A grande revelação durante a entrevista coletiva desta quarta-feira não foi necessariamente o plano para alcançar o Sol, mas, sim, a mudança de nome da sonda. Originalmente chamada de Solar Probe Plus, a Parker Solar, da NASA, presta homenagem ao astrofísico Eugene Parker, que hipotetizou pela primeira vez a existência dos ventos solares na década de 1950.

Com sorte, a Parker Solar Probe vai responder algumas de nossas questões sobre esse gigante de gás que, milagrosamente, nos mantém vivos. "Fizemos coisas fantásticas", disse Fox. "Mas até irmos lá e de fato tocar o Sol, não dá para realmente responder essas questões chave."

Rae Paoletta

Saiba quais são as cidades mais violentas do mundo em 2016

SÃO ESTAS AS CIDADES MAIS VIOLENTAS DO MUNDO

© Reuters

Já se sabe que o perigo pode estar à espreita em cada esquina, mas em algumas cidades ele parece ser muito real. Pelo menos assim se comprovam com alguns dados de cidades pertencentes à América do Sul e América Central.

Existem uma série de fatores que têm levado a um crescimento da violência nestas cidades. A luta contra o tráfico de drogas e a constante atividade dos cartéis têm levado a muitos homicídios. São também zonas onde a pobreza é grande, levando muitos dos mais jovens a virarem-se para uma vida de criminalidade.

Recentemente, foi revelado um estudo mexicano, denominado ‘The Citizens’ Council for Public Security and Criminal Justice’, onde foram analisadas informações do mundo todo, tendo sido depois elaborada uma lista das cidades mais perigosas do mundo. Foi utilizado um sistema estatístico que incluía taxas de homicídio em populações com mais de 300 mil pessoas.

As 30 cidades mais perigosas do mundo no último ano.
© Reuters
30. BARCELONA, VENEZUELA
Tem uma taxa de 46,86 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
28. RECIFE, BRASIL
Teve 47.89 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
27. MAZATLAN, MÉXICO
Teve 48.75 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
26. BALTIMORE, ESTADOS UNIDOS
Teve uma taxa de 51,14 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
25. MACEIÓ, BRASIL
Teve uma taxa de 51,78 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
24. CULIACAN, MÉXICO
Teve uma taxa de 51,81 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
23. CIDADE DA GUATEMALA, GUATEMALA
Registou uma taxa de 52,73 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
22. TIJUANA, MÉXICO
Teve uma taxa de 53,06 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
21. CALI, COLÔMBIA
Teve uma taxa de 54 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
20. SALVADOR, BRASIL
Registou 54,71 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
19. CAMPOS DOS GOYTACAZES, BRASIL
Registou 56,45 homicídios por 100 mil habitantes.
© Reuters
18. CUMANÁ, VENEZUELA
Registou 59,31 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
17. BARQUISIMETO, VENEZUELA
Teve uma taxa de 59,38 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
16. VITÓRIA DA CONQUISTA, BRASIL
Registou 60,10 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
15. FEIRA DE SANTANA, BRASIL
Registou 60,23 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
14. ST. LOUIS, ESTADOS UNIDOS
Registou 60,37 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
13. CIDADE DO CABO, ÁFRICA DO SUL
Teve uma taxa de 60,77 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
12. ARACAJU, BRASIL
Registou 62,76 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
11. BELÉM, BRASIL
Registou 67,41 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
10. NATAL, BRASIL
Registou 69,56 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
9. VALENCIA, VENEZUELA
Teve um registo de 72,02 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
8. CIUDAD GUAYANA, VENEZUELA
Teve um registo de 82,86 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
7. SÃO SALVADOR, EL SALVADOR
Teve uma taxa de 83,39 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
6. MATURIN, VENEZUELA
Registou 84,21 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
5. CIUDAD VICTORIA, MÉXICO
Registou 84,67 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
4. DISTRITO CENTRAL, HONDURAS
Registou 85,09 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
3. SAN PEDRO SULA, HONDURAS
Teve um registo de 112,09 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
2. ACAPULCO, MÉXICO
Teve um registo de 113,24 homicídios por 100 mil habitantes.

© Reuters
1. CARACAS, VENEZUELA
Teve um registo de 130.35 homicídios por 100 mil habitantes.

Não saia do nosso Mundo🌎Veja +... 😉

Anúncio

Matéria Em Destaque:*****************************************************************************

Esta cidade da Islândia pintou passos de zebra em 3D para que os carros diminuíssem sua velocidade

Na pequena cidade piscatória de Ísafjörður, na Islândia, um avanço na segurança rodoviária acabou de aparecer: pintaram os passos da zebra ...

Mundo MS No You Tube:***************************************************************************

CONFIRA NOSSAS PLAYLISTS ;)



VIDEOS CLIPES LEGENDADOS




BOM HUMOR :)




PANORAMA ECO

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica. *****************************

Navegue por Categorias **************************************************************************