+MMS
Carregando Notícias Mundo MS...

Tweetar Post/Página

Já pensou em viajar em uma réplica do Titanic?

JÁ PENSOU EM VIAJAR EM UMA RÉPLICA DO TITANIC?

© Divulgação

O navio foi encomendado e construído na China

Se você já assistiu ao clássico "Titanic" inúmeras vezes, se emocionou em todas e se imaginou sendo o Jack ou a Rose, seu sonho pode estar próximo de se tornar realidade. Já pensou viajar em uma réplica do Titanic? O navio original pode até ter afundado em 1912, mas a empresa de navegação australiana Blue Star Line promete trazer o transatlântico de volta aos sete mares em 2018.

A embarcação, encomendada e construída na China, terá capacidade para 2,4 mil passageiros a bordo, além de ter quatro metros a mais do que o navio original. Os botes salva vidas também serão aumentados em relação ao de 1912 que, por não ter a quantidade suficiente na época, resultou na morte de mais de 1,5 mil pessoas. Serão 800 quartos e nove decks divididos entre primeira, segunda e terceira classes.

Motivos não vão faltar para você se sentir onde Jack e Rose viveram uma intensa paixão. Os ambientes do Titanic II serão uma réplica exata do original, incluindo uma sala do telégrafo, mas, desta vez, com navegação guiada por GPS e com sistemas de comunicação modernos. O projeto é de autoria do magnata da mineração australiana Clive Palmer, que, curiosamente, não assistiu ao filme de sucesso.

Enquanto os valores do investimentos são mantidos em sigilo, ansiedade e curiosidade tomam conta dos apaixonados pela história. A dica é ficar atento às próximas divulgações das datas de compra dos bilhetes.

A embarcação original afundou em 1912

Marte: 'Crânio' misterioso aparece em imagem da NASA

© Fornecido por New adVentures, Lda.

A imagem do que parece ser o crânio de um dinossauro foi capturada em solo marciano pela sonda da NASA Curiosity Rover, relata o jornal britânico Express.Segundo a publicação, o blogueiro Scott Waring, que postou a foto no site Ufo Sightings Daily, diz que se trata de "uma fotografia de Marte de um bilhão de pixels" com "muitos detalhes". Waring acredita que a imagem mostra "um crânio alienígena".


Além disso, ele também identificou dois "rostos", nenhum dos quais pode ser considerado "humano", embora um deles "tenha algumas semelhanças com antigas esculturas maias".

Depois de analisar vários dados obtidos pela sonda espacial, o ufologista está convencido de que o Planeta Vermelho já foi ocupado pelas mesmas formas de vida da Terra. Em outras ocasiões, a NASA desacreditou os ufólogos e os chamados teóricos da conspiração que identificam faces em imagens extraterrestres, dizendo simplesmente que a forma peculiar de algumas rochas de Marte se deve ao acaso da erosão. (Sputnik)

A humanidade só tem mais mil anos de existência, alerta Stephen Hawking

(Foto: reprodução)

O físico Stephen Hawking tem previsões pouco otimistas para o futuro da humanidade que justificam a necessidade de começarmos a colonizar Marte e outros planetas. Segundo ele, a extinção da raça humana não deve demorar mais do que 1 mil anos para acontecer.

A declaração foi dada durante um discurso na universidade de Oxford, no Reino Unido, no qual ele afirmou que a humanidade não deve sobreviver mais um milênio se não encontrar uma forma de “escapar do nosso frágil planeta”. “Precisamos continuar a ir para o espaço pelo futuro da humanidade”, ele afirma, lembrando aos estudantes para que “continuem olhando para as estrelas, e não para seus pés”.

Aos 74 anos, Hawking é um pessimista em relação ao futuro da raça humana e já deu várias declarações reafirmando seu ponto de vista. Entre as ameaças que ele já citou estão o desenvolvimento de armas biológicas como vírus geneticamente modificados ou guerras nucleares. Até mesmo a evolução da inteligência artificial já foi apontada um risco em potencial.

Se Hawking estiver certo, no entanto, é bom a humanidade começar a agir rápido, porque até o momento a única opção viável de planeta colonizável é Marte, pela proximidade e similaridades com a Terra. Mesmo assim, o planeta vermelho ainda é extremamente hostil e tem diversas formas diferentes de matar os seres humanos que lá pisarem.

A NASA tem trabalhado para descobrir outros possíveis planetas fora do nosso Sistema Solar que seriam mais parecidos com o nosso mundo. Não é uma missão fácil, já que mesmo as estrelas mais próximas da Terra estão a anos-luz de distância, fazendo com que a viagem até elas possa demorar décadas com a tecnologia atual.

Soma-se a isso o fato de que os planetas que orbitam estas estrelas precisam estar a uma distância muito específica, chamada de “Zona Cachinhos Dourados” (nós não inventamos isso). O conceito se refere ao ponto em que o planeta não está longe o bastante do astro para que sua água congele, nem perto o bastante para evaporar, mantendo uma temperatura amena ideal para a existência de água líquida.

Isso não quer dizer que planetas ideais não existam. Recentemente, o programa Kepler da NASA descobriu o Proxima B, um exoplaneta de tamanho similar ao da Terra orbitando na Zona Cachinhos Dourados de Proxima Centauri, a 4,2 anos-luz de nós, o que é pouco em escala espacial, mas ainda é distante demais para uma viagem. Ainda assim, é a melhor esperança até o momento.

Ilustrador de moda armênio cria incríveis vestidos com objetos cotidianos

O ilustrador de moda Armênio Edgar Artis cria belos desenhos de vestidos com objetos do cotidiano em sua casa.


Ele pode criar um vestido ou uma saia com Nutella, qualquer que seja. E não parece estar ficando sem ideias no momento.

A sua conta do Instagram foi viral e já tem 400.000 seguidores, por isso, se você não for um deles, você pode começar a seguir.












Todas as imagens são do instagram do próprio artista Edgar Artis

Mais informações: Instagram (via: deMilked)

Maior hotel do mundo tem mais de 7.000 quartos e fica na Malásia

Um dos destinos mais paradisíacos de que se tem notícia é, sem dúvida, a Malásia. Lá, existe o maior e mais colorido hotel do mundo, o Genting Highlands Resort, First World Hotel, em Pahang Darul Makmur. A região é conhecida como a “Las Vegas” da Ásia.

© Foto: Divulgação

Com um total de 7.351 acomodações, o hotel conta com restaurantes, parque temáticos, shoppings centers, praças de alimentação e uma pequena floresta tropical visível logo na entrada. Assim como a cidade norte-americana, neste local há um cassino que oferece jogos 24 horas por dia, além de pista de boliche e serviços como um passeio de gôndola na encosta da montanha.

© Foto: Divulgação

O maior hotel do mundo

Para quem deseja se hospedar nesse local, não se preocupe, o valor cabe bem no bolso. As acomodações começam em US$ 15 (algo como R$ 50), sendo que, de acordo com o “Booking.com”, é possível achar suítes mais simples por R$ 40. No entanto, se deseja um pouco mais de luxo, os quartos chegam a R$ 400.

© Foto: Divulgação

O First World Hotel afirma já ter recebido, nos últimos dez anos, mais de 40 milhões de hóspedes. Além disso, os números desse local são surpreendentes. Nele trabalham 2.000 funcionários, 40 toneladas de roupa são lavadas diariamente na lavanderia, 20 mil ovos de galinha são consumidos todo dia nos restaurantes do hotel, além de 15 mil garrafas de água e 3.000 maçãs.

© Foto: Divulgação

© Foto: Divulgação

© Foto: Divulgação

© Foto: Divulgação

© Foto: Divulgação

© Foto: Divulgação

© Foto: Divulgação


                        Jetss
                     Brasil

Nesta casa, os ambientes parecem uma pequena vila

Simples, colorida, arejada e bem iluminada, esta casa em Saigon, no Vietnã, é uma homenagem do a21Studio aos becos da cidade

(Design Stack/Reprodução)

São Paulo – Estreita e longa, com aproximadamente 3 x 15 metros, a Saigon House, em Saigon, no Vietnã, é uma das casas mais simpáticas que nós já vimos.

Projeto do escritório a21Studio, a construção é dividida em quatro andares e todos os quartos são interligados. 

O curioso – e o que provê o charme da morada – é que quando se adentra por seus corredores parece que os ambientes são, na verdade, pequenas casas, como se o local fosse uma pequena vila. 

A base branca e o uso da madeira e de tijolos dão simplicidade ao espaço, colorido, arejado e bem iluminado. 

Redes, árvores e diferentes espaços fazem da casa uma novidade a ser descoberta. 

A Saigon House é uma homenagem do a21Studio aos becos da cidade, “que são românticos com sua chuva e sol”, explicam na página oficial do projeto.


Por Mariana Bruno, da Casa.com.br

Esta mulher se parece com a princesa Jasmine da Disney na vida real

Você já desejou que a Disney fosse real? Eu acho que todos nós já desejamos isso. Bem, adivinhem: a Disney é real! Você não acredita em nós? Vai acreditar quando vê estas imagens. 


Porque a princesa Jasmine de Aladdin é um ser humano de carne e osso.

Bem, ok, não é a princesa Jasmine REAL, mas certamente é a personagem mais convincente da Disney que já vimos. A Mulher das fotos se chama Olayinka Mia Noel, modelo e membro do grupo R&B XSO. Se disfaçou da princesa da Disney no Halloween e compartilhou as suas fotos no Instagram, e seus seguidores ficaram assustados com a semelhança.







Mais informações: Instagram

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica.