+MMS
Carregando Notícias Mundo MS...

Busca MS

Tweetar Post/Página ****************************************************************************

Recife está em estado de alerta por causa das chuvas

Menino pula em águas da enchente no bairro Novo Caxanga, em Recife: fortes chuvas e estado de emergência

Recife - Fortes chuvas no Recife levaram o prefeito Geraldo Júlio (PSB) a decretar hoje (4) estado de alerta. Chuvas acumuladas nos últimos 10 dias já ultrapassam 681,4 mm, o dobro do previsto para junho. Somente nas últimas 24 horas, a Defesa Civil registrou volume de chuva de 118 mm, poucos dias após ter sido contabilizada a maior chuva dos últimos 29 anos, na última segunda (29), quando em apenas 24 horas choveu 228 mm, o equivalente a 16 dias do mês de junho.

O estado de alerta prevê maior mobilização das secretarias e dos diversos órgãos da Prefeitura e amplia o contingente de pessoal envolvido nas ações de defesa e proteção civil. Na madrugada deste sábado (4), a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu aviso meteorológico alertando para a possibilidade de fortes chuvas nas próximas 24h. "Áreas de instabilidade estão causando aumento da nebulosidade e ocasionado pancadas de chuvas com acumulados acima dos 30 mm", diz o comunicado.

Nesse sábado, um homem morreu em razão de deslizamento de barreira em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. A cidade acumula 132 mm de chuvas nas últimas 24 horas, quando o esperado para todo o mês de julho é 151 mm. Três casas também foram atingidas pelo deslizamento e sete estão interditadas para evitar novos acidentes.

Além do ato da prefeitura, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), também instalou na manhã desse sábado o Gabinete Integrado de Proteção Civil. O grupo recebeu do governador a missão de monitorar e agir rapidamente em caso de agravamento da situação climática. Fazem parte do gabinete a Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

“A situação inspira cuidados e estamos realizando o monitoramento diário do volume de precipitação. Segundo a Apac, há a possibilidade de que as chuvas diminuam de força agora no final da tarde e à noite”, disse à Agência Brasil o coordenador estadual da Condecipe, tenente-coronel Luís Augusto França.

Segundo o tenente-coronel França, além da região metropolitana, as chuvas também ocorrem na Zona da Mata Norte, principalmente nas cidades de Vitória de Santo Antão e Goiana, e Zona da Mata Sul, nos municípios de Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Palmares, Ribeira, Água Preta e Barreiros. No Grande Recife, que abrange cidades ao redor da região metropolitana, os municípios de Abreu e Lima, São Lourenço, Igarassu e Camaragibe são os mais atingidos. 

Anúncio

Matéria Em Destaque:*****************************************************************************

Fotos épicas de 'Burning Man 2017' que mostram que é o festival mais alocado ao redor do mundo

O que começou em 1986, enquanto dois amigos queimavam uma estátua de seis pés em uma praia de São Francisco se tornou um evento que hoje em...

Mundo MS No You Tube:***************************************************************************

CONFIRA NOSSAS PLAYLISTS ;)



VIDEOS CLIPES LEGENDADOS




BOM HUMOR :)




PANORAMA ECO

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica. *****************************

Navegue por Categorias **************************************************************************