+MMS
Carregando Notícias Mundo MS...

Tweetar Post/Página

Noruega: durante massacre, casal de lésbicas salvou 40 jovens, afirma jornal


Reprodução/Helsingin SanomatO barco de Dalen e Hensen foi atingido por tiros durante o salvamento
Um casal de lésbicas que estava na outra margem do lago Tyrifjorden, onde fica
a ilha de Utoeya, local em que o atirador Anders Behring Breivik matou 69 pessoas
no dia 22 de julho, na Noruega, conseguiu, com um barco, salvar 40 jovens que
 tentavam escapar a nado da mira do assassino, informou o jornal islandês
 "Helsingin Sanomat".
Hege Dalen e Toril Hansen estavam jantando, quando ouviram tiros e gritos
vindos da ilha. "Nós estávamos comendo quando ouvimos tiros e gritos
horríveis. Vimos quando vários jovens correram em pânico para o lago",
disse Dalen.
As duas pegaram o barco e foram até a ilha onde resgataram vítimas
 da água em estado de choque, algumas feridas, e as transportaram
 até a outra margem. Durante o percurso a o lado direito da embarcação
foi alvejado.

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica.